segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Salvem as baleias palestinas

Acho que o Cláudio, que comentou no post anterior, tem razão sobre o motivo do apoio incondicional do Idelbleargh, Bourdokão, Juan Cole-Slaw, Noam Chompksy, celebridades de Hollywood e tantos esquerdopatas ao Hamas: "É fácil defender o Hamas quando se está protegido pelo "imperialista" sistema americano, por exemplo. É lindo fazer elogios a Cuba e depois voltar para sua mansão multimilionária em Los Angeles."

Eu (escrevendo aqui na varanda da minha mansão multimilionária em Los Angeles) acrescentaria ainda: e quando não se paga nenhum preço por isso mas, ao contrário, se ganha prestígio social.

O que custa protestar contra a "invasão israelense"? Não é como se em represália Israel fosse bombardear Los Angeles, Roma, Paris ou New Orleans. Já publicar um cartum crítico de Maomé, calma lá... Quem sabe numa dessas um fanático não se irrita e resolve me degolar?

Milhões protestaram contra Bush chamando-o de "Hitler", mas nunca se ouviu falar de protestos de multidões contra o regime nazista nos anos 30...

Hoje, onde você acha que sofreria mais risco de ser fisicamente atacado: numa manifestação pela "liberação de Gaza" (sic) ou em uma manifestação pró-Israel? Pois é...

Mas a maioria dos esquerdistas-chique que protestam contra a "invasão de Gaza" (ou contra o "aquecimento global"), não o fazem porque tal causa lhes interesse particularmente, pois são profundamente ignorantes e em geral pouco ou nada sabem sobre a história da região: aceitam sem ressalvas a versão do primeiro propagandista.

É que o conflito Israel vs. palestinos está tão presente na mídia que acaba tornando-se um modo de obter prestígio ou ao menos aceitação entre seus pares e alguns benefícios adicionais: para os acadêmicos, a renovação de seus ideais marxistas e/ou revolucionários na era do "fim das utopias"; para as estrelas de Hollywood, um modo de dizer "ei, minha vida não é apenas gastar milhões e andar de limusine, também me preocupo pelos pobres e oprimidos"; para os jovens estudantes, exercitar uma saudável rebeldia adolescente e quem sabe conseguir garotas/os.

Percebam que as causas mais célebres são aquelas que mais aparecem na mídia e que tem menor risco. Poucos fazem campanha pelas vítimas do Mugabe, do Putin ou dos fundamentalistas islâmicos. Não dá prestígio e alguém poderia terminar degolado ou tomando um chá radioativo.

É como aquelas camisetas:

"SALVEM AS BALEIAS!"

Tradução: SOU UM CARA BACANA A FAVOR DO MEIO-AMBIENTE.

Da mesma forma:

"VIVA A PALESTINA LIVRE!"

Tradução: SOU UM REBELDE COM CAUSA! ME PREOCUPO COM A VIDA DE UM BANDO DE GENTE ATRASADA E MISERÁVEL DE RELIGIÃO PITORESCA QUE MORA BEM LONGE DAQUI, AFINAL NÃO É COMO SE ESSES MALUCOS MORASSEM AQUI DO LADO E PUDESSEM JOGAR FOGUETE EM MIM.

22 comentários:

marcelo augusto disse...

Quantos livros escolares não poderiam ser comprados com o dinheiro pago por isto aqui?

É interessante como dinheiro para montar hospitais, escolas, sistemas de tratamento de água e etc. decentes não há, mas para mandar mísseis na cabeça dos israelenses... Ah! Isso não falta!

Aliás, como deter o tipo de adversário mostrado no link? Diplomacia? Blá, blá, blá multicultural?

Ações mais práticas são mais interessantes.

Mr X disse...

Marcelo Augusto,
Embora isto possa parecer bizarro para nós ocidentais, as prioridades deles são outras.

Um dos problemas que acho mais grave é o seguinte: a esquerda não entende o islã. Não que eu também os entenda muito, é claro - do meu ponto de vista esses caras do Hamas são malucos, pirados, birutas, doidos, tantã. Mas o problema é que a esquerda ACHA que entende. E fica interpretando tudo errado. Aí fica um diálogo assim (copiado de um outro lugar que não lembro agora):

HAMAS: Morte aos judeus! Destruição de Israel!
ESQUERDA: Entendi, vocês querem viver em paz livres da ocupação.
HAMAS: Morte aos judeus! Destruição de Israel!
ESQUERDA: Entendi, vocês querem mais ajuda econômica para melhorar suas condições de vida.
HAMAS: Morte aos judeus! Destruição de Israel!
ESQUERDA: Entendi, vocês querem o fim da discriminação e maior justiça social.

Isso ficou literalmente patente quando o presidente do Irã falou em destruir Israel (umas cinco vezes), vários intelectuais esquerdistas (como o famigerado Cole citado) aí apareceram com "explicações" sobre o que ele "realmente" queria dizer.

chesterton disse...

é que não somos sofisticados...

Da C.I.A. disse...

Cara, você leu o artigo que ele postou lá ontem? Leia o começo:

O exército de Israel é suficientemente poderoso para destruir todo o Oriente Médio (e, de fato, também para destruir parte importante do ocidente). O único problema é que, até hoje, jamais conseguiu mandar, sequer, no território em que lhe caberia mandar. O mais poderoso exército do mundo está detido, ainda, pela resistência palestina. Como entender essa contradição?

Dá para levar a sério quem subscreve um texto que afirma que Israel é o mais poderoso exército do mundo?
O limite da competência de Idelber foi cobrir as eleições dos EUA, fazendo tabelinha com Pedro Dória. Já agora, que nem PD está ao lado dele, ele fica ali, sozinho, com seus sectários e alucinados. Veja que ele até fecha a caixa de comentários, o que você acha que seria escrito ali?
Eu só tô achando engraçado que alguns, a quem chamo de "coolbloggers", a rapaziada que surfa nas ondas do Dória e do Idelber para se dizer "equilibrado" e aberto ao diálogo com o outro lado ( o ASS fez um post sensacional sobre estas pessoas cheias de nuances! ) estão todos perdidos e calados, totalmente sem-rumo!

Pax disse...

O Idelber faz um dos melhores blogs da esquerda brasileira. Sem sombra de dúvidas. É profundo, busca e oferece fontes e escreve muito bem.

Não quer dizer que concorde com ele na questão desse conflito entre Israel e Hamas. Ao contrário. Nem na essência do pensamento. Mas merece ser lido. Aliás, seus comentaristas, vários blogueiros, são muito bons também.

Mr X perde a oportunidade de ser um dos bons blogs da direita ao se infantilizar e seguir mentores desequilibrados e suas opiniões onde a razão é deixada de lado e a bilis comanda o cérebro.

Ao menos é divertido.

Salvem os direitopatas divertidos, como o desengonçado Mr X e o velho e bom Chesteron, pra gente ter diversão cotidiana e alguns, repito, alguns, contrapontos bons.

Pax disse...

Um PS. Só o fato do Idelber ter se desfiliado do PT já merece elogios.

Da C.I.A. disse...

Curioso, Mr. Pax!
EU comentei aqui por volta de 9:00h. Você veio pouco depois. E, curioso, também um pouco "mais" depois você colocou em seu blogue um vídeo apontado por mim...
Curioso, muito curioso!

Pax disse...

Sim, coloquei mesmo. Ele é público.

Pax disse...

Carta aberta aos leitores do desengonçado Mr X de 2,12m de altura e um bom blog desalmado (já que está na moda esse papo de carta aberta, aqui vai a minha):

Não tenho nada contra o Mr X, nem muito menos o Chesterton, velho e bom Chesterton. Acredito no livre arbítrio. Eles escolheram ter seus mentores e suas posições. Eu as minhas, sem que consiga definir algum mentor, prefiro a liberdade.

Mas acredito que nem o Mr X tenha também nada contra mim. A gente já se tecla há vários anos. Sempre nos divertimos com essas pseudo agressões, algumas nem tão pseudo assim, mas relativamente educadas.

Noto que alguns comentaristas tomam as dores do desengonçado, mas não acredito ser necessário, ele é maior de idade e acho que vacinado, além de possuidor de uma cultura diferenciada e uma inteligência superior, quer dizer, as vezes nem tanto.

Não se ofendam, só não coloquem palavras na minha boca que também não me ofendo com ninguém daqui.

E aceitem, comprei a briga de curar o Mr X e o velho e bom Chesterton, um dia os dois formarão fileiras comigo para o estabelecimento de uma social democracia no Brasil, que não admita corrupção.

Para tanto eu interno o desengonçado e o velho e bom Chesterton na Casa Verde do Dr Simão Bacamarte, até sua cura definitiva.

Mr X disse...

"O Idelber faz um dos melhores blogs da esquerda brasileira."

E, portanto, o Idelberg faz um dos piores blogs do mundo.

marcelo augusto disse...

Mr. X, é verdade o que dizes. Se formos utilizar essa ótica torta para avaliar os fatos, então podemos concluir que:

As fotos (do link que postei) mostram, na realidade, três cidadãos palestinos carregando dois tubos de oxigênio. Afinal, deve ser difícil respirar através daqueles capuzes. O uniforme militar e com estampas camufladas nada mais é do que uma forma de evitar que algum ladrão os veja e os roube os tubos de oxigênio -- deve ser uma área muito perigosa. A segunda foto mostra dois cidadãos de bem palestinos preparando os tubos de oxigênio para o uso -- notem como o rapaz em primeiro plano está ofegante e mal consegue respirar, ele precisa urgentemente utilizar o oxigênio. Na terceira foto há um fenômeno atmosférico muito conhecido por aquelas bandas e que geralmente destrói a casa de algum israelense que mora próximo à fronteira.
---------------------

Isso aqui é uma grande asneira:

O mais poderoso exército do mundo está detido, ainda, pela resistência palestina.

O exército mais poderoso do mundo é o norte-americano! Acho que Israel fica atrás de países como China, Índia e (em termos de quantidade) Coréia do Norte. Se Israel quisesse aniquilaria todos os palestinos.

Esse blog do Idelber é ruim em muitos aspectos, sobretudo quando faz a defesa de terroristas e não emite sequer uma palavra quando morrem civis israelenses.

As charges/cartoons que eu postei aqui outro dia resumem bem a situação de blogueiros como Idelber e, em alguns casos, o Pedro Doria: aqui e aqui.

Mr X disse...

Marcelo Augusto,

Pois é.

O mais poderoso exército do mundo está detido, ainda, pela resistência palestina.

Tem tanta coisa errada só nesta frase que nem sei por onde começar. Fora o fato de que, como você bem observou, não é o "exército mais poderoso do mundo", note ainda que, por um lado, os anti-israelenses reclamam do "massacre palestino"; pelo outro, celebram a "resistência palestina"(i.e. terroristas do Hamas) e dizem que "está vencendo o exército mais poderoso do mundo".

Afinal, querem guerra ou querem paz?

Afinal, estão vencendo ou estão sendo massacrados?

Acho que a esquerda e o islâ se entendem porque ambos são esquizofrênicos.

Daniel F. Silva disse...

Esquerdistas e islamistas se merecem.

marcelo augusto disse...

Mr. X:

Interessante isso que notaste: Se a resistência palestina está derrotando o dito exército mais poderoso do mundo, então, por uma questão de lógica, os massacrados deveriam ser os israelenses e não os palestinos, não é? Portanto, o mundo deveria estar lamentando as vítimas israelenses, mas o que se vê é o contrário: Lamentam-se as mortes palestinas (sem quaisquer distinções entre civis e terroristas) e não se diz um pio sequer quando um israelense morre (vide Mumbai).

A lógica desse Idelber -- vejam só!, um esquerdista radicado nos Estados Unidos da América -- é engraçada. Aliás, como foi bem observado aqui em outro post, deve ser muito agradável ser contra o imperiaçismo norte-americano quando se está dentro dos EUA! :)

Pax disse...

Mas, o esquerdismo tem lá suas virtudes

http://www.mplstudios.com/assets/preview/sample/800/p1_06.jpg

Pax disse...

E os ambientalistas também tem lá suas boas vantagens... só o direitoba do Mr X é que não consegue ver.

http://www.mplstudios.com/extras/Atmo/anya/06/01.htm

Chesterton disse...

Aí, Pax, copiando sem dar a fonte? Que feio.
Já viu isto?

http://www.youtube.com/watch?v=g0wJXf2nt4Y

Stefano disse...

Pior do que celebridades semi-analfabetas dando declarações sobre o conflito (ou qualquer outro assunto relevante), é passeata pro-Hamas na cidade do 11 de Setembro. Asqueroso e imperdoável.

Caro Ângelo, uma vez um sujeito plagiou descaradamente uma de minhas peças, um par de brincos em forma de cone; ao abordá-lo, sua resposta foi um primor de caradurice e, hmm, pragmatismo: "o cone é uma forma universal". Nunca duvidei que ele fosse um esquerdista típico. É cosí.

Anônimo disse...

Pax kibou o da CIA,
quem diria!

Pax disse...

Direitopatas Unidos, Jamais serão vencidos!

Quer dizer, a esquerda venceu, começaram a dar umas migalhas de patacões pro povão ao invés de churrasco de asa de frango, boné e chaveiro em dia de eleição de coronel, venderam 4,8 milhões de carros no país neste ano, como nunca dantes na história, o barbudo tem 80% de aprovação, só pra dar uns exemplos de como não apoiar escravidão em fazendas de direitopatas resolve alguma coisa.

E as tias velhas não param de resmungar.

Agora quero ver vocês tirarem o cara de lá, (des)unidos como são e liderados pelos líderes que têm.

Viva Reinaldo Azevedo, viva Diogo Mainardi, viva Olavo de Carvalho.Acho que o Lula que banca esses caras, ou o Genuíno, com dólares de cuecas borradas. São tão pândegos que fazem um bem danado ao corrupto PT.

E olha que até eu acho que alternância do poder é bom, mas com Efrain à frente também não, por favor.

Resmunguem tias.

ps.: ok, é pra provocar mesmo. Mas só tem vaga no meu manicômio pro Mr X e pro Chesterton. Lotação esgotada.

Mr X disse...

Os textos eu cito sempre fonte, mas confesso que eu às vezes também coloco fotos sem citar fonte no meu blog, mas até agora só um reclamou.

E a saudosa confetti também reclamava dessa mania.

É que as imagens postadas muitas vezes são meras brincadeiras, não seu se deu pra perceber.

marcelo augusto disse...

Novo vídeo da IDF no YouTube. Cliquem aqui.

E o texto que sempre recomendo. Não canso de relê-lo.