sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Obama é Lula

Durante o Governo Bush, havia 60 funcionários na Casa Branca. Na Casa Branca de Obama, o número já triplicou: são 160.

Seria fácil explicar isso pelo tradicional costume dos progressistas de criarem cabides de emprego para seus amigos, mas a coisa pode ser até mais sinistra. Muitos dos contratados, na verdade, serviriam apenas para encobrir outros.

Vejam por exemplo o seguinte caso: as notícias dão conta que uma assistente de Obama que fora demitida durante a campanha for ter chamado Hillary Clinton de "monstro" (ei, eu sei como é isso), foi contratada novamente e fará parte da equipe de relações exteriores de Obama - teóricamente sob o comando da própria Hillary. Ah, a moça, parece, é uma radical pró-palestina. Não foi divulgado qual seria o seu cargo exato, é claro.

Em que consiste o método dos revolucionários? Ora, sempre colocam pessoal moderado nos cargos visíveis, e o pessoal mais radical em cargos distantes da mídia, onde podem agir sem ser perturbados. O nome do cargo não importa: pode ser uma secretaria no Ministério da Pesca, por exemplo. Mas não se engane: quem tem real poder é quem age nas sombras, as "eminências pardas" (Epa! Será que dá pra falar em "eminência parda" com Obama no comando?).

Isso não é nenhuma novidade, é claro. Ou alguém acha que o Presidente Medvedev é quem manda na Rússia hoje?

Veja quais foram os atos de Obama até agora, já contradizendo várias de suas promessas:

1) Fechar Guantánamo sem explicar o que vai acontecer com os presos.
2) Dar sua primeira entrevista como presidente em uma TV árabe.
3) Liberar grana para financiamento do aborto a nível internacional.
4) Pedir 700 819 bilhões de dólares em dinheiro público sem explicar exatamente como serão gastos.
5) Aumentar o poder dos sindicatos.
6) Criar uma "comissão de notáveis que ficará encarregada de avaliar a situação atual da classe média do país e de recomendar alternativas para reforçar a economia". (Todos sabem que o elefante é um cavalo criado por uma comissão).

Começamos bem, eu diria. São os EUA rumo ao petismo.

Obama no comando.

Atualização: Acabo de perceber que o Cláudio Avolio tem um post com o título exatamente igual. Juro que não copiei. Pelo jeito, as semelhanças são gritantes mesmo. E a foto acima é bem bacana, né? Obama ainda vai atropelar alguém.

7 comentários:

Daniel F. Silva disse...

Ah, disso todo mundo desconfiava. Eu mesmo vinha falando isso desde a época da campanha.

chesterton disse...

eu acredito em você!!!! rsrs

Mr X disse...

Não copiei não. :-/

Cláudio disse...

Sei não, sei não.. :-)

Pangloss disse...

Isso é o que dá um blog sem ombudsman! Cade você Pax?

Mr X disse...

É mesmo. O Pax sumiu. :-(((

Anônimo disse...

parece que aplicaram a "chapinha"na obaminha.
ôoo cabelo mais du ruim
abraços

karlos