sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

A esquerda morreu

A recente operação em Gaza mostrou uma coisa extremamente curiosa. A esquerda morreu e ninguém foi ao funeral.

Sério, cadê os militantes falando em Revolução Socialista? Cadê as boinas? Sumiram. Só dá esquerdista protestando de keffiyah agora, percebam. E o ideal de igualdade? Que nada, lutam pela teocracia islâmica em Gaza e no mundo. A esquerda foi englobada de vez pelo islamismo. Ou talvez devemos chamar de esquerdo-islamismo, pois viraram uma coisa só. Sai o Che, entra o Bin Laden.

23 comentários:

Daniel F. Silva disse...

Não é de hoje que eu aviso: está em curso uma aliança entre esquerdistas e islamistas, e não duvido nada que até neonazistas entrem na dança. Estão contra inimigos em comum, e não quero nem saber do dia em que esses grupos irão se enfrentar. Não é paranoia, é fato.

Mr X disse...

"É o Bem contra o Mal
E você de que lado está?"

(Renato Russo) ;-)

Stefano disse...

Pois é, a esquerdalha também tentou emplacar o Ecologismo Desvairado, mas parece que o gélido aquecimento global destes dias não tem ajudado muito aquela causa..."E agora? Como iremos subverter e destruir a civlização judaico-cristã-ocidental??"...e algum apaziguador humanista lembrou: "hmm...ouvi dizer dum tal de islã, acho que pode rolar"...E não é que funcionou? Chiliquentos do mundo: uni-vos!

Srta. Valentim disse...

Por quê? Ficou com saudade?

Pax disse...

De mundi sensibilis atque intelligibilis forma et principiis

e

Kritik der reinen Vernunft

Ou seja, prove! Ou admita que você nada mais é que carnavalesco, desengonçado Mr X, de 2,12m de altura e um bom blog desalmado.

ps.: tô quase tirando o "bom".

Chesterton disse...

Que feio, hein, Pax. Acabaram-se os argumentos? O aquecimento global não veio, os islamicos são indefensáveis para pessoas quem não perderam a noção da realidade, o bolivarianismo acaba com o petróleo a 40 dólares (a Petreobras vende a 29 dólares), enfim, a revolução dos pacifistas sifnifica se render a uma teocracia expansionista...o que resta?

Rodrigo disse...

Ok, eu sei que ninguém pediu minha opinião, mas lá vai.
Eu não acho legal essa associação tão direta entre Islã e terrorismo.
O termo "islamofascismo" (e derivados) é, até onde eu sei, criação (ou pelo menos divulgação) do Hitchens e da turma do Dawkins e é aquela coisa boba de culpar tudo o que existe de mal no mundo na religião.
Então pra um blog conservador, eu acho preocupante fazer os jogos dos ateus assim e, pra um blog político qualquer, eu acho desalmado (pra usar expressão do Pax) associar cidadãos brasileiros honestos com terrorismo dessa forma e pra um blog anti-Hamas, eu acho muito triste basicamente concordar com eles que pra ser muçulmano é preciso odiar os judeus.

Minha posição é que o problema do Irã e do Hamas (seu "proxy") é que eles pretendem teocracia. E teocracias devem ser combatidas não importa de onde venham. Isso em prol, entre outras coisas, da liberdade de religião.

Pax disse...

Não é falta de argumento, Chesterton, velho e bom Chesterton, é um pouco além, é uma provocação ao desengonçado.

Poderia ser o melhor blog da direita, tem tudo para isto, o cara é inteligente pacas, há pontos colocados em seus posts que são pertinentes - não quer dizer que esteja fazendo juízo, estou falando de pertinência - , mas a forma é carnavalesca demais, perde essência e força. O desengonçado sabe que é uma crítica que se pretende construtiva. A não ser por um ou outro imbecil canalha, não venho aqui para chutar o pau da barraca, venho para provocar a inteligência de vocês, direitopatas (que é uma caricatura jocosa, uma brincadeira minha) como você e o desengonçado.

A esquerdopatia está toda favorável aos Palestinos nesse conflito? Sim, tudo indica que há uma linha geral de pensamento, que me permito discordar em essência. O post quer dizer isso, mas olha a forma. Perde conteúdo. Fica fraco. É um post que poderia render um bocado se o desengonçado quisesse levar um pouco mais a sério.

E o que acontece onde deveria haver uma discussão inteligente? De um lado vemos loucos alucinados, defendendo o indefensável e, de outro, loucos alucinados, defendendo o indefensável.

O que ganhamos com isso? Nada, um Fla x Flu que não move opiniões, não constrói qualquer coisa. Acirra ânimos, ou, melhor, alimenta desânimos.

Faltam bons blogs da direita, blogs feitos com seriedade, faltam contrapontos à direita aos blogs da esquerda que abundam. O Mr X, enorme e desengonçado Mr X de 2,12m de altura, um periscópio mal calibrado, poderia consertar a mira e ocupar brilhantemente esse lugar. Porque não o faz?

Just it.

Anônimo disse...

A esquerda foi englobada pelo islamismo ou a esquerda englobou o islamismo? Penso que é a segunda alternativa. A esquerda costuma se apropriar de tudo, mesmo aquilo que parece contrário a ela, se for vantajoso para a luta dela.
Englobou também a causa ecologica, o movimento gay (apesar de os velhos comunistas sempre terem odiado os homossexuais, os quais consideravam sintoma da decadencia ocidental), a industria cultural, o jornalismo...
A esquerda englobou até o capitalismo!

Nei

Pax disse...

Então, me alongando, recentemente o desengonçado colocou o post sobre o caso Batistti e Tarso Genro.

Muito bem colocado, apropriado. Mas superficial e, de novo, carnavalesco.

Porque não explorou um pouco mais? O Tarso Genro atropelou o Procurador Geral da República, atropelou o STF e outras coisas mais. Um pouco além, quem foi o advogado do Batistti? Luiz Eduardo Greenhalgh. Quem é ele? O mesmo que trabalha para Daniel Dantas, que é um dos fundadores do PT e que, de uns tempos pra cá, parece que resolveu advogar causas um tanto estranhas, na minha opinião. E vence todas. Por quê? Será que é um arquivo vivo que consegue, com suas informações e influências, o que quer?

Veja, estou colocando que o post poderia ter muito mais informação, consistência e provocação/opinião.

Anônimo disse...

O Pax é o ombudsman do Blog do Mr. X, hehehe...

Nei

Seu Silva disse...

http://www.buttmagazine.com/?p=980

Mr X disse...

Pax,

Carnavalesco? :-/

Não disponho de conhecimento (ou tempo) suficiente para fazer um blog desse tipo que você quer. Teria que pesquisar muito e tal. E gosto de posts meio sensacionalistas ou provocadores mesmo. ;-)

Agora, não entendi onde me vê "defendendo o indefensável". O post aqui, por exemplo, só faz uma observação bem curiosa: as boinas dos esquerdistas foram substituídas pelas keffiyas árabes. Parece-me uma mudança e tanto, e não apenas questão de moda, mas representativa de nossos confusos tempos.

Talvez a maioria desses caras nem saibam o que apóiam ou pelo que protestam, é claro. Mas que estão indireta ou diretamente apoiando (ou dando alento) ao terrorismo islâmico, isso estão.

Ser muçulmano significa necessariamente odiar os judeus? Aí já não sei. Mas sei que muitos são treinados a odiá-los literalmente desde criancinhas, e muitas vezes com base em tradições supostamente islâmicas ("sons of apes and pigs", etc.). Mas não, nem todo muçulmano é terrorista e acho que muçulmanos e judeus poderiam viver em paz, se os radicais fossem eliminados. Mas como fazer isso? É possível? Não haverá sempre radicais?

Pax disse...

Mr X, desengonçado, qual teu e-mail?

Chesterton disse...

Não é que a esquerda seja contra as liberdades, a esquerda é a favor de coisas incompatíveis com a liberdade. (Thomas Sowell)

chest- a questão é que a esquerda não pensa nas consequências finais de suas ideias.

Orlando Tambosi disse...

Morreu há muito, muito tempo. Eis um defunto que não merece um toco de vela.

Rodrigo disse...

Usando o argumento batido: Judeus e muçulmanos vivem muito bem aqui em São Paulo.
Extremistas Hindús mataram um monte de católicos na Índia. Isso é pra dizer que hindús e católicos não podem viver em paz?

Meu em transformar essa guerra de grupo X, Y e Z que tem tal e tal histórico e ideal político em uma guerra teológica é perder de vista que todo o realpolitk da situação e criando desconfiança desnecessária para com cidadãos honestos.

Esses países árabes pra mim são um caso bem simples. É uma gente miserável governada por pessoas com monopólio de vastas quantidades do recurso natural mais precioso do mundo. Isso não tem nada a ver com religião.
A OLP era terrorista e secular. A Farc é terrorista e secular. Eu não vou chamar o MST de terrorista, mas enfim, alteram livros de história e ensinam em suas escolas que tal povo é o inimigo a ser derrotado que nem o Hamas faz (menos drástico, ok).

Islã é só o recheio da semana. Se aquela fosse uma região cristã, eu tenho certeza que eles achariam alguma desculpa dentro da bíblia pra se explodir nas pessoas, aliás, na Espanha, onde a perseguição aos judeus na inquisição foi particularmente forte, ainda existe um forte antissemitismo vindo dos católicos.
Sem contar gente como o Mel Gibson ainda culpando os judeus por crucificar Jesus, gente como Robert Fisk por dizer que o apoio a Israel causou o 11 de Setembro, gente como David Duke, dizendo que o Lobby israelense é o culpado por todos os problemas norte-americanos; a lista vai.

Antissemitismo é uma coisa impressionante. Juro, nunca vi tanta gente odiar um povo por tantos motivos diferentes, se for dizer que o Islã é antissemita por alguns muçulmanos são, então pode colocar o planeta inteiro nessa conta, porque não existe nenhum grupo de pessoas isentos.

Fabio Marton disse...

A esquerda virou ultra-direita e eles nem se deram conta disso.

Daniel F. Silva disse...

Quando li este texto, não sei por quê, lembrei-me de certos blogueiros de esquerda como Idelber Avelar:

http://www.deolhonamidia.org.br/Publicacoes/mostraPublicacao.asp?tID=136

Cora disse...

Mr.X, desculpe a demora -- estava devendo uma visita desde a semana passada, mas a chapa andou quente lá pros meus lados.

Agradeço muito o apoio. Ser vidraça é desgastante (embora, dependendo de onde vem as pedras, seja até um elogio); e é bom saber que pessoas que não só pensam, como tem a coragem de expor suas opiniões, por impopulares que sejam, estão ali ao lado.

Um grande abraço para você e, mais uma vez, muito obrigada.

Mr X disse...

Uau, Cora Ronai?
Que honra, você por aqui. :-)
Um abraço,

Lefebvre disse...

Pra mim o mais legal é a esquerda apoiar uma religião. Stalin se revira no túmulo!!!

HEhehe

Anônimo disse...

Revolução Quilombolivariana 1

Viva Zumbi! Viva Che!Viva Hugo Chávez! Feliz 2010!
Conscientização!Justiça !Prosperidade! Solidariedade!
Fraternidade!Amor! Paz! Socialismo Quilombolivariano!
Ao Nosso Povo! Viva Brasil! Venceremos Feliz 2010!

Manifesto em solidariedade, liberdade e desenvolvimento dos povos afro-ameríndio latinos, no dia 01 de maio dia do trabalhador foi lançado o manifesto da Revolução Quilombolivariana fruto de inúmeras discussões que questionavam a situação dos negros, índios da América Latina, que apesar de estarmos no 3º milênio em pleno avanço tecnológico, o nosso coletivo se encontra a margem e marginalizados de todos de todos os benefícios da sociedade capitalista euro-americano, que em pese que esse grupo de países a pirâmide do topo da sociedade mundial e que ditam o que e certo e o que é errado, determinando as linhas de comportamento dos povos comandando pelo imperialismo norte-americano, que decide quem é do bem e quem do mal, quem é aliado e quem é inimigo, sendo que essas diretrizes da colonização do 3º Mundo, Ásia, África e em nosso caso América Latina, tendo como exemplo o nosso Brasil, que alias é uma força de expressão, pois quem nos domina é a elite associada à elite mundial, é de conhecimento que no Brasil que hoje nos temos mais de 30 bilionários, sendo que a alguns destes dessas fortunas foram formadas como um passe de mágica em menos de trinta anos, e até casos de em menos de 10 anos, sendo que algumas dessas fortunas vieram do tempo da escravidão, e outras pessoas que fugidas do nazismo que vieram para cá sem nada, e hoje são donos deste país, ocupando posições estratégicas na sociedade civil e pública, tomando para si todos os canais de comunicação uma das mais perversas mediáticas do Mundo. A exclusão dos negros e a usurpação das terras indígenas criaram-se mais e 100 milhões de brasileiros sendo este afro-ameríndio descendente vivendo num patamar de escravidão, vivendo no desemprego e no subemprego com um dos piores salários mínimos do Mundo, e milhões vivendo abaixo da linha de pobreza, sendo as maiores vitimas da violência social, o sucateamento da saúde publica e o péssimo sistema de ensino, onde milhões de alunos tem dificuldades de uma simples soma ou leitura, dando argumentos demagógicos de sustentação a vários políticos que o problema do Brasil e a educação, sendo que na realidade o problema do Brasil são as péssimas condições de vida das dezenas de milhões dos excluídos e alienados pelo sistema capitalista oligárquico que faz da elite do Brasil tão poderosas quantos as do 1º Mundo. É inadmissível o salário dos professores, dos assistentes de saúde, até mesmo da policia e os trabalhadores de uma forma geral, vemos o surrealismo de dezenas de salários pagos pelos sistemas de televisão Globo, SBT e outros aos seus artistas, jornalistas, apresentadores e diretores e etc.
Movimento Revolucionário Socialista (Seja um,uma) QUILOMBOLIVARIANO

vivachavezviva.blogspot.com/
quilombonnq@bol.com.br
Organização Negra Nacional Quilombo
O.N.N.Q. Brasil .Fundação 20/11/1970
Por Secretário Geral Antonio Jesus Silva