terça-feira, 3 de junho de 2008

Moda terrorismo

Parecem estar na moda, em todo o mundo, as kaffiyas, esses lenços quadriculados que tiveram em Arafat seu maior garoto-propaganda e ainda hoje representam a tal "luta palestina" (leia-se terrorismo indiscriminado contra civis e desejo de erradicação do Estado de Israel) . Já vi muitos europeus e latino-americanos utilizando-a, e até mesmo uma garota judia norte-americana que certamente não era alheia ao seu significado.

Trata-se, naturalmente, da romantização de um movimento que de romântico não tem nada. Desde que Israel saiu de Gaza, os palestinos tiveram a chance de, well, investir em educação, infra-estrutura, agricultura, etc. Preferiram investir em foguetes, na indústria da vitimização e do terrorismo. É lógico. Rende mais dinheiro e mais prestígio. Jovens gostam de rebeldia, não de ordem e trabalho.

Enquanto isso em Rosario, Argentina, está para ser inaugurada uma estátua gigante do Che Guevara, de quatro metros de altura e três toneladas de peso. O grande feito do "herói"? Ter nascido na cidade e ter ajudado a implantar um sistema ditatorial que só causou miséria e desgraça em uma anteriormente próspera ilha do Caribe.

A esquerda é eternamente adolescente.

7 comentários:

Gunnar disse...

Ah Mr X, pára, né? Lenço é lenço, o povo usa porque é bonito, porque tá na moda, fim de papo.

Você dorme à noite ou fica com medo dos comunistas comedores de crianças e Mr Xizes que podem pular de trás da cortina?

Pax disse...

Mr X, pede uma estátua pro Bush e não reclama das estátuas dos outros pô.

Arnoud disse...

Mr. X, dizer que Cuba era próspera antes de Fidel é fazer revisionismo!

confetti e a ilusao* disse...

chose, eu uso chale palestino, camiseta do che e bob marley e boina com estrelinha ! é so rolar ocasiao que eu uso ! acho um barato recuperar imagens de icones de nosso tempo e integra-las no cotidiano, isso é também cultura do século 21 ! nada à ver com militantismo and stuff....
meu keffieh é fininho, preto ( o espesso ja era) e foi um presente ....
mas qualquer camelot no bd saint michel vende...

Mr X disse...

Arnoud,
Cuba era certamente mais próspera do que é hoje...

Confetta, Gunnar,
Um lenço é um lenço, mas também é um símbolo. Por que não recuperar a suástica também? Falo sério, na verdade foi um símbolo muito antigo bem antes de ser usada pelos nazis...

Mas a keffiya tem a ver com militantismo sim, assim como o Che. Imagens de rebeldia fake pop... A usar junto com o ipod e o celular último modelo...

chest disse...

adolescente evolui....

confetti e a ilusao* disse...

chose vai zoar a...nhé !
nao tenho ipod e meu blackb nao existe sem mim !

relaxe e admita que the truth is out there...