terça-feira, 3 de junho de 2008

Um bicho às terças



Existem animais mais bonitos, mais simpáticos, mais inteligentes, mais chamativos. Mas talvez nenhum que tenha essa mesma sóbria elegância do cavalo (Equus caballus). Não é por acaso que Jonathan Swift os escolheu para representar os Houyhnhnms, os seres inteligentes da sua paródia das utopias na última parte das Viagens de Gulliver.

Domesticados pelo homem há milhares de anos, quase não existem hoje espécies selvagens de cavalos. A única exceção parece ser o Cavalo Selvagem da Mongólia, ou Cavalo de Przewalski. Outro cavalo selvagem era o “tarpan”, extinto no final do século XIX. Fora isso, sobrevivem hoje alguns animais que se chamam “ferais”, isto é, descendentes de cavalos domésticos que hoje vivem em liberdade, mas não configuram uma espécie diversa.

Curiosamente, os cavalos existiam originalmente na América, mas foram extintos por motivos desconhecidos há 11 mil anos atrás. Foram trazidos novamente ao continente pelos europeus, a partir da chegada de Colombo. Hoje EUA, Brasil, México e Argentina estão entre os paíes com maior população “cavalar” do mundo, bem como todo um folclore associado a eles.

Os cavalos vivem entre 25 e 30 anos, embora alguns cheguem a 40 e tenham havido exemplares que viveram até 60. Conseguem dormir de pé. São animais ágeis e velozes. Algumas espécies podem correr a até 80 quilômetros por ora.

O cavalo é utilizado pelos humanos para o esporte, o transporte e a recreação. Há também bárbaros que comem a carne do cavalo, como os franceses e kazaquistaneses.



O cavalo selvagem da Mongólia, ou de Przewalski.

10 comentários:

Pax disse...

Cavalos não vivem em média 40 anos. De 20 a 30.

Muares vivem 40 anos.

Mr X entende tanto de cavalos quanto eu de neurocirurgia.

Mas que só perdem para as mulheres em beleza eu concordo.

Kct disse...

É realmente um dos animais mais belos, mas tenho um medo danado dele, porque ele chuta e morde... :0(

Mr X disse...

Tem razão, Pax. O texto devia dizer que vivem "ao máximo" quarenta anos, embora a média seja vinte e cinco / trinta. E que houve casos muito excepcionais de cavalos que chegaram aos 50, 60. Vou corrigir.

Já levou mordida de cavalo, Kct?

Faz muitos anos da última vez que montei num cavalo...

Arnoud disse...

Talvez sejam os animais que tenham a imagem mais viril. Além disso são de fato muito bonitos.

É verdade que eles também trocam beijos?

Nunca andei à cavalo. :-/

Pax disse...

Tenho uma foto com 2 meses de idade no colo do meu pai em cima de um cavalo.

Aos 6 já trabalhava com os peões da fazenda, saindo de manhã cedo, juntando gado ou ovelha pros tratos e apartos. Era o dia inteiro em cima dos cavalos.

Aos 8 saltava.

Aos 14 tomei um coice na cabeça que rasgou da testa até a orelha esquerda. Meu irmão diz que viu meu crâneo.

Aos 15 fui campeão de saltos no Rio de Janeiro, aos 16 e 17 idem.

Aos 17, num salto, o cavalo saiu de muito longe, passou uma perna só e deu uma cambalhota depois do obstáculo. Eu estava embaixo.

O braço esquerdo ficou dependurado, o úmero partido na cabeça, a ponta da clavícula e o omoplata quebrados.

Aos 40 domei o primeiro cavalo. Doma racional, não se bate no animal. Já foram 3 e tenho mais 3 para fazer isso antes de parar.

Hoje tenho 8 depois que meu grande amigo Índio morreu de cólica.

Vivem soltos por aqui, só vão para as cocheiras para comer e dormir.

Mordem? Bem, tem que tomar cuidado. Ao dar cenouras em rodelas há que se abrir bem a palma da mão, se eles pegam o dedo você perde uma falange pois a textura é igual e eles tem muita força no maxilar.

Se dois estiverem brincando ou brigando não coloque a mão no meio, pode ficar sem alguns dedos. Tenho uma amiga que não tem parte de um dedo numa dessas.

Não se beijam não. Mas adoram se coçar. Um fica de frente pro outro e coçam com os dentes os pelos do outro.

Montar é uma cachaça, mas há épocas que não dá vontade. Só de tê-los por perto já enche a vida.

DarwinistO disse...

Ainda prefiro os cachorros...

Mr X disse...

Poxa, Pax. Que coisa. Mas até que teve sorte, podia ter terminado que nem o Super Homem, digo Christopher Reeve.

Campeão de saltos, é? Parabéns.

Na verdade, lembrei agora que montei brevemente em um cavalo em 2006. É bacana mesmo. Mas realmente tenho muito pouco conhecimento e experiência.

Mas esse que você montava aos 8 anos era pônei, né Pax? ;-)

Abraços,

Kct disse...

Um amigo meu levou um coice na cara e ficou desfigurado. Teve que viajar para NY e fazer não sei lá quantas cirurgias.
Até hoje não pode pegar sol.

Gunnar disse...

Eca, odeio cavalos. Eles cospem, são desengonçados, têm os olhos virados pra fora e principalmente, fedem MUITO.

Fico com Tonie e Liese (meus gatinhos).

Gunnar disse...

*Toni e Liese