sábado, 31 de maio de 2008

Admirável mundo novo


Não sou cientista e portanto a minha opinião é de um leigo. Mas devo dizer que me deixam algo espantado todos os milagres (não-comprovados) que são atribuídos às tais células-tronco. Um pouco mais e parece que poderiam fazer com que os mortos se levantassem e andassem. Ou como diz o Cláudio:
A única coisa que me deixa bolado nisso tudo é o fato de boa parte da galera "a favor" soar como aqueles pastores de Igrejas evangélicas que prometem fazer cego enxergar, surdo ouvir e aleijado andar.
A outra coisa, que leio no mesmo blog, é que, enquanto os fetos e embriões não são considerados "humanos" ou mesmo "seres vivos", já há quem queira considerar os macacos como pessoas.

E continuando com as novidades biotecnológicas, na Inglaterra decidiram que os pais homens não são mais necessários. Um casal de lésbicas ou mesmo uma mãe solteira pode fazer fecundação in vitro a partir de um banco de esperma sem que haja legalmente qualquer pai.

Se isso é bom ou não para a criança, evidentemente, não é levado em consideração. Como no aborto, o que importa é o direito das "mães solteiras" e das "lésbicas" a "não serem discriminadas", a criança é apenas a manifestação material de sua liberdade de escolha.

Admirável mundo novo.

4 comentários:

chest disse...

Mr X, não se considere menor por não ser cientista. Já fui e deixei de ser porque descobri que a ciência é de uma limitação irritante.

chest disse...

Não fumo, detesto fumaça de cigarro e fico muito puto quando alguém acende um cigarro ao meu lado, mas é impossível não imaginar esse hipotético futuro:

- Abra a porta! É a polícia!
- Pois não. Qual o problema, policial?
- Recebemos uma denúncia anônima de que havia pessoas fumando cigarro neste apartamento.
- Isso é um absurdo!
- O Senhor se incomodaria se déssemos uma olhadinha?
- Claro que não! Podem entrar... Como vocês podem ver, ali está minha esposa se injetando heroína, meu filho mais velho fumando haxixe, minha sobrinha dançando embalada por alguns comprimidos de ecstasy - ou speed, não lembro - e, sobre aquela mesa, está a carreira de cocaína que eu preparava quando vocês chegaram.
- É, parece que está mesmo tudo em ordem. Desculpe-nos os transtorno, cidadão.
- Não tem problema, mas se eu fosse vocês daria uma olhadinha no apartamento 603. O cara que vive lá é meio esquisitão...

http://www.c-avolio.com/

Gunnar disse...

“Toda a nossa ciência, comparada com a realidade, é primitiva e infantil – e, no entanto, é a coisa mais preciosa que temos.”
Albert Einstein - Físico alemão, 1879-1955

Anônimo disse...

Caro Mr. X,
Uma opinião leiga não é restrita apenas as pessoas que não são cientistas, há muitos cientistas leigos. Mais já um grande passo o Senhor ter consciência de sua ignorância.
Em relação a citação usada do indivíduo chamado Cláudio. Pode-se ter uma certeza : as pessoas ''a favor'' das células-tronco até podem ser comparadas com os pastores evangélicos. O exagero que não se pode cometer neste caso , é comparar os cientistas que pesquisam as células com os pastores , esses sim, são muito diferentes, pois usam de meios diferentes para atingir o objetivo.
E a respeito das pesquisas na Inglaterra. São avanços científicos da raça humana e nada poderá deter (felizmente ou infelizmente), pois é uma característica humana. Sem essa característica, a humanidade passaria mais tempo pensando que a terra é um plano chato e que os vulcões não são manifestações dos demônios.
Atualmente vivemos numa época de grande desenvolvimento em praticamente todos os setores e o maior problema disso é que nossos conceitos e pré-conceitos não acompanham esse ritmo acelerado , e fazer esse desenvolvimento parar por causa de nossa incapacidade de acompanhar não é o melhor caminho. Isso até Huxley era contra.

Miguel, miguel_ninel@hotmail.com.