domingo, 11 de maio de 2008

Poema do domingo

É hora de partir, meus irmãos, minhas irmãs
Eu já devolvi as chaves da minha porta
E desisto de qualquer direito à minha casa.
Fomos vizinhos durante muito tempo
E recebi mais do que pude dar.
Agora vai raiando o dia
E a lâmpada que iluminava o meu canto escuro
Apagou-se.
Veio a intimação e estou pronto para a minha jornada.
Não indaguem sobre o que levo comigo.
Sigo de mãos vazias e o coração confiante.


Rabindranath Tagore

p.s. No post anterior faltou dizer que sinto uma grande fascinação pela Índia também. Mas quem não?

3 comentários:

confetti et le chien aveugle* disse...

bom dia mrx !! romantiquinho e melancoliquinho ,,poeminha ...chatinho....))

mas os post estao melhorando à bessa ! fora sua psico rigidez direitaça, mil assuntos interessantes, da vontade de comentar tudo...))

Mr X disse...

psicorigidez direitaça? :-(((

e então comenta tudo, uai!

confetti et le chien aveugle* disse...

quando tenho tempo comento chose....senao é so frase curtissima mesmo ! ((
vou comentar "razoes e reflexoes", na primeira folga....