quarta-feira, 18 de março de 2009

A guerra contra as palavras (2)


O governo Obama acabou com o terrorismo. Isso mesmo, o terrorismo não existe mais. Agora a administração não utiliza mais o termo "terrorismo" para se referir a massacre de civis ou atentado-bomba, mas apenas o termo "man-caused disasters", ou "desastres causados pelo homem".

A explicação da ministra obâmica para a mudança é que "Isso demonstra que estamos preparados para abandonar a política do medo e nos concentrarmos na política de enfrentar riscos."

Enquanto isso, a União Européia baniu os termos considerados discriminatórios de gênero como "senhora", "senhor", "senhorita", e até mesmo - contradizendo Obama - "causados pelo homem" (deve-se utilizar a palavra "sintético", afinal poderiam ser desastres "causados pela mulher".)

Às vezes me pergunto se existe uma epidemia de retardamento mental no mundo que ainda não foi descoberta pelos cientistas.

De qualquer modo, em termos de política externa, o governo Obama está cometendo tantas gafes, que já começa a ser apelidado de governo ostra.

Os trapalhões.

Ceci n'est pas Obama.

9 comentários:

Diogo disse...

Permita-me observar que essa gente toda está possuída pelo tucanês.

Chesterton disse...

negativo, é a novilingua.

Daniel F. Silva disse...

É o politicamente correto dominando o planeta. Salve-se quem puder.

Pax disse...

Vocês estão com saudades do Baby Bush?

Isso é inacreditável.

Vai ver é que ficaram revoltados com o fim de Guantánamo.

Cada coisa que vejo por aqui.

Mr X disse...

Muçum para presidente! Ou talvez Zacarias?
Bom, agora só ficou o Didi ou o Dedé... :-/

Pax disse...

Off topic:

Vai brincando...

Herança maldita?
Eis bom tema para uma pesquisa:

Dos jovens de 15 anos que vivem na Alemanha, 1 em cada grupo de 20 pertence a alguma organização neonazista.

O índice é muito maior na área da extinta Alemanha comunista: 1 em cada grupo de oito jovens desta região é neonazista, antissemita e racista.

daqui http://blogdomarona.blogspot.com/2009/03/heranca-maldita.html

Chesterton disse...

herança de quem, ou de que?

Diogo disse...

Eu só estranho que eles não se transformem em neocomunistas.

O que seria pior?

Didi Iashin disse...

Eba!
Quer dizer que ACABOU o terrorismo? Posso ir para Tel Aviv sem medo de ser explodida num mercado?
Não?
Então interna todo esse pessoal. Camisa de força, choque elétrico de hora em hora e muito, mas MUITO banho de água gelada.
Cada coisa, viu?