segunda-feira, 2 de março de 2009

Por que precisamos de Deus?


Deus existe?
Se não existe, por que tantos acreditam nele?
A ciência torna Deus irrelevante?
Se é irrelevante, por que certos "evangelistas ateus" gritam tanto para convencer os crentes a descrerem?
Será que até os ateus precisam de religião?
Crer ou não crer é escolha ou necessidade?
A ciência pode explicar Deus?
Deus pode explicar a ciência?

As respostas - ou melhor, as perguntas - em um brilhante artigo de Roger Scruton, filósofo inglês que acabo de descobrir.

16 comentários:

Anônimo disse...

Coincidentemente estava lendo agora há pouco um texto sobre o assunto Deus. Vou colocar aqui o fecho do texto:
"Há quem tenha um conceito tão amplo de Deus que não há como evitar que o acabe encontrando em qualquer parte. Se quiser acreditar que Deus é energia, poderá encontrá-lo num monte de carvão".

Nei

Anônimo disse...

Nei: Deus Deus sendo tudo também é energia. Mas você pode querer muito mais do que isso. Pode querer que Ele fale com você.

Gunnar disse...

Claro que precisamos de deus! Afinal, “Um homem sem religião é como um peixe sem bicicleta.”

Mr X disse...

Mas de onde vem a idéia de Deus?

http://www.valleyadvocate.com/blogs/gallery/A_Fish_Needs_a_Bicycle.jpg

Chesterton disse...

Porque os que não acreditam Nele querem mudar a opinião dos que acreditam?

Pax disse...

Claro que precisamos de deuses.

O cagaço de morrer é enorme e generalizado. E é difícil mesmo aceitar que tudo que vai sobrar as larvas vão traçar e lamber os beiços.

E não dá pra montar as igreja$$$ sem deuses.

Sim, precisamos de deu$e$.

Pax disse...

Kct achou uns deuses e postou

http://casadokct.blogspot.com/2009/03/um-macaco-que-anda-igual-um-humano.html

Chesterton disse...

Pax, seu Deus é o socialismo. Tipo Star Trek, venusiano. Vida Longa e Próspera.

Pax disse...

não tenho deuses, nem ídolos, sinto decepcioná-lo

Chesterton disse...

e o tarso Genro?

Pax disse...

cruz credo do meu ateísmo... Tarso Genro é um Farso Tenro.

Fabio Marton disse...

A morte existe, as larvas irão comer em seu cérebro suas doces recordações, tudo o que você aprendeu e amou, seus amigos vão esquecer de você - e morrerão também. Você tomará seu lugar junto às outras gerações esquecidas no humo do solo. Essa é a causa mais evidente para todas as religiões.

Dawkins está errado. O que devia ser vergonha em se ter uma fé não é o fato de a ela ser descaradamente histórica, fruto dos mitos de um povo antigo. Nem que ela esteja conferindo personalidade humana a um fato da natureza, como as fés antigas criavam deuses para o trovão, os cristãos tem seu deus do Big Bang.

Mesquinharias esssas questões. Vergonha deviam ter os religiosos que sua resposta para o problema da morte é a mais infantil imaginável: fingir que ela não existe. Para o religioso ou existe vida eterna, seja em um tipo diferente de consciência ou no paraíso das delícias terrenas, ou há a reencarnação, que é uma negação mais pueril ainda.

Anônimo disse...

Nunca vi deus? Alguèm o viu?

Nunca escutei deus e acho que quem diz escutar deus é esquizofrênico ou maluco.

Se tantos acreditam, bom proveito. Eu é que não perco meu tempo com besteira.

Vou direto ao grão: money, money, money.

Se há um deus verdadeiro e concreto, esse é o money ... Você pode ver, pode usufruir e sentir as dádivas que ele te dá...

Em money sim eu acredito!

Chesterton disse...

Vergonha deviam ter os religiosos que sua resposta para o problema da morte é a mais infantil imaginável: fingir que ela não existe. Para o religioso ou existe vida eterna, seja em um tipo diferente de consciência ou no paraíso das delícias terrenas, ou há a reencarnação, que é uma negação mais pueril ainda.

chest- aqui uma objeção inteligente, mas não acho essa objeção infantil, talvez seja arcaica. De qualquer modo, do jeito que você coloca, a morte não é um problema.
Você tem certeza que nada há depois da morte? Se nada há depois da morte, não há problema. Sem querer você admite que existe algo depois da morte, mesmo que seja problemático.

Gunnar disse...

“Moralmente, é tão condenável não querer saber se uma coisa é verdade ou não, desde que ela nos dê prazer, quanto não querer saber como conseguimos o dinheiro, desde que ele esteja na nossa mão.”
Edmund Way Teale

Anônimo disse...

ola respeito vcs nao acreditarem ou nao terem nenhuma fe que Deus existe, isso é uma opsao que cada um faz mas vcs acreditando ou nao Ele jamais deixara de existir, Ele conhece o coração de vcs e sabe do que necessitam e Ele nos sustenta a cada dia. A biblia diz que a misericordia de Deus é a causa de nao sermos consumidos. entao se vc ainda vive, ainda pensa, ainda tem algo para comer enfim se vc ainda existe de graças e glorifique o nome de Deus pois Ele é o nosso criador e mantenedor. estarei orando para que Deus fale verdadeiramente em seus coração e jamais duvide ou desfaça do nome de Deus, Ele é santo