quarta-feira, 4 de março de 2009

Duas capas

Capa da Newsweek anterior:


Capa da Newsweek atual:



"Aceite o socialismo, aceite o islamismo radical. São fatos inevitáveis."
E esta é a mensagem da mídia americana mainstream.
Às vezes me pergunto, o que é que ensinam nas escolas de jornalismo?
Depois se espantam que a mídia perca cada vez mais credibilidade...

7 comentários:

RW in Miami disse...

E olha que eu ainda prefiro a Newsweek `a Time...

Mr X disse...

Oi RW! :-)

Bom, eu não leio nenhuma, só observei as capas. Praticamente só me informo por Internet nos últimos anos. E algo de TV, mas pouco.

Stefano disse...

O que é isso, afinal? Provocação pura e simples ou o verdadeiro estado das coisas nos tempos do Queniano Esnobe?

Gunnar disse...

Cara, que MEDO!!! E isso é nos EUA...

Anônimo disse...

Vocês estão malucos!!! Que gente mais assustada ... Tem um aí em cima que diz: que medo!!!

Bobagem! O islã não vencerá o ocidente, como vocês temem (ou será que querem?)

Crenças absurdas e irracionais como o islã e seitas cristãs e outros bichos estão em extinção.

A economia de mercado, democrática e acessível a todos, é um fato. Não há como voltar atrás. Mesmo com regulações, aumento do estado e do gasto (com Obama, Brown e outros), o mercado, e mais que isso, a idéia de liberdade de consumo é muito mais forte.

O ocidente tem um trunfo que o oriente não têm. A capacidade de vincular produção de bens e serviços a experiências de vida (momentâneas ou duradeiras) altamente excitantes.

Ou seja, o lado mundano da sociedade de mercado triunfará sobre as ladainhas religiosas irracionais.

Claro que podem haver alguns problemas nesse caminho, mas o futuro é relativamente simples: sociedade de mercado altamente competitiva e eficiente e, sobretudo, atéia e baseada na ciência.

Religiosos bobos como vocês é que temem os outros religiosos bobos ...

Lamento o seu pessimismo, mas cada um escolhe a vida que quer. Por isso, bom proveito com seus cagaços! Cagões medrosos!

Stefano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Stefano disse...

"Aceitar o Islamismo Radical como um fato inevitável" não deveria ser dirigido ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE aos seguidores do tal "Islã radical"? Que que eu tenho a ver com essa porra? Por quê eu tenho de me "adeqüar" a algo que não me diz respeito, às minhas crenças, hábitos, vontades? Viva GEERT WILDERS, o único homem com culhões do planeta! O Islã deve ser banido do mundo livre! Os bárbaros que se açoitem entre si nos buracos de onde onde jamais deveriam ter saído.