sexta-feira, 4 de julho de 2008

The sum of all fears

Curioso como os medos da humanidade mudam.

Nos anos 60 tínhamos medo da superpopulação. Hoje o grande medo é o do baixíssimo crescimento demográfico no mundo desenvolvido (aqui interessante artigo do NYT a respeito).

Nos anos 70 tínhamos medo de uma "nova era glacial". Até faz pouco o medo era do "aquecimento global". Hoje, como pesquisas indicam que o tal "aquecimento" está perdendo credibilidade, o medo é da "mudança climática" mesmo. Que pode ser qualquer coisa.

Nos anos 60 o medo eram os comunistas que comiam criancinhas. Hoje a URSS e o muro de Berlim caíram, a esquerda chegou ao poder pelo voto, mostrou que sabe desgovernar e roubar tão bem ou melhor do que a direita, e o grande medo são os muçulmanos que explodem criancinhas.

Antes tínhamos medo da fome mundial. Hoje o medo é com a obesidade mundial.

Quais serão os medos do futuro?

Tenha medo. Tenha muito medo.

7 comentários:

Kct disse...

Medo dos marcianos que moram no interior gelado do planeta. Eles estão chegandooooo....

chest disse...

eu sempre tenho muita pena das criancinhas....

Pax disse...

Mr X perdeu o medo dos comunistas? Hum... desconfio.

chest disse...

alguem leu o Fernando Vallejo no O Globo de hoje?

Mr X disse...

Não... Escreve sobre o que? Os marcianos que moram no interior gelado de Marte?

chest disse...

que a Ingrid e o Uribe são feios, algo como se na opinião dele ela só quer holofotes...(até pode ser)

Mr X disse...

Bem, nesse caso sugiro ao tal Vallejo passar seis anos seqüestrado no meio da selva... Quem sabe assim também ele ganha alguma notoriedade... ;-)