quinta-feira, 27 de março de 2008

Será que o cristianismo terceiro-mundista vai salvar a Europa de si mesma?

Ninguém no Brasil prestou muita atenção à conversão de Magdi Allam pelo Papa, mas lá na Itália o assunto está rendendo uma furiosa polêmica, uns criticando o evento pelo seu caráter midiático ou por sua suposta mensagem política, outros apoiando a mensagem implícita de conversão de muçulmanos.

Mas os muçulmanos radicais estão com medo, muito medo.

O fato é, o Papa Bento XVI e Magdi Cristiano Allam acabam de dar a pista para a salvação da Europa: a conversão de seus imigrantes ao cristianismo.

Tem um ditado americano que diz, "não se leva uma faca para um duelo com pistolas". Da mesma forma, não se leva o secularismo para uma luta entre religiões. E é disso que se trata, no fim das contas.

Os muçulmanos não vão se converter ao secularismo europeu, precisam de outra religião para a qual canalizar sua fé. As elites ateístas não entendem isso, é claro, assim como não entendem o fato de que a maioria das pessoas precise acreditar em algo além do vazio total do pós-modernismo, mas o fato é, no fundo, bastante simples: ninguém enfrenta a morte em nome do secularismo; em nome da religião, sim. Simples assim. Quem vai enfrentar os fundamentalistas muçulmanos? Alguém com fé.

No Egito, terra de nascença de Allam, um padre copta chamado Botros está convertendo centenas, milhares de muçulmanos ao cristianismo na surdina, isso tudo sob um regime autoritário. Na Europa democrática e politicamente correta, não há missionários que se infiltrem nos guetos islâmicos para pregar a fé cristã.

A mensagem do Papa parece ser que eles virão. Não serão europeus brancos, mas sim cristãos do terceiro mundo, da América Latina e da África, ou então ex-muçulmanos já convertidos que se dedicarão, com risco de violência, a pregar a nova fé entre seus irmãos.

Será que só Deus pode salvar a Europa de si mesma?

5 comentários:

confetti disse...

chose, je n'arrive pas à savoir si tu plaisantes ou si tu es serieux....en tout cas, surement ironique ...))

Mr X disse...

Je suis tojours sérieux, confètte... :))))

Theo disse...

Que ocorra a conversão de milhares de muçulmanos pro cristianismo eu acredito, vc só esqueceu dos milhares de cristão que se convertem ao islã no mesmo egito.

na verdade é uma proporção de 20/1, esse dado eu li em algum lugar depois tento encontrar, mas no final como vc pode ver os islã triunfará, 20 pro islã, 1 pros copta.

Mr X disse...

Pois é Theo, mas o Islã está perdendo terreno na África e na Ásia, a China está virando cristã, o problema mesmo vai ser a Europa, onde o islã é clara minoria, e só vai virar maioria se os europeus forem muuuuuuuuuuito burros.

Arnoud disse...

Mr. poderia nos dizer qual a sua fé? Pelo texto suponho que possua uma e sei que não é islâmica. :-P