sábado, 8 de março de 2008

O mundo da fantasia

Bjork, em um concerto em Pequim, protestou a favor da liberação do Tibet. Os chineses reagiram dizendo que o Tibet jamais se separará da China, que quem disser isso terá sua entrada barrada no país, que a partir de agora os artistas que entram serão mais vigiados e que a própria Bjork poderá ser proibida de realizar novos concertos por lá. Aplausos pra ela, mas -- pobre Bjork! Provavelmente achava que protestar contra os chineses era tão fácil quanto protestar contra o aquecimento global ou contra George W. Bush...
* * *
E por falar em "barrados", a Espanha andou barrando a entrada de brasileiros em Madri. O interessante é como a AP noticiou:
FACE XENOFÓBICA DA DIREITA ESPANHOLA”. “O aumento [do número de deportações] é resultado de pressões que o governo do primeiro-ministro socialista José Luiz Rodríguez Zapatero vem sofrendo do ultradireitista partido Popular, da oposição, e da União Européia para controle da imigração”.
Ou seja, o governo DE ESQUERDA barra, mas a culpa... é DA DIREITA!
E Partido Popular, "ultradireitista"? Enfim, o jornalismo, lá ou cá, anda cada vez pior...
* * *
O Hamas usa crianças-soldado, lavagem cerebral, adolescentes-bomba, técnicas de propaganda nazista, estímulo de jovens ao suicídio e ao assassinato... E no entanto passam como "vítimas", como "defensores do povo palestino". Nunca entendi as pessoas que defendem esse grupo, acredito que tenham problemas mentais. Ou sejam esquerdistas radicais, o que é a mesma coisa.
* * *
Muitas pessoas, e não apenas pessoas burras, por algum motivo não acreditam que os documentos encontrados no computador de Raul Reyes sejam verdadeiros. Não as entendo. Quase certamente não leram os documentos, que no entanto estão disponíveis online, ou não diriam isso. A prova mais evidente, entre tantas, que os documentos são absolutamente verdadeiros, é que em uma das cartas o pessoal das FARC cita o Obama, dizendo que ele provavelmente seria o próximo presidente dos EUA, e que ele não continuaria com o Plano Colômbia. Ora, nenhum ghost-writer colombiano envolveria um candidato a presidente americano em um documento falso, seria no mínimo um escândalo. Mas não, os críticos tupiniquins do Uribe continuam, ou ignorando os documentos, ou dizendo que são falsos ou "irrelevantes". Mais ou menos como sempre negaram o Foro de São Paulo...
* * *
Estou convencido que a maioria dos jornalistas, acadêmicos e "artistas" pop vivem em um mundo de fantasia, que só existe dentro de suas cabeças. Lamentavelmente, alguns querem impô-lo a todos nós.

6 comentários:

confetti disse...

nao consigo entender o "percurso mental" de suas conclusoes mrx...
mesmo querendo...((
entao tbm nao consigo comentar o assunto....

confetti disse...

bjork sempre canta "declare independenca" em seus shows...acho otimo ! a carapuça as vezes é perfeita !
viva o tibet livre !!
viva o dalai lama !

confetti disse...

chose nao curte o mundo da fantasia ? esse mundo tao confortavel onde sou um confetti e vc um super heroi com x na camiseta ? hehehe

bom domingo mon grand chéri !
nao esquece o poema...

Mr X disse...

O que há de difícil em entender minhas conclusões? Basta somar A + B.

Tou com dor de cabeça confetti... :((((

Outra hora explico

O poema coloco daqui a pouco.

Bj,

Theo disse...

Mr X,

Eu acredito que os documentos são verdadeiros,mas se a colombia quisesse falsificar eu não duvidaria que ela seria capaz, portanto não é tão fora do mundo assim as pessoas que não acreditam.

Mr X disse...

Theo,

Na verdade os tais "documentos" não tem nada de mais, são só algumas cartas entre o pessoal das FARC e simpatizantes, portanto, não acho que os colombianos se dariam ao trabalho de falsificar. Mas, além disso, a maioria do pessoal que diz que é falso não leu.