segunda-feira, 6 de outubro de 2008

A cidade dos carros


Tem uma cena em "Sunset Blvd." (já o filme tem nome de rua - no Brasil se chama O Crepúsculo dos Deuses) em que os credores do protagonista levam embora o seu carro. Ele, que está hospedado na casa de uma atriz decadente, fica desesperado: "Meu Deus, nunca vou sair daqui!"

De fato, não ter carro em Los Angeles pode causar uma sensação de claustrofobia e impotência. Sei de pelo menos um leitor (nosso amigo Gunnar) que detestaria Los Angeles. A cidade, de fato, não é construída para pessoas, mas para carros.

Não me entendam mal: é possível caminhar ou andar de bicicleta, e a cidade conta ainda com um excelente sistema de ônibus. Na verdade, os ônibus aqui são melhores do que em muitos lugares da Europa: limpos, razoavelmente rápidos, chegam sempre no horário (há uma tabela na parada), possuem acomodação externa para transportar até duas bicicletas, e um sistema para pessoas em cadeiras de rodas que - já vi em ação - funciona muito bem. Comparando, os famosos ônibus londrinos são péssimos).

Mas quase toda a arquitetura da cidade é pensada para quem tem carro. Avenidas largas, distâncias quilométricas, restaurantes com drive through. Vi mesmo algumas lojas que têm a sua entrada principal para os carros - a entrada para meros pedestres fica nos fundos da loja e é preciso dar a volta no quarteirão. Há alguns bairros nos quais é possível passear e caminhar (Rodeo Drive, Westwood) como em qualquer cidade normal, mas há outros lugares nos quais para ir do ponto A ao ponto B você precisa caminhar mais de um quilômetro.

A cidade pode ser aproveitada mesmo sem um automóvel, é claro. Eu mesmo não tenho carro ainda e, por ora, não senti falta: vou à Universidade de bicicleta. Porém, sei que eventualmente vou ter que comprar um. Los Angeles não é Amsterdam.

No dia em que o petróleo acabar, temo que esta cidade entrará em colapso. Isso, é claro, se não acabar antes com o Big One (não, não me refiro a Obama, mas ao grande terremoto que, dizem, um dia virá. Talvez ocorra no mesmo dia da posse de Obama, como um anúncio do final dos tempos).

7 comentários:

RW in Miami disse...

Vc tem sorte, Mr. X.... aqui em Miami o sistema de transporte publico e' uma caca, e com o calor que faz aqui, bicicleta so' mesmo no inverno !

Mr X disse...

Bom, não é perfeito, certos ônibus em certos horários passam só de 20 em 20 min ou mais, etc. Mas se você sabe o horário, é tranquilo.

Achei que o sistema fosse ser bem pior. Em Londres é muito ruim, quase sempre fora de horário, são lentíssimos, parece haver sempre malucos ou bêbados entre os passageiros, até briga de faca já vi uma vez. O negócio lá é usar o metrô.

Kct disse...

Compre patins, mas não vá patinar só de sunga, que é coisa de gay.

Gunnar disse...

Nem precisa ir tão longe. Aqui aBUNDA cidades feitas para carros: São Paulo e, cada vez mais, Curitiba.

Mas os EUA têm exemplos ótimos de planejamento urbano mais racional, humano e, consequentemente, eficiente, vide Portland ou Berkeley.

a moça chata* disse...

chose, acho que nao conhecemos o mesmo "londres" ! os onibus la sao otimos, limpos e pontuais, nunca vi bebados nem malucos ! btw isso seria impossivel com as cameras de cctv em todo canto ! confirmo que sao lentos, mas isso é sobretudo em hora de rush...e em qq cidade do mundo é a mesma coisa...nao ?

quanto à l.a., os onibus so sao usados por quem ta realmente na merda ! o cara mais pobre da california tem carro, caindo aos pedaços mas tem ! digo isso sem nenhuma arrogancia nem preconceito : é a realidade ! parte da minha familia vive ai e frequento o pedaço ha muito tempo, conheço a cidade como minha palma de mao ! vc ta descobrindo ou ja conhecia ?

ja descobriu aquela banca de jornais ali na promenade, santa monica, onde tem revistas e jornais do mundo todo ? domingo de manha tem fila....tem até "a tarde" de salvador....:-))

ah eu nem ia mais comentar aqui...a gente fala e vc nao responde....seu feio...

Mr X disse...

Oi confetti!
Não respondo? Ué :-( Respondo sim...

Talvez eu tenha pego demasiado "night bus" em Londres...

Tinha estado só por três dias antes em L.A., não conhecia não.

Abs,

Kct disse...

Eu acho que cidade dos carros mesmo é Brasília.