terça-feira, 7 de outubro de 2008

O messianismo esquerdista

Nos comentários publicados no post "A esquerda no poder", leio os seguintes comentários:

[Graças ao PT] os últimos oito anos foram de incrível crescimento econômico, as taxas de desemprego foram reduzidas à zero (sic), todos têm assistência médica e pagam suas hipótecas (sic).

Ou ainda:

A esquerda tem que dominar não só a América do Sul e sim (sic) o mundo.

Já em blogs americanos, leio comentários como este:

***Conservatism is the tired old need to hang on to the past while liberalism is a need for change for a brighter future.***

Acho que a diferença entre os conservadores (direita) e os liberais (esquerda) é que os segundos mais parecem membros de alguma religião. Acreditam que basta um político de esquerda (um Messias) chegar ao poder para "mudar" a sociedade, a política ou a economia, ou até a própria natureza humana. Quer dizer, segundo eles existe pobreza, desgraça, guerra e fome apenas porque a pessoa certa ou o sistema certo não estava no poder.

Quando a pessoa certa chegar e puder realizar as suas políticas salvadoras, tudo melhorará. O nível dos oceanos vai baixar e o planeta será curado. Nenhum país invadirá outro. Todos pagarão suas hipotecas.

Já para o conservador, a vida é uma eterna luta, tudo tem um preço, o governo mais atrapalha do que ajuda e jamais se chegará a um estágio Ômega no qual todos serão felizes.

Naturalmente, a esquerda é muito mais popular.

Um comentário:

chest disse...

Mr X sabe das coisas

isto aqui você tem que ver , é hilário

http://www.youtube.com/watch?v=UC31Oudc5Bg&eurl=http://dissectleft.blogspot.com/