sábado, 16 de fevereiro de 2008

Educação e Justiça social

O sujeito que matou cinco pessoas na Universidad de Illinois estava interessado em paz e justiça social:

In 2006, Kazmierczak was a student at Northern Illinois, police said, where he worked on a graduate paper that described his interest in "corrections, political violence, and peace and social justice."
Eu sempre achei que o excesso de teorias marxistas fosse um claro sinal de algum tipo de doença mental... Lembrem que também o atirador coreano que matou 32 havia escrito poemas violentos contra a "burguesia" e o "sistema".

* * *

Em outro exemplo do que os trinta anos de educação politicamente correta fizeram e ainda fazem nos EUA, realizaram uma pesquisa entre alunos do segundo grau para perguntar quais eles achavam que seriam os personagens mais importantes da História do seu país (os alunos só não podiam citar presidentes ou primeiras damas). O resultado foi:

1. Martin Luther King Jr.: 67%
2. Rosa Parks: 60%
3. Harriet Tubman: 44%
4. Susan B. Anthony: 34%
5. Benjamin Franklin: 29%
6. Amelia Earhart: 25%
7. Oprah Winfrey: 22%
8. Marilyn Monroe: 19%
9. Thomas Edison: 18%
10. Albert Einstein: 16%

A lista se destaca por dar relevância especial a negros e mulheres.

Os três primeiros da lista são negros representantes do movimento dos direitos civis dos anos 60. Martin Luther King foi certamente importante, embora sua posição de personagem mais importante da História Americana seja bem discutível. Rosa Parks foi a célebre mulher negra que se negou a ceder o assento no ônibus gerando os vários protestos pelos direitos dos negros. Harriet Tubman era outra militante dos direitos dos negros dos anos 60. Oprah Winfrey, todos sabem, é uma apresentadora de televisão negra, e Marylin Monroe também dispensa apresentações, ainda que caiba perguntar-se que feitos a levam a ocupar tanta importância na história americana - talvez devido ao seu caso com o presidente Kennedy? Amelia Earhart foi uma das primeiras aviadoras mulheres. Susan B. Anthony foi uma feminista. Einstein era alemão e só morou os últimos 20 anos de sua vida nos EUA.

A lista reflete a ênfase dada pelos professores ao "políticamente correto", à "inclusão", à "variedade".

Só não reflete conhecimento básico da História.

Como dizem os americanos: "your tax dollars at work".

* * *

p.s. Claro que se fizessem uma pesquisa similar aqui os resultados seriam algo do tipo:

1. Lula
2. Ronaldinho
3. Getulho Vargas
4. Zumbi dos Paumares
5. Fernandinho Beira-Mar
6. Juliana Paes
7. Vera Ficher
8. Grupo Timbalada
9. Luiz Carlos Prestes
10. Pedro Álvaris Cabrau

12 comentários:

confetti disse...

kkkk


chose, cada dia mais misogino hein...so mesmo vc pra atribuir a importancia de marilyn à seu affair com aquele idiota de kennedy...a mulher era gorda, depressiva e tingida, mas é o ultimate simbolo da feminidade...vai estudar x !! )))

Mr X disse...

Confetti,
Gosto da Marilyn, ela está ótima em Quando mais Quente Melhor, mas, poxa, não exageremos...

Misógino, eu? :-(

chest disse...

MM? Na história americana? Só se for o expectorante ou o chocolate. A Marilin era uma puta de luxo, que fez cinema , e nada mais. me admira as feminstas acharem que ela teve algum valor histórico
(ou n"ao se fazem mais feministas como antigamente)

confetti disse...

1- nao sou feminista
2- puta de luxo tbm é gente !

na america puritana (ainda mais) daquela epoca, marilyn representava a fragilidade feminina... sua beleza cheia de celulite emocionava um publico avido de mitos...ela inspirou toda uma geraçao....é pouco ? dificil imagina-lo em 2008, mas nao precisa ser iconoclasta!

chose quando leio seus comentarios sobre mulheres, lhe acho cruel sim, limite misogino ! a hillary na sua boca, sofre...e nao so por razoes "politicas"

Arnoud disse...

Ô Mr. X, tem vezes que vc "passa mesmo dos limites" (é só uma expressão, viu?)

Associar o caso do Kazmierczak à sua suposta visão política é um exagero que não espero nem de você!

O cara era doente e parou de tomar o remédio. Tinha fácil acesso a armas(legais ou ilegais) e fez uma grande besteira.

Isso poderia ter acontecido com "esquerdistas" ou com "direitistas".

Mr X disse...

Arnoud,
Era uma piada de humor negro... mais ou menos. Tá certo que ele era doente, mas porque essa raiva toda? Todos esses malucos armados aí tinham idéias bem bizarras, mas que estão no ar... Alguém as passa a eles...


Confetti,
Poxa, não sou misógino não, adoro as mulheres. :-( Com a Hillary é só sacanagem. Tenho mais medo de uma presidência Obama.

Anônimo disse...

Testando...

Anônimo disse...

Como é que eu faço prá sair meu apelido nesta coisa?
Quem que eu tenho que matar para isso acontecer?
Fica aquela zona de URL, OpenId e nada!!!
Dai tem que ecrever no finzinho:

Brancaleone, senão fica anônimo.


PS: Beijos Confetti! Tava ouvindo Oh Marie!!!

confetti disse...

josua, desce o curseur e seleciona nome/url...

me leva pro mormaço mon amour...

Fred disse...

Companheirinho

Gostaria de entender o que voce chama de politicamente correto. Poderia explicar?
Voce fala de grandes nomes como se não o fossem.

" Só não reflete conhecimento básico da História. "

Gostaria de ver seus nomes de figuras importantes para os USA.

Ah, não se esqueça da turma do KKK.

Viche!

Beijão

Alexandre A. disse...

É, conhecimento de história nos EUA está no nível do de Geografia.
Uma lástima.
Não esperava uma dessas, os kras passam 9 (nove) anos estudando 50 e poucos estados e sua história.
Pra mim foi surpresa, pensei que ao menos os personagens importantes de lá seriam lembrados.

(proftel)

Arnoud disse...

Mr. X, o caso é que o cara era maluco. Ponto final.

Se ele fosse da KKK não faria dele nem melhor nem pior. Continuaria sendo um louco com uma(s) arma(s) na mão.

Nem tudo no mundo se divide em esquerda ou direita.

Algumas coisas são apenas loucura mesmo.

Abraços!