sábado, 6 de junho de 2009

Mr. Casmurro

Não é para copiar o Not Tupy não, mas estou entrando em depressão, e corro o sério risco de virar um Dom Casmurro da blogosfera. Não, não é por causa da Capitu, essa vadia ordinária que me trocou por um Escobar comunista, ecologista, vegetariano, metrossexual e islâmico. É por culpa da estupidez humana mesmo.

As reações exaltadas a qualquer discurso de Obama, por exemplo, me parecem esdrúxulas, aberrantes. A revista Time chama Obama de profeta e diz que seu discurso no Cairo foi o mais importante jamais feito na História. A Newsweek vai ainda mais longe e afirma que Obama é Deus.

Confesso que essa simbologia religiosa me preocupa um pouco, me faz lembrar um culto suicida. E se Obama mandar eles tomarem cianureto, será que tomam?

Obama parece estar em permanente campanha: promessas de paz, promessas de um mundo sem armas atômicas, promessas de resolução de problemas econômicos. Todas as suas realizações estão no futuro.

Obama é um excelente vendedor de enciclopédias, isso é verdade. Fala uma coisa a um e outra, oposta, a outro. Um dia é "bushista" e no outro "marxista", pró-árabe no Egito e pró-judeu em Jerusalém, mas não importa o que ele fala, o importante é que todos comprem a enciclopédia.

Ou talvez a melhor comparação seja a que fiz um outro dia aqui no blog: Obama é um pastor da Igreja Universal. Ele fala, promete o Paraíso, e encanta a todos os fiéis. Mas o Paraíso sonhado nunca chega e, enquanto isso, dá-lhe cobrar dízimo, isto é, imposto.

Mas Obama nem é o problema. Ele não existiria sem seus mentores e sem o povo que o elegeu. Ele é apenas o sintoma maior de uma coisa que não sei definir bem. Uma futilidade, uma ignorância, uma superficialidade imensa que parece ter tomado conta do mundo ou, ao menos, do que chamamos até agora de mundo ocidental. É como se quiséssemos voluntariamente ignorar toda a História do planeta até aqui, e achar que de agora em diante irão valer novas regras, recém-inventadas. "Vamos importar milhões de muçulmanos para a Europa e sustentá-los com dinheiro estatal. Vamos legalizar o casamento gay, a poligamia e o incesto. Vamos imprimir mais dinheiro para pagar as dívidas. Vamos soltar psicopatas nas ruas após poucos meses de prisão. Vamos liberar as drogas e proibir as armas. Não se preocupe, vai dar tudo certo, sou eu que estou dizendo."

Já desisti de argumentar com esquerdistas pois é muito cansativo e, no fim das contas, alienante e inútil. Acho que concordo com o Bezmenov: esses estão perdidos, uma vez que o pessoal sofreu lavagem cerebral, não há mais o que fazer por eles, non ragionam di lor, ma guarda e passa.

Ou será que é mera casmurrice minha? De fato, às vezes me sinto como se tivesse 90 anos em lugar dos meus joviais trinta e tantos...

Estou pensando seriamente em me aposentar e, em vez do blog, dedicar-me à apicultura. Outra solução seria passar a ler os blogs obamistas, onde tudo é lindo e maravilhoso e haverá paz no Oriente Médio em duas semanas. É uma idéia.

19 comentários:

Cláudio disse...

Mr. X, prepare-se para aturar mais e mais coisas do gênero, pois a autojustificação é um mecanismo poderoso da mente humana para lidar com a dissonância cognitiva. Quanto mais merda o Obama fizer mais acalorados serão os elogios.

Pax disse...

Mr X declara derrota.

Também, resolveu defender o indefensável.

Tadinho.


Agora vai comprar uma boina com estrela, uma camiseta com a foto do Che e entrar numa ONG ambientalista.


Vai ser mais radical que o mais radical dos radicais de esquerda.


Precisa, como penitência, converter o Chesterton, o velho e bom Chesterton.

Chesterton disse...

humm, deixe-me ver, qual era a terapia? Ah, lembrei, seja macho e vá arrumar um machado para cortar lenha!

Chesterton disse...

Quanto ao Obama, alguem disse: A formula do sucesso não sei, mas a do fracasso é tentar agradar todo mundo.
O cara tá criando muitas expectativas, assim que um dos envolvidos cansar de esperar, uma reação em cadeia faz a popularidade dele despencar.

Trust disse...

Mr X, continua com as suas postagens, pois tenha a certeza que não está sozinho. No entanto acho que é preferível ensinar as Pessoas que querem aprender, e procuram a verdade, do que tentar converter progressistas! não vale a pena porque são pessoas com mente fechada e têm os seus dogmas! parece ironia, mas cada vez mais verdade! continuo sempre a ler as suas postagens ^^

Lefebvre disse...

Bom, os esquerdistas estão perdidos mesmo. Isso é indiscutível. O problema hoje é descobrir como manter um mundo habitável apesar da existência deles. Esse é o desafio prático e teórico que tira a noite de sono, e sem motivo. O negócio é ser sempre bem claro, e por mais burro que um ser seja, ele não poderá negar a realidade. Pode chorar e fazer birra, mas não pode negar.

Chesterton disse...

http://www.pjtv.com/v/1972

talvez a resposta para a depressão

Anônimo disse...

A queda do messias afro vai ser violenta.

Anônimo disse...

Deem uma olhada neste vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=xuKqgvUCtGw&feature=player_embedded

Mr X disse...

E esta agora? Obama tem seu próprio "provador de comida", até em restaurante francês. Medo de ser envenenado, ou complexo de imperador?

http://news.yahoo.com/s/afp/20090607/od_afp/usfrancepoliticsobamaoffbeat_20090607151247

Fabio Marton disse...

Aparte: ô capinha lazarenta de feia!

A minha tristeza do Jeca, ancilostomose espiritual, é pela crise econômica e suas consequencias bem físicas, o que por acaso incluiu o evento machadiano, pois mulher sacomé.

Eu ainda tenho esperança nos USA. Você quer entender por que a Europa está perdida assista "Pimp My Ride", ver que tipo de imbecil se tornaram os ingleses. Os USA, em seu complexo de Lisa Simpson, resolveram brincar de Europa - já fizeram isso antes, com Carter. Deve passar.

Chesterton disse...

E o preço?

Cláudio disse...

Ah, o preço há que ser pago. Não se pode esperar que eles brinquem de "yes, we can" impunemente. Se houver conseqüências, não há lições.

O único problema é que não vejo um republicano como Reagan para enxotar o Obama da Casa Branca.

Cláudio disse...

Nem Democrata. Acho que a Hilary poderia enxotá-lo, mas ela agora é do time.

Chesterton disse...

Será então tarde demais? Tem gente prevendo até a secessão americana.

Silvio disse...

recomendo: http://tinyurl.com/p4bj3u e http://tinyurl.com/p5vx9m


como diria um pensador conterrâneo meu, o Tiririca: é rir p/ não chorar.

Mr X disse...

Na verdade, eu achei a capa engraçada.

cnftt* disse...

fabio,
"pimp my ride" é o programa mais americano da mtv, apresentado por Xzibit...nada, mas nada a ver com uk life style...

detona, mas detona com info verdadeira...))

Mr X disse...

Parece que tem Pimp my Ride em versão USA e em versão UK. Mas não assisti jamais. Acho que tem coisas piores na TV.