quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Fim das ideologias? Qual nada!

Tem Dalrymple novo na área, explicando por que as ideologias não morreram e não morrerão jamais. Uma vez comunista, sempre comunista. Ou islamista. Ou ecologista. Ou neonazifasciprogressista. Avante, Camaradas.

29 comentários:

Cohen disse...

Caro X,

Neste infeliz contexto, aqueles que (por ideologia) um dia se declararam "de Direita" ou votaram no PT, ou até mesmos os defensores dos famigerados Islã estão terminantemente perdidos? É isso que estás candidamente sugerindo?

E aquela velha estória de uma possivél cura para a demência humana?

Pax disse...

Desengonçado,

Você mesmo já não disse que votou no PT? Então, por essa tua lógica, você é nazista?

Ok, viste como tua doutrina é errada?

Já saquei como conduzir teu processo de cura. Pelo método socrático da ironia e maiêutica.

Agora ficou fácil.

Mr X disse...

Pax, num entendeu.

Não tou chamando ninguém de nazista ou comunista (não desta vez, ao menos).

Ao contrário, o que Theodore sugere é que sonhos utópicos e idéias grandiloquentes para "reformar o mundo" sempre existirão, mas nem sempre terão a forma do marxismo. Segundo Theo, ao contrário, o que ocorreu foi uma balcanização das ideologias, em vez de ser só uma (comunismo) agora são duzentas mil variações. Tem até ideólogo utopista de direita, acredite, se é que falar em "esquerda" e "direita" nesse contexto faz sentido.

Avante, Camaradas!

Fabio Marton disse...

Dalrymple de fato citou a utopia de direita, que são os anarco-capitalistas. Eu concordo com as premissas morais deles, de
que o estado não é muito diferente do mafioso cobrando proteção.

No entanto, não julgo serem aceitáveis quaisquer idéias que para darem certo exigem que todo o planeta pense do mesmo jeito.

Detesto dar razão ao pequeno pônei mas acho sinceramente, Équis, que você se empolgou e mordeu a língua nessa de "uma vez comunista, sempre comunista". O que eu digo pra mim vale pra você: a maior qualidade de Tio Teddy, que eu considero um sucessor de Anthony Burgess, é que ele realmente é capaz de se por no lugar dos idiotas para rebatê-los sem desumanizá-los. É como conversar com as crianças, você precisa se lembrar que um dia também foi uma.

Pax disse...

É um árabe!

Principais características: inteligência, alta capacidade pulmonar e cardiovascular, fidelidade, confiabilidade.

Coisa pra poucos.

E não ficam dando uma de valentões bobalhões que querem queimar os outros, como mesmo, passar um lancha chamas ou algo parecido. Pois é. Difícil mesmo é ser homem. Velentia besta tem de montes. Aliás, sugestão pra reflexão, um tanto ridículas.

Quem gostava de queimar os alheios era uma turma de outra época e outra "minha luta".

Quando um lado chega ao extremo, fica igual ao outro lado. Sem tirar nem por. Até nas ridículas expressões.

Fabio Marton disse...

Sem dúvida alguma, um magnífico cavalo. A última coisa que eu contestaria no povo que o selecionou é sua proficiência militar. Nem sua inteligência - eles certamente sabem muito mais o que estão fazendo que quem por aqui acredita os estar defendendo.

Eu não acho os alemães inferiores por causa das más idéias que eles um dia defenderam. Aliás, defender más idéias a ponto de ser um perigo exige um bocado de força e inteligência das pessoas - por isso o Brasil nunca foi um perigo, apesar de sempre ser um paraíso de más idéias.

Chesterton disse...

É um árabe!

Principais características: inteligência, alta capacidade pulmonar e cardiovascular, fidelidade, confiabilidade.


chest- então não é palestino.

Chesterton disse...

Stimulus Payments

The USA and various other countries are set to hand out economic "stimulus" payments to their citizens. Below we explain that -- using the Q and A format:

"Q. What is an Economic Stimulus Payment?
"A. It is money that the federal government will give to taxpayers.
"Q. Where will the government get this money?
"A. From taxpayers.
"Q. So the government is giving me back my own money?
"A. Only a little bit of it.
"Q. What is the purpose of this payment?
"A. The plan is that you will use the money to purchase a high-definition TV set, thus stimulating the economy.
"Q. But isn't that stimulating the economy of China?
"A. Shut up."

Below is some helpful advice on how to best help the Economy by spending your stimulus check wisely:

If you spend that money at Wal-Mart, all the money will go to China.
If you spend it on fuel, it will go to the Arabs.
If you purchase a computer, it will go to China or Taiwan
If you purchase fruit and vegetables, it will go to somewhere in Asia or Mexico (unless you buy organic).
If you buy a car, it will go to Japan.
If you purchase useless crap, it will go to China

...and none of it will help the economy. We need to keep that money here. You can keep the money here by spending it at garage sales, going to a football game, or spending it on prostitutes, beer or tattoos, since those are the only businesses still here.

Anônimo disse...

É um árabe......
Sem dúvida,boas propriedades,massssssssssssss
É o único que para correr levanta o rabinho e deixa tudo á mostra.!!!

abraços

karlos

Mr X disse...

Árabe? Poxa, então é um cavalo-bomba? Que perigo... ;-)

Mas, falando sério, tá certo, esse negócio de "uma vez comunista, sempre comunista" era piadinha, é claro que as pessoas mudam, algumas pra melhor, outras pra pior. Mas em geral as viúvas do marx tendem a abraçar causas similares, grandiloqüentes, de transformação social mundial. Eu há muitos deixei de lado tais pretensões, e digo até o contrário: considero as utopias sociais extremamente nefastas, acho que o melhor que podemos fazer é cultivar o nosso jardim - cuidar de nossas famílias, nossos amigos, nossos próximos (e já é muito!), nossos cavalos, nossas fazendas, etc.

Quem quer mudar tudo para o "bem do povo / classe trabalhadora / raça ariana / coloque aqui seu grupo" em geral termina matando alguns milhões no processo.

Pax disse...

Bem, mataram 2 fetos dentro da barriga de uma gestante brasileira na Suiça porque ela falava português na saída do metrô. Pra complementar cortaram toda a pobre mulher com estiletes. Os fetos não resistiram aos pontapés que ela recebeu.

Eram três de extrema direita. E a gente aqui falava de valentia besta.

Realmente, Mr X, enorme e desengonçado Mr X de 2,12 m de altura, você tem razão. Mas acho bom calibrar o periscópio pra poder olhar em todas as direções. Quando ele trava para um lado só, voltando aos beiçudos, ficamos com antolhos como os de carroça.

Diga-me Mr X, como você interpreta a direita radical?

(ironia e maiêutica - crônica de uma cura anunciada)

Nei disse...

Acho que o Pax não assistiu ao filme The Soviet Story.
Lá é demonstrado direitinho como o nazismo e o comunismo são irmãos siameses que compartilham a mesma visão de mundo.

Pax disse...

Caro Nei,

Não vi o filme. Me interessou. Mas voltemos ao assunto. Nesse caso específico dos suiços, os três assassinos (sim, mataram dois fetos) eram ligados à extrema direita. Desenharam a ponta de estilete no corpo da vítima a sigla do partido de direita radical que hoje é o maior da suiça. Foi assim que vi no noticiário. Não me consta que tenham qualquer vínculo comunista. Pelo contrário. E um deles tem uma suástica desenhada no couro cabeludo.

Onde quero chegar?

Na desconstrução da afirmação do Mr X, desengonçado Mr X de 2,12m de altura, desalmado periscópio descalibrado, que todo cara esquerdista, ou ecologista é e sempre será um nazifascista. “Uma vez comunista, sempre comunista. Ou islamista. Ou ecologista. Ou neonazifasciprogressista.”

Porque?

Pra mostrar ao Mr X que ele pode ter suas razões, tem direito a tê-las, mas precisa ter cuidado com suas afirmações. Quando são espasmos raivosos como esse, perdem completamente a razão e a lógica. E aí? Bem, precisamos entender a que se presta, então, o blog. Aliás, venho com freqüência colocando esse ponto para o dono do espaço. Se for pra virar palco de loucuras e devaneios da direita, mais uma vez terei que me despedir. Há tanta coisa sem nexo nem sentido na blogosfera que esse ficaria sendo mais um. E há pra todo lado, direita, esquerda, extremos, centros etc. Se for pra virar palco de discussões sobre a direita ou esquerda, sobre religiões, sobre futuro das civilizações, discussões que envolvam política, sociologia, antropologia, filosofia, e o que quer que seja, teremos um bom lugar para encontros e bons debates. Caso contrário...?

A forma que tenho encontrado de dar minhas opiniões e fazer minhas críticas é descontruindo verdades que o blogueiro coloca (ok, nem sempre, também cometo meus deslizes). Uma delas, um bom exemplo, tenho em mim mesmo. Sou mais voltado à esquerda que à direita. Sem sombra de dúvidas. E tenho meus envolvimentos com ambientalistas. Mas não sou comunista e muito menos nazista. Seria uma enorme contradição. Teria que desejar a morte de mais da metade dos meus amigos, o que está longe de ser verdade, bem longe. Diria oposto.

Quando o Mr X chegar ao ponto de dizer: “Só sei que nada sei”, estará dando um enorme passo para conceituar e definir o que lhe agrada ou lhe incomoda de forma mais racional e menos emocional, pois esta última incorre em tentar definir verdades absolutas a partir de premissas, dogmas e axiomas falsos. (pulo aqui de Sócrates a Descartes numa permissão filosófica).

Veja, Nei, temos noticiário suficiente que nos prova que há tanto direitistas quanto esquerdistas venais, absolutamente venais. E acredito que há, também, que provem o contrário. Se você aceita essa tese, então a conceituação do que é venal passa necessariamente a ter que procurar outra fundamentação.

Tô me alongando mas é que aqui merece. O Mr X, desengonçado, gosta do estado mínimo, do neoliberalismo. Ok é um direito dele. Mas eu não. E é um direito meu também. Gosto da idéia, por exemplo, que a Educação e a Saúde sejam responsabilidades do Estado. Gosto do modelo do Canadá e da Inglaterra muito mais que dos EUA nesses dois itens. E por isso, pela lógica do Mr X, devo ser um comunista, fascista, islamonazista ou essas baboseiras que ele vomita. A questão final é: O Mr X é muito inteligente pra ficar se desperdiçando. É isso.

p.s.: Não é de todo fácil ser ombundsman desse blog. E depois dessa acho que serei expulso do blog. Paciência.
p.s2.: O Mr X é inteligente, mas teimoso pacas. Poderia fazer o melhor blog lusófono da direita. E quem sabe, talvez, eu não teria uma oportunidade dele ganhar um trocado? Mas é que não quer me mandar um e-mail. Acho que tem medo de cair em prantos e dizer: Pô, Pax, você tem razão.

Nei disse...

Ok, Pax, entendi seu ponto, e concordo em boa parte. Vc não é comunista, e nem eu nem ninguém aqui é nazista.
O filme Soviet Story mostra como os nazistas tinham uma parceria como os comunistas com o objetivo de criar um "novo homem" e atingir "um mundo melhor".
Mostra como os comunistas forneceram aos nazistas as técnicas de morticinio em massa. Mostra como os dois odiavam os judeus, os americanos, os capitalistas e a democracia burguesa. Como os dois tem origem no marxismo.
Mostra lá o "humanista" Bernard Shaw" pedindo piedosamente que se inventasse um gaz capaz de proporcionar uma morte humana aos povos atrasados que seriam um impecilho à marcha rumo a um mundo novo, um novo homem.
Voce nao vai se arrepender ao ver o filme, tem no youtube, legendado, ou vc pode baixar por torrent.

No brasil temos no governo pessoas que vem dessa tradição marxista-trotskista-leninista-estalinista, pessoas que admiram e respeitam "os grandes feitos do comunismo na luta contra a democracia burguesa", e essas pessoas opõem o comunismo ao nazismo, o que é uma fraude historica que infelizmente virou um senso comum.
Sei que talvez o assunto tenha se desviado um tanto, mas é pra demosntrar que nós direitistas apenas somos adeptos da democracia burguesa e das liberdades individuais, sem a ambição de criar um novo mundo ou criar um novo homem, isso sim coisa de revolucionários da tradição comuno-nazista.

Mr X disse...

Pax,

a) Não era "espasmo raivoso" nenhum, era só piadinha. Acho que o pessoal não entende meu humor negro. :-/

b) Evidentemente que não aprovo a ação dos skinheads e, aliás, não tenho identificação alguma com esse tipo de gente, nem os consideraria de "direita", ou ao menos não do tipo de direita que imagino.

c) Alguém viu o filme "Gran Torino"? Fala de tudo isso, quer dizer, imigração e tal. Bem bacana. Acho que vou comentar.

marcelo augusto disse...

Eu entendi a essência do post do Mr. X.

Vale lembrar aos colegas que tanto o comunismo-stalinismo e nazismo são criações burguesas. Não foi o operário russo que lançou as bases do comunismo-stalinismo, como também não foi o camponês alemão que estabeleceu o arcabouço ideológico do nazismo. As pessoas comuns tinham mais o que fazer e seu tempo estava mais ocupado em alimentar a família dentro de casa do que pensar em sonhos que depois desembocaram em loucuras das mais assassinas.

Quanto a estigmatizar todos os esquerdistas por causa dos crimes cometidos pelo regime stalinista, eis aí uma atitude rasteira dessas pessoas que o fazem. Reinaldo Azevedo -- tão amado nestas bandas do espectro ideológico -- afirma isso invariavelmente. Eu considero que ambos os lados do espectro contribuíram para que houvesse ganhos civis para a população em geral.

Se o Reinaldo Azevedo, de fato, rechaçasse assassinos, não escreveria convenientes (e coniventes) odes de amor a um bandido do calibre de um ACM e seus pares -- aliás, dêem uma olhada sobre o que ele escreveu acerca da posse de ACM Neto como corregedor da câmara. Desde o seu nascimento, cada colherada de comida posta na boca de ACM Neto foi comprada com dinheiro da corrupção obtido por seu avô e familiares, sem dizer que o link acima ilustra perfeitamente o pedigree dos ACMs e como eles se tornaram o que são ("Filho da puta!!"). E aí, onde está a tal lógica do Reinaldo Azevedo? Ou ela apenas serve para os petistas? Dois pesos e várias medidas.

Hehehehehehe!!! Mr. X já votou no PT. É o Saulo que vira Paulo. Já houve casos semelhantes também: É o nazista que se torna anti-nazista; é o comunista que vira anti-comunista; é o fanático religioso que se converte ao ateísmo; é o ateu que vira fanático religioso; etc, etc, etc... ad infinitum.

Nei disse...

Estigmatizar os esquerdistas pelos crimes cometidos por seus inspiradoress no passado é realmente errado, desde que eles façam a autocritica e reneguem esses crimes
Se eles ao contrario se orgulham, disso e reafirmam suas afinidades, como fazem muitos do governo Lula e mundo afora, não dá pra falar em estigmatizar, é sim em apontar uma realidade.

Mas estigmatizar uma pessoa pelos atos de seu avô, aí pode né?
Parece tipica estrategia esquerdista, acusar o outro de um malfeito no exato momento em que pratica o mesmo malfeito.

Anônimo disse...

Este último comentário do Nei acerta o alvo. Não estigmatizo o pensamento de esquerda pelo fato de que esta ideologia tenha provocado milhões de mortes e sim pela defesa qua ainda se faze dela, renegando-se a história. Basta ver quantos dos esquerdistas se dizem defensores da liberdade e defendem fascínoras com Fidel e Chávez. Acho até que há uma esquerda arejada, mas, convenhamos, a maioria dos que defende as idéias do furunculo alemão ainda hoje é sim conivente com os resultados delas.

Kbção

P.s.: Nei, o trecho sobre a estigmatização do ACM Neto está perfeito...

marcelo augusto disse...

"Mas estigmatizar uma pessoa pelos atos de seu avô, aí pode né?

Eis um comentário invertebrado, mas vamos lá...

Nei, o caso de ACM Neto nada tem a ver com estigmas, mas, sim, com viver uma realidade política que foi construída pelo avô e seu braço político. Afirmei que o dinheiro que o alimentou desde o berço é um dinheiro que seu avô ganhou através de atos corruptos e/ou esquemas corruptos (e.g., compras de ações da NEC com informações "privilegiadas", eliminação física -- leia-se homícidio -- de adversários políticos, apoio incondicional à ditadura dos militares e etc.). Isso não é um estigma, mas um fato. É algo que está na genealogia política do ACM Neto. Não é um estigma, mas uma pura e simples verdade factual. Inescapável.

Apesar disso, não afirmei que ACM Neto é igual ao avô e/ou que cometeu crimes do mesmo calibre -- ou que os crimes do avô o marquem eternamente como um criminoso. Nem mesmo igualei ambas as figuras -- como fazem os críticos da esquerda ao colocarem sobre o mesmo tabuleiro um esquerdista de DCE e um alto oficial responsável por um gulag siberiano.

Afirmei também que o vídeo ilustra perfeitamente a linhagem política dos ACMs e, nisso, é inescapável excluir aqueles que pertencem ao ramo político de tal família. Inevitável: A construção do poder político dos ACMs na Bahia foi feito através de muita violência e corrupção -- o vídeo ilustra isso em parte. ACM Neto se elegeu sobre o que essa plataforma política construiu ao longo do tempo. O criminoso é o seu avô, ACM Neto se beneficiou do que foi construído por ACM.

Reinaldo Azevedo vê a posse de ACM Neto como algo positivo para a política nacional. Para mim, é apenas um dos últimos resquícios do Carlismo, já que ACM Neto foi criado, eleito e beneficiado por esse esquema politiqueiro e vejam lá o que está na origem de tal esquema. Quantas pessoas não tiveram que viver em condições indignas (ou mesmo mortas) para que o ACM Neto esteja, hoje, alí, como corregedor da câmara?

Fato: ACM Neto foi criado a partir do berço com um dinheiro corrupto. Não é uma questão de estigmatizar, mas, sim, de apontar uma realidade.

Isso é bem diferente de dizer que um esquerdista tem participação direta nas matanças praticadas nos gulags siberianos e/ou que se beneficiou disso, ainda que ele nunca tenha ido sequer além da porta do DCE (Diretório Central dos Estudantes) de sua universidade e/ou tenha, no máximo, participado de um Fórum Social Mundial.

Não há benefícios para um esquerdista quando ele defende essas hecatombes. Repelir e criticar tais fatos é o pouco que se pode fazer para honrar a memória daqueles que pereceram sob as condições mais indignas para uma pessoa.

Perdoem-me a "comparação" (nem chega a ser uma) indireta e desproporcional, mas, digam-me: Será que ACM Neto repele e critica os homícidios, levados a cabo por seu avô/Carlismo, para honrar a memória dessas pessoas que foram mortas?

Um esquerdista pode repelir a atitude de ser associado com as matanças do regime stalinista, sobretudo se ele nada tem a ver com o que ocorreu nos gulags e campos de prisioneiros da URSS. Seria improvável esperar a mesma atitude de um membro do partido comunista soviético, já que é a morte dos outros que permite a ele estar no poder.

ACM Neto também pode repelir todos os crimes de seu avô, no entanto, seria dar um tiro no próprio pé, já que foram exatamente esses crimes que permitiram a construção da plataforma política que o ajudou a torná-lo o político que é. Não há estigma, apenas fatos. E, contra os fatos, não há remédios.

Em suma, um esquerdista pode ou não se estigmatizar com o crimes cometidos pelo regime stalinista. Rejeitar e criticar implacavelmente tais atos criminosos é o mínimo que pode ser feito por alguém dessa corrente ideológica para não ficar marcado com o estigma de simpatizar com o que há de pior em termos de criminosos dos mais rasteiros. Já o caso de ACM Neto e o esquema politiqueiro que o elegeu nada tem a ver com estigmas. ACM Neto nada tem a ver com os crimes cometidos pelo avô, no entanto esses crimes foram o que tornou possível a construção da plataforma politiqueira (Carlismo) que levou alguns membros da família ACM ao poder, ACM Neto incluso. Ser neto de quem é não o desqualifica, porém é impossível negar que as origens do esquema politiqueiro que o levou aonde ele se encontra atualmente está repleto de crimes.

Entendeu?

Use um pouco mais a inteligência e aprenda a ler melhor.

P.S: Acima eu afirmo:

"Isso não é um estigma, mas um fato. É algo que está na genealogia política do ACM Neto. Não é um estigma, mas uma pura e simples verdade factual. Inescapável."

Antes que apareça novamente alguém para fazer comentários invertebrados do tipo "mas as matanças dos gulags também estão na genealogia das esquerdas, e aí?"

Sim, estão. É um fato inescapável. Mas um esquerdista pode rejeitar, repelir e criticar tal fato. Agora, perguntem ao ACM Neto se ele rejeita, repele ou critica a plataforma política sobre a qual ele foi criado. Perguntem se ele rejeita, repele ou critica o dinheiro corrupto que o alimentou desde os anos mais tenros da infância.

marcelo augusto disse...

Um adendo.

Talvez o Nei e seu comentário invertebrado tenham considerado que eu vejo o ACM Neto como um desqualificado para assumir o posto de corregedor da câmara apenas por ser neto de quem é e que isto o estigmatiza com a corrupção do avô. Não vejo assim.

Ele pode, muito bem, ser um excelente corregedor. Mas em tempos em que a imprensa tanto reporta as corrupções do PT e afins, deixar passar em branco que a construção da figura política do ACM Neto foi um processo que se baseou sobre uma plataforma politiqueira cheia de crimes (Carlismo), é lastimável. Não para um esquerdista, direitista, etc... mas para a política nacional como um todo.

Nei disse...

Esse foi um longo e estúpido comentário. Tipica tergiversaçao esquerdopata. Seu problema pelo que parece é com o Reinaldo Azevedo e com o ACM.

Veja a delinquencia intelectual: "Mas um esquerdista pode rejeitar, repelir e criticar tal fato. Agora, perguntem ao ACM Neto se ele rejeita, repele ou critica a plataforma política sobre a qual ele foi criado." Isso é um argumento? Onde quer chegar esse argumento? A lugar nenhum.

De um lado a esquerda, que "pode" até criticar o morticinio que patrocinou, embora sem deixar de admirar Che Guevara e Marx e outros icones.

Bem, do outro, Acm Neto também "pode" criticar o historico de sua familia, não pode? Mas, se o fizer, não muda nada.

Voce quer me colocar no papel de defensor de ACM, mas isso nao vai colar. Pouco me importam os Magalhaes.

Depois o meu comentário é que é invertebrado...

Chesterton disse...

Caro Nei,

Não vi o filme. Me interessou. Mas voltemos ao assunto.

chest -pô, Pax, tem que assistir.

chesterton disse...

Mas não sou comunista e muito menos nazista. Seria uma enorme contradição.

chest- epa, contradição em si ou com outra coisa?

marcelo augusto disse...

There we go again.

Nei, provar que sou um esquerdopata seria bastante difícil, sobretudo para alguém com a capacidade de interpretação (eu diria deturpação) de texto como essa que tu apresentas. Mostre-me, por gentileza, o trecho onde afirmo ser um esquerdista.

Eu me alonguei no texto para tentar esclarecer melhor a minha crítica. Mas, pelo comentário que fizeste, percebo que apenas compliquei ainda mais a situação. Bobagem minha em confiar na inteligência alheia para ler e interpretar um simples texto.

Veja a delinquencia intelectual: "Mas um esquerdista pode rejeitar, repelir e criticar tal fato. Agora, perguntem ao ACM Neto se ele rejeita, repele ou critica a plataforma política sobre a qual ele foi criado." Isso é um argumento? Onde quer chegar esse argumento? A lugar nenhum.

Quem começou a fazer paralelos entre o ACM Neto e a estigmatização da esquerda por causa dos crimes stalinistas foste tu mesmo, Nei. Tu disseste que eu criticava aqueles que estigmatizam a esquerda, mas que, ao mesmo tempo, eu estigmatizava o ACM Neto por causa do avô -- o que não fiz. Eu aproveitei o embalo lançado por ti e fiz uma "comparação" na mesma veia poética. Se isso acima não é um argumento, então a tua tentativa de dizer que eu estigmatizei o ACM Neto por causa do avô também não é, pois, em essência, seguem a mesma senda. (Será que a ironia da coisa está tão oculta assim?)

Isso aqui é estúpido:

De um lado a esquerda, que "pode" até criticar o morticinio que patrocinou, embora sem deixar de admirar Che Guevara e Marx e outros icones.

Bem, do outro, Acm Neto também "pode" criticar o historico de sua familia, não pode? Mas, se o fizer, não muda nada.


Quando um esquerdista critica e repele os horrores soviéticos mostra que não possui simpatias com tais crimes*. Se ACM Neto criticasse e repelisse o Carlismo seria contraditório, pois ele se beneficiou diretamente desse esquema. Não vejo onde, hoje, um esquerdista poderia se beneficiar dos crimes stalinistas.

Eu não quis estigmatizar o ACM Neto da mesma maneira que colunistas como Reinaldo Azevedo estigmatizam os esquerdistas por causa dos crimes stalinistas.

É engraçado: Um colunista estigmatiza toda a esquerda por causa dos horrores soviéticos, mas dá vivas e hurras quando um político, cuja imagem e carreira foram construídas sobre um esquema politiqueiro cheio de crimes, assume um cargo de destaque no cenário político nacional.

"Voce quer me colocar no papel de defensor de ACM, mas isso nao vai colar. Pouco me importam os Magalhaes."

Hahaha!!! Eu não, a anta para interpretar textos aqui não sou eu.

*Nikita Kruchev criticou os horrores stalinistas, mas isso pouco muda a situação moral dele perante o mundo, pois ele se beneficiou e muito durante o regime de Stálin. O mesmo vale para ACM Neto caso criticasse o Carlismo.

Mr X disse...

Não sei muito sobre o ACM Neto. O ACM era mero representante do velho coronelismo, assim como o Sarney, que ainda anda aí, é Sarney por acaso muito melhor do que ACM?

E o petismo, não é também algo parecido em certos aspectos, talvez o mais parecido ao coronelismo que temos hoje em dia (misturado com o discurso ideológico)? Será que tem mesmo menos corrupção? Menos mortes? E com o Celso Daniel e as várias testemunhas mortas, já se sabe o que aconteceu?

Eu não sei se no Brasil eu faria essa distinção tão clara entre esquerda e direita, aqui não há uma ideologia de "democracia e livre-mercado" ou mesmo associada a valores tradicionais... Tem os evangélicos, tem os lulistas, tem os radicais do PSOL, tem os DEMs... Sei lá, é um saco de gatos. Pessoalmente, tenho pouco interesse pela política brasileira, por isso escreveo muito pouco sobre isso aqui no blog.

Quanto aos "crimes da esquerda", acho que o problema não é esse. Ninguém "celebrava" os crimes do Stalin, no máximo diziam que eram "necessários para a Revolução", mas na maior parte ignoravam mesmo. Mas é que é sempre assim. Sempre mata-se em nome de um ideal, em nome do bem maior.

As políticas do Mugabe que destruíram o Zimbabwe foram celebrado pelos esquerdistas há menos de 15 anos atrás... Hoje, cadê os que apoiaram? Ninguém sabe, ninguém viu...

marcelo augusto disse...

Muito sensato o comentário, Mr. X.

Para ser honesto, o que há no brasil -- à direita e à esquerda -- são, no geral, planos pessoais e/ou de um grupo para tirar benefício próprio. A população vem depois.

Chesterton disse...

se Sarney e ACM era coroneis, Lula é General.

Sr K. disse...

Ô Marcelo,

Sobre o ACMNeto, diz que não quer desqualificar o cabra e, logo depois, insinua que, pela origem, ele não tem *moral* para julgar ninguém (principalmente os petralhas).

Anônimo disse...

Ué, também concordo com você: uma vez comunista, sempŕe comunista. É por isso que seu mestre, o tal Olavo de Carvalho, nunca me convenceu ...

Lembre: ele foi comunista de carteirinha no final dos 60 ...