terça-feira, 19 de agosto de 2008

Um bicho às terças



Muitos se preocupam com a extinção das espécies, mas há ao menos um animal que nem o mais radical dos ecologistas se importaria se estivesse hoje mesmo em extinção: estou falando, é claro, da barata.

Odeio barata.

Não me importo muito com moscas e mosquitos, até que gosto de aranhas, minhocas são simpáticas, e sapos e morcegos são até legais. Ratos, escorpiões e cobras não são lá muito divertidos, mas não me metem medo.

Mas odeio barata. Todo mundo odeia barata. Até Kafka tinha nojo de baratas, já que o inseto da "Metamorfose" não era uma barata, mas um tipo de besouro.
Aparentemente nem as baratas se suportam entre si, já que a maioria das espécies segue um comportamento solitário.

Por que as baratas causam tanto asco e rejeição nos seres humanos? Será que são aquelas patinhas "peludas"? Será a sua corrida rápida e rasteira, de direção sempre imprevisível? Será a sua cor nojenta? Serão aquelas antenas compridas em perpétuo movimento? Será o barulhinho que fazem quando vivas? Ou será o barulho que fazem quando esmagadas?

Será o fato de que muitas vezes permanecem vivas mesmo após pisada, borrifadas com DDT, envenenadas com cianureto e esquartejadas por uma vassoura? As baratas estão entre os animais de maior resistência: podem ficar até um mês sem comida e 45 minutos sem respirar; são ainda altamente resistentes à radiação nuclear.

Ou será que é o fato de que algumas espécies voam (os machos, as fêmeas não têm asas) e transmitem dezenas de doenças e alergias?

Ou será que é o seu número assombroso e distribuição mundial? Segundo um recente estudo, só na Grande São Paulo existem 3.5 bilhões de baratas.

Será que é o fato de que existem mais de 4 mil espécies de baratas conhecidas, incluindo uma barata no Peru que chega a 7 cm de comprimento? As piores baratas, consideradas como praga, são a Barata alemã (Blatella germanica) e a barata oriental (Blatta orientalis). Apesar do nome, ambas são originárias da África.

Não sei a razão. Sei que odeio baratas, e espero que esse bicho desgraçado entre logo em processo de extinção.

7 comentários:

DarwinistO disse...

Fala X.

Gostei bastante do post. Eu, que como você sabe, sou um defensor radical da maioria esmagadora dos animais, também gostaria que a maioria das baratas fossem esmagadas pelos chinelos das donas de casa do mundo todo.

Ô bicho nojento!

Pax disse...

O desengonçado Mr X com 2,12 m de altura com medo de baratinhas de 1 cm de altura.

Cada coisa que vejo por aí.

Kct disse...

Putaquepariu MrX, eu odeio baratas!

Kct disse...

Não há nada mais arrepiante que barata voadora (macho?) no escuro!

Gerson B disse...

Não odeio as baratas. Não as mato se puder evitar.

Odeio sim as mosquitAs, minhas predadoras.

BIO JJ disse...

banda de ignorantes ! vcs deveriam ser esmagados !

Iva disse...

Pela resistência delas..nós entramos em extinção e elas ficam para contar história.

Claro que todo o animal tem sua importância no ciclo completo.

Mas vai la saber qual seria o impacto se elas entrassem em extinsão, no ambiente urbano não seria mau de todo...muito pelo contrário.

Mas de resto as formigas, aranhas e demais predadoras iriam sentir sua falta provavelmente...mas bem que podiam evoluir para algo menos feio e nojento...pelo menos isso...