segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Batman é de direita?

Há uma discussão na blogosfera sobre se o novo Batman (The Dark Knight) seria um filme de direita. Há até quem compare Batman com George W. Bush. A discussão é irrelevante, primeiro porque a boa ficção deve ir além dos meros posicionamentos políticos em voga no momento, e segundo porque todo os super heróis são de direita. Se fossem de esquerda, não combateriam o crime, mas tratariam de dialogar com os criminosos ou apaziguá-los, de inscrever o Coringa em um curso de malabarismo e arte-terapia para regenerá-lo para a sociedade, ou de resolver o problema, não do crime, mas da pobreza e da desigualdade social, que como todos sabem é a origem de todo mal e toda violência.

O filme, de qualquer modo, faz referências bastante explícitas à questão da guerra contra o terrorismo, e ressalta pelo menos duas coisas: 1) apaziguar os vilões é uma escolha cômoda, mas não funciona, pois termina-se estando sempre à mercê do mal. 2) a luta contra os vilões gera inevitáveis sacrifícios, e por causa disso o justiceiro é vilipendiado por aqueles mesmos a quem auxilia (e aqui a comparação feita com os EUA e com George W. Bush).

De fato, a primeira coisa que chama a atenção no filme é o realismo da sua cenografia. Não estamos nos cenários góticos de Tim Burton ou dos quadrinhos. Este é o mundo real: se o herói não usasse uma estrambótica fantasia de morcego poderia ser mesmo um thriller noir. Também isso aproxima o filme da realidade diária da guerra contra o terror.

Pedro Sette Câmera, no blog O Indivíduo, faz ainda algumas interessantes observações sobre o filme e sua visão sobre o Estado de Direito. Segundo ele:

Na verdade, tanto o Coringa quanto o Batman são conservadores. As “ideologias” dos personagens são nuances de conservadorismo. O Coringa acha que a natureza humana é má; ele só quer empurrá-la mais ainda para o mal. O Batman acha a mesma coisa, mas gostaria que o sistema policial e jurídico fosse suficiente para combater o mal; ele se ressente de ser necessário, em vez de querer ficar aumentando o Estado.

Filme de direita ou não, é bom. Bons atores, bom roteiro, suspense, ação, emoção. Um filme de ação como há tempos não se via, isto é, com alguma inteligência.


Atualização: Na verdade, os X-Men são de esquerda, pois são a favor dos gays e outras minorias. Hulk é claramente de direita raivosa. O Surfista Prateado é de esquerda e a favor da liberação das drogas. O Homem-Aranha é PSDB desde criancinha, sempre em cima do muro.

10 comentários:

Kct disse...

"O Batman é de direita, mas é canhoto!"
Eu até que estava resistindo para ir assistir o "The Dark Knight", pois estou pegando verdadeira ojeriza a esses filmes modernos e seus efeitos computadorizados da putaqueospariu. Mas já que você fez esta brilhante crítica, eu vou fazer mais essa tentativa de digerir esses filmes de super heróis.
Mas cara, se for uma merda tu vais ver!

Mr X disse...

Xi... :-(

pandora disse...

O cinema está destruindo um a um os meus heróis da infância...

pandora disse...

Ainda não assisti o novo Batman.

A propósito, já imaginaram a ideologia do (ARGH) super-homem, que é insuportavelmente certinho?

Mr X disse...

Kct,
Na verdade tem umas coisas que não gosto no filme, uma coisa é a voz do Batman. Quando ele é Bruce Wayne ele fala normal, mas aí é só colocar a fantasia de Batman que começa a falar com uma voz rouca, aspirada... Hummm...

Pandora,
Quais eram seus heróis de infância?

Quanto ao Super Homem, não sei a ideologia, mas parece mais pra conservador. Quanto à religião era, segundo alguns, metodista, segundo outros, judeu:
http://expategghead.blogspot.com/2005/03/is-superman-jewish-or-supermensch-man.html

E tem muitos super heróis gays também, não? Essa coisa de andar sempre fantasiado, com namoradas com as quais nunca casam, lutanto contra vilões estranhos... Etc... ;-)

chest disse...

a voz dele é assim por algum dispositivo , de modo a não reconhecerem o Bruce Wayne.
Mas vem cá, e as olimpiadas, são de direita ou de esquerda?

pandora disse...

Mr X

Sempre preferi os heróis que não são "super" e que tem cara de macho.

Gostava do Batman e do Fantasma (lembra dele? "o espírito que anda"?)
Do Fantasma, tadinho, foi feito um filme B com o Billy Zane, uma completa gazela nanica dentro daquela malha...
O Batman atual até que tem cara de homem. Mas, no passado, o Val Kilmer? Não sei não.

Dos quadrinhos "super" sempre gostei do Wolverine, afinal o ator caiu como uma luva e ele é TODINHO de adamantium, o que é uma loucura... :)

Kct disse...

Uma boa pergunta Mr X a que você fez para Pandora!
Fui fã de vários SH, mas quanto ao Batman, tinha certa antipatia. Eu não entendia porque o Batman era super herói, já que não tinha qualquer poder especial.
Eu gostava muito da turma da Marvel, o Capitão América, Thor, Iron Man. Gostava muito das burradas do Homem Aranha (o antigo).
Eu torrava literalmente meu dinheiro comprando gibis, e praticamente aprendi a desenhar com eles.

Rodrigo disse...

Herói de direita gay? Vai deixar, Frangão?

Anônimo disse...

a pessoa q escreveu esse texto é no minimo retardada.