sexta-feira, 4 de abril de 2008

Palestinos sedentos de sangue

Palestinos mataram uma rara tartaruga em extinção, beberam seu sangue por considerá-lo "afrodisíaco", e o deram também para "crianças com traumas" (ei, e o trauma gerado por serem obrigadas a beber sangue?) e "adultos com dor de costas".

Saiu aqui, na Reuters.



E depois reclamam quando digo que os palestinos são um bando de sedentos de sangue...

3 comentários:

confetti disse...

pqp !! kkkkkk***

Gunnar disse...

Assassinos covardes nojentos.

Kct disse...

putaquepariu! :o(