sábado, 16 de maio de 2009

A máfia do "aquecimento global"

Recentemente, atendendo a apelos de "ambientalistas", a Enviromental Protection Agency (EPA!) da administração Obama declarou o dióxido de carbono (CO2) um gás "poluente" e "perigoso". Hein?!!?

Como pode ser considerado poluente e perigoso um gás que é a base da vida de todo ser vivo? Que serve de nutrição às plantas e árvores? Que é expelido naturalmente por todo quadrúpede, bípede e centípede? A própria constituição molecular de todo ser vivo é baseada no carbono. Carbono é vida!

Mas eis que o grande esquema bilionário trilionário por trás da farsa do "aquecimento global" finalmente se deixa entrever.

Ora, o CO2 é o subproduto residual de grande parte dos processos industriais, mesmo os mais simples. Praticamente qualquer empresa, ainda que pequena, produz ou utiliza CO2. Para produzir vinho em uma pequena vinícola familiar, produz-se CO2. Caramba, mesmo plantando batatas na agricultura de subsistência produz-se CO2.

A idéia por trás da "regulação dos gases poluentes" nada mais é então do que a de cobrar uma taxa de toda e qualquer pessoa que queira produzir qualquer tipo de riqueza.

Começa-se a perceber aí o gigantesco mercado disponível para uma ávida corja de políticos, burocratas estatais, advogados, ONGs, "empresários verdes" e outros vampiros filhos da puta. Quem não pagar esse pizzo, sofrerá terríveis multas e poderá até mesmo ser preso.

Qualquer dia, não duvido, também virão taxar até o ar que respiramos, em troca de uma proposta que não poderemos recusar.

A cosa nostra não faria melhor.


"Tudo o que pedimos é uma contribuição
para salvar o planeta, capisci?"

7 comentários:

Anônimo disse...

Certa vez um Schumpeter escreveu sobre os ciclos economicos do capitalismo? Entao, o aquecimento global como vem sendo divulgado nada mais e do que mais uma oportunidade para os milionarios - os verdadeiros players do capitalismo - encherem suas carteiras de dinheiro. Sacolas ecologicas, carros ecologicos, comida ecologica...E uma causa que foi abracada por setores to conservadorismo, liberalismo e esquerdismo. Nos, os figurantes, fomos ingenuos ao poento de cedermos a potencia da sociedade para os governantes e empresarios exercerem o poder sobre a sociedade.

BaalHammon

Chesterton disse...

até peido vai ser taxado....

Alterego disse...

É uma idéia muito interessante, o capitalismo é a "religião" que mais fazem as pessoas, grupos, governos e todo tipo de coisa influenciada por ele ser exagerado, buscar mais e mais, exacerbar, não se importando quantas mentiras tenha que contar ou quantas coisas naturais e divinas tenha que exterminar ou alterar, possiveis mentiras em relação a camada de ozônio, ao protecionismo de areas verdes e a preservação de animais em extinção, para os peões é simples podem até esta fazendo por que acham certo de verdade, para os bispos e reis o jogo ja esta em outro patamar... "banco imobiliario global"

Mr X disse...

Chesterton,

JÁ ESTÃO querendo taxar os peidos, ao menos os peidos das vacas. Há mais de um projeto de lei a respeito, aqui e alhures:

http://chasblogspot.blogspot.com/2008/12/here-it-comes-cow-fart-tax.html

Quanto aos peidos humanos, chegaremos lá também.

Essa é a razão pela qual o pânico com o tal "aquecimento global" foi criado, e se não fosse isso, outra desculpa serviria.

Mas não acho que a culpa seja do capitalismo, ou melhor, do livre-mercado, mas sim de um "capitalismo de estado", uma forma corrupta de capitalismo na qual temos o Estado-babá cada vez mais poderoso aliado a certos grandes monopólios em uma promíscua troca de favores. É como ocorre hoje no Brasil, assim ocorrerá também no resto do mundo em breve.

Aliás, como acho que o Olavo já disse certa vez, o próprio comunismo original já era capitalista, quer dizer, o comunismo nunca funcionou na prática como sistema econômico.

A diferença com as sociedades de livre-mercado é que lá no socialismo um grupo único detinha o monopólio da propriedade e da produção e o resto não tinha nada, ou vivia de esmola estatal. O que aliás também lembra o Brasil atual.

Acho que estamos revertendo a esse tipo de economia.

Mr X disse...

O Olavo escreveu agora sobre o "capitalismo anticapitalista". E hoje, no Pravda russo, saiu um artigo, acreditem se quiserem, criticando a viagem da América rumo ao Marxismo:

http://english.pravda.ru/opinion/columnists/107459-american_capitalism-0

Mr X disse...

O Olavo escreveu agora sobre o "capitalismo anticapitalista". E hoje, no Pravda russo, saiu um artigo, acreditem se quiserem, criticando a viagem da América rumo ao Marxismo:

http://english.pravda.ru/opinion/columnists/107459-american_capitalism-0

Chesterton disse...

Esse artigo eu li. Oportuno. Agora, lição anticomunista de russo? ....a coisa tá feia.