sábado, 23 de julho de 2011

Ataque dos terroristas loiros

Depois de ver o link no VFR, eu estava pronto para fazer uma gozação com o último vídeo do Departamento de Segurança Americano, que mostra os brancos caucasianos como terroristas malvados e as minorias de negros, latinos, muçulmanos e asiáticos como cidadãos exemplares preocupados que os denunciam.

Mas a piada perdeu a graça.

Dois ataques terroristas deixaram 91 mortos em Oslo, na Noruega. Ainda não há muitos detalhes, mas houve uma explosão de um carro bomba seguida de um atirador armado em outra parte da cidade. O autor dos dois ataques parece não ter sido um muçulmano, mas um noruego loiro de olhos azuis que costumava comentar em blogs de direita e anti-jihad. Não é claro por que decidiu alvejar adolescentes noruegos em vez de imigrantes, se essa era a sua motivação. Porém, o prédio governamental atingido pela explosão era a residência do primeiro-ministro noruego. O primeiro-ministro também tinha planos de visitar o campo de verão atacado. Tratou-se, claramemente, de um ataque muito sério contra o centro do poder na Noruega.

A esquerda internacional está festejando. É mais uma razão para demonizar os brancos. E realmente, além da tragédia em si, com a morte de dezenas de adolescentes escandinavos nas mãos de um maníaco, é um duro golpe para os antiprogressistas e antijihadistas. Pode apostar que haverá mais censura e perseguição a qualquer um que se mostrar levemente de direita. Quem sabe se até este blog um dia não será proibido de existir? 

O que concluir desse ataque? Nada, a não ser talvez que há loucos e psicopatas em todas as etnias, religiões e grupos sociais. E que a insanidade de um lado do espectro político muitas vezes gera insanidade do outro. Faz poucos dias um leitor comentou que o caso do pai e filho agredidos por serem equivocados com um casal gay era parcialmente culpa dos homossexuais, por exibirem-se em público e estimularem esse tipo de agressão. Não é bem assim, mas talvez haja razão no fato de que, quanto mais extremo e exibicionista se torna o movimento gay, mais reações violentas provocará.


Outra possível conclusão é que a figura do século XXI é o assassino em massa solitário, que descarrega as suas frustrações assassinando o maior número possível de pessoas. O caso do terrorista norueguês, mais do que ao terrorismo islâmico ou separatista organizado, parece juntar-se aos vários casos de atiradores em escolas. Todos tinham algum tipo diverso de frustração ou mania de perseguição, religiosa ou não; mas agiram da mesma forma insana, tentando trucidar o maior número de gente que podiam. Parece ser a lamentável nova forma de obter 15 minutos de fama. Hans Magnus Erszenberger escreveu um artigo sobre isso, "The Radical Loser" (O perdedor radical).

Vivemos em tempos tristes e preocupantes. Isto não vai acabar bem.

74 comentários:

maisvalia disse...

E tem a louca da AMY QUE SE FOI.
NO NO NO
BYE
YES YES YES

Não preciso dizer quem foi disse...

Bárbara disse:

Aff... me poupem!
A esquerdalha difamaria a raça branca e os direitistas-extremistas até se eles fizessem o mais nobre ato humano em conjunto.

Pode parecer incoerente com aquilo que foi dito por mim anteriormente, mas não tenho qualquer piedade por estes jovens noruegueses descerebrados e seus pais idiotas. Seria melhor se este neonazista tivesse atirado nos imigrantes sujos, talvez isto botaria medo nos futuros "cidadãos ilegais do país". Mas os noruegueses, assim como o restante da Europa não têm qualquer amor- próprio. Estão morrendo por suicídio étnico-cultural, e parecem felizes com isso. É claro que a esquerda, os comunistas, os que planejam um governo mundial, ficaram muito felizes com isso. Barbara (minha xará, eca!!)Lerner Spectre deve então estar comemorando com champagne.

Mas quando se vive entre um bando de retardados manipulados por uma mídia porca, e não se tem maneiras de satisfazer sua necessidade de expressão (seja em qualquer sentido), tudo o que se resta é encontrar outra forma de deixar "vazar" esta agressividade acumulada. Sinto mesmo é por este pobre rapaz norueguês. Não será novidade se ele vir acometer suicídio dentro de alguns dias.

Chesterton disse...

ainda tem muita coisa a saber sobre o episódio, mas se é caso isolado então é um caso isolado, (rs) a exceção à regra.
Compare as reações das ruas no ocidente com a reação das ruas islamo-árabes a episódios semelhantes.

Não preciso dizer quem foi disse...

Bárbara disse:

"Faz poucos dias um leitor comentou..."

Correção: Leitora, como se vê agora.
É minha identidade real.

Lembra quando disse: "Rapaz" e eu disse: "Como sabe se sou um rapaz?".

Bem pois, aqui estou. Quer saber se eu era RJ. Sim, era eu mesma. Gostou?

Chesterton disse...

ah, tá com cara de ato inspirado em messianismo, antes de chamar o cara de "direita" convém investigar.

Anônimo disse...

"[...] E que a insanidade de um lado do espectro político muitas vezes gera insanidade do outro."

Olha, digo que, lamentavelmente.... esse tipo de coisa é de se esperar.

Se eu concordo com a insanidade dos que agridem gays, negros, ou imigrantes? Não, não concordo. Mas IGUALMENTE não concordo com políticas gayzistas, racialistas e progressistas.

E agora? Como ficamos? Percebe a natureza do problema?

Começa com uma política errada e injusta, como cotas raciais. Evidentemente, muitos se sentirão ofendidos, agredidos, injustiçados. Mas NÃO SÃO OUVIDOS. Mesmo representando a MAIORIA incontestável, os contrários não possuem voz. E dê-lhe mais políticas públicas, mais cotas, não apenas em universidade, mas agora também na mídia. Os injustiçados, maioria, seguem, com justiça, reclamando. Não são ouvidos pelos tomadores de decisão. E aumentam as políticas progressistas...

Percebe? Aqueles que deveriam promover a justiça - o estado, a mídia os formadores de opinião e tomadores de decisões, etc - agem injustamente. O QUE FAZER numa situação dessas?

É simplesmente INEVITÁVEL que, cedo ou tarde, apareçam os mais exaltados do lado dos injustiçados. Nem todo mundo tem sangue de barata o bastante para aguentar apenas no "discurso pacífico" as injustiças que tem acontecido.

Repito aqui: estão justificadas ações de ódio contra gays/negros/imigrantes/etc? Não, não estão.

Mas faz algum sentido PERGUNTAR sobre se estas ações estão ou não justificadas quando quem promove a injustiça que as motiva é PRECISAMENTE quem deveria promover a justiça? Não, as ações de ódio não estão justificadas, como também não estavam justificadas as ações gayzistas, racialistas, progressistas que em primeiro lugar as motivaram. Não dá para falar naquelas sem falar nestas, e não dá para falar nestas sem observar que elas são fruto do mesmo Estado que deveria estar promovendo a justiça. E já não dá mais para falar em justiça quando não há ordem - isto é, quando quem deveria promover a justiça promove a injustiça.

E agora?

Eu vou ficar aqui sentado, assistindo de camarote, comendo pipoca, e eventualmente chorando por essa merda toda.

Rovison disse...

É claro que todo ato terrorista, seja lá qual for sua motivação, deve ser condenado. Entretanto, podemos avaliar criticamente os motivos dos atos terroristas e nesse aspecto podemos considerar sua gravidade. Neste caso em particular, não podemos desconsiderar as políticas esquerdistas adotadas na Noruega de incentivo à imigração e a forte presença de muçulmanos, muitos dos quais odeiam a cultura norueguesa.

Mr X disse...

Acho que nada justifica o assassinato de adolescentes, e ponto final. Sim, eles estavam ali para participar de oficinas como "Combatendo a xenofobia a islamofobia" e outras bobagens, mas eram jovens. Eu mesmo fui semi-de-esquerda até quase os 30 anos. A culpa pelo descalabro não é deles.

Sim, os governos ocidentais estão muitas vezes agindo contra o interesse da maioria dos cidadãos. Não sei qual a solução para isso. Acho que mais cedo ou mais tarde tais governos irão cair.

Não preciso/RJ é na realidade (?) Bárbara, uma mulher? Fico surpreso! Casada, solteira? Sempre achei que a maioria das mulheres era de esquerda. Se bem que tive uma namorada nazista uma vez. Esquizofrênica também. Um dia conto.

Rovison disse...

Nada justifica o terrorismo seja de esquerda, de direita, islamico ou de qualquer outra coisa.

Augusto Nascimento disse...

"Entretanto, podemos avaliar criticamente os motivos dos atos terroristas e nesse aspecto podemos considerar sua gravidade."
Desde que os terroristas sejam brancos- e a ideologia deles seja do particular agrado dos racistas de Maria....
"Compare as reações das ruas no ocidente com a reação das ruas islamo-árabes a episódios
semelhantes."
Tenho certeza que, em contraste com os maus modos das ruas do Islã (quais? as dos países aliados do regime americano-como a Arábia Saudita-reprimem manifestações anti-Ocidente, os aiatolás do Irã evitaram se associar aos terroristas sunitas- será que, na cabeça dos analfabetos, o Islã só existe na Palestina?), as ruas de Israel estavam tristíssimas quando elegeram o terrorista Begin, assassino de ocidentais e autor da tentativa de matar Adenauer, líder do país... Tenho certeza que até hoje as ruas israelenses choram os ocidentais inocentes que os sionistas mataram em suas campanhas de terror antes e depois do estabelecimento de Israel... Aliás, não foi bin Laden quem disse que existe terrorismo bom e existe terrorismo mau- e que o dele era o do tipo bom? Ou foi algum defensor de Israel? Esses terroristas são todos tão parecidos...
Agora, há muito a se saber, deve-se investigar. Quando os corpos das vítimas de Realengo não tinham ainda esfriado, e não se sabia nada sobre o assassino, certa pessoa nos garantiu que o atirador certamente era um homossexual a ajustar as contas com o belo sexo (é preciso ser muito ingênuo para não perceber que desde o começo as olavettes tentavam desesperadamente manipular a opinião pública e esconder do que se tratava- a grande questão é: como sabiam do que se tratava antes do resto de nós?). Depois que se descobriu que o sujeito tinha o hábito característico de acender uma vela a Jesus e outra a Alá (onde já vi isso antes?), o assunto simplesmente saiu de moda nos círculos dos nossoas amigos fascistas. Se o sujeito fosse de alguma das categorias que as olavettes amam odiar-independentemente dos atos individuais de seus membros e, especialmente, se o assunto não fosse tão embaraçoso para o chefão, o assunto estaria rendendo até hoje, mas maometanos de Maria ganham um passe livre do pessoal da tariqa: cortesia profissional, vocês sabem.
Quando o corpo da congressista americana não tinha ainda esfriado, Olavo de Carvalho garantia que a culpa era de Obama. Quando os corpos em Virginia Tech ainda não tinham esfriado, Olavo de Carvalho garantia que a culpa era de uma das professoras... Estão notando um certo padrão aqui? Agora, quando a identidade ideológica do assassino não é nenhum mistério, as olavettes previnem-nos contra o perigo das conclusões precipitadas, explicam que "convém investigar" e que "ainda tem muita coisa a saber sobre o episódio" e aproveitam para nos dizer que a culpa é das vítimas. Ah, se elas fossem mais parecidas com o assassino, injustiçada vítima idealista e indefesa dos imigrantes malvados e da sociedade relativista, que não vê a nobreza absoluta de um homem tirar a vida de gente inocente pela "causa"... As olavettes só fazem isso porque só querem-assim como seu patrão- nosso bem, claro. Por isso, estão preocupadíssimas com as ruas do Islã enquanto pessoas morrem no... Ocidente, vítimas do fascismo. Adoraria dizer que a falta de vergonha na cara das olavettes surpreende-me, mas seria mentira: apenas me enoja.

Harlock disse...

Salve...
Pois é, Mister X... Esse vai o marco zero de um futuro em que o cerceamento da liberdade de expressão dos nacionalistas, conservadores, cristãos, ativistas pró-vida e demais identificados com os valores tradicionais do Ocidente, encontrará sua razão e justificativa... a Sinistra vai jogar esses cadáveres na cara de qualquer um que doravante ousar contraditar suas políticas multi-culturalistas, aborteiras e gayzistas. Vamos voltar para as catacumbas...
Bruce Bawer resume o quadro noruegues em Pajamas Media, o paragrafo final diz tudo sobre o futuro que nos aguarda.
http://pajamasmedia.com/blog/a-double-tragedy-for-norway/
Jornalistas da televisão norueguêsa que nas primeiras horas da crise foram visivelmente desconfortável com a perspectiva de ter de falar sobre o terrorismo islâmico agora avidamente discutem os perigos da "islamofobia" e "ideologia conservadora" e estabelecem conexões entre a loucura e o fanatismo de Breivik e a plataforma do Partido do Progresso (anti-imigração). Os acontecimentos de ontem, então, representam uma tragédia dupla para a Noruega. Não só perdeu quase cem pessoas, incluindo dezenas de jovens, em um ataque de violência sem sentido. Mas a crítica legítima do Islã, que continua a ser uma ameaça muito real para a liberdade na Noruega e no Ocidente, tem sido profundamente desacreditado pela associação com este lunático assassino.

maisvalia disse...

Terrorismo não tem ideologia.
É uma merda em qualquer direção.
Se não, teremos que bater palmas para os Zizeks da vida, que os esquerdos tanto idolatram.

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

"Não preciso/RJ é na realidade (?) Bárbara, uma mulher? Fico surpreso! Casada, solteira? Sempre achei que a maioria das mulheres era de esquerda. Se bem que tive uma namorada nazista uma vez. Esquizofrênica também. Um dia conto."

Acabo de sair da adolescência. Isso deve explicar um pouco da rebeldia. Sou solteira, evidente. A maioria das mulheres não são de esquerda. Elas nem sabem o que é isso, na maioria das vezes. Uma namorada nazista? E kiko? Por favor, não me comparem a estas vadias que os homens inseminam na madruga afora...

Mr X disse...

Será que poderia ser um operação de bandeira falsa para desacreditar os críticos do progressismo e do Islã?

Este sujeito é muito estranho. Poderia ser um agente contratado pelas forças globalistas?

Mr X disse...

E a Amy, pois é. Que pena. Morte anunciada.

DD disse...

O nível de vigilância da vida alheia na Noruega é, pelo fiquei sabendo, altíssimo e, depois desse triste episódio, só tende a aumentar.

Mr X disse...

Bárbara, Bárbara,
nunca é tarde, nunca é demais... Se você era o RJ, como saber se agora não é outro personagem? De qualquer modo, tampouco sabemos se o AN é mesmo real. Coisas do mundo da Internet.

Minha ex-namorada nazista era uma moça muito séria. Tá bom, não nazista, apenas eugenista.

maisvalia disse...

Espero se reconhecido como o maior monstro desde a 2a. Guerra Mundial.

Anders Behring Breivik, autor de 93 mortes na Noruega, em manifesto divulgado na internet!
É maluco!

w disse...

Tempos preocupantes? Então veja isso aqui:



http://fratresinunum.com/2011/07/23/exorcistas-experientes-respaldam-padre-gabriele-amorth-o-novo-ritual-de-exorcismo-e-ineficaz/

Os exorcistas dizem que o novo exorcismo não funciona...

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

"Bárbara, Bárbara,
nunca é tarde, nunca é demais... Se você era o RJ, como saber se agora não é outro personagem? De qualquer modo, tampouco sabemos se o AN é mesmo real. Coisas do mundo da Internet."

Muito bom. Já imaginava que faria esta questão, cedo ou tarde. É muito sensato. Eu também não confiaria nisso, mas o RJ foi uma criação minha em tempos de tédio. De qualquer forma, como vc mesmo insinua, todos aqui somos anônimos, ou alguém aqui se conhece? Nem se tiverem se adicionado pelo msn...

Eu também sou eugenista. Manda o email de sua ex para que nós troquemos algumas idéias. hahahahahaha.
de qualquer maneira, vc já sabe que se trata da mesma pessoa. Euzinha!!!

Harlock disse...

Salve.
Essa hipótese da "bandeira falsa" foi levantada pelo holandês Geert Wilders e até faz sentido, mas à parte a hipótese de o Brevik ser de fato um gênio louco do Mal e único autor dos atentados, o mais plausível é de que se trate de um caso de provocação que escapou ao controle... o que possa chamar de Inteligência do governo norueguês descobriu em alguma época que o Brevik planejava uma qualquer ação terrorista e o foi acompanhando, talvez até lhe facultando por meio de agentes acesso a materiais e informações, esperando só o momento mais conveniente para, com sua prisão e a apreensão dos explosivos, criar o fato político que permitisse a desmoralização da Direita "islamophóbica" e "chauvinista".
Mas como não deve ser por nada que o bacalhau "português" é "norueguês" e se até os americanos podem meter os pés pelas mãos, como agora mesmo se observa no escândalo "Gunwalker", a provocação saiu do controle e o maçom-fundamentalista-cristão ultrapassou no cronograma e na escala da ação aos seus "tutores" do governo norueguês, que agora o que podem fazer é apagar seus rastros e, uma vez os ovos quebrados, arranjar uma frigideira maior... que a omelete (a capitalização política do episódio) será servida de qualquer maneira e se maior, tanto pior para os nacionalistas e conservadores da Europa.

Anônimo disse...

Para m,im, ficou claro que esse "brancu duszóio azú" é mesmo um pateta à serviço dos grupos esquerdistas: segundo o site do próprio, ele era pró-gay, portanto dificilmente seria de "direita" ou "raDIcal cristão" como querem que o mundo acredite!!! O fato é que se fosse neo-nazista como estão divulgando de forma leviana, ele estaria explodindo bairros imigrantes e atirando em pretos, arabes e amarelos e não em seus compatriotas brancos!!! me engana que eu gosto...

Chesterton disse...

não há como a esquerda-imbecil explorar esse episodio de modo eficaz. Foram pegos de surpresa? Acho que sim.

Gunnar disse...

Mr X, independentemente das motivações por trás desse episódio específico, acredito sim num levante cada vez maior de vozes e forças, inclusive políticas, de viés extremista.

Já escrevi sobre o tema:

http://endireita.wordpress.com/2011/05/11/o-nao-futuro-da-europa/

Augusto Nascimento disse...

O sujeito segue as ideias dos mesmos sujeitos que as olavettes e muitos outros "direitistas" adoram citar, mas ele não é de "direita", imaginem só... A culpa é do governo norueguês malvado, que queria prejudicar os pobres sionistas indefesos, claro... Quem sabe se não foi o governo norueguês que voltou no tempo para matar soldados ingleses e tentar matar Adenauer?
http://www.lewrockwell.com/blog/lewrw/archives/91915.html
Quantos inocentes mais vão ter que morrer até a sede de sangue do Sionismo ser saciada? Mas, claro, "supremacistas" e perigosos são os mexicanos. Ah, o Pipes citado é aquele mesmo Pipes citado pelo fascista de Jesus no outro post? Coincidência, claro... ou culpa do governo norueguês, qualquer coisa menos produto da pregação de ódio racial dos fascistas. Basta! Lugar de racista é na cadeia!

Augusto Nascimento disse...

Quando foi assassinado, o MSM colocou a culpa na Imprensa, que combatia suas ideias extremistas. Quando um maluco cujas ideias políticas são um enigma matou uma congressista do partido de Obama, o ídolo das olavettes garantiu que a culpa era de Obama. Agora, quando um seguidior das ideias-e dos autores- que o MSM vem publicando há anos, somos informados que é tudo uma grande coincidência, que maluco é assim mesmo e que a culpa é dos noruegueses, que devem estar sendo castigados por Deus pelo Nobel do Obama. Logo, as ideias propagadas pelas olavettes e outros mercadores do ódio são maravilhosas e a solução para todos os problemas do mundo.
A cada momento que passa, fica mais claro que estamos enfrentando uma ameaça totalitária tão perigosa quanto o foram o nazismo e o stalinismo, uma ameaça que deve ser esmagada custe o que custar.
"You ask, what is our aim? I can answer in one word: victory; victory at all costs, victory in spite of all terror, victory, however long and hard the road may be; for without victory, there is no survival."
Os mártires da Noruega unem-se a seus irmãos de São Paulo nos corações de todos aqueles que detestam todo tipo de totalitarismo e bárbarie:
"Viveram pouco para morrer bem
morreram jovens para viver sempre"

Augusto Nascimento disse...

"Quando foi assassinado, o MSM ...", leia-se, por favor: "Quando foi assassinado Pim Fortuyn, o MSM..."

Anônimo disse...

Com é que é AN? O perigo para a civilização são OC e as olavettes? Já que é assim, vamos botar na conta deles a Amy Whinehouse, o JFK e a desaparecida Elisa Samudio, é claro!

Augusto Nascimento disse...

Os nazistas brasileiros também não fizeram o Holocausto, mas-ainda bem!- há leis para impedir que fiquem espalhando seu veneno revisionista por aí.
O perigo é o fascismo, qualquer fascismo, não importa onde. O fascismo-como o comunismo-deve ser combatido onde quer que mostre sua feia cabeçorra. Mas eu tinha esquecido: o perigo é um negro (pouco menos medíocre e um tanto menos desastroso que o antecessor, que era o queridinho das olavettes) presidente, que, com seu vudu queniano globalista deficitário, controlou a mente de um maluco americano, que, coincidentemente, defendia as mesmas teorias conspiratórias da extrema-direita americana, e forçou-o a tentar matar uma correligionária. Por outro lado, maluco norueguês não foi influenciado em nada pelos "pensadores" que ele seguia-logo, o MSM deve continuar promovendo tais autores, e as olavettes devem continuar a citá-los como detentores da verdade revelada.

rorschachbr disse...

Não entendi Mr X, falar mal do Reinaldo Azevedo é proibido aqui? Ou foi erro do blogger ?

Mr X disse...

Olá Rorschach,
Como assim? Aqui dá para falar mal de quem se quiser. Eu não apaguei nenhum comentário.

AN,
Há uma distância entre o pensamento e a ação, entre e lucidez e a insanidade. Aparentemente, eu leio alguns dos mesmos blogs freqüentados pelo atirador norueguês, e nenhum desses sites prega a violência. O sujeito era maluco.

Chesterton disse...

Calma, AN, amigo, amigo...

Mr X disse...

Cúmplices?
http://www.bbc.co.uk/news/world-europe-14280210

Mr X disse...

Agora o AN me pegou... Será que foram Olavo de Carvalho e as olavettes os responsáveis pela morte da Amy Winehouse?

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

"Para m,im, ficou claro que esse "brancu duszóio azú" é mesmo um pateta à serviço dos grupos esquerdistas: segundo o site do próprio, ele era pró-gay, portanto dificilmente seria de "direita" ou "raDIcal cristão" como querem que o mundo acredite!!! O fato é que se fosse neo-nazista como estão divulgando de forma leviana, ele estaria explodindo bairros imigrantes e atirando em pretos, arabes e amarelos e não em seus compatriotas brancos!!! me engana que eu gosto..."

Eu até acreditei que ele pudesse ser neonazista, mas se era pró-gay, então é muito pouco provável. Mas quanto ao fato dele ter atirado nos noruegueses e não nos imigrantes, se pode achar várias respostas.

"Lugar de racista é na cadeia!"

Claro!!! Uma velha de 80 anos que chamou um guarda de macaco, é mais perigosa que um assassino, pelo menos aqui no Brasil.

"...eu leio alguns dos mesmos blogs freqüentados pelo atirador norueguês, e nenhum desses sites prega a violência. O sujeito era maluco."

Engraçado isso. A outra vez que eu apareci por aqui e disse que os "neonazistas" não pregavam violência, vc disse o contrário. O que aconteceu agora????

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

Amy Winehouse

Um judeu (judia) a menos no mundo. Excelente exemplo para a juventude. Se bem que eu ficaria mais feliz com a morte de Heidi Klum. Quando olho para a cara dela, penso que a humanidade não deve mesmo continuar a existir nem mais um minuto.

Augusto Nascimento disse...

"Aparentemente, eu leio alguns dos mesmos blogs freqüentados pelo atirador norueguês, e nenhdum desses sites prega a violência. O sujeito era maluco."
Já o cara de Virginia Tech e o sujeito que tentou matar a congressista... eram exemplos luminosos de sanidade? Por favor. A Imprensa não estava defendendo que se assassinasse Pim Fortuyn. Nada disso impediu que as olavettes saíssem por aí, apontando responsáveis antes que os corpos tivessem esfriado-mesmo em casos em que a motivação ideológica do terrorista era muito, muito obscura.
Há pouca dúvida possível de que a pregação incessante de ódio político, racial e religioso da extrema-direita contra todos que ousassem apresentar críticas-mesmo as mais suaves- ao terror sionista e ao preconceito racial é a causa principal da tragédia norueguesa. Quantas vezes Olavo de Carvalho disse que os sionistas tinham o direito de trair o Brasil? Quantas vezes Olavo de Carvalho exigiu um golpe militar? Quantas vezes Olavo de Carvalho, seus seguidores e seus equivalentes estrangeiros fizeram os mais extravagantes malabarismos sofísticos para ligar TODOS (segundo o astrólogo, não há antissionismo, apenas antissemitismo!) os críticos de Israel-e da extrema-direita - ao Holocausto? Perdi a conta das vezes em que fascistas-como Pipes e OC- faziam de conta que o terror sionista não existia, nem nunca tinha existido, e que não existia extrema-direita no mundo. Perdi a conta das vezes em que fascistas americanos, europeus e brasileiros defenderam o racismo. Perdi a conta das vezes em que Olavo de Carvalho defendeu um ditador "cristão" da África ou algum maluco ou corrupto dos EUA ou da Europa porque cristãos -junto com todos os outros dissidentes, aos quais OC não dedica nunca nem um mísero pensamento ou uma migalha de piedade cristã-são perseguidos em algum país esquecido por Deus e completamente irrelevante para o assunto então debatido! A extrema-direita fez tudo a seu alcance para envenenar o debate político e criar um clima de pogrom: os resultados começam a surgir. Ou ninguém mais lembra que o mesmo MSM que publicava, antes de 2009, textos dizendo que presidentes americanos deveriam sempre ser respeitados pelo hoi polloi foi o mesmo que, depois, se juntou a todo tipo de ataque grosseiro, desonesto e canalha contra o sucessor de Bush(Obama não grande coisa, é só melhor do que pregadores do ódio- como OC e Pipes- e fantoches desses pregadores, como Bush-em tempos mais felizes, isso não seria digno de nota nem em um candidatgo derrotado a vereador em Cruz Alta- não vivemos em tempos felizes!)? Imagine isso acontencendo no Brasil, na Europa, nos EUA, uma verdadeira Internacional Fascista! Imagine essa quinta-coluna, dedicada a solapar a Civilização em toda parte! Será que é surpreendente que crimes horrendos como esse e outros aconteçam? Será que algum dia os responsáveis pela tragédia na Noruega serão punidos? Ou será Munique de novo?

Chesterton disse...

AN, tentei, mas não consegui seguir o raciocinio.

Augusto Nascimento disse...

"Aparentemente, eu leio alguns dos mesmos blogs freqüentados pelo atirador norueguês, e nenhdum desses sites prega a violência. O sujeito era maluco."
Já o cara de Virginia Tech e o sujeito que tentou matar a congressista... eram exemplos luminosos de sanidade? Por favor. A Imprensa não estava defendendo que se assassinasse Pim Fortuyn. Nada disso impediu que as olavettes saíssem por aí, apontando responsáveis antes que os corpos tivessem esfriado-mesmo em casos em que a motivação ideológica do terrorista era muito, muito obscura.
Há pouca dúvida possível de que a pregação incessante de ódio político, racial e religioso da extrema-direita contra todos que ousassem apresentar críticas-mesmo as mais suaves- ao terror sionista e ao preconceito racial é a causa principal da tragédia norueguesa. Quantas vezes Olavo de Carvalho disse que os sionistas tinham o direito de trair o Brasil? Quantas vezes Olavo de Carvalho exigiu um golpe militar? Quantas vezes Olavo de Carvalho, seus seguidores e seus equivalentes estrangeiros fizeram os mais extravagantes malabarismos sofísticos para ligar TODOS (segundo o astrólogo, não há antissionismo, apenas antissemitismo!) os críticos de Israel-e da extrema-direita - ao Holocausto? Perdi a conta das vezes em que fascistas-como Pipes e OC- faziam de conta que o terror sionista não existia, nem nunca tinha existido, e que não existia extrema-direita no mundo. Perdi a conta das vezes em que fascistas americanos, europeus e brasileiros defenderam o racismo. Perdi a conta das vezes em que Olavo de Carvalho defendeu um ditador "cristão" da África ou algum maluco ou corrupto dos EUA ou da Europa porque cristãos -junto com todos os outros dissidentes, aos quais OC não dedica nunca nem um mísero pensamento ou uma migalha de piedade cristã-são perseguidos em algum país esquecido por Deus e completamente irrelevante para o assunto então debatido! A extrema-direita fez tudo a seu alcance para envenenar o debate político e criar um clima de pogrom: os resultados começam a surgir. Ou ninguém mais lembra que o mesmo MSM que publicava, antes de 2009, textos dizendo que presidentes americanos deveriam sempre ser respeitados pelo hoi polloi foi o mesmo que, depois, se juntou a todo tipo de ataque grosseiro, desonesto e canalha contra o sucessor de Bush(Obama não grande coisa, é só melhor do que pregadores do ódio- como OC e Pipes- e fantoches desses pregadores, como Bush-em tempos mais felizes, isso não seria digno de nota nem em um candidatgo derrotado a vereador em Cruz Alta- não vivemos em tempos felizes!)? Imagine isso acontencendo no Brasil, na Europa, nos EUA, uma verdadeira Internacional Fascista! Imagine essa quinta-coluna, dedicada a solapar a Civilização em toda parte! Será que é surpreendente que crimes horrendos como esse e outros aconteçam? Será que algum dia os responsáveis pela tragédia na Noruega serão punidos? Ou será Munique de novo?
"Claro!!! Uma velha de 80 anos que chamou um guarda de macaco, é mais perigosa que um assassino, pelo menos aqui no Brasil."
O défice cognitivo da infeliz é tão grande que ela não percebe que a Lei pode punir mais de um crime! "Seu guarda, que absurdo prender esse batedor de carteiras! O senhor não sabe que há estupradores?"

Augusto Nascimento disse...

"AN, tentei, mas não consegui seguir o raciocinio."
Eu acredito, eu acredito.

Anônimo disse...

O AN tenta, tenta, mas não consegue esconder seu petralhismo.
É só espremê-lo que ele sai cantando a Internacional.

Augusto Nascimento disse...

"É só espremê-lo que ele sai cantando a Internacional."
Pobre olavette: tal qual o Strangelove patrão dela, não pode ouvir falar mal do Fascismo sem que o braço direito se erga.
"O AN tenta, tenta, mas não consegue esconder seu petralhismo."
Afinal, segundo as olavettes, Darwin era petralha, Galileu era petralha (astrônomo genial mesmo era o cardeal garoto de recados da Inquisição), Newton era um comunista bobão que não entendia nada de Física... Só o poder do Geocentrismo é capaz de deter o Exército Vermelho!

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

"O défice cognitivo da infeliz é tão grande que ela não percebe que a Lei pode punir mais de um crime! "Seu guarda, que absurdo prender esse batedor de carteiras! O senhor não sabe que há estupradores?""

E seu défict cognitivo muito mais grave que o meu, não permite saber que aqui nesta pocilga de país, assassinos, como aquele da jovem moça que foi esfaqueada por se negar a se relacionar com seu algoz, foi liberado pela juíza que não o considerou "perigoso a sociedade". Enquanto que no RS, uma senhora de 80 anos foi acusada de racismo por um retardado "afro-descendente". O único motivo pela qual ela não foi colocada em cana foi pela idade mesmo (nossa!! Brasileiro às vezes tem bom senso!!).

Vá se lascar!! se vc é tão inteligente quanto pensa que é, deveria saber que aquilo que chama de Racismo, é uma estratégia evolutiva de grupos. Ou sua intelectualidade se limita a "fatos históricos"? Já ouviu falar de Darwinismo???

"lugar de racista é na cadeia"²

Já me denunciou???

Augusto Nascimento disse...

Ou seja, na opinião da retardada, assaltantes não podem ser punidos porque, enquanto alguns assaltantes acabam punidos, alguns homicidas ficam soltos- e vice-versa. A infeliz acha que a defesa do cumprimento de uma lei significa defender que as outras leis não sejam cumpridas. Se tirássemos o racismo da lista de crimes, a polícia tornar-se-ia eficiente, a magistratura, severa, e os criminosos seriam magicamente conduzidos a suas celas por pôneis alados.

Augusto Nascimento disse...

"deveria saber que aquilo que chama de Racismo, é uma estratégia evolutiva de grupos."
O estupro também é uma estratégia evolutiva: o estuprador pode passar seus genes para frente em maior quantidade do que um macho preso a um só cônjuge. Estratégia parecida é a do chupim, que coloca seus ovos nos ninhos de outras espécies e faz com que elas cuidem de seus filhotes-ah, magnífico exemplo moral! A guerra-com seu cortejo de horrores- é uma estratégia evolutiva de grupos: não é à toa que os fascistas alemães falavam em "espaço vital", não é à toa que a pilhagem está indissociada da história das guerras. Escravidão é outra estratégia: nações e castas que se aproveitam do trabalho alheio podem direcionar recursos a seu fortalecimento e sobrevivência.
Talvez não lhe tenha ocorrido, imbecil, que o darwinismo descreve, não prescreve as formas que os grupos usam para se preservar. Exatamente por ser um animal racional-embora alguns membros da nossa espécie façam o que podem para desmentir a condição racional dos seres humanos-o ser humano pode confrontar suas ações com seus valores culturais e morais em vez de submeter-se apenas a considerações de eficiência reprodutiva. Sem falar que vários autores-Kropotkin, Trivers e Wilkinson, por exemplo- defendem o papel fundamental da colaboração como uma das formas que os grupos encontraram de se preservar. O darwinismo não oferece nenhuma razão-racional ou irracional- para que essa colaboração deva se restringir ao interior de cada grupo racial ou para o "grupo" a ser preservado não poder ser multirracial. Aliás, se membros de uma nação consideram-se membros do mesmo grupo, a colaboração entre eles pode servir perfeitamente à preservação do seu grupo nacional.
E, falando-se de darwinismo e darwinistas, Pinker, por exemplo, diz que, se, para os genes a reprodução é o "sentido da vida", isso não quer dizer que precise necessariamente ser o sentido da vida do indivíduo racional. Ou seja, nem tudo o que, no passado remoto, favoreceu a preservação deste grupo ou daquele é moralmente são. Nada impede que, além de transmitir seus genes, os membros de uma sociedade queiram preservar a qualidade moral de sua cultura, combatendo "estratégias evolutivas" como estupros, guerra, escravidão, pilhagem, etc. Seres humanos não transmitem à geração seguinte apenas genes, transmitem também cultura. O que você chama de Darwinismo é, portanto, só uma caricatura da ideia científica chamada por esse nome. Uma caricatura parecida com essa: http://www.chick.com/reading/tracts/1041/1041_01.asp

Chesterton disse...

isso começa a cheirar mal...

Mr X disse...

"Talvez não lhe tenha ocorrido, imbecil, que o darwinismo descreve, não prescreve as formas que os grupos usam para se preservar."

Bem, nisto aqui até concordo com o AN. Darwinismo não é programa político.

Bárbara!
Você é a editora brasileira do Stormfront? Nem sabia que a Amy Winehouse era judia. Gostava dela. Com exceção daqueles horríveis tattoos. Mas acho que mulheres não deveriam fazer tatuagens. Aliás, homens também não, fora criminosos e membros de gangues. Qual foi a contribuição de Amy para a conspiração judaica global, a corrupção da juventude, induzir jovens arianas ao suicídio e as drogas?


Abs.

Gunnar disse...

Nunca consegui gostar dela. Alguém que simboliza decadência física e espiritual, vício, auto-destruição... e o pior: acha bonito e joga na cara de todo mundo.

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

"O estupro também é uma estratégia evolutiva: o estuprador pode passar seus genes para frente em maior quantidade do que um macho preso a um só cônjuge."

Sem dúvida. Vc só precisa admitir agora que todo homem é um estuprador em potencial, como declara o feminismo. Por outro lado, todas as raças são racistas e pretendem se distinguir das demais.

NOSSA!!!! Que blasfêmia! Racistas são só os brancos. Os chineses, japoneses, coreanos, com certeza não são. Mas por que será mesmo que lá não se tem muitos problemas com miscigenação e imigração??? Sei lá, mas que eles não são racistas, eles não são. É, pois, também, uma coincidência o desenvolvimento sócio-econômico de lá.

Afinal, se o Ocidente está com problemas, o que vai resolver isso é o cristianismo. A raça branca será salva pela fé, não pelo racismo que evita a miscigenação e afugenta imigrantes parasitas.

Já ia esquecendo: Estupro?? Esta é uma excelente estratégia de grupo dos africanos. quase todos os homens a praticam.

"passar seus genes"? Eu li em algum lugar alguma coisa sobre estratégia K-r. Não me lembro direito, mas acho que fala algo sobre maiores chances de sobrevivência da cria quando os genitores investem mais energia com cuidados e atenção dadas a ela, do que um número maior de filhos e genes transmitidos, mas pouco zelo. O mesmo estudo separava a humanidade em brancos e orientais com estratégia K, e africanos com r.

" ...magnífico exemplo moral!"
O Islã tem maneiras muito sensatas de se resolver questões morais: amputações de membros, apedrejamento, enforcamento, etc, etc. Se seu problema com o racismo é de cunho moral, vá para lá. Se bem que não sei se lá racismo é crime.

"Talvez não lhe tenha ocorrido, imbecil, que o darwinismo descreve, não prescreve as formas que os grupos usam para se preservar.-o ser humano pode confrontar suas ações com seus valores culturais e morais em vez de submeter-se apenas a considerações de eficiência reprodutiva."

O amor com certeza é uma construção social/ moral/ cultural. Não têm nada a ver com nossos genes e química cerebral. Mesmo que tenha, não há diferenças raciais neste quesito.


"O darwinismo não oferece nenhuma razão-racional ou irracional- para que essa colaboração deva se restringir ao interior de cada grupo racial ou para o "grupo" a ser preservado não poder ser multirracial. Aliás, se membros de uma nação consideram-se membros do mesmo grupo, a colaboração entre eles pode servir perfeitamente à preservação do seu grupo nacional."

Claro! Não existem diferenças raciais em comportamento, intelecto, etc. As raças podem todas se misturar e tudo continuará igual, como sempre foi.

"favoreceu a preservação deste grupo ou daquele é moralmente são"

Steven Pinker? O judeu?
Claro, o racismo na atualidade é coisa de pessoas desequilibradas. Os anti-racistas é que são pessoas de uma sanidade incrível.

"Seres humanos não transmitem à geração seguinte apenas genes, transmitem também cultura."

NÃO BRINCA????!!!!!

"Bem, nisto aqui até concordo com o AN. Darwinismo não é programa político."

Eu estava me referindo a sociedade obcecada com "racismo"; dos discursos nauseantes de todos aqueles que saem por aí acusando os 'malvados racistas', como se este fosse o pior dos crimes. Não me referia diretamente a questões politicas, mas da própria sociedade, cultura.

" Bárbara!
Você é a editora brasileira do Stormfront? Nem sabia que a Amy Winehouse era judia. Gostava dela."

Claro! Não lembra que eu disse no outro post que eu participava do VNN e do Stormfront?
afff... depois eu é que tenho défict cognitivo.

Como não percebeu que ela era judia? Onde vc acha que el conseguiu aquela cara?????

"Qual foi a contribuição de Amy para a conspiração judaica global, a corrupção da juventude, induzir jovens arianas ao suicídio e as drogas?"

O simples fato de existir já fez dela um estorvo terrestre.

Ulisses disse...

O sujeito era simplesmente um doente mental e ponto final. Ele não faz parte de um coletivo uniforme ou de um movimento sistematizado (ex: islamismo). Seria crível que este maluco serviu de idiota útil para algum revolucionãrio, como o são muitos homens bombas, mas também não acho que seja o caso. Essa atrocidade foi fruto de uma mente estanque.

AN, você e seu personagem são muito xaropes.

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

Quer saber de uma coisa? Adeus!!!!

Já cansei! pode se considerar livre de mim. Se eu voltar, fiquem tranquilos: Vou avisar que sou eu mesma.

E que se danem todos!!! Vou é me desconectar!

Augusto Nascimento disse...

"Steven Pinker? O judeu?"
Eu tinha esquecido: ciência de verdade só a Física Ariana. Realmente, deve haver muitos "darwinistas" por aí defenderam que a reprodução deve ser o único obejtivo dos indivíduos, eu duvido que haja muitos darwinistas com essa visão, mas aí é outra história...
"Claro! Não existem diferenças raciais em comportamento, intelecto, etc. As raças podem todas se misturar e tudo continuará igual, como sempre foi."
Como se sabe, dentro de cada grupo racial, não existem diferenças físicas, morais, intelectuais... Se Trotsky sonhava com a utopia socialista em que cada cidadão seria mais brilhante do que da Vinci, a defensora do nazismo garante que o milagre já está aqui e que cada redneck é, por definição, um Goethe. Sem falar que ela não percebe que os genes "querem" cuidar da própria reprodução, que eles façam isso-nem sempre-através da preservação dos genes dos companheiros e do desenvolvimento de uma sociedade é acessório (como eu disse, um estuprador pode ter uma "estratégia reprodutiva" mais "eficiente" do que um pai de família devotado e honesto ou que um homem íntegro que permanece casado com uma mulher pouco fértil). Se uma determinada estratégia dos indivíduos favorece a preservação do grupo ou não é coisa que só se pode julgar com perfeição em retrospecto. Não me parece que os Estados Unidos, Cingapura ou a Europa, com todos seus problemas, estejam tendo mais problemas para se preservar do que tribos isoladas brasilerias, aborígenes australianos com toda sua maravilhosa pureza racial. Boa parte da ameaça à cultura europeia , no século passado, veio justamente do racismo fora de controle dos fascistas alemães (vai ver que provocar a morte de dezenas de milhões de seres humanos foi uma genial "estratégia evolutiva").
O défice intelectual da criatura é tão grande que ela não consegue sequer manter uma linha de "raciossímio" (o equivalente nazista do raciocínio) coerente. Eu digo que a natureza não é exemplo moral a ser copiado acriticamente, ela vem nos contar que o Islã (assim como os nossos nazistinhas, os maometanos também têm as "estratégias evolutivas" testadas e aprovadas deles) é malvadão; eu digo que as estratégias evolutivas humanas devem ser julgadas de acordo com valores morais, ela muda de assunto (aparentemente, a ideia de "valores morais" é mais do que ela pode suportar).
"Estupro?? Esta é uma excelente estratégia de grupo dos africanos. quase todos os homens a praticam."
Depois da "Física Ariana", temos a "Estatística Ariana".

Augusto Nascimento disse...

Mas, realmente, é uma "ótima" estratégia reprodutiva (aliás, se "reprodução" fosse o único objetivo contra cuja consecução julgaríamos as sociedades humanas, os chineses e indianos- com suas populações enormes- e os africanos com seu crescimento populacional fora de controle seriam os legisladores de toda a Humanidade).
"É, pois, também, uma coincidência o desenvolvimento sócio-econômico de lá."
Ah, bom, quando a China, o Japão e a Coreia eram fechadas aos estrangeiros (o Japão e a China foram abertas à força pela estratégia evolutiva das potências imperialistas europeias) eram riquíssimas, os camponeses viviam na maior fartura... A China perdeu sua posição de grande potências sob o Império, conheceu a desordem e a estagnação sob o Kuomintang e os comunistas, sofreu com a loucura genocida de Mao sem que a imigração estrangeira tivesse absolutamente nada com isso. O que a China sofreu nas mãos de estrangeiros não foi na mão de trabalhadores imigrantes, foi na mão de potências europeias brancas, "cristãs", racistas (e do Japão imperialista, com ambições de hegemonia na Ásia, mas você não vai defender que chineses e japoneses são de raças diferentes, vai?) Sem falar que comparar a China em desenvolvimento econônico e social-mesmo depois de décadas de crescimento milagroso- com a Europa Ocidental, que a irrita por estar aberta a imigrantes- é simplesmente ridículo. A Coreia do Sul foi pobre sem imigrantes, é rica sem (muitos) imigrantes(a do Norte, ainda mais fechada, continua paúpérrima). Cingapura vai muito bem apesar de um terço dos trabalhadores ser estrangeiro, um quarto da população não ser chinesa (três quartos são oficialmente chines, mas apenas porque a política oficial do governo até recentemente era registrar apenas uma raça para cada habitante, não registrando o fato de que muitos desses "chineses" são mestiços). O país foi literalmente tomado por imigrantes, já que, nos tempos coloniais, havia mais malásios do que chineses. Ah, o país, que tem leis duras contra a incitação do ódio racial, é um dos países mais ricos do mundo e têm indicadores sociais tão bons quanto Japão e Coreia...

Augusto Nascimento disse...

"O sujeito era simplesmente um doente mental e ponto final."
A pressa das olavettes para garantir que o sujeito que tem as mesmas ideias que eles e segue os mesmos "pensadores" que eles é só um "doente mental" contrasta violentamente com a pressa delas quando se tratava de culpar Deus e o mundo de todos os outros atentados já acontecidos na face da Terra (lembram-se de como cada pequeno crime de um maometano era culpa de todos maometanos, o maluco de Virginia Tech, na verdade, era o fantoche dos globalistas debaixo da cama das olavettes e o ataque a unma congressista democrata era um plano maquiavélico de... Obama?). Mas, afinal, as olavettes têm razão para choque: se você não pode confiar nem em um fascista pró-Israel, vai confiar em quem? Talvez, em Begin...

Ulisses disse...

O norueguês e AN até que compartilham algumas patologias mentais, como a paranoia e a psicose. Vamos observá-lo melhor para compreendermos o norueguês.

Mr X disse...

Bárbara,
Seu problema é que você não tem coração. Além da namorada nazista, tive também uma namorada 100% judia, muito bonita. As duas eram interessantes, a seu modo. Tentei descobrir dela o plano secrto de dominação mundial pelos judeus, mas ela nunca me contou.

Ulisses,
Sobre o terrorista norueguês, agora existe outra teoria, de que ele fosse um frustrado sexual, e seu caso se junte ao de outros casos recentes de homens que partiram para a violência alvejando especialmente jovens mulheres (assim como o assassino do Realengo, parece que o norueguês procurou alvejar especialmente garotas). Segundo seu manifesto ele não tinha namorada, morava com a mãe e passava seus dias jogando World of Warcraft.

http://whiskeys-place.blogspot.com/2011/07/anders-breivik-beta-male-rampage.html

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

"Eu tinha esquecido: ciência de verdade só a Física Ariana."

Procure a ciência africana. Ela vai ensinar tudo aquilo que vc precisa.

" Realmente, deve haver muitos "darwinistas" por aí defenderam que a reprodução deve ser o único obejtivo dos indivíduos, eu duvido que haja muitos darwinistas com essa visão, mas aí é outra história..."

Quem aqui falou que esta era o único objetivo de um individuo? Não recordo de ter lido, Vou reler os comentários, por favor, aquele que foi se apresente.

"Como se sabe, dentro de cada grupo racial, não existem diferenças físicas, morais, intelectuais..."

Diferenças físicas, morais, intelectuais existem de monte. A única diferença que não existe, ou que é pouco perceptível, é a da estrutura de personalidade (sensibilidade, dúvidas existenciais, etc - parapsicologia). Disso eu tenho certeza. Especialistas (não-arianos, por sinal) concordam nisso.

"a defensora do nazismo garante que o milagre já está aqui e que cada redneck é, por definição, um Goethe"

Não precisa ser um Goethe. Só precisa não ser um africano molóide, ou um positivista desequilibrado.

"O défice intelectual da criatura é tão grande que ela não consegue sequer manter uma linha de "raciossímio"".

Irei para uma Universidade Positivista. Depois que eu tiver aumentado meu QI em 80 pontos, eu volto então.

"Ah, o país, que tem leis duras contra a incitação do ódio racial, é um dos países mais ricos do mundo e têm indicadores sociais tão bons quanto Japão e Coreia"

Vou imigrar para lá. Quer ir junto?

"Bárbara,
Seu problema é que você não tem coração."

Sem dúvida! Além de ter grave retardamento mental, eu ainda sofro de transtorno de conduta, personalidade sociopata. Sabe onde aprendi a perder meus sentimentos???
Quer saber de uma coisa: eu ia contar, mas acho perda de tempo. Vc não precisa saber sobre minha vida pessoal.

"Além da namorada nazista"
Achei que fosse eugenista. Esqueceu da diferença de novo?

"tive também uma namorada 100% judia, muito bonita."
Tem como ser só 83,3% judia só (de religião ou etnia)?
Bonita como a Betty Friedan? Não, deve ser como a Natalie Portman, suas plásticas, e uma porção de sangue europeu...

"Tentei descobrir dela o plano secreto de dominação mundial pelos judeus, mas ela nunca me contou."
Deveria ter insistido um pouco mais.

"As duas eram interessantes, a seu modo".
Arranja uma namorada positivista então. Esta sim vai ser muito interessante. Depois vc pega ela na cama com o Augustinho.

Trouxas!!!!!!

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

Aqui está o que o nazista racista psicopata norueguês diabo branco falou:

"Precisamos influenciar outros conservadores culturais para que adotem a nossa linha de raciocínio anti-racista, pró-homossexual e pró-Israel".
Anders Behring Breivik, 14 de setembro de 2009

Feliz ano - novo a todos!!!

Mr X disse...

Por outro lado, parece que diabo loiro norueguês publicou todos os seus planos com antecedência no Stormfront. Se você sabia, por que não lhe disse para parar, sua estúpida?

http://blog.foreignpolicy.com/posts/2011/07/23/what_did_the_oslo_killer_want

Mr X disse...

Ah, sim. Feliz Ano Novo. Vai viajar? Sugiro a Noruega. Os preços devem ter caído um pouquinho...

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

"Por outro lado, parece que diabo loiro norueguês publicou todos os seus planos com antecedência no Stormfront. Se você sabia, por que não lhe disse para parar, sua estúpida? "

Deve ser porque eu não participo do Fórum. Ainda não memorizou isso? Ele erra um conservador cultural, o próprio texto disse. O Stormfront é um fórum (antes de mais nada) de conservadores raciais. Que diabos ele estava fazendo lá???
Breivik teria dito que Hitler era o "Grande Satã" também.

http://legio-victrix.blogspot.com/2011/07/o-rambo-neo-conservador-anders-behring.html

"Sugiro a Noruega. Os preços devem ter caído um pouquinho..."

Não! Prefiro Israel. Os deuses terrenos devem ter muito a mostrar por lá: Museu do holocausto, cinema do Holocausto, músicas do Holocausto, Teatro do Holocausto.
Ah, não!! Isso eles só têm no Ocidente, onde se faz a lavagem cerebral.

Estúpida? Devo ter algum parentesco com vc ou o Augusto então. Não seríamos primos de 2° grau?

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

"Ele erra..."

Ele era.

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

http://spiritwaterblood.com/pix/holocaustmyth-cartoon.gif

Ulisses disse...

Mr. X,
É de se acreditar que esse homem tem distúrbios sexuais. Whiskey's Place até comenta nesse sentido (But most murders, and particularly most mass-murders sure to wind up with some nasty punishment in one way or another). Doentes mentais, especialmente sob o ponto de vista psicanalítico, com frequência desenvolvem estas patologias em resposta à sua desorganização sexual.

No entanto, essa história de "beta male rampage" me soa um tanto quanto lésbico-feminista rsrs... Mais uma explicação socializante (leia-se: comunista, daquelas que busca resposta apenas nos fatores ambientais simplistas ou no famoso bode expiatório "homens heterossexuais") do que genuinamente psiquiátrica.

Whiskey's tem razão quando diz que as razões da matança não são políticas. A loucura desse homem encontrou escape nessa discussão política, poderia ser em outra coisa.

É muito difícil encontrar sistematização numa mente caótica. No caso dele com certeza há traços de psicopatia, o que torna seu raciocínio instrumental aguçado (veja o largo planejamento dos ataques), o que não quer dizer que sua motivação seja bem organizada.

Mr X disse...

Bárbara,
O atirador não era racialista, é? Será?

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/07/mistura-de-racas-do-brasil-e-catastrofica-diz-texto-de-atirador-da-noruega.html

Acho que pelo jeito ele até lia o Dextra...

Já do Legio Vinctrix, não gosto. Filonazi demais para o meu gosto.

Ulisses,
É difícil separar a motivação psicológica da motivação política. Mas eu não acho que ele era maluco no sentido de ser um doente mental grave; acho que tinha distúrbios psicológicos, mas parece ser bem mais lúcido do que o recente maluquinho que atirou na deputada americana, por exemplo.

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

"O atirador não era racialista, é? Será?"

Ele é maluco, no fim, só isso. Vamos esperar o exame de sanidade mental.

De qualquer forma, ele tem toda a razão sobre o que disse do Brasil. Entende mais este lixo de país do que seus leitores ávidos retardados que acham que a civilização Ocidental será a mesma se os "olhos rasgados" gostarem de música clássica e se tornarem especialistas em Arte Renascentista. Que acham que uma Europa cheia de Mulatos e mestiços de todo o canto, ainda vai ser uma Europa...

Realmente, os nazistas são todos uns tolos. Não deveriam gastar seu tempo defendendo um povo que desonra seus ancestrais com tamanha burrice.

Mr X disse...

Ei BárbAriana,

Como sabe quais são os ancestrais de nossos leitores? Podem ser todos mulatos, indígenas, asiáticos, furta-côr, etc.

Gosto do povo caucasiano. Não desapareceremos. Acho. Espero.

Bárbara/ Não preciso dizer disse...

"Como sabe quais são os ancestrais de nossos leitores? Podem ser todos mulatos, indígenas, asiáticos, furta-côr, etc. "

Não vi nenhum indo- europeu vir aqui defender seu povo, discursar contra a extinção dele. Isso mostra que eles não merecem ajuda nenhuma mesmo. Perda de tempo. Elin Krantz só teve o que mereceu, tomara que outras recebam o mesmo. Retardadas.

Se seus leitores são mulatos, vira-latas, pretos ou índios, ou nipônicos, que eles tenham bom senso de não ficar dando palpites de como o Velho Continente pode ou deve ser. Eles que vão cuidar de suas tribos "com o mesmo potencial de desenvolvimento que a da Europa".

" Gosto do povo caucasiano. Não desapareceremos. Acho. Espero."

ahahahahahaha!!!!

E vc, o que sabe? Vc não sabe nada. Não seja tolo. Até o fim deste séc, a extinção será inevitável. E eu vou adorar, apesar de tudo. ADORAR!!!!

Augusto Nascimento disse...

"Só precisa não ser um africano molóide, ou um positivista desequilibrado."
Basta ser um gênio da "Física Ariana" ou um Hitler, afinal, a Segunda Guerra foi tão boa para a Alemanha.
"Procure a ciência africana. Ela vai ensinar tudo aquilo que vc precisa."
Por quê? Não estão publicando mais queles admiráveis trabalhos de "Física Nazista"?
"O norueguês e AN até que compartilham algumas patologias mentais, como a paranoia e a psicose."
Lúcidos mesmos são supremacistas raciais como Olavo de Carvalho, Pipes (que, antes de ser citado como um dos inspiradores do norueguês, era citado por aqui como autoridade em assuntos do Oriente Médio).

Ulisses disse...

Mr. X,
Realmente, a loucura não vem pura.

Bárbara,
To curioso (de verdade) pra descobrir se vc é real, se realmente pensa nessa linha. Ou se é apenas o alter ego do AN.

Anônimo disse...

'Se eu concordo com a insanidade dos que agridem gays, negros, ou imigrantes? "
.
.
ao contraio, meu filho :são os imigrantes e os negros que agridem os nativos (brancos)!

Anônimo disse...

" Harlock disse...
Salve.
Essa hipótese da "bandeira falsa" foi levantada pelo holandês Geert Wilders e até faz sentido"
.
.
que propriedade tem este mestiço (de malaio com holandes )financiado pelo sionismo em falar pela direta!?

Anônimo disse...

cadeia nos cantores de rap que são os que mais promovem o racismo no brasil!
.
Veja como exemplo este trecho da música 500 anos dos (ir)racionais mcs:

“Enquanto isso playboy folgado, anda assustado,
deve tá pagando algum erro do passado.
Assaltos, seqüestros, é so o começo
a senzala aviso, o Mauricinho hoje paga o preço,”
.

sabemos que 100% dos marginais- que destroem a vida de preibois(brancos), como : joão hélio,maria claudia de' issola,lucas terra , Cloé parole e tantos outros -
idolatram grupos musicais que cantam o ódio contra brancos

Anônimo disse...

como bem nos lembrou o AN - lugar de racista é na cadeia !

creio que com a prisão destes racistas (incluindo aqueles que financiam e promovem este racismo ,ou seja: os fãs) - o racismo ,bem como a violência, diminuiria quase que totalmente no brasil!