quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Marx e Lenin perderam; Gramsci venceu

Marx, Lenin e Stalin estão mais ultrapassados que o Rubinho Barrichelli. Não há a menor possibilidade de ocorrer uma Revolução Comunista em qualquer lugar do mundo. Guerrilhas marxistas foram derrotadas definitivamente do Sri Lanka ao Chuí. Na Rússia, Putin pode ser um nacionalista com possíveis intenções imperialistas, mas não pretende coletivizar os meios de propriedade nem trucidar os kulaks. Na América Latrina, último bastião do comunismo revolucionário, as FARC são um cachorro morto, e Cuba e Venezuela são poços de pobreza, irrelevantes em qualquer discussão séria.

Isso não quer dizer que não haja mais pessoas que sofrem sob a foice e o martelo da opressão comunista. Assisti estes dias ao depoimento de Shin Dong-hyuk, que fugiu de um campo de trabalho escravo na Coréia do Norte, onde ainda há dezenas de campos bastante similares aos GULAGs soviéticos. Seu relato é aterrorizador. Mas não há qualquer possibilidade dos comunistas implantarem esse sistema a nível mundial, como parecia possível a meras décadas atrás. Salvo na Coréia do Norte, esse tipo de comunismo está morto e enterrado.

E, no entanto, no entanto... Os comunistas venceram a batalha no campo educativo e cultural. Não precisam realizar Revolução alguma, pois suas idéias já têm o monopólio no debate político e cultural, tanto que, no Brasil, Lula se gaba abertamente da inexistência de qualquer tipo de direita política! Crianças são ensinadas desde pequenas o beabá da igualdade social e do politicamente correto. Não há escapatória. Ninguém nem mesmo contesta que possa haver algum tipo de debate sobre essas questões.

Marx e Lenin perderam. Mas Gramsci venceu. Gramsci, com sua teoria de revolução silenciosa, de "longa marcha através das instituições", quem diria, era quem realmente tinha a estratégia vencedora! Mesmo nos EUA, suposto bastião do capitalismo, nas escolas, universidades e na mídia raramente se ouve algo diferente das idéias socialistas ou semisocialistas (resistem apenas o talk radio e a Internet). Há posters do assassino psicopata Che Guevara em qualquer campus local.

Os verdadeiros comunistas de hoje são os que comandam as universidades, a política e a mídia, que falam em "direitos das minorias", "justiça social" e "saúde e educação para todos", mas o que querem é cada vez mais poder para o Estado sobre a vida e o dinheiro de cada um de nós. São "comunistas"? São "progressistas transnacionais"? São arautos do "governo global"? Não sei, só sei que esses é que são o "perigo vermelho" de hoje em dia. O resto - os comunistas de velha guarda que ainda falam em "ditadura do proletariado" e sonham com guerrilha e revolução e citam Marx, Lenin e Stalin - são meros zumbis.

70 comentários:

Anônimo disse...

"Guerrilhas marxistas foram derrotadas definitivamente do Sri Lanka ao Chuí."
A guerrilha marxista, aplicando as geniais lições do Presidente Mao, derrubou a monarquia no Nepal, mostrando a vitalidade da luta armada contra os inimigos do Povo, e está no governo, embora ainda não esteja no poder. Há boas razões para acreditar que, a médio prazo, os outros regimes-fantoche asiáticos cairão como dominós.
"Os comunistas venceram a batalha no campo educativo e cultural."
Acredite ou não, a palavra "comunismo" se refere a uma ideologia específica, não é uma palavra para classificar tudo aquilo de que você não gosta. Um governo pode ser intervencionista sem ser comunista.
"Marx e Lenin perderam. Mas Gramsci venceu."
Em primeiro lugar, não perderam. É tudo um longo processo histórico: o atual "progressismo", com Welfare State e ajuda do governo a Wall Street e Detroit, é-como foi o fascismo nos anos 30- uma tentativa desesperada e de antemão condenada ao fracasso de salvar o Capitalismo de si mesmo. Mas mesmo supondo que Marx, Lenin e Stalin tivessem "perdido", o que eu posso dizer, como disse o populista Darcy Ribeiro, é que "detestaria estar no lugar de quem venceu".
"São 'comunistas'? São 'progressistas transnacionais'? São arautos do 'governo global'?Não sei, só sei que esses é que são o 'perigo vermelho' de hoje em dia."
Eles até querem que os pobres tenham tratamento médico, só pode ser comunismo. E o fim dos "tax breaks" para os muito, muito ricos? Só pode ser comunismo. Estão até querendo que os EUA matem menos civis.
Não nos iludamos: a transformação da sociedade só podera ser obtida através da derrubada violenta da ordem existente.
Tiago

Anônimo disse...

Afinal, o Tiago é o Pax ou o Pax é o Tiago?

Klauss disse...

Não sei. Sei que o Tiago é um troglodita.

Quer saber? VTNC!

Anônimo disse...

A gente fica rindo do Tiago, mas esse tipo de pessoa é um perigo.
Assim como os fanáticos religiosos, hoje em dia representados pelos radicais muçulmanos, eles não tem/ teriam o menor remorso em eliminar seus opositores ou simplesmente quem não reza na mesma cartilha. Eles acreditam estar fazendo o bem, em nome de seu deus ou em nome do povo.
Se tivéssemos uma revolução em nosso país, aposto que Tiagão e sua turma iriam rastrear nossos IP's, arrebentar as nossas portas e nos mandar pro paredão, e depois irem dormir tranqüilamente.

Mr X disse...

Tiago precisa passar umas férias na Coréia do Norte... Ajudo a comprar o bilhete.

Anônimo disse...

"Se tivéssemos uma revolução em nosso país, aposto que Tiagão e sua turma iriam rastrear nossos IP's..."
Não acho que seria necessário rastrear IPs, os fascistas sempre acabam se revelando, como Trotsky se revelou. Dzhernisky insinou que deve-se, isso sim, desencadear o terror organizado e implacável contra os traidores do Povo.
Tiago

Anônimo disse...

Não falei? Ele nem contesta que nos perseguiria.
Se qualquer um aqui sugerisse que deveríamos caçar os esquerdistas, ou como falou o estrupício do Bornhausen "acabar com essa raça", seríamos taxados de fascistas, reacionários, filhotes da ditadura.
Mas quando é em novo do Povo, ai pode!

Mr X disse...

Quem é que decide quem é o "Povo" e quem não é? As elites comunistas que comem caviar agora viraram "Povo"? Por que são os Tiagos da vida que devem decidir quem são os "traidores" que devem deixar de existir, simplesmente por querer continuar suas vidas sem ser interrompidos por malucos revolucionários?

Tiago inverte a ordem natural, chamando os que se recusam a participar de esquemas malucos de "traidores" e "fascistas". Traidores a que, a um plano do qual nunca participaram? Não meu caro Tiago, o fascista aqui é você, o traidor (à civilização tradicional ocidental) é você, nós só queremos é viver a vida em paz, com respeito à vida, liberdade e propriedade. E são os sujeitos como você que, se sequer tentarem pôr em prática seus planos, que devem ser caçados sem piedade, e presos em cadeias de segurança máxima, ou então em manicômios.

Ou, melhor ainda, ser enviados para os deliciosos campos comunistas da Coréia do Norte, onde podem contribuir com suas próprias forças para o Progresso do Povo!!!

Didi Iashin disse...

Alguém já se lembrou de levar nosso troll de estimação para sua sessão de choques elétricos? Passou da Hora.
Trotsky, fascista? Sim, com certeza. Tiagão devia sentar-se um pouco, parar de agitar tanto e ler o Fascismo de Esquerda, do Jonah Goldberg. Para começar a não tratar o que não é comunista de fascista.
Meu querido da Tia Didi: Não sei o que você considera "fascista", mas, só para despertar os seus sentidos embotados, Mussolini era socialista e Hitler TAMBÉM.

Mr X disse...

os fascistas sempre acabam se revelando, como Trotsky se revelou.

Trotsky agora era "fascista"? Bem, era sim, era um assassino, pois também ordenou matar uma pá de gente. Era da mesma laia de Stalin, só brigavam pelo poder.

Quanto a essa mania de chamar todos com quem se discorda de "fascistas", acho que já encheu. O fascismo era um movimento político específico, ligado a Mussolini. (Que, com todos os seus terríveis defeitos, era menos ruim do que os comunistas.)

Dzhernisky insinou

Sei que é só um typo, mas ficou engraçado. Culpa do "insino" lulista?

Mr X disse...

Aliás, o Mussolini começou militando no Partido Comunista, foi lá que aprendeu tudo. E, de fato, o fascismo foi só uma evolução do pensamento "a favor das classes trabalhadoras", está bem claro no discurso mussoliniano que ele via o fascismo como uma continuação do socialismo.

Mr X disse...

O Tiago encheu. Acho que vou instalar um filtro automático no blog para bloquear as palavras "Lenin", "Stalin", e qualquer coisa terminata em "sky". :-D

chesterton disse...

dá um gardenal virtual para o Tiago por 1 semana

Anônimo disse...

"Trotsky agora era 'fascista'?"
A Justiça soviética concluiu que "não há um único homem no Mundo que tenha trazido tanto pesar e desgraça às pessoas quanto Trotsky. Ele é o mais vil agente do fascismo." Trotsky até planejava um golpe fascista-bonapartista.
"Sei que é só um typo, mas ficou engraçado. Culpa do 'insino' lulista?"
É um typo mesmo(assim como o "novo do Povo, ai pode", do anônimo, e o seu "terminata", ambos muito menos graves que o meu, eu admito abertamente),mas realmente não há desculpas para os meus typos. Lenin ensinou que devemos procurar a perfeição em todas as coisas. Por outro, se ao menos antes de Lula a educação do Brasil fosse boa...
"O Tiago encheu. Acho que vou instalar um filtro automático no blog para bloquear as palavras 'Lenin', "Stalin', e qualquer coisa terminata em 'sky'."
Ainda assim,Ленин,Сталин e Дзержинский continuarão entre os grandes de todos os tempos. Os maiores homens da História!
Tiago

Cfe disse...

Na cabecinha de certa gente, o mundo seria um local muito bom, perfeito até, se todos fizessemos aquilo que eles querem.

O problema é dessas pessoas é que os demais não se submetem a sua vontade e teimam em não ver a perfeição que seria esse novo mundo, um mundo de igualdade e repleto de justiça sem a malvada exploração do homem pelo homem.

E se não vai a bem, vai a mal: matem-se os inimigos, não sem antes classifica-los como inimigos do povo, logo não-humanos e portanto sem direitos.

Mona disse...

Putz, surtou de vez...

Anônimo disse...

E se não vai a bem, vai a mal: matem-se os inimigos, não sem antes classifica-los como inimigos do povo, logo não-humanos e portanto sem direitos.
Em uma guerra, inimigos não têm direitos, exceto aqueles que o adversário lhes reconhece. Na lei ou na marra, com flores ou com sangue, os trabalhadores vão se libertar de seus opressores!
Tiago

Anônimo disse...

Falataram as aspas no primeiro parágrafo.
Tiago

Mr X disse...

O problema do Tiago é que os trabalhadores NÃO QUEREM se libertar. Estão vivendo bem melhor sob a "opressão" capitalista. Por isso seus gritos desesperados pedindo genocídio.

Anônimo disse...

"Não falei? Ele nem contesta que nos perseguiria."-Anônimo
"Os comunistas não se rebaixam a dissimular suas opiniões e seus fins. Proclamam abertamente que seus objetivos só podem ser alcançados pela derrubada violenta de toda a ordem social existente. Que as classes dominantes tremam à idéia de uma revolução comunista!-Manifesto Comunista
Karl Marx, anônimo; anônimo, Kar Marx. Friedrich Engels, anônimo; anônimo,Friedrich Engels
Tiago

Anônimo disse...

"O problema do Tiago é que os trabalhadores NÃO QUEREM se libertar."
Lenin provou que o Partido deve trazer consciência social para os trabalhadores. Desse modo, a vanguarda, poderá liderá-los na derrubada violenta da ordem existente e na construção de um Estado-de-todo-o-Povo!
Tiago

Cfe disse...

Tiagão,

Se por acaso os líderes duma revolução em curso considerassem vc um inimigo, apoiaria a decisão?

Anônimo disse...

"Se por acaso os líderes duma revolução em curso considerassem vc um inimigo, apoiaria a decisão?"
Se fosse uma verdadeira revolução socialista (certos grupos que se dizem socialistas são, na verdade, fascistas, revisionistas ou oportunistas), sim. Muitos dos réus dos "Processos de Moscou" parecem ter se arrependido sinceramente d eseus crimes, alguns até pediram a pena máxima para si mesmos.
Devemos sempre apoiar o governo dos trabalhadores.
Tiago

Cfe disse...

"Muitos dos réus dos "Processos de Moscou" parecem ter se arrependido sinceramente de seus crimes, alguns até pediram a pena máxima para si mesmos."

Tiagão,

Gostei da resposta, sério.

Agora vê se me responde esta: como é que os líderes poderiam considera-lo um inimigo se vc defende os trabalhadores, a revolução, os ideiais comunistas, enfim se faz tudo em prol da instalação duma "verdadeira revolução socialista" ?

Entendeu? Gostaria que explicasse porque coloca a hipótese de ser acusado pelos líderes da revolução de "inimigo", se não tem o menor indício de o ser.

davidbor disse...

Parabéns pelo post. Lembro, ainda, que foi Stalin quem ordenou que se chamasse de fascista tudo que não fosse "progressista", ou seja, socialista ou comunista, coisa que até hoje é usada pelos néscios e desinformados.

Anônimo disse...

"Agora vê se me responde esta: como é que os líderes poderiam considera-lo um inimigo se vc defende os trabalhadores, a revolução, os ideiais comunistas, enfim se faz tudo em prol da instalação duma 'verdadeira revolução socialista' ?"
Em primeiro lugar, "errar é humano". Não duvido, por exemplo, que muitos trotskystas tenham sido enganados por seus tutores e convencidos que o trotskysmo é realmente socialista. As intenções são boas, mas nem por isso eles deixam de ser golpistas que merecem ser exterminados. Além disso, eu não posso provar agora, antes da revolução, que me comportaria sempre bem durante e após uma revolução. Kamenev e Zinoviev eram membros importantes do Partido mesmo antes da Revolução, mas (honestamente, eu presumo) se opuseram à tomada do Poder. Lenin exasperou-se com o mau comportamento deles e chegou a chamá-los de fura-greves da Revolução. Precisamos estar permanentemente em guarda contra nós mesmos e os outros.
Tiago

Cfe disse...

Em primeiro lugar, "errar é humano".

Os líderes tb erram, portanto: certo?

Anônimo disse...

Não quando seguem a doutrina do marxismo-leninismo. Marx, Lenin e Stalin descobriram as leis que regem as sociedades humanas. De posse desse conhecimento e usando-o, como poderiam errar?
Tiago

Cfe disse...

"Não quando seguem a doutrina do marxismo-leninismo"

"De posse desse conhecimento e usando-o, como poderiam errar?"

Sim, mas pq os líderes possuiriam esse conhecimento e os liderados não? Se os liderados tb tem esse conhecimento pq errariam, então?

Cfe disse...

"Não quando seguem a doutrina do marxismo-leninismo"

"De posse desse conhecimento e usando-o, como poderiam errar?"

Sim, mas pq os líderes possuiriam esse conhecimento e os liderados não? Se os liderados tb tem esse conhecimento pq errariam, então?

Anônimo disse...

PQP, esse tiago é um caso sério. Um caso psquiátrico até.
Ou será que para não dar o braço a torcer ele despeja essas pérolas aqui?

Anônimo disse...

Ora, os líderes são escolhidos justamente porque são os mais capazes e dedicados seguidores do marxismo-leninismo. Antes do golpe de Khruschev em 1957, se tratava de Lenin, um genial pensador do marxismo, e Stalin, que fez grandes contribuições à filosofia marxista e à aplicação dela aos assuntos de Estado. Uma verdadeira liderança marxista não comete erros em matéria de marxismo-leninismo. Como poderia?
Tiago

Cfe disse...

"Ora, os líderes são escolhidos justamente porque são os mais capazes e dedicados seguidores do marxismo-leninismo."

E quem escolhe os líderes? Serão os liderados, que não possuem a capacidade de obter o conhecimento das leis do marxismo?

Como estes são capazes de reconhecer a capacidade dos líderes em conhecer essas mesmas leis, se não as conhecem ?

Anônimo disse...

Os liderados podem obter o conhecimento do Marxismo-Leninismo, mas, se eles agem contra o Partido-como fizeram os trotskystas, por exemplo, é evidente que não estão seguindo o marxismo-leninismo. De qualquer maneira, "pelos frutos,os conhecereis". Lenin e Stalin são dois grandes clássicos do Marxismo enquanto seus ssucessores revisionistas(balança a cabeça. desconsolado). Como eu disse, alguns dos réus dos Processos se arrempenderam de seus crimes contra o Povo.
Tiago

Anônimo disse...

Alguém ainda tem dúvidas de que o marxismo foi inventado pelos grandes capitalistas das oligarquias mundiais a fim de haver um controle das ideologias? Dividir para governar, o antigo lema que sempre deu certo ao longo da história.

Marx sempre esteve a serviço do capitalismo. Da mesma forma Stalin e Lenin foram financiados para promover a queda do czarismo e estabelecer a revolução russa. Ou se ignora que os bolchevistas eram uma legião de estrangeiros a soldo capitalista?

Por que agora o marxismo triunfaria se sempre foi controlado tanto quanto o capitalismo?

Quem acreditar em histórias da carochinha que acredite em ideologias opostas e puras!

Klauss disse...

"pelos frutos,os conhecereis"

Ué? A religião não era o ópio do povo? O cara vem citar uma fala de Cristo?

Tiago, você acabou de trair a causa! Suicide-se agora e deixe-nos em paz!!!

Anônimo disse...

"Ué? A religião não era o ópio do povo? O cara vem citar uma fala de Cristo?"
De Cristo, não, pois ele provavelmente é uma figura mitológica do mesmo naipe de Hércules. Dito isso, a frase, assim como outras -literalmente tiradas da Bíblia ou adaptadas-("cegos a guiar cegos", "a fé remove montanhas", "ninguém é profeta em sua terra"), etc. já faz parte da fortuna retórica da nossa língua, não é propriedade dos defensores da Inquisição e dos perseguidores de judeus. Stalin era m profundo conhecedor e apreciador do que havia de melhor da cultura pré revolucionária, e o Socialismo será erigido usando o melhor do Capitalismo, mas, mas eliminando seus horríveis defeitos.
Tiago

Cfe disse...

Pelos seus frutos os conhecereis.

São Mateus 7,20


Tiagão,

Por favo... não utilize a Bíblia para justificar leis do marxismo: vc sabe... não fica bem para Stalin, Marx ou Lenin.

E vc ainda não respondeu. Não admite a hipótese de erro por parte de um líder comunista, seguidor das leis marxistas pela simples idéia de ser impossível errar conhecendo-as.

Então como é possível vc considerar a hipótese de que um comunista exemplar, seguidor dos ditâmes do Partido, conhecedor das leis do marxismo possa ser considerado inimigo do povo por parte do líder, conhecedor das mesmas leis, e que nunca se engana?

Como pode ser impossível ao líder errar, pelo simples fato de conhecer as leis e ser possível ao liderado, tb conhecedor, errar ?

Anônimo disse...

Ué, eu reconheci que a frase vinha da Bíblia e era atribuída a Cristo. Mas ela já faz parte da retórica da nossa língus. Mesmo Stalin já usou a palavra "deus" retoricamente.
Os líderes evidentemente sabem mais que os liderados, é sua grande capacidade que faz com que ganham o apoio dos trabalhadores e os conduza à liberdade. Como eu disse, existem grupos fascistas (como os trotskystas), revisionistas e oportunistas que se dizem socialistas. Evidentemente, os líderes desses grupos não seguem o marxismo-leninismo. Eles até perseguem os verdadeiros marxistas (os revisionistas soviéticos e chineses fizeram isso). A questão se resume a saber se se trata de uma verdadeira revolução marxista-leninista ou sese trata de um golpe reacionário.
Tiago

Johnny Bravo disse...

Aleluia, Sr. X! Até que enfim alguém falou isso. Tudo bem que a esquerda é cheia de desocupado e militante profissional, mas enquanto o "outro lado" não selecionar um pessoal também e partir para a guerra cultural (mais simples e de resultados mais profundos) e ficar nessa choradeira de "Salvem-nos, militares", é gramscismo na cabeça. Porra, se pegar um rockinho fuleiro qualquer, a gente já escuta tosqueiras do tipo "Homem primata/Capitalismo selvagem/ô ô ô". Enquanto não batalharmos para que exista uma naturalidade como essa para os valores liberais (economia) e/ou conservadores (costumes), é derrota atrás de derrota, meus nêgos. A solução para isso é investir pesado em propaganda, educação familiar e se misturar com o povão (lembrem a frase "Trabalho sujo, mas alguém tem que fazê-lo"), que essa coisa de intelectual blasé já deu no saco. Tem uma história que aquela bicha velha Gore Vidal conta que é a seguinte: Ele viajava nos EUA com uns escritores numa cidadezinha interiorana qualquer quando foi abordado por uma senhora: "Sr. Vidal, 2 perguntas: 1) O que uma dona-de-casa como eu pode fazer para combater o comunismo? e 2) O que é comunismo?". Um outro mundo é possível. Com socialistas et al desmascarados.

Mr X disse...

"Os líderes evidentemente sabem mais que os liderados, é sua grande capacidade que faz com que ganham o apoio dos trabalhadores e os conduza à liberdade."

(a) Tiago é idiota.
(b) Tiago é otário.
(c) Tiago está de gozação.
(d) Tiago realmente acredita no que diz, mas se considera parte dos "líderes", e portanto em posição superior aos otários liderados.
(e) todas as alternativas.

Anônimo disse...

Tiago,
a sua defesa ao fundamentalismo comunista é brilhante. Por que você não cria um partido verdadeiramente comunista, que defenda a luta armada contra essa esquerda fajuta que ora nos governa - e todas as suas possíveis sucessões - e esse sistema econômico funesto, que é o capitalismo? (Alias, creio que o que falta neste nosso país são justamente pessoas sinceras e idealistas como você.)
Exponha sua biografia - por que me tornei adepto dessa filosofia maior -, recomende leituras, dê links para sites/blogs que conjugam de seu ideário, enfim, seja a voz daqueles que se encontram no deserto de idéias e de ações em que vivemos.
Vamos à prática! Afinal, uma caminhada de 10.000 passos, começa com o primeiro...

Anônimo disse...

Será que você não entende que o Partido-mesmo o traidor Trotsky reconheceu isso- é o instrumento forjado pela História para libertar os trabalhadores? O Partido escolhe os líderes, os líderes aplicam as descobertas de Marx, Lenin e Stalin. Que parte você não entende? Os liderados não são "otários", eles são parte do Partido, o instrumento da emancipação dos trabalhadores.
Tiago

Rodrigo disse...

Tiago, lembro que você disse que sua mulher/companheira/whatever não partilha suas idéias políticas. Quando (se) a Revolução chegar, o que vai fazer com ela? Denunciá-la ao KGBdoB, executá-la, enfim, poderia satisfazer minha curiosidade? Outrossim, já que estamos nisto, ela sabe das suas intenções? Obrigado.

Anônimo disse...

Para começar, Leo Huberman escreveu "História da Riqueza do Homem". Marx e Engels precisam ser lidos, mas é uma leitura exigência. De Lenin e Stalin, deve-se ler tudo, mas eu recomendo que comece com as "Obras Escolhidas de Lenin" e com "Problemas do Leninismo" e "Marxismoe a Questão Nacional", de Stalin. A melhor introdução ao pensamento de Stalin é o "The Essential Stalin", de Bruce Franklin. O "Manual de Marxismo-Leninismo", embora publicado sob o revisionista Khruschev, me parece muito bom. Quanto a sites, a maior parte dos partidos "comunistas" se venderam (o PC do B, por exemplo) ou são fascistas, como o PSTU e o PCO, seguidores do fascista Trotsky.
Tiago

Anônimo disse...

Você acha que os comunistas queremos matar todo mundo que não tenha carteirinha do Partido? Mesmo na URSS, só os melhores dos melhores era membros do Partido. Um Partido leninista é uma vanguarda, não é para todos; não significa que todo mundo que ficar de fora vai ser fuzilado. Agora, nenhum sistema aceita que as pessoas traiam a Pátria (já ouviu falar do Casal Rosenberg? Pois é.). Aqueles que conspiram contra a Pátria Socialista precisam ser aniquilados, para proteger o Povo da maldade deles.
"Outrossim, já que estamos nisto, ela sabe das suas intenções?"
"Os comunistas não se rebaixam a ocultar suas opiniões e os seus propósitos. Declaram abertamente que os seus objetivos só poderão ser alcançados pela derrubada violenta de toda ordem social existente."- Manifesto Comunista
Tiago

Tiago

Didi Iashin disse...

Querido Chesterton,
essa é sua bondade de Quaresma?
UM POR DIA???
Eu sou favorável à aplicação de Gardenal via endovenosa DIARIAMENTE! 24x7, entende?
O cara ou é louco ou se faz de louco.
Ele fala em assassinato em massa como se estivesse ensinando a fazer brevidades, como uma Palmirinha da esquerda!
Como dizem por aí: RODOX NELE!

Anônimo disse...

"O cara ou é louco ou se faz de louco.
Ele fala em assassinato em massa como se estivesse ensinando a fazer brevidades, como uma Palmirinha da esquerda!"
Todos os regimes são baseados na coerção. "O Estado Burguês é o comitê executivo da burguesia." Trata-se de uma guerra: se o inimigo se rende, poupa-se; se ele resistir, aniquila-se. Afinal, "Saul matou os seus milhares, e David os seus dez milhares!". E Moisés matou três mil judeus em um só dia para continuar a escravizá-los, diz a Bíblia. Nós, que trazemos a emancipação de toda a Humanidade, de quem, como disse Lenin, o Mundo espera sua liberdade, não devemos e não vamos fazer menos. Todos esforços devem ser feitos-e serão-para que esmaguemos o inimigo!
Tiago

Rodrigo disse...

"Do not look in the file of incriminating evidence to see whether or not the accused rose up against the Soviets with arms or words. Ask him instead to which class he belongs, what is his background, his education, his profession. These are the questions that will determine the fate of the accused. That is the meaning and essence of the Red Terror." (Latsis)

Não entendo como esse mesmo princípio não se aplicou a Lenin, ou a Stalin, que, pelo que sei, não eram exatamente proletários. Aliás, Tiago, você é proletário?

Da mesma forma que "não é necessário perguntar se o acusado agiu de fato ou de palavra contra o poder soviético" suponho eu que sua namorada não tem que conspirar efetivamente contra o Poder do Povo (suas palavras) para "ser aniquilada, para proteger o Povo da maldade dela" (suas palavras de novo).

Quanto aquilo de que os comunistas dizem sempre o que vão a fazer e não têm medo de revelar suas verdadeiras intenções, lembro que em "Fidel y la religión" o ditador cubano diz que ele sempre foi marxista, mas que nos anos inicias da revolução negava o fato pois o povo não estava pronto para tal revelação. Assim que sua afirmação não é verdadeira, ou então Castro não é comunista.

Spre.me disse...

caraca,

ainda existe um comunista de verdade! que bizarro.

é tipo estar indo pro trabalho e ter a camisa cagada por um archeopteryx.

ou esse Tiago é um ótimo comediante ou é um chatterbot de última geração.

Anônimo disse...

Fórmula eficiente para o Tiago: ignorar seus comentários.

Se ele resistir mais de uma semana, é caso para o Pinel.

Anônimo disse...

Não é tão simples assim. O chefe de Latsis, o fundador da CHEKA (precursora da KGB), o grande Dzerzhinsky,o Felix de Ferro, era originário da nobreza polonesa, mas consagrou toda a sua vida à vitória dos trabalhadores. Além disso, o Poder Soviético aproveitou especialistas burgueses e militares, inclusive concedendo-lhes privilégios significativos. O grande Pavlov e o glorioso Tsiolkovsky-sejam seus nomes sempre louvados!- não eram proletários, eram pessoas instruídas e foram muito honradas pelo Poder Soviético. Sem falar que Latsis foi expurgado por traição, não sendo, portanto o porta-voz ideal das opiniões soviéticas.
Dito isso, é necessário lembrar que, se alguém é colocado diante de um oficial da CHEKA, é por ter despertado suspeitas do Poder Soviético. O Governo não saía do seu caminho para incomodar propositalmente gente pacata. Também é bom lembrar que os acusados dos "Processos de Moscou" receberam um julgamento justo e foram condenados pelos seus crimes,,revelados pela promotoria, não pelos seus antecedentes de classe. Quem tiver dúvidas deve consultas as transcrições. Mesmo o embaixador americano foi obrigado a reconhecer que os julgamentos foram justos! Além disso, mesmo para reprimir "crimes comuns", a polícia dos países burgueses comete vários crimes e viola os direitos dos pobres e inoentes, usando de torturas e ameaças: esperar que não houvesse nenhuma injustiça ou nenhum erro na construção de uma nova ordem social é simplesmente absurdo. Evidentemente, há, como em toda guerra, ocasiões em que medidas excepcionais precisam ser tomadas. Quem quer que leia a Bíblia perderá a conta dos povos que os judeus exterminaram-e admitem ter feito isso- para roubar as terras e/ou as mulheres deles. Os americanos bombardearam alvos civis-para não falar do uso das bombas atômicas contra civis-, tornando Tóquio uma cidades em escombros. Na I Guerra, Alemães e Entente usaram gás venenoso. Há ocasiões específicas em que o extermínio de todos os membros do grupo inimigo(seja uma nação, classe, etc.) é válido, mas essas ocasiões são raras.
Tiago

Anônimo disse...

"Assim que sua afirmação não é verdadeira, ou então Castro não é comunista."
Castro apioiou a traição revisionista de Khruschev e Brejnev. Mesmo ex-agentes de KGB admitem que o negócio de Castro é se manter no Poder, o que não o impede de ter feito algumas reformas interessantes.
Confesso que duvido que Castro fosse "comunista" desde o começo, nem o "PC" cubano o levava a sério. Provavelmente, foi Guevara- com a inestimável ajuda do Departamento de Estado- quem o empurrou para os braços dos revisionistas soviéticos. Confesso que não conheço essa citação de FIdel, conheço a explicação dele para o fato de ter andado com um crucifixo mesmo sendo ateu: segundo ele, ele o recebeu de uma menina, e resolveu usá-lo por delicadeza.
Mas, admito que há ocasiões em que um comunista não pode revelar sua verdadeira crença: por exemplo, um espião infiltrado entre os fascistas, como Philby e Sorge. Evidentemente, não é disso que Marx e Engels tratavam no Manifesto. Então, que seja: um comunista declarado- o que eu sou-não se rebaixa a dissimular suas opiniões e seus fins. Proclama abertamente que seus objetivos só podem ser alcançados pela derrubada violenta de toda a ordem social existente." Satisfeito?
Tiago

Spre.me disse...

Acho bastante esclarecedora essa insistência do Tiago em citar a Bíblia.


"Afinal, "Saul matou os seus milhares, e David os seus dez milhares!". E Moisés matou três mil judeus em um só dia para continuar a escravizá-los, diz a Bíblia. Nós, que trazemos a emancipação de toda a Humanidade, de quem, como disse Lenin, o Mundo espera sua liberdade, não devemos e não vamos fazer menos."

É a ilustração de uma verdade que muitos já percebem faz tempo: o Marxismo é uma religião, e como qualquer religião, não pode ser aceito como evidência, argumento ou princípio para nada em política.

Anônimo disse...

O Marxismo-Leninismo não é uma religião, é uma ciência baseada nas descobertas de Marx, Lenin e Stalin. Só citei a Bíblia para lembrar que os judeus, segundo eles mesmos, cometiam genocídios para roubar as terras e mulheres dos povos derrotados, além de defender suas superstições religiosas. Se eles cometiam genocídios por motivos tão torpes- e são elogiados por isso- por que certos hipócritas acham que nós, comunistas, não podemos usar a força para defender a Revolução? "You shall not have in your house differing measures, a large and a small. You shall have a perfect and just weight, a perfect and just measure, that your days may be lengthened in the land which the LORD your God is giving you." Pois é.
Tiago

Spre.me disse...

Tiago,

As pessoas que condenam os genocídios dos comunistas não são necessariamente as mesmas que acham bacanas genocídios do velho testamento.

De fato, o Marxismo é uma religião, e das mais vagabundas. Se fosse ciência, não precisaria da força para convencer a humanidade de suas virtudes. Existem algumas religiões bem fantasiosas e nem um pouco científicas que ainda conseguem conquistar fiéis depois de milênios. O Marxismo não tem nem 200 anos, e você, que é só um programa de computador metido a besta, é o último marxista-leninista da face da terra.

É mais fácil acreditar que o mundo foi criado pelo Grande Antigo e Sábio Monstro Voador Gigante de Espaguete do que imaginar que a exploração burguesa é a origem de todos os males.

Anônimo disse...

"As pessoas que condenam os genocídios dos comunistas não são necessariamente as mesmas que acham bacanas genocídios do velho testamento."
Muitas pessoas tão severas no julgamento dos esforços dos trabalhadores para se libertarem acham lindos esses genocídios e seguem religiões que admiram esses extermínios (Cristianismo, Judaísmo, Islamismo, etc.).
Você já viu algum inimigo ser convencindo por razões científicas? O que você queria, que em vez de bombardear os alemães, os Aliados levassem um papo com Hitler sobre as virtudes do método científico na avaliação das ideias dele sobre raças? A única linguagem que os opressores entendem é a linguagem da força, devemos falá-la fluentemente! Não se trata de convencer o inimigo-ele já sabe muito bem que ele é opressor-, trata-se de liquidá-lo. Lenin vive!
Tiago

DD disse...

Gente:

Agora vocês podem fazer perguntas diretamente ao Dilmão. Eu garanto que ele responde: http://www.formspring.me/faladilmao

Didi Iashin disse...

Gastuuuuuuura!!!

Mona disse...

Mr. X,
esse post virou "no divã com o Tiago"...
Mas, realmente, o ser é tão bizarro que instiga a curiosidade de qualquer ser normal. Uns não acreditam que ele seja de carne e osso - parece mais um "cavalo" no qual uma entidade (Stalin? Mao?) incorporou e começou a falar as maravilhas da doutrina marxista, essa "ciência" absolutamente "exata". Outros acham que o cara não passa de um louco; outros acham que ele tá mesmo é de gozação com a nossa cara... quase ninguém crê que o Tiago exista, seja normal e pense o que pensa - parece que essas três coisas são mutuamente excludentes.
Tiago, supondo que você exista, seja normal e pense o que pensa, o que você me diz acerca do direito de você estar aqui e agora podendo falar o que fala, sem ser sumariamente executado? No mundo no qual sua crença se baseia (tá certo, não precisa babar: não é uma crença, tal qual uma fé cega em religião... é uma aceitação com base em rigorosa análise, sujeita à dúvida comum na ciência), tal liberdade existiria?
Se ela existir, é um direito universal ou só cabe a alguns? Nesse último caso, quais são os critérios para ela ser concedida?

Anônimo disse...

Mas que merdowski!

Será que os peseudowskis vão ficar aqui falando eternamente do marxismo, lenismo ou stalinismo se tudo foi uma grande mentira?

Vocês desconhecem as manobras capitalistas por detrás das cortinas? Então vão pesquisar nas fontes verdadeiras! Marxismo foi uma invenção dos próprios capitalistas. Marx foi um lambe mão dos Rothchilds e foi mandado inventar aquela ideologia somente para servir de oposição ao capitalismo. Tudo mentirinha para dividir e ganhar.

Os revolucionários bolchevistas, os comunistas, Stalin e Lenin foram marionetes dos Estados Unidos.

Vocês vivem falando mal da mídia e ficam pregando uma história construída justamente pelos donos da mídia.

Acordem, hoje não é mais ontem!

DD disse...

Claro, Anônimo. Mas você se esqueceu de mencionar que o grande conluio sempre foi dos Illuminati com os jesuítas.

Um prêmio para o primeiro que pronunciar o termo "judeu-maçonaria".

Ai, meu saco.

Anônimo disse...

"Um prêmio para o primeiro que pronunciar o termo 'judeu-maçonaria'."
Escrever serve? Judeu-maçonaria.
"Tiago, supondo que você exista, seja normal e pense o que pensa, o que você me diz acerca do direito de você estar aqui e agora podendo falar o que fala, sem ser sumariamente executado?"
Evidentemente, cabe a Povo através do seu Partido decidir como defender a Revolução. Acho que medidas devem ser tomadas para evitar que traidores prejudiquem a Pátria. Devemos agir duramente contra os inimigos da Pátria: como disse Stalin, bater, bater e bater. É uma guerra, é uma luta entre o Bem e o Mal, medidas excepcionais precisam ser usadas.
Tiago

Chesterton disse...

Grande Padre Católico

http://www.youtube.com/user/jpnaegele#p/a/u/1/lpjYttjds6g

Anônimo disse...

Assino embaixo o que disse o Padre Paulo Ricardo, principalmente sobre o MST.
Subrepticiamente falou dos Illuminati, pois quem não sabe que as campanhas do PT sempre foram financiadas pelo Tio Sam. Haja vista ele ter viajado aos Estados Unidos e trazido de lá milhões para a sua campanha milionária, que mesmo assim perdeu para o FHC.

Mas não ficou nisso. O pré Sal e a Amazonia já mudaram de lado, aliás, sempre estiveram nas mãos deles, mas agora com total aquiescência. Alguém ainda duvida do poderio mundial das oligarquias e que somos bonequinhos insuflados por eles?

Ai meu saco!

Anônimo disse...

Quanta bobagem! Só pela destruição da Classe Burguesa é possível conquistar e garantir a verdadeira independência nacional brasileira. Mao ensinou que a Revolução não é um jantar de gala ou o processo de escrever um ensaio, a Revolução não é gentil e refinada, ela é uma insurreição, um ato d eviolência pelo qual uma classe derruba outra. Só pelo terror organizado contra os traidores da Pátria poderemos salvar o Brasil!
Tiago

Johnny Bravo disse...

Caraca, perfeito Chesterton. Isso que esse padreco fez é tão simples e tem muito mais impacto que a choradeira dós clubinhos de olavetes e reinaldetes, cheios de pseudo papo-cabeça e condenados à irrelevância. O esquema é esse aí mesmo, chegar no povão e soltar: Se preparem, vermelhos & cia, que nóis vâmo estragar a festa e invadir sua praia.

Spre.me disse...

Tiago,

Você fica cada vez mais hilário!

Meus parabéns ao seu criador!

Chesterton disse...

a Revolução Cubana JOGOU no lixo a sua parte, digamos, francesa: a liberdade inexiste, a igualdade (que era um nivelamento por baixo) está sendo devastada e a morte de Orlando Zapata mostra que fraternidade não é bem o espírito da coisa.
Pode ser difícil para a maioria dos mortais jogar ao mar os sonhos que a memória guardou, mas não dá para negar o fato: a revolução virou um pesadelo. Silenciar sobre ele não traz de volta o sonho.

Clovis Vermeinho (Rossi)

Gunnar disse...

Vocês não acreditam realmente que o Thiago é uma pessoa real, né?