quarta-feira, 22 de julho de 2009

A herança maldita de Paulo Freire

Não é verdade que o Brasil, no século XX, não tenha produzido nenhum intelectual de renome que tenha exercido grande influência a nível internacional. Existiu ao menos um. Lamentavelmente, a sua influência tem sido acima de tudo negativa. Estou falando de Paulo Freire.

Como se pode ver por este artigo do City Journal, a nefasta influência de Paulo Freire e sua "pedagogia do oprimido" chegou mesmo a influenciar a educação norte-americana, piorando-a consideravelmente.

É possível que o pavoroso relativismo de Freire - segundo o qual aluno e professor são "iguais", um tendo que aprender do outro, segundo o qual o importante não é ensinar, mas "conscientizar" - não seja a causa direta da péssima qualidade de ensino no Brasil, que passa vergonha mesmo com um gasto em "educação" proporcionalmente superior à extremamente bem-sucedida Coréia do Sul. Mas tampouco acho que tenha ajudado.

O fato é que o método "dialógico" freiriano jamais deu certo em lugar algum, nem mesmo em Guiné-Bissau, onde sua campanha de alfabetização fracassou rotundamente (de acordo com os próprios esquerdistas). A não ser que por "dar certo" entendamos transmitir o pensamento marxista, no qual imagino que deva ter tido algum resultado. A promessa de Freire era "liberar" o aluno da "opressão", incluída aí a "opressão" do ensino tradicional. Mas pode um ignorante ser livre?

E como levar a sério alguém cujos ídolos são Fidel, Che, Mao?

Graças a Freire e seu legado maldito, hoje já há professores (ou devo dizer ideólogos?) querendo meter noções de "justiça social" até na matemática. Imagino que ensinarão apenas divisão eqüitativa...

Freire é fria.

34 comentários:

Chesterton disse...

Engraçado, agora mesmo estava falando com uma professora que no dia em que eu pensei em comprar uma arma para dar aulas, pedi demissão. Calma, é só força de expressão Tiago.
Mas o desrespeito dos alunos com o professor, a atitude que eles apresentam em relação a quem tem mais experiência, talvez seja a causa das péssimas condições que um professor enfrenta para exercer seu "metiê".
Tinha a seguinte técnica. Dizia aos projetos de médicos:
1. essa aula não tem chamada...metade sumia, com a graça de Deus, e eu conseguia dar uma aula mais ou menos. Aí o direitor reclamou, no que eu passei a dizer
2. a matéria que eu vou dar não cai na prova.....sumia a metade aquela. Novamente o diretor reclamou. E isso era na UFRJ.....

DD disse...

Isso não é necessariamente ruim, Chesterton. Se essa tendência se mantiver, num futuro bem próximo, só estudará quem tiver vontade de fazê-lo. É claro que, no Brasil, o contingente de interessados será ínfimo.

Chesterton disse...

Essa mentalidade é fundamentalmente amadorística, ou melhor, anti-profissional. Um piloto amigo meu foi pedir um emprego de co-piloto e disse ao dono que trabalharia até de graça, pois precisava acumular horas. O cara respondeu?
-eu preciso de pilotos, quando você for piloto, venha pedir emprego.
Essa é a mentalidade profissional. Um professor achando que vai aprender alguma coisa com alunos não quer trabalhar.

Anônimo disse...

Casos como o de Paulo Freire só acontecem porque, sendo o Sistema Capitalista dedicado a escravizar o trabalhador, é grande a busca por soluções mágicas para os problemas. Basta ver que, se Freire falhou, seus concorrentes feudais no Nordeste e coloniais na África não fizeram muito melhor (essa é a razão de haver tantos analfabetos adultos disponíveis para Freire). Em um Estado-de-Todo-o-Povo, dedicado à emancipação das classes trabalhadoras, a educação é levada muito a sério. A URSS, Cuba, China, o Leste Europeu em peso realizaram uma maravilhosa revolução educacional, eliminaram o analfabetismo, libertaram o Povo das superstições religiosas e industrializaram países antes dominados por oligarquias feudais. Não foi com Metódo Paulo Freite, não. Pensem nos camponeses chineses, antes mergulhados na ignorância, a quem o Partido ensinou a ler e a escrever. Pensem nos asiáticos soviéticos, antes animalizados por uma cultura selvagem e pela ignorância, e civilizados pelo Partido. Pensem no papel civilizatório do Partido! Ah, mas eu tinha esquecido:só a felicidade dos ricos e poderosos interessa. Eles têm méritos, os pobres são pobres porque querem. Como Stalin ensinou, é necessário "bater, bater, bater sempre para lidar com resquícios do Capitalismo, como a ganância e a ignorância. A pergunta que não quer calar é: se o Capitalismo é tão maravilhos, por que havia tantos analfabetos à disposição de Paulo Freire? Além disso, se a Esquerda é tão má, como ela conseguiu educar continentes inteiros enquanto no Mundo Capitalista imperam ainda o analfabetismo e a ignorância?
Tiago

Chesterton disse...

Tiago, vocë é um fanático, que vota num cachorro se ele estiver com roupinha vermelha. Vocë não admite a possibilidade de parar de repetir slogans que todos sabemos serem fraudulentos.

Anônimo disse...

Não são só slogans, são expressões da mais absoluta verdade. O Partido levou civilização aos soviéticos das repúblcas asiáticas. O Partido ensinou leitura e escrita aos camponeses chineses. O Partido civilizou Povos estúpidos e supersticiosos. Os países socialistas tinham-os remanescentes ainda têm- índices baixíssimos de analfabetismo. A pergunta continua: se o Capitalismo é tão maravilhoso, como Paulo Freire achou tantos analfabetos no Nordeste Feudal e na África pós-colonialismo em um tempo em que a URSS e seus aliados já tinham eliminado o analfabetismo em suas terras?

Chesterton disse...

Porque o capitalismo não tinha chegado lá ainda. Feudalismo é falta de capitalismo, enquanto é sinônimo de socialismo, basta ver a ilha de Fidel, uma grande fazenda de propriedade de sua familia alguns amigos.

Anônimo disse...

Esse Tiago só pode estar de gozação. É impossivel alguém ainda ter esse discurso. Deve ser algum espirito-de-porco querendo zoar o blog

DD disse...

"O Partido civilizou Povos estúpidos e supersticiosos."

- Ahã. Claro. Todos miseráveis, mas sabendo ler. Verdadeiras repúblicas de Leonardos da Vinci. Mehr Licht, bitte.

"Como Stalin ensinou..."

- Stalin não sabia fazer um "o" com um copo. Era um indivíduo sabida e fulgurantemente inepto.

"Pensem no papel civilizatório do Partido!"

- Soljenítsin tem muito a dizer a respeito disso.

DD disse...

O Tiago jamais entenderá que o comunismo é um projeto oligárquico travestido de libertação popular.

Bernardo disse...

PQP, você viu a table of contents desse livro de matemática?

"Home Buying While Brown or Black"

Corporate Control of U.S. Media Line Graph

WHAT. THE. FUCK.

Bernardo disse...

Tiago, se o mercantilismo colonialista (que você põe num balaio único "capitalismo", mas tá valendo) tivesse usado as mesmas táticas "civilizatorias" de Stalin e Mao na África e na América Latina, teriam deixado para trás uma pilha de cadáveres 100 vezes maior do que o colonialismo deixou no seu rastro. Mas o resultado social? Olha, uma maravilha. Todo mundo sabe ler e escrever e o sistema de saúde é de primeiro mundo! Não precisa agradecer não, tigrada - white men's burden!

Para ver o que seria um "colonialismo marxista" não precisa ir longe - o Camboja é logo ali.

Anônimo disse...

Esses países socialistas(URSS e outros menos votados) eram tão bons que desapareceram. A China já é capitalista. Cuba e Coréia do Norte são piadas(o povo pode até saber ler, mas não tem o que ler, salvo o jornaleco do partido). No mais o Tiago delira como sempre. Deve ter uma cueca com a imagem do Stalin pela frente e o Che por tras e como bom comuna não deve lavar nunca.

Mr X disse...

Acho que o Tiago é caso de internação mesmo.

Aliás é o que faziam lá na URSS com o pessoal.

Os "true believers" comunistas iam pro Gulag ou pro hospício.

Poxa, até o gaúcho Sergio Faraco foi internato num hospício na sua visita à URSS!

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG54321-6014,00-PESADELO+COMUNISTA.html

Mas acho que é gozação: nem os comunistas de hoje acreditam nessa bobagem. Hoje vem com um papo diferente (ecologia, democracia popular, etc), embora o projeto oligárquico totalitário continue bastante similar.

Chesterton disse...

Conheço uns primos desse faraco.

Anônimo disse...

Graças à atuação civilizatória soviética, povos que tinham sido incapazes de criar civilização, viviam na miséria, sob oligarquias terríveis, mergulhados no analfabetismo e sem assistência médica, tiveram acesso ao ensino, a leis modernas, à libertação da mulher do jugo patriarcal e a uma economia industrializada. Sem a política nacional de Stalin, esses Povos continuariam vivendo vdas indignas, vazias e atrasadas, indistinguíveis das de animais. A atuação sino-soviética na Ásia foi a maior obra humanitária já feita! Enquanto no Mundo Capitalista, a miséria e a ignorância dominam e sempre dominarão-porque interessa às oligarquias explorar ao máximo o Proletário- a URSS, sob a liderança providencial de Stalin- emancipou os trabalhos, eliminou o analfabetismo e destruiu o poder das oligarquias. Se o Ocidente tivesse feito pelos africanos o que Stalin fez pelos asiáticos soviéticos- construir escolas e hospitais e liquidar os exploradores- a África não estaria na lamentável situação atual. Mesmo que a URSS tenha desaparecido, a obra filantrópica de Joseph Stalin viverá para sempre, apontando reolutamente o caminhoa par aum Mundo mais justo e livre.
Tiago

Anônimo disse...

Site que centraliza várias informacões sobre o H1N1, mostrando opiniões de vários experts em saúde que denunciam o H1N1 como tendo sido desenvolvido em laboratório.

Pandemia H1N1

Mr X disse...

Hã.... Tiago... Você está ciente dos MILHÕES de pessoas que morreram sob as ordens de Stalin, certo?

Fale a verdade, você está de gozação, certo?

...Certo?

Chesterton disse...

Esse Tiago é o Joseph lá do PD. O maior gozador.

Anônimo disse...

puta que pariu esse é o pior blog que ja vi... Tiago concordo no que diz...

Anônimo disse...

A censura que estão tramando para nós internautas e apreciadores deste fantástico meio de comunicação.

A Nova Ordem Mundial Está Censurando a Internet (Internet 2)


http://www.youtube.com/watch?v=iv8tKbbi8f4&NR=1

Anônimo disse...

Em todo combate justo, morrem pessoas, algumas até inocentes. Soldados nazistas morreram para que a besta nazista fosse abatida. Civis alemães morreram ou tiveram suas propriedades destruídas. Os aliados, em vista disso, deveriam ter desistido de vencer o inimigo nazista? Não! O mesmo se aplica à obra civilizatória da URSS.
Tiago

Mr X disse...

Um troll soviético! Era o que me faltava.

Solyenitzim, Dostoyevsky e Nabokov rolam nos seus respectivos caixões.

"Obra civilizatória" o cacete, vai pra Ucrânia que te carregue.

Anônimo disse...

qualquer pessoa que apoie o comunismo e o nazismo é cúmplice moral de genocídio!

Anônimo disse...

o inverno ucraniano de 32/33, morreram em torno de 7 milhões de pessoas,vai estudar história vagabundo!

Anônimo disse...

Gostem ou não os cães de guarda da plutocracia, o poder soviético quebrou o jugo dos chefes tribais e latifundiários, civilizou os Povos selvagens da Ásia-coisa que o Ocidente Decadente nunca fez pela África ou pela América Latina-, levou a eles educação e saúde, combateu corajosamente as opressões de classe, raça e gênero e melhorou as condições sociais. Essa grande obra civilizatória viverá para sempre como a mais maravilhosa façanha humana.
Tiago

Rejane (Mel) disse...

CAMPANHA:

Não Voto em que defende Sarney !!!

http://grandeprojetobrasil.blogspot.com/2009/07/nao-voto-em-quem-defende-sarney.html

Anônimo disse...

Esse Tiago só pode ser mais um alienado esquerdista infiltrado neste site.
Aposto que quem já assistiu "The Soviet Story" não escreveria tantas asneiras.
Cuidado que eu trabalho com monitoração.... e vai que dar na telha eu coloco teu ip,end,tel e o que mais eu quiser p/vc não nos incomodar, seu moleque!

Limbaugh disse...

Loucura é ver o troll sambando na avenida. Mas para quando a gente enjoar da brincadeira, fica a dica do Anônimo de 23:17. Enjoy.

Anônimo disse...

Por que será que os fascistas ficam irritadinhos quando se mostra que, enquanto eles exploraram, escravizaram e pilharam a África e as Américas, a URSS e a China libertaram a Ásia do jugo feudal, levaram saúde e educação de qualidade para o Povo e civilizaram os selvagens?
Contra fatos, não há argumentos!
Tiago

Anônimo disse...

Não dá pra bloquear esse fdp?

Chesterton disse...

é o Joseph.

Anônimo disse...

tua mãe tiago deve ter tomado muita porra p/ ele ter boca gozada do caralho
vai tomar no kú kumunista dos inferno

FIDELES, S. T.S. disse...

INFELIZMETE O MÉTODO DO GRANDE MESTRE PAULO FREIRE NÃO EH ADOTADO POR ESCOLAS RENOMADAS DO POBRE PAÍS, POIS UMA EDUCAÇÃO TECNICISTA, QUE LEVA AS PESSOAS A DECORAREM TROCENTAS FORMULAS E NÃO ENXERGAREM ONDE IRÃO APLICÁ-LAS OU O Q MUDARA NA SOCIEDADE COM O USO DAS MESMAS NÃO A EDUCAÇÃO QUE VAI DESNEVOLVER ESE PAÍS. NOSSOS PROFESSORES TRADICIONAIS NAO TEM INCUTIDO NOS SEUS DISCIPULOS NENHUMA HUMANIZAÇÃO, ISSO É O Q NOS FALTA. PESSOAS QUE SEP RESTAM A ESCREVER UMA COISA RIDICULA DESSAS E UM VERDADEIRO PROFISSIONALISTA E NÃO TEM NEHUM SENSO DE HUMANIDADE