terça-feira, 18 de agosto de 2009

Bandido bom é bandido solto

Há uma frase atribuída a Lenin que diz: "quanto pior, melhor". Isto é, quanto maior a degradação social e econômica, quanto maior pobreza e desgraça causada pelos esquerdistas, melhor - pois tudo pode ser, naturalmente, atribuído ao capitalismo (ou, palavra de moda de hoje, o "neoliberalismo").

Assim, os agentes leninistas são agentes propositais da destruição do tecido social, ao mesmo tempo em que afirmam que a culpa é de seus inimigos. E promovem-se como a solução radical para os mesmos problemas que criaram.

Um exemplo claro é a questão do crime, da violência e do tráfico na América Latina. Não é segredo para ninguém que o crime organizado atual tem suas origens no contato com a guerrilha esquerdista nos anos 70. Foi dos presos políticos que Comando Vermelho e PCC aprenderam a guerrilha urbana e a organização. De fato, é o próprio fundador do CV que confirma isso, bem como vários ex-guerrilheiros que viveram esse período. Sobre isso, não há mistério algum. (E ainda hoje a relação dos traficantes com FARC, Chávez, Evo e todos o movimento bolivariano não é segredo).

Bem, está por sair um novo filme brazuca sobre as origens do Comando Vermelho. Não sei detalhes, mas parece ser mera romantização da bandidagem. De fato, segundo o diretor, a mensagem do filme é a "solidariedade dos presos na luta contra a opressão do sistema". O mesmo cineasta realizou dois documentários elogiosos da figura de Willian (é, com n mesmo) Silva, o fundador do CV. Não os assisti por ter um certo preconceito contra líderes do crime, mas estão no Youtube. Um se chama "Liberdade" e outro "Resistir", não dando margem a dúvidas que o fundador do CV é apresentado como uma espécie de revolucionário redentor das classes oprimidas, que, aliás, é como ele próprio se vê. Ah, sim: Willian cumpria pena em regime semiaberto e, um dia, sumiu... Quem diria! Para a esquerda, pelo jeito, bandido bom é bandido solto.

Ao convencer o mundo que o crime é causado unicamente pela "desigualdade social" (flagrante mentira, mas quem ousa discordar hoje?), a esquerda obtém dois trunfos. Um, promover-se a si mesma como a "solução" (afinal, não é a esquerda que luta contra a desigualdade social?) obtendo cada vez mais poder e dinheiro para o Estado. Dois, a desculpa para não fazer nada contra o crime, pois, já que tudo é mero resultado da desigualdade social, ora, é preciso primeiro resolver a tal desigualdade, que depois magicamente a questão do crime será resolvida.

Porém, como a igualdade social é um mito, uma utopia, e jamais acontecerá, fica a certeza que a esquerda nunca moverá um dedo para resolver a questão do crime de modo eficiente. Vejam que, com Chávez, o crime aumentou 400% na Venezuela. E no Brasil-il-il? Bem, está aí o ministro do meio-ambiente participando de marcha da maconha, enquanto a violência cresce sem que ninguém faça nada.

Quanto pior, melhor.

Tá tudo dominado.

42 comentários:

Chesterton disse...

Aqui no Rio o Secretario de Segurança tá botando para quebrar. Acho que o Cabral não comunga com essas idéias, (mas não sai da cola do Lula, ....que coisa).

Anônimo disse...

Sei. Os leninistas malvados estão destruindo o tecido social, pagando salários de fome aos trabalhadores, privando os pobres do acesso à saude e educação de qualidade e demitindo as pessoas. Ah, espere: isso não destrói o tecido social; na verdade, são ações generosas da Burguesia. Chega a ser divertido ver como a perspectiva de um Mundo melhor, mais justo e humano apavora os reacionários. Sinto muito: a vitória do Povo é uma inevitabilidade Histórica. Marx estava certo, e "His Truth is marching on".
Tiago

Mr X disse...

Olha Tiago,

Fique com suas certezas, que eu fico com minhas dúvidas.

Adeus.

marcelo augusto disse...

Porém, como a igualdade social é um mito, uma utopia, e jamais acontecerá, fica a certeza que a esquerda nunca moverá um dedo para resolver a questão do crime de modo eficiente.

Na mosca! De fato: A tão propagandeada "igualdade esquerdista" é algo inatingível. Os esquerdistas têm pouco ou nenhum interesse que esse objetivo seja atingido, pois, alcançá-lo significaria retirar o instrumento através do qual os mentores intelectuais do esquerdismo exprimem todo o ódio em relação àquelas pessoas que têm méritos pessoais que eles próprios não têm.

Os poucos exemplos reais que temos da igualdade esquerdista apenas evidenciam uma coisa: A pobreza escancarada em que vivem as sociedades socialistas. A socialização da pobreza. Basta ver o que há em Cuba (onde, atualmente, falta papel higiênico) e o que houve na União Soviética. A China só conseguiu chegar onde está por ter adotado -- vejam que ironia! -- medidas econômicas capitalistas.

É engraçado que uma das vertentes esquerdistas, o comunismo -- que vivia criticando a decadência do sistema capitalista, a ganância e o egocentrismo supostamente a ele inerentes --, tenha construído ao longo do século XX sociedades muito mais decadentes e gananciosas do que qualquer coisa proveniente do capitalismo. Os esquerdo-socialo-comunistas panfleteavam aos quatro ventos que o socialo-comunismo construiria uma sociedade mais igualitária, onde todos poderiam igualitariamente ter acesso aos mais variados serviços, como médicos, lojas, mercados, clubes, e etc. Mas os membros do Partidão Comunista tinham suas lojas exclusivas, nas quais os pobretões da massa de famintos não podiam entrar; seus mercados eram separados e vendiam produtos de qualidade muito superior em relação aos mercados dedicados ao povão; seus clubes tinham regalias apenas encontradas nas -- como é mesmo? -- decadentes nações selvagens do mundo capitalista, como uísque, vinhos e champagne; seus hospitais e moradias apenas encontravam paralelo nos mais avançados países ocidentais.

Igualdade é boa para a massa! Já para a elite e os apparatchik (lambedores de botas) o melhor que há e tudo bancado com o trabalho dos trouxas que se deixaram enganar pelo tosco discurso esquerdo-socialo-comunista.

A igualdade socialo-esquerdista é transformar todas as pessoas em pobres que nem sequer têm liberdade e meios para comprar papel higiênico.

P.S: Tiago, tu deverias te sensibilizar com a atual situação dos teus camaradas cubanos. Que tal pegares os teus textos e escrevê-los em cartas de papel? Pelo menos resolveria parcialmente a falta de papel higiênico por aquelas bandas. Que tal?

Silvio disse...

Bom post, X. Olha esse vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=fVN0agzEHwg. A partir dos 2:34 tem um depoimento do Gregório Gordo, um dos fundadores do cv e mentor do resgate de helicóptero do Escadinha. Ele dá uma idéia de como foi a influência dos presos políticos na formação do que posteriormente virou o crime organizado carioca.

Cfe disse...

Na questão da violência há um fator que é constantemente esquecido ou desmerecido: o ambiente familiar.

Quanto mais bem estruturado for o meio em que um criança cresce melhor será seu futuro. O tipo de cuidados que se tem e o tempo dispendido nisso fará todo um diferencial nelas. Ora a questão da quantidade de tempo que se dispõe está muitas vezes ligada a questão de rendimentos, obviamente não sempre porque poderá haver apoio doutros familiares, pessoas ou instituições no cuidado da criança.

Eu não considero que isso seja "diferença social" mas muita gente acha daí o enorme eco que a teoria encontra na população.

Otávio Macedo disse...

Essa estratégia de criar um caos e depois propor como solução uma intensificação da medida que causou o próprio caos é bem conhecida.

Mas você cita as drogas, marcha da maconha, etc. Acontece que a proibição das drogas me parece ser o caso mais flagrante dessa estratégia. Veja bem: inicialmente um determinado conjunto de substâncias é vendido legalmente em farmácias, etc. Subitamente, proíbem-se essas substâncias e -- pelo próprio mecanismo do livre mercado -- a oferta é transferida para outro lugar: morros, periferias, etc. Mas a demanda não deixa de existir. Em virtude da "guerra às drogas", criada pela própria proibição, a violência aumenta e os proibicionistas dizem que as drogas são um problema porque causam violência. Então eles propõem mais repressão para acabar com o problema, isto é, mais gastos públicos e mais intervenção estatal. Assim, entra-se em um ciclo vicioso de aumento do Estado e destruição de vidas.

Repare bem: isso não é uma defesa de traficantes. É apens uma constatação que às vezes passa despercebida na discussão.

Anônimo disse...

Vocês já pararam para ler o Estatuto do PCC? Cliquem aqui.

Lendo o texto, dá para perceber o quanto os presos esquerdistas puderam influenciar a estruturação dessa organização. No Brasil, o crime organizado é, em essência, um fruto da esquerda frustrada por não ter visto a utopia socialista ser posta em prática.

Mas leiam lá o texto do estatuto. Está eivado de esquerdismos do começo ao fim.

Lealdade, respeito, e solidariedade acima de tudo ao Partido.

Chesterton disse...

e é errado prender bandidos

http://www.thedenverchannel.com/news/20446144/detail.html

Anônimo disse...

Documentário Esoteric Agenda

Sempre que o assunto é governo e religião você pode esperar discordância e debate, e freqüentemente guerras baseadas nesses dois tópicos controversos. Esse filme com 2hrs6mins de duração, mas que vale muito a pena ver, tem um ponto de vista completamente diferente sobre o mundo e sobre nós como seus habitantes. A premissa é que todos os poderes que você vê nos meios de comunicação e as figuras mais proeminentes do mundo são simples marionetes para um poder maior que controla o destino da humanidade. O filme mostra detalhadamente conexões de organizações secretas muito antigas como os Iluminati, Cavalheiros Templários e outras.

Essas organizações recentemente diretamente ligadas à monarquia britânica, controlam tudo no mundo de hoje, desde o que contém a nossa comida até o que vemos nos meios de comunicação. Esse super poder por trás dos panos faz tudo isso através da manipulação de potências como os Estados Unidos e os seus líderes. Governo, leis, meios de comunicação estão todos focados em uma coisa, e uma coisa apenas: lavagem cerebral e controle de 87% da população mundial que está susceptível a essa hipnose de massas. Depois de utilizar a informação como a ferramenta mais simples para controlar as pessoas mais vulneráveis, o MEDO é o derradeiro motivador para os mais resistentes que escolhem ver o mundo por si mesmos e não conforme o que querem que acreditemos.


Downloads:

http://rapidshare.com/users/6PTKZR/7

ou

http://www.livrepensador.com/?page_id=140



Aprenda a baixar Torrent lendo passo-a-passo(ilustrado com fotos) nos seguintes endereços:

http://www.portalcab.com/faq/baixando_arquivos_torrent.php

http://www.jacobjr.org/index.php?option=com_content&task=view&id=93

DD disse...

Mister X:

Também sairá um filme sobre os atentados de 2006 do PCC em São Paulo, expondo o problema sob o ponto de vista dos... bandidos!

Não é lindo? E aquele bombeiro que levou um balaço? Será que a sua história não merece ser contada?

Último Anônimo:

Creio ter visto esse documentário. Critica-se o esoterismo inerente ao globalismo para, ao fim, propor-se... outro tipo de esoterismo! Outra lindeza!

João disse...

As certezas estão certíssimas. E no capitalismo da burguesia que os assalariados passam fome - felizmente em Cuba, isso não acontece, sobra fartura. No Zimbábue pós-reforma agrária, então, nem se fala. Todo mundo come bem, tem saúde (ninguém morre de cólera...). Soma-se a isso a educação bolivariana... Só os "reacionários", feios, bobos e chatos, ficam apavorados com esse "Mundo ( em caixa alta) melhor, mais justo e humano".

João disse...

And i think to myself "what a wonderful world"

Mr X disse...

Chest,

O problema dos EUA e' o medo de lawsuits, a tal litigation culture. Os bandidos poderiam processar a loja e ganhar, acredite! Gracas a ACLU e outros "defensores dos direitos humanos" (dos bandidos), os criminosos tem mais direitos do que qualquer um.

Tem advogados demais nos EUA. Como disse Shakespeare, "the first thing we do, let's kill all the lawyers".

Mr X disse...

No Brasil, o pobrema e' a romantizacao dos bandidos por parte dos intelequituais. Quando e' que esses esquerdinhas de classe merdia vao entender que quem se ferra mais com o crime, o trafico e tudo isso SAO OS POBRES que eles tanto dizem adorar?!?!

Pobre ODEIA criminoso. Todo pobre trabalhador que conheci e' a favor de pena de morte e linchamento de bandido ou coisa pior.

markus disse...

salve Mr X, parece que quando os estupros são cometidos por iatolas os esquerdinhas nem relicham:

http://news.yahoo.com/s/nm/20090818/wl_nm/us_iran

Chesterton disse...

volta e meia os pobres lincham um bandido....

Mr X disse...

Poize'

Anônimo disse...

"Creio ter visto esse documentário. Critica-se o esoterismo inerente ao globalismo para, ao fim, propor-se... outro tipo de esoterismo! Outra lindeza!"

DD, você não sabe do que está falando e se mete a falar do que não sabe, isso é de um amadorismo desonesto.... Pois eu sei a que documentário você se refere, trata-se do Zeitgeist, que é um documentário falacioso e canalha.... algo que esse daí não é.
Na próxima vez vá estudar, em vez de dar pitaco em assuntos que você desconhece.


Paulo

Anônimo disse...

Esse negócio de dar palpite com ar de superioridade e nariz empinado, em assuntos que desconhece.... até quando vamos ter que debater com gente assim?

Paulo

DD disse...

Paulo:

Eu sei exatamamente do que estou falando. Vi esse documentário, que é narrado por um jovem, e contém informações curiosas. Porém, ao fim, o que se propõe, se entendi bem, é mais Nova Era, é mais panteísmo temperado de budismo zen. Acho que o Ocidente tem tradições mais interessantes do que o que parece ser propagado ali. Sem dúvida nenhuma é um documentário mais criterioso que o Zeitgeist, mas padece do mesmo problema, ainda que em menor dose.

É este aqui: http://www.youtube.com/watch?v=kRdNNQYQZmE

Também acho que, não me conhecendo, não é lá muito educado querer me dar lições. Eu venho estudando os sistemas gnósticos há algum tempo (com critério histórico, entenda-se), leio muito sobre a atuação da Maçonaria, conheço um pouco das obras que popularizaram a história da possível influência dos Illuminati da Baviera (John Robison, Augustin Barruel) e, na atualidade, acompanho o Alex Jones e vejo todo documentário novo que aparece. Diante de tudo isso, o que posso dizer é que não cheguei a conclusão nenhuma, além do fato de que o globalismo existe e que há uma mística que o envolve. Se isso tem alguma relação com a Babilônia, se a elite globalista chega a ser uma oligarquia satanista unívoca, como querem alguns, já é algo que, com as informações que tenho até o momento, parece-me uma opinião um pouquinho arriscada, para dizer o mínimo.

Agora, sem ataques pessoais, ok? As pessoas podem contar com as mesmas informações e ter sobre elas opiniões diferentes, não?

"Política sem medo" disse...

Gostei do seu Blog Mr. X, posso acompanha-lo? Uma boa Noite!

Gerson B disse...

Sr équis, sei que é off-topic mas um assunto que você gosta de abordar saiu n´O Globo:
http://oglobo.globo.com/rio/bairros/gueiros/posts/2009/08/21/seremos-todos-muculmanos-216273.asp

Devemos nos preocupar?

Anônimo disse...

"Eu sei exatamamente do que estou falando.
"....e vejo todo documentário novo que aparece."


DD:

Você realmente não sabe do que está falando, pois nem mesmo o nome aos "bois" você sabe dar.
Eu sugeri a todos que assistissem o "Esoteric Agenda" e você me vem falando "Zeitgeist", filme que nem mesmo o nome você sabe.

Paulo

DD disse...

EU VI O ESOTERIC AGENDA! EU PUS ATÉ O LINK. VOCÊ NÃO SABE LER OU O QUÊ? QUE MAIS VOCÊ QUER? QUE EU CITE TRECHOS PARA PROVAR QUE EU VI O FILME? ORA, TENHO MAIS O QUE FAZER!

Anônimo disse...

"Sem dúvida nenhuma é um documentário mais criterioso que o Zeitgeist, mas padece do mesmo problema, ainda que em menor dose."
"Você realmente não sabe do que está falando, pois nem mesmo o nome aos 'bois' você sabe dar.
Eu sugeri a todos que assistissem o 'Esoteric Agenda' e você me vem falando 'Zeitgeist', filme que nem mesmo o nome você sabe."
O anônimo acha que comparar uma coisa a uma outra não é um modo de falar da primeira coisa. E acha que citar o nome de um filme não é uma evidência de que se sabe o nome do filme.
Tiago

c* disse...

chose, acorda !!

recita ai pra mem...=)

Anônimo disse...

"EU VI O ESOTERIC AGENDA! EU PUS ATÉ O LINK. VOCÊ NÃO SABE LER OU O QUÊ? QUE MAIS VOCÊ QUER? QUE EU CITE TRECHOS PARA PROVAR QUE EU VI O FILME? ORA, TENHO MAIS O QUE FAZER!"

DD, VOCÊ ALÉM DE MENTIROSO É DESONESTO! EU IMAGINO QUE VOCÊ TENHA MUITO O QUE FAZER, MENTINDO PELOS BLOGS E ASSUMINDO POSTAGENS ALHEIAS COMO SUAS... QUEM COLOCOU O LINK FUI EU, E TENHO COMO PROVAR DANDO REFERÊNCIAS(LINKS) DE VÁRIOS LUGARES QUE POSTEI!

PS-VOCÊ É MENTIROSO(A)! E SE QUISER, TENHO COMO PROVAR QUE NÃO FOI VOCÊ QUE PÔS O LINK.

Paulo

DD disse...

OK, minhas queridas macacas de auditório. Eu vou rever o filmete e dizer por que ele é tão mentiroso e delirante quanto vocês dois demonstram ser. Mas isso vai ter de esperar porque, como já disse, tenho mais o que fazer.

E desonesta é vovozinha. Vocês mal sabem ler, quanto mais fazer análises políticas. Um acredita que um regime reponsável por 100 milhões de morte é defensável e o outro que TODOS OS MAIORES HISTORIADORES estiveram errados e que um documentariozinho juvenil traz uma análise mais aprofundada sobre os grandes mistérios da história.

Sabe por que vocês não entendem nada de nada? PORQUE SÃO SECTÁRIOS,

Anônimo disse...

1) Em primeiro lugar, se você ler com mais calma, vai perceber que eu concordei com você quanto ao fato de você ter identificado corretamente o filme, que eu nem vi, nem quero ver, e que a alegação do Anônimo de que citar o Zeitgeist no comentário sobre o outro filme provava não ter visto o filme que ele propôs é um non sequitur claro. Comparar uma coisa com outra coisa é, sim, um jeito de falar da primeira coisa. Eu estava zombando dos problemas de leitura do anônimo, não sabia que acabaria revelando os seus.
2) O Socialismo não matou 100 milhões de pessoas, duvido até que tenha chegado a matar 20 milhões. E do mesmo modo que foi legítimo e obrigatório bombardear Dresden e Tóquio para salvar o Mundo do nazismo e do fascismo imperial, é legítimo e obrigatório usar da força para impedir que os plutocratas continuem escravizando a Humanidade. Mao ensinou que a revolução é uma insurreição, um ato de violência através do qual uma classe derruba outra. Estude o Pensamento de Mao!
3) Eu sou tão sectário quanto Fleming ao deduzir que a penincilina matava bactérias. Diamat, a ciência que estuda as sociedades humanas, criada por Stalin, é uma ciência como qualquer outra e baseia-se no maior respeito aos fatos e no uso mais rigoroso do método científico.
Tiago

Mr X disse...

Tiago,

Deixe de ser otário, se o Socialismo fosse tão "científico", TERIA DADO CERTO, e todos viveríamos felizes sob esse danado regime, coisa que NÃO OCORREU. Além dos cem milhões, ou vá lá, 20 milhões de mortos, ferrou economicamente com dezenas de sociedades, fez com que milhares QUISESSEM FUGIR DOS MALDITOS PARAÍSOS SOCIALISTAS.

Como você racionaliza isso? Método científico? Mas você não entende patavinas de ciência, meu amigo. Sua idéia de ciência é achar que as sociedades humanas são como as colônias de bactérias, faça-me o favor.

Quanto a Mao, era um sujeito nojento e matou ainda mais do que Stalin, e mais inutilmente. O verdadeiro revolucionário na China foi Deng Xaoping, foi ele que fez as mudanças capitalistas que enriqueceram a China. é ou não é?

E quanto a "impedir quer os plutocratas continuem escravizando a humanidade", mas será que você não percebeu, sua besta, os plutocratas SÃO em sua maioria comunistas, os plutocratas ADORAM um Estado superpoderoso que lhes dá o monopólio, o Comunismo é uma forma de oligarquia, em que uma elite autodeclaradamente salvadora têm maiores direitos do que o resto, manda e desmanda.

O que era o Comunismo se não uma forma de Capitalismo de cartas marcadas, no qual os ricaços eram os ÚNICOS detentores de propriedade, e ESCRAVIZAVAM o resto?

Ou você acha que ninguém tinha privilégios na União Soviética?

E como vai a Coréia do Norte, o país que hoje em dia mais se aproxima dos seus ideais "científicos"?

Científicos, my ass. Lembra de Lisenko? É, Stalin entendia muito de ciência........ Ha!

Acorde, otário, acorde. É bem mais tarde do que você pensa. Acorde!

Anônimo disse...

Quanta bobagem e ignorância. A China sob Mao já era um dos países mais poderosos do Mundo. Esmagou o feudalismo tibetano, venceu os fantoches americanos da Índia, venceu o fascismo americano na Coréia e no Vietnã. Foi um dos primeiros países a lançar um satélite ao espaço, tinha uma das mais desenvolvidas tecnologias do Mundo. Venceu os opressores estrangeiros! Será que a China Feudal teria alcançado tudo isso? A URSS tornou-se um dos países mais desenvolvidos e poderosos do Mundo, plenamente industrializado, fornecendo ótimos serviços sociais ao Povo! Tudo graças ao método científico de Stalin. Evidentemente, 32 anos de Socialismo na Rússia-do fim da Guerra Civil até o restabelecimento do Capitalismo por Khruschev- não poderiam resolver todos os problemas do atraso causado por séculos do seu amado czarismo. Será que 27 anos de Socialismo-de 1949 à morte do grande Mao- poderiam resolver os problemas causados por séculos e séculos de atraso causado pélo seu amado Feudalismo? Estude com afinco o Pensamento do Presidente Mao! Estude o Diamat, do grande Stalin! Como dizia o hino soviético, "Lenin nos mostrou a estrada para a Liberdade, o Grande Stalin nos lidera nela."
Tiago

Mr X disse...

Quá quá quá.
Tiago, você é o Pax, disfarçado?

Anônimo disse...

DD,VAI TOMAR NO CÚ!

Paulo

Anônimo disse...

Eu não sou ninguém, disfarçado. Eu sou eu mesmo, abertamente.
Tiago

Antonio disse...

O comentário mais inteligente feito aqui, o do Otávio Macedo, foi solenemente ignorado.

Sintomático, não?

(o meu, como se vê, é o segundo comentário mais inteligente. Rá.)

abs,

ACT

Mr X disse...

Ainda vou fazer um outro post sobre a questão das drogas. Pessoalmente, acho que não adianta lada liberar. É ilusão. É utopia.

Mr X disse...

Bem, o Pax sumiu, e o Tiago parece uma caricatura, quem elogiaria o "espírito científico" do "grande Stalin" e Mao?

Materialismo dialético? Ora, faz mais sentido acreditar na dianética.

Anônimo disse...

Você não entende que o Diamat é a única ciência que permite entender e governar as sociedades, trazendo o maior bem ao maior número? Só a Dialética, estudando as contradições internas da Sociedade, permite verdadeiramente compreendê-la. E foi Stalin quem colocou a Dialética sobre bases inteiramente científicas.
Tiago

Anônimo disse...

Stalin é aquele déspota assasino que matou milhões de pessoas.... eu não sei como existem idiotas que adoram essa peste. Só sendo um Tiago da vida, mesmo! rss

Anônimo disse...

Você conhece o Pensamento do Presidente Mao? O Presidente Mao provou, em seus escritos, que o Materialismo Dialético é a única verdadeira abordagem dos fenômenos sociais.
Tiago

Anônimo disse...

Mao era um pedófilo! Além de matar milhões de chineses.... eu não sei como existem idiotas que adoram essa peste. Só sendo um Tiago da vida, mesmo! rss