sexta-feira, 9 de março de 2012

Brancofobia, Cristianofobia, Heterofobia

Existe a islamofobia (ódio aos muçulmanos). Existe o antisemitismo (ódio aos judeus). Existe o racismo (que quase sempre é entendido como ódio aos negros). Existe a homofobia (ódio aos homossexuais). Porém, não lembro que exista em termo específico para "ódio aos brancos". Parece que até existe um termo, albofobia, mas é tão pouco conhecido que até a wikipedia deletou o artigo. Outros termos sugeridos foram anti-caucasianismo e anti-branquismo, mas não pegaram.

Da mesma forma, termos como "cristianofobia" e "heterofobia" inexistem no discurso tradicional.

Acho que a razão não é necessariamente nenhuma conspiração silenciosa, mas simplesmente que a cultura européia é a cultura ocidental por default. A heterossexualidade e o cristianismo são as normas tradicionais. Portanto todos os antiocidentais são antibrancos, anticristãos e antihéteros, e nem poderia ser diferente, já que os revolucionários pretendem acabar com o Ocidente, ou ao menos transformá-lo em alguma coisa bem diversa... (Por outro lado, Revolução Francesa, marxismo e feminismo são certamente criações ocidentais. O Ocidente está em constante guerra consigo mesmo, entre os utopistas e os realistas).

Bem, eu não tenho ódio a ninguém e em geral tive e tenho uma boa convivência com pessoas de todas as raças, cores, religiões e origens. Até andei censurando por aqui alguns que ficaram promovendo o ódio. Porém, acho que se os outros têm direito a reclamar de discriminação, acho que nós caras-pálidas também teríamos. E o fato é que vivemos em tempos tristemente brancofóbicos, misândricos, heterofóbicos e anticristãos.

Por exemplo, estes jovens atacaram uma indefesa mulher branca com problemas mentais (se bem que seus atacantes pareciam ter problemas mentais mais graves), e pegaram apenas 240 dias de cadeia, sendo liberados antes. Recentemente dois outros jovens tocaram fogo em um colega branco dizendo "é o que você merece, white boy", mas segundo a polícia não houve crime racial. Da mesma forma, ataques contra cristãos são comuns em diversas partes do globo, sem que ninguém fale muita coisa. Os coptas do Egito podem mesmo desaparecer em breve. O homem branco heterossexual cristão não pode sequer se queixar: é considerado sempre o vilão da História.

Para nossa sorte, alguns cientistas estão trabalhando na pílula contra o racismo, leis antihomofóbicas estão sendo aprovadas em todos os cantos do globo, e os crucifixos estão sendo retirados dos tribunais. Assim todos finalmente serão iguais e felizes.



46 comentários:

Autor desconhecido disse...

Os brancos vão acordar, anote o que estou te dizendo...e vai sobrar pra todo mundo, pegarei um saco de pipocas e ficarei assistindo de camarote, assim espero.

Mr X disse...

Acho que não vai dar pra assistir de camarote nada, até porque duvido que existam camarotes nessa época, e talvez nem mesmo pipoca. Vai ser uma confusão dos diabos, não vai acabar bem. O progressismo está tão embrenhado na alma atual do ocidente, que só acaba com guerra ou com uma crise muito profunda.

AF disse...

Há uma exceção em que um branco pode ser racista a vontade, sem que o politicamente correto incomode: quando se trata de brancos mulçumanos.

Veja esse vídeo horroso, sobre como os Líbios tratam os negros na África: http://www.youtube.com/watch?v=yuCJcaQRIuA

Esse não é o único caso do racismo mulçumano contra negros... há a escravidão negra por parte dos árabes, da qual o movimento negro e o politicamente correto não dão um pio. Tudo isso são só agulhas no palheiro.

Realmente não consigo entender: como pode haver negros mulçumanos? Será que eles não enxergam que Maomé era racista?

Por isso que afirmo que se um dia o islã conquistar a Europa e as Américas, quem vai sofrer são os negros: os mulçumanos seriam racistas com os negros que moram na Europa, Estados Unidos, Brasil, etc., e com certeza partiriam para a África os erradicando e depois para a Ásia terminar de islamizar o resto do mundo (se a Ásia não tiver sido islamizada até lá também).

Mr X disse...

Olá AF,

Tem razão, esse é um curioso paradoxo. Os progressistas não só acobertaram, como apoiaram os "rebeldes" líbios que matam e torturam africanos (que tinham uma vida melhor com Khadafi, que era pan-africanista). É bem curioso que nesse caso o racismo não conte, talvez porque ser muçulmano conte mais na escala de valores.

Outra coisa engraçada que está acontecendo é o seguinte: os progressistas querem porque querem promover o homossexualismo na África, o Obama até falou sobre isso, mas a maioria dos países lá são contra. (Seria um plano nefasto para aumentar ainda mais a Aids no continente?). Então há claramente um conflito entre dois diversos ideais progressistas.

Mas e quando muçulmanos colidem com gays, quem ganha? O progressismo é um negócio meio complicado mesmo.

Mr X disse...

Outro caso são os muçulmanos de Kosovo, envolvidos no tráfico de escravas sexuais em plena Europa, sem que ninguém diga nada:

http://www.globalpost.com/dispatch/news/regions/europe/110322/kosovo-human-trafficking

Quero fazer um post sobre isso.

AF disse...

Mr. X,

Na esquerda parece haver uma escala de maldade mesmo em que os mais maldosos (mulçumanos) não são reportados pela mídia e estes podem atacar um negro, gay e até mesmo um comunista.

Sobre as pírulas anti-racismo, fico imaginando como uma coisa dessa atua no corpo e no cérebro da pessoa e qual o mecanismo para evitar isso.

Existe tanto cientista desocupado hoje em dia. Recentemente li de um milionário russo que quer investir milhões para o cérebro humano ser transportado para um robô. Imagine as questões éticas envolvendo isso.

O que os cientistas podiam fazer é investir milhões para pesquisas em algo que ainda não tem cura, devasta a pessoa, a família e a sociedade. Algo que transforma a pessoa em um zumbi, feito só para isso. Algo que cozinha o cérebro. Algo que nem os vírus mais mortais fazem, do qual só uns 8 a cada 100 pessoas se recuperam e olhe lá: o crack.

Vejo tantas novidades científicas na internet, tanta coisa boa sendo descoberta, muitas doenças, tipos câncers e coisas consideradas incuráveis antigamente já sendo curáveis hoje, mas em relação as drogas, não estou vendo nada, só algumas notícias brandas que raramente aparecem. :-(

Posso estar enganado, mas parece que não há centros de pesquisas envolvidos nisso e nem pessoas interessadas em investir milhões em pesquisas nisso. =/

Pode até falar que estou maluco, mas muita coisa que se antigamente alguém falasse que ia ter cura, que a ciência ia descobrir, a pessoa, mesmo sendo um cientista era chamada de maluca, pois era impossível, coisa que nem a ficção científica consegue imaginar. Eu falo sim, que se um dia grandes empresas, governos e milionários investirem milhões e milhões em pesquisas para essa coisa nefasta chamada crack, eles iriam sim invertar a cura ou chegar próximo dela, dando muito mais conforto a quem acabou dando bobeira e caindo nisso, como já é na AIDS e o número de pessoas que se recuperam dessa coisa (que atualmente é de 8 a cada 100) iria subir bruscamente.

Autor desconhecido disse...

''Acho que não vai dar pra assistir de camarote nada, até porque duvido que existam camarotes nessa época, e talvez nem mesmo pipoca. Vai ser uma confusão dos diabos, não vai acabar bem. O progressismo está tão embrenhado na alma atual do ocidente, que só acaba com guerra ou com uma crise muito profunda.''

Concordo, mas ser otimista não me parece ser tão ruim, mesmo sabendo que a realidade será bem diferente.

Mr X disse...

Estou tentando descobrir de onde saiu essa foto do menininho chinês com o crtaz de "Kill Whitey", será que já estão ensinando isso nas escolas? Deve ser algum trabalho escolar em alguma escola americana, em várias escolas, especialmente aquelas da periferia, o discurso antibranco e antiocidental é bem direto:

http://www.americanthinker.com/2012/03/was_boy_in_kc_fire_attack_a_victim_of_his_schools_racist_teaching.html

Quanto à "pílula antiracismo", parece ser apenas uma droga que dopa a pessoa e a torna menos atenta às diferenças, não modifica em nada o "racismo", latente ou não.

Mr X disse...

AF,
Essa aliança dos esquerdos com os muçulmanos pareceria ser bem bizarra, afinal os muçulmanos são quase que o exato oposto dos progressistas, são contra as mulheres, os gays, os negros, os judeus, etc, são a favor da religião, são intolerantes e violentos... Enfim, a única coisa em comum é que também querem destruir o Ocidente.

Mr X disse...

Interessante estudo mostrando a "culpa branca"entre os progressistas:

http://www.wired.com/wiredscience/2010/09/kill-whitey-its-the-right-thing-to-do/

Autor desconhecido disse...

Mister x,
desculpa, mas você fica botando essas fotos de orientais americanos com cartazes antibrancos, tá me fazendo ficar um pouquinho de ódio desse povo. Engraçado que minha mãe simplesmente abomina orientais, é puro preconceito, provavelmente não conheceu nenhum,rsrs.
Se não vivêssemos nesse mundo negrófilo ela teria atitude semelhante para com os negros, não duvido. Parte do racismo natural dos caucasóides europeus, nos EUA e na Europa tem sido canalizado para outros povos, é como no caso do pai que desconta as frustações no trabalho nos seus filhos ou na sua mulher, se não pode explodir no chefe, sobra para os familiares mais próximos.
Eu simplesmente tenho ojeriza profunda a esses imigrantes que vão para um país, tipo, um chinês pra Turquia e depois vira ativista anti-o-pais-que-o-acolheu, se a sociedade americana branca quiser pode expulsar a ponta pés esses imigrantes. Se um dia me tornar um, nunca que tentarei sabotar a identidade e o orgulho nacional do país que acolher.

Mr X disse...

Ops. Não foi intencional. Desculpem-me os leitores orientais. Foram as ilustrações que achei, não é nenhum preconceito. Deu a coincidência que vários posts tiveram ilustrações com asiáticos... Mas eles em geral são bem bacanas.

Agora, quanto aos imigrantes que vão para outro país para virar ativistas, acho que concordo, eu conheço uma guatemalteca que mora nos EUA e vive espinafrando o país, diz que o país é racista, sexista, que a CIA instalou ditaduras na América Latrina, que isto, que aquilo, vai a tudo que é protesto esquerdista, poxa, então porque não volta para a Guatemala. sua perua? Imagine um americano que fosse para a Guatemala e ficasse protestando contra o país.

Mr X disse...

Olha aqui AF:

http://3.bp.blogspot.com/-bgvkefHWq7c/T1nO9N_r7aI/AAAAAAAAH4o/xeleWS5W4Rk/s1600/Gay%2BMuslim.jpg

Um pouquinho contraditório, não acha?

http://www.archbishop-cranmer.blogspot.com/2012/03/jack-straw-attacks-muslims-over-gay.html

Mr X disse...

Pronto, tirei a foto do chinesinho.

Autor desconhecido disse...

Agora o chinesinho tá atrás do cartaz né?

AF disse...

Mr. X,

Credo!

Queria ver eles indo ao Irã, Iraque, Paquistão, Síria e qualquer outro país islâmico fazer protestos assim.

Veja essa imagem também: "Ateus pelo islã": http://atheism-analyzed.blogspot.com/2011/03/atheists-for-islam.html

Cada imagem como essa que você mostrou e a que eu mostrei também é o Ocidente, dando a corda a quem jurou de inforcá-los (ou a faca a quem jurou de decapitá-los, pois no islã, a coisa é bem mais feia).

Quando um mulçumano ataca um homossexual, a esquerda normalmente ignora, como neste engraçado caso em que um homossexual que rejeitava a English Defence League, pedindo a união de gays e mulçumanos foi ameaçado e chegou a termer pela sua integridade: http://perigoislamico.blogspot.com/2011/09/homossexual-que-se-manifestava-contra.html

Mr X disse...

Comercial "anti-racismo" europeu é tirado do ar, acusado ele próprio de "racismo". Kkkkk. Os multiculturalistas estão ficando loucos.

http://edition.cnn.com/2012/03/08/world/europe/europe-racist-video/index.html?hpt=ieu_c2

Mr X disse...

Na verdade, é bem interessante o simbolismo do comercial. Quem representa a Europa? Uma mulher (feminista). Os árabes e africanos ao contrário são todos homens, sexys (?) mas ameaçadores e violentos (o asiático que faz artes marciais também). Mas são conquistados pacificamente, com a integração em um "círculo da paz".

Mr X disse...

Tá aqui o comercial, para vocês assistirem e dizerem o que acham.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=aPYTxb03U08

AF disse...

Interessante o comercial. Só faltou o Pai Mei.

A intenção era essa mesma: Quem representa a Europa? Uma mulher (feminista). Os árabes e africanos ao contrário são todos homens, sexys (?) mas ameaçadores e violentos (o asiático que faz artes marciais também). Mas são conquistados pacificamente, com a integração em um "círculo da paz".

A União Européia JAMAIS faria algo em defesa dos brancos, pelo constrário.

Isso também mostra um fato: qualquer coisinha que envolva algo que promova uma identidade branca, por mínima que seja ou até sem querer ou até quando não é a intenção, é extremamente reprimida pelo politicamente correto.

Mr X disse...

O negão do vídeo luta capoeira. Na verdade, não é um video sobre imigração, mas sobre o aumento da União Européia. Os três personagens representam China. Índia e Brasil, futuras ameaças econômicas à Europa.

Mr X disse...

"qualquer coisinha que envolva algo que promova uma identidade branca, por mínima que seja ou até sem querer ou até quando não é a intenção,"

Quando querem representar alguém branco para representar "o homem branco" (ou, no caso, a Europa), eles em geral escolhem uma mulher, que aí ao menos representa a mulher como minoria. É o caso deste comercial. Homens brancos, no entanto, são mesmo raros.

Salvo que seja um comercial sobre gays, aí todos no comercial podem ser brancos:

http://www.youtube.com/watch?v=wpo2sS6PzlA

(bom, pra falar a verdade aqui tem uma drag queen negro/a).

É engraçada essa coisa do progressismo, se você pensar bem.

Mas, dentro do contexto, este é um comercial a favor de uma Europa maior (incluindo a Turquia?) contra as ameaças estrangeiras. Mas nada a ver com imigração. My bad.

AF disse...

Por um lado, nesse vídeo, o tiro saiu pela culatra.

Quem ameaça a Europa é a própria União Européia com suas idéias esquerdistas e multiculturalistas.

Veja esse recente vídeo em que um idiota útil quer promover turismo islâmico da Europa e atrair mais dessa gente: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=T-uuiKcGPbw

PQP, será que os políticos não sabe dos problemas que o islã está trazendo na Europa não?

DIREITA disse...

JORNALISTA FRANCESA ESPANCADA, ESTUPRADA E ASSASSINADA POR REBELDES LÍBIOS - CASO OCULTADO PELA MÍDIA EUROPÉIA(INCLUSIVE PELO GUARDIAN,JORNAL PELO QUAL A MESMA ESTAVA EM TRABALHO NA LÍBIA).


http://www.alertadigital.com/2012/03/08/ad-fue-el-unico-medio-espanol-que-difundio-las-imagenes-la-agencia-argelina-isp-confirma-la-salvaje-violacion-y-muerte-de-una-periodista-francesa/


VIDEO:
http://uncover-the-world.blogspot.com/2012/02/uncensored-video-of-uk-journalist-raped.html?zx=4af6ca70ba6f4684

Anônimo disse...

brincando com fogo;

mais 2 inglesas mortas por "asiáticos" .



http://www.dailymail.co.uk/news/article-2113706/Three-quizzed-murder-teenage-girls-Bodies-discovered-woman-19-contacts-police-250-miles-away.html
.
.

mais e mais ingleses estão deixando as grandes cidades para fugir do racismo anti branco.

http://www.dailymail.co.uk/femail/article-2111729/Lisa-Brinkworth-children-caught-gang-war-school-run-Maida-Vale.html

AF disse...

Mais ataques racistas no Britanistão: http://omarxismocultural.blogspot.com/2012/03/os-barbaros-tomam-conta-de-londres.html

Enquanto isso, já não se pode usar crucifixos para trabalhar no Britanistão. Tendas ambulantes (burcas) são totalmente permitidas.

Eu achava que nenhum país do mundo superaria o Brasil em termos de notícias absurdas, ainda mais um país que foi de primeiro mundo como a Inglaterra, mas estava errado.

Mr X disse...

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-estupidez-nao-e-verde-amarela-apenas-cristofobia-e-odio-ao-ocidente-querem-agora-censurar-dante-alighieri-acusado-de-islamofobico-homofobico-e-anti-semita-e-eu-juro-que-nao-estou-brincando/#comments

DIREITA disse...

mr x,qual é o problema com o meu post que coloca em duvida o conservadorismo de alguns republicanos(aquele com o link do freerepublic)?

DIREITA disse...

"Enquanto isso, já não se pode usar crucifixos para trabalhar no Britanistão. Tendas ambulantes (burcas) são totalmente permitidas."
.
qual o problema com as burcas: por acaso voce é a favor da assimilação dos hindustânicos na Inglaterra?

DIREITA disse...

"Enquanto isso, já não se pode usar crucifixos para trabalhar no Britanistão. Tendas ambulantes (burcas) são totalmente permitidas."
.
qual o problema com as burcas: por acaso voce é a favor da assimilação dos hindustânicos na Inglaterra?

DIREITA disse...

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-estupidez-nao-e-verde-amarela-apenas-cristofobia-e-odio-ao-ocidente-querem-agora-censurar-dante-alighieri-acusado-de-islamofobico-homofobico-e-anti-semita-e-eu-juro-que-nao-estou-brincando/#comments


(...)"A Gherush92 diz lutar contra o racismo, a discriminação dos povos indígenas, das crianças, mulheres etc — agora, luta também contra Dante!"(...)

eu acredito!

DIREITA disse...

gritar EUA,EUA - agora - já é racista!

http://www.thepoliticalcesspool.org/jamesedwards/2012/03/08/chanting-usa-usa-is-now-racist-code/

Mr X disse...

Bem, daqui a pouco chegaremos a um ponto em que se você não quiser dar o rabo, será acusado de homofóbico.

Rovison disse...

http://www.midiasemmascara.org/artigos/movimento-revolucionario/12891-cura-gay-o-falso-debate-.html

Rovison disse...

"Essa raiz é aquela que denominei "mentalidade revolucionária". Sendo por essência uma inversão estrutural do sentido do tempo, da ação e da ordem real das causas, a mentalidade revolucionária é também e necessariamente ódio à verdade, ódio à consciência, ódio a tudo quanto o coração humano, no seu mais íntimo, sabe e não pode negar. É opção radical e intransigente pela mentira." (Olavo de Carvalho)

Mr X disse...

O Reinaldo Azevedo está usando o termo "cristofobia", que talvez seja mais adequado, mas para mim soa como "medo do cristo", em ves de ódio aos cristãos. Mas "cristianofobia" tampouco é bom. Anticristianismo?

Rovison disse...

http://noticias.gospelmais.com.br/movimento-gay-manifesto-contra-homofobia-evangelica-30940.html

Mr X disse...

mr x,qual é o problema com o meu post que coloca em duvida o conservadorismo de alguns republicanos(aquele com o link do freerepublic)?

Nao lembro, na verdade, apaguei todo um grupo de posts sem querer. Mas acho que aquele comentario tinha um link para outros sites para os quais estou evitando linkar.

Mr X disse...

No mais, o fato é que o Partido Republicano não é tão diferente assim do Democrata em algumas questões. Especialmente com os candidatos destes tempos.

DIREITA disse...

"No mais, o fato é que o Partido Republicano não é tão diferente assim do Democrata em algumas questões. Especialmente com os candidatos destes tempos."
.
.
não era assim ate o final dos anos 80! naquela época os legítimos conservadores reinavam no Gop.

TRISTE FIM DA AMERICA.

*o canada que se cuide!

DIREITA disse...

"No mais, o fato é que o Partido Republicano não é tão diferente assim do Democrata em algumas questões. Especialmente com os candidatos destes tempos."
.
.
não era assim ate o final dos anos 80! naquela época os legítimos conservadores reinavam no Gop.

TRISTE FIM DA AMERICA.

*o canada que se cuide!

DIREITA disse...

inglês pega 1 ano de cadeia por expor cartaz anti islâmico:



http://www.retfordtoday.co.uk/news/local-news/racist-is-jailed-1-4323085#

Mr X disse...

Canadá? Pensei em me mudar para lá, mas:

http://www.cbc.ca/news/canada/story/2008/04/02/stats-immigration.html

http://www.theglobeandmail.com/video/visible-minorities-growing-in-canada/article1494978/

Por que usam o termo "minoria", se logo vão virar (ou já são) maioria? Nunca entendi.

DIREITA disse...

suecas ja se veem obrigadas a andar com cintos de castidade para evitarem de serem estupradas
.
http://www.alertadigital.com/2012/03/12/europa-retrocede-a-la-edad-media-las-jovenes-suecas-utilizan-ya-cinturones-de-castidad-para-evitar-ser-violadas-por-los-inmigrantes-musulmanes/
.
.

DIREITA disse...

"
Por que usam o termo "minoria", se logo vão virar (ou já são) maioria? Nunca entendi."

o termo serve com um código :minoria= não brancos oprimidos .mesmo sendo maioria vão continuar ,ainda por um bom tempo, com uso deste conceito .isto ate viciarem um outro termo qualquer que continuem os mostrando como oprimidos!

Mr X disse...

Oprimidos? Bem, quem sabe quando eles pararem de assaltar e estuprar... Até la, os oprimidos somos nós, pobres mortais...