quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Três anos de blog

Agradeço aos leitores, velhos e novos: já temos três anos de blog. Três anos podem ser muito tempo e chegam mesmo a cansar. Por ora, resistimos: mas até quando?

Já falamos sobre quase todos os temas possíveis, de política a robôs; algumas vezes até de forma repetitiva ou enfática. 

Tivemos três tristes trolls, um comunista, um antisemita e agora um simpático positivista. Curiosamente, os três jamais apareceram juntos no mesmo post.

O blog evoluiu ao longo do tempo, ou, ao menos, mudou, não sei se para pior ou para melhor. Começou como libertário, mais tarde teria passado para o lado do conservadorismo social, e mais recentemente até mesmo pareceria, segundo um par de leitores pouco atentos, ter flertado com o movimento "white power". Tudo ilusão. O blog não tem uma linha política definida, e repele a maioria dos extremismos. Seu autor é um libertário moderado (ou desiludido?) que acredita em alguns princípios conservadores e, bem mais raramente, religiosos ou místicos. É contrário ao politicamente correto e a grande parte das crenças modernas, o que não quer dizer necessariamente que apóie as antigas. Tem nostalgia de um passado melhor que nunca existiu.


Agora que chegamos a 2011, o blog encontra-se em uma encruzilhada. Ir em frente ou parar?

Francamente, estou pensando seriamente em terminar o blog. Talvez o meio já tenha dado o pouco que tinha que dar. Atenção, isso não quer dizer que eu pararei de escrever, é claro. Quer dizer apenas que talvez aposente o personagem do "Mr X" e o troque por outro autor, quem sabe algum que escreva mais sobre robôs e poemas e menos sobre política. Ou, quem sabe, talvez eu assine alguma coluna em algum outro meio com meu nome verdadeiro, em troca de um vultuoso pagamento (interessados, contatar-me no orbister@gmail). 

Sabe-se lá. Isso é coisa para as resoluções de Ano Novo, aquelas mesmas que jamais são cumpridas. Por ora, desejo a todos um Feliz Natal.

34 comentários:

Daniel F. Silva disse...

Já devem ter te perguntado isso, mas vou perguntar mesmo assim: nunca pensou em ter conta no Twitter?

Beto disse...

Mr. X.!
Parabéns pelo Blog!!
Um feliz natal a ti e a todos os leitores Mr. X.!
Feliz Natal e um Ótimo Ano Novo com a graça de Jesus N. Senhor!
(e que você continue tendo tempo pro blog..rsss)
Um leitor nem sempre presente, mas atento.

Microempresário disse...

Meu humilde conselho, quase um pedido, é o seguinte:

Escreva pouco, se for o caso, mas escreva. Não sinta obrigação de postar todo dia, nem sequer toda semana. Escreva quando sentir vontade.

Gosto dos seus textos, e costumava gostar dos debates nos comentários, até os trolls aparecerem e a confetti sumir.

Feliz Natal.

Chesterton disse...

Deixe como está para ver como é que fica.

Felipe Flexa disse...

Continue escrevendo quando lhe der vontade. Se quiser, assuma seu nome. Assumi o meu depois de quase 10 anos de blog. Crie uma conta no Twiiter ou Facebook. Eu relutei, mas acabei aderindo. Estou citando experiências pessoais, claro. Mas acho que vale a pena. Mas não deixe de escrever. Gosto de seus textos desde a época em que acompanhava o blog do PD. Um grande abraço e Feliz Natal.

Anônimo disse...

Tente algo novo, experimente o homossexualismo e depois nos conte como é.

Pax disse...

Vi este comercial e achei tua cara: enorme e bem desengonçado. Fica, então, a sugestão de trocar Mr X por Mr W. Muda tudo para que nada se altere, como diz o italiano.

http://www.youtube.com/watch?v=NSrVKVGBAcE&feature=player_embedded

Mr X disse...

Olá Pax,
De volta? Gostei do comercial, bacana.

Caro anônimo,
A etiqueta me impede de lhe responder à altura, porém, se estiver interessado em saber mais sobre o homossexualismo, conheço algumas pessoas que podem informá-lo em profundidade...


Twitter, vários já falaram, quem sabe.

Silvio disse...

Medo de estar caindo na repetição é um problema sério. Eu ia falar mas o Microempresário foi mais rápido: minha solução foi reduzir drasticamente a frequencia das postagens. No mais, hohoho, feliz Natal a todos.

Pax disse...

Tô de volta não, Mr X, a tua ida é que me parece sem volta. Estilo Olavão não dá pra mim, o que me faz sentir um bocado.

Mesmo assim ficam boas lembranças...

Enorme, desengonçado, 2,11 m de altura e, antes, excelentes argumentos.

Depois, caro, mudou. Enveredou.

Boas festas, feliz Mr W para ti, na esperança que o W seja menos radical que o X.

c* disse...

ah chose,seu chato, agora todo mês vc ameaça parar, sumir, morrer, esquecer, deletar....so pro povo repetir "ficaficateamoparacomissoetal"



entao....toma aqui essa musica do serge gainsbourg
"je suis venu te dire que je m'en vais",
com lyrics e tudo, pra ouvir muito alto, bebado e pensando em mim !



e vê se pro ano ano novo, vc escreve menos bobagens e extremismos e arranja uma gostosa pra te iludir essa carencia toda !

micro, beijos pra tu também ,
boas festas a todos !



http://www.youtube.com/watch?v=trLGhbFDIAk&feature=related













"Je suis venu te dire que je m'en vais
Et tes larmes n'y pourront rien changer
Comme dit si bien Verlaine au vent mauvais
Je suis venu te dire que je m'en vais
Tu t'souviens de jours anciens et tu pleures
Tu suffoques, tu blêmis à présent qu'a sonné l'heure
Des adieux à jamais
Ouais je suis au regret
D'te dire que je m'en vais
Oui je t'aimais, oui mais
Je suis venu te dire que je m'en vais
Tes sanglots longs n'y pourront rien changer
Comm'dit si bien Verlaine au vent mauvais
Je suis venu te dire ue je m'en vais
Tu t'souviens des jours heureux et tu pleures
Tu sanglotes, tu gémis à présent qu'a sonné l'heure
Ouais je suis au regret
D'te dire que je m'en vais
Car tu m'en as trop fait.
Je suis venu te dire que je m'en vais
Et tes larmes n'y pourront rien changer
Comm' dit si bien Verlaine au vent mauvais
Je suis venu te dire que je m'en vais
Tu t'souviens de jours anciens et tu pleures
Tu suffoques, tu blêmis à présent qu'a sonné l'heure
Des adieux à jamais
Ouais je suis au regret
D'te dire que je m'en vais
Oui je t'aimais, oui mais
Je suis venu te dire que je m'en vais
Tes sanglots longs n'y pourront rien changer
Comm'dit si bien Verlaine au vent mauvais
Je suis venu te dire ue je m'en vais
Tu t'souviens des jours heureux et tu pleures
Tu sanglotes, tu gémis à présent qu'a sonné l'heure
Ouais je suis au regret
D'te dire que je m'en vais
Car tu m'en as trop fait.

c* disse...

gente, é verdade que a folha de sp ta processando um blog independente por "uso indevido da marca", pq os caras falaram em "falha" de sp ?
pqp


http://fr.rsf.org/bresil-le-quotidien-a-folha-de-sao-paulo-22-12-2010,39142.html

Chesterton disse...

é verdade, Conffa.

Pax, estilo Olavão onde?

Augusto Nascimento disse...

Ah, isso é de uma injustiça... Olavo de Carvalho é infinitamente mais divertido. A mensagem dos dois é a mesma, claro: ser complacente com o Irã é "apoiar as ditaduras islâmicas"- como dizem os fascistas por aqui-, mas andar de mãos dadas com o ditador saudita e apoiar sua ditadura, que financia o terror e é tão repressiva quanto o regime iraniano, em troca de dinheiro (como fizeram inúmeras gerações de Bushes) é defender o Ocidente; eleitor não tem nada que dar palpite nas eleições-Olavo de Carvalho quer um golpe militar, Mr. X prefere um estelionato eleitoral-; a CIA tem o direito de espionar um presidente brasileiro-pego com o bico na botija-, o Departamento de Estado tem o direito de espionar a ONU, mas ninguém tem direito de espalhar as fofocas da elite americana; homossexualismo e pedofilia só são ruins se a Igreja não estiver envolvida e se o Papa não estiver encobrindo, etc. Enfim, repetem o que o Departamento de Estado quer que eles repitam. Os fariseus e agregados continuam assim sua antiga e orgulhosa tradição de vender sua pátria a um império. Será que Assange dura até a Semana Santa?

Mr X disse...

O positivista está virando comunista... :-/

Bom Natal a todos!

Chesterton disse...

depende da cor da "pírula".

Augusto Nascimento disse...

Ah, bom. Não aceitar que os terroristas sauditas sejam paparicados enquanto a Guerra ao Terror é cinicamente usada para violar os direitos humanos é comunismo, dizem os traidores. Não aceitar que nossa Pátria seja espionada enquanto traidores brasileiros defendem os interesses do Departamento de Estado é comunismo, dizem os traidores. Defender que sejam respeitados os resultados das urnas é comunismo, dizem os traidores.
Os fariseus sempre dizem que para combater os comunistas (ou maometanos) temos que ser como nossos inimigos: acabar com a democracia, perseguir os dissidentes, acabar com a liberdade de expressão, proteger o governo de toda e qualquer fiscalizalização. Os fariseus não mataram Deus em nome de Deus? Por que não matariam a Civilização em nome da Civilização ou a Liberdade em nome da Liberdade?

Chesterton disse...

tomou a "pírula" cor-de-rosa hoje....

Augusto Nascimento disse...

A pílula cor-de-rosa devem ter tomado os pobres diabos muito preocupados com o que os gays (recalque é horrível, como mostram aqueles republicanos pegos nos banheiros, com estagiários, etc.) fazem e muito pouco interessados no que a CIA faz no Brasil. Os que procuram sempre um coturno, um anel eclesiástico ou uma bota texana para lamber. Os que falam duro com os iranianos de dia, mas andam de mãos dadas com os sauditas à noite. Thomas Paine provou que o monarquismo é coisa de afeminados.

Gerson B disse...

Pô, X, para não... :(.

Como já disseram, escreva menos, só quando der vontade. Assuma seu nome se quiser (fiz isso como comentarista). De qualquer forma, qualquer que seja sua decisão, obrigado por estes anos.

E Feliz Natal pra você e para os de boa vontade que comentam aqui.

Anônimo disse...

Parabéns pelos três anos Mister X!Reforço o pedido já feito por outro leitor: não deixe de escrever. Você é um sujeito articulado, sabe dizer as coisas com simplicidade e de um jeito direto, o que já o torna superior a 85% dos articulistas que opinam na grande mídia brasileira! Você deve ser mesmo um cara bacana, pois a paciência que tem com esses trolls (mas eu também desconfio que sejam a mesma pessoa)é coisa de santo!
Abração!
Fernando José - SP

Augusto Nascimento disse...

"mas eu também desconfio que sejam a mesma pessoa ..."
Por outro lado, contrariando toda a lógica, os idiotas com as mesmas opiniões de Olavo de Carvalho são um monte de pessoas diferentes, o que é um desperdício de figurantes digno da fantasia de um C. B. DeMille. É um caso sobrenatural: como a Santíssima Trindade, são três-em-um ou, como os demônios, são Legião, porque são muitos (mas com a mesma "individualidade" do Imbecil Coletivo). A "direita" precisa é de um exorcismo que expulse dela o espírito de porco obsessor. Como estão do lado dos Malafaias, tele-evangelistas, padres molestadores, etc., deve ser fácil.

Anônimo disse...

Feliz Natal X.

Escreva se isso te divertir.

Abraços,

Adriano

Anônimo disse...

Positivismo e Perversão
Por francisco Razzo, 24 de dezembro de 2010

Publico um excerto da obra A Nova Ciência da Política (1952), de Eric Voegelin. Este texto é fundamental para se compreender em que sentido, segundo Voegelin, o positivismo destruiu e perverteu o método e a verdade em ciência política. Voegelin parte de duas premissas fundamentais para explicar como isso se deu: a) que os métodos nas ciências empíricas têm virtude inerente, b) que os métodos das ciências naturais são os únicos critérios para qualquer explicação da realidade.

Tais premissas podem ser consideradas como ponto de partida para se refletir sobre esse fenômeno bizarro e monstruoso do reducionismo cientificista, ou seja, essas malditas tentativas de enquadrar e explicar a totalidade da realidade sob um único foco. Como se fosse possível falar de religião e estética tal como se fala de amebas e galáxias.

Isso me faz lembrar os anos que passei no colégio Técnico de Química, era lugar comum entre os colegas a expressão “química é tudo”, ou seja, o que motivava os colegas tais estudos era a fascinação da possibilidade de a Química em explicar a totalidade da realidade. Quanta ingenuidade! Bom, eu tinha quinze anos na época, e no segundo semestre, depois que caiu um exemplar de As Flores do Mal em minhas mãos, comecei a olhar tudo aquilo com extrema suspeita. A poesia é um grande exemplo de que a Ciência não dá conta de explicar a si mesma.

Augusto Nascimento disse...

"A poesia é um grande exemplo de que a Ciência não dá conta de explicar a si mesma."
É, quem explica a Ciência são os rednecks e suas superstições estúpidas. Por que será que o pessoal que despreza a Ciência não vai fazer a dança da chuva para garantir a colheita ou chamar um pajé para curar seus doentes? Melhor: chamem Silas Malafaia para curar os enfermos e invoquem Javé-em vez de armas vendidas e financiadas pelos americanos-para proteger Eretz Israel.
O Positivismo é tão ruim... que seus adeptos defenderam a Abolição enquanto Roma apoiava a Escravidão(afinal, amai-vos uns aos outros, mas negócios são negócios) e nosso Imperador, cristão, queria que nossa versão da "instituição peculiar" chegasse ao Século XX.

Anônimo disse...

Nobre comentador Augusto Nascimento: qualquer um que conheça a obra do Olavo de Carvalho e acompanhe o gigantesco trabalho filosófico dele - o que é obviamente o meu caso - já aprendeu há muito tempo a ignorar malas sem alça como você e a seu gigantesco complexo de superioridade intelecutal. Vocês são pessoas obssessivas, megalomaníacas, que se julgam acima de qualquer um, simplesmente pelo fato de terem passado por uma (qualquer uma) universidade brasileira. Seria cômico se não fosse trágico, se não fosse a face escarrada da tragédia intelectual brasileira. Vocês não se conformam que existam pessoas que pensem de forma honesta consigo mesmas e que não se importem com o que o establshment cultural está pensando e que, principalmente, não se comovam com as tão nobres intenções do beatiful people esquerdista. Se somos um bando de "crentes, reacionários etc etc" porque você - e toda a legião de belas pessoas progressistas que lutam por um mundo melhor - perde tanto seu precioso tempo discutindo nossas opiniões? Por que não nos deixam em paz? Por que não vão ler, comentar e se deleitar com as opiniões maravilhosas do Leonardo Boff, do Emir Sader, do Noam Chomsky, do Tariq Ali, da Marilena Chauí, do Paulo Henrique Amorim,do Vladimir Safatle, do Richard Dawkins ou do Lula? Haja saco, malandro, pra aguentar os Augustos Nascimentos da vida. Só mesmo o Mr X pra ter tanta educação com esse povo.
Fernando José - SP

Augusto Nascimento disse...

"Vocês são pessoas obssessivas, megalomaníacas, que se julgam acima de qualquer um, simplesmente pelo fato de terem passado por uma (qualquer uma) universidade brasileira."
Não estou acima de qualquer um, estou (e qualquer pessoa decente está!) acima de canalhas que defendem o regime saudita, financiador do Terror, mas dizem que querem combater o terrorismo e que querem democracia ... no Irã. Estou acima do pessoal que acha um horror a roubalheira petralha, mas adorava a pilhagem tucanalha. Estou acima de quem é contra o Bolsa Família, mas era a favor do Bolsa-Muamba e do populismo cambial, que quebrou o Brasil em 98. Estou acima de quem acha que crimes cometidos por imigrantes maometanos provam que os países europeus "criaram corvos", mas crimes cometidos pelos imigrantes europeus (principalmente papistas) nos EUA-o assassino do presidente McKinley era filho de imigrantes papistas-provam que o papismo é uma religião da paz. Estou acima de canalhas que dizem que o governo americano pode espionar o Brasil, mas ninguém tem o direito de espionar o governo americano. Estou acima de canalhas, como Olavo de Carvalho, que dizem que o défice aumentou desde os anos 80 (como o infeliz disse no programa de rádio dele), mas fingem não saber que foram os republicanos Reagan e Bush-ídolos dele- os responsáveis por isso. Estou acima dos safados que são contra os gays, a não ser que eles usem batina e molestem crianças. Estou acima do pessoal que disse que o soldado pivô do escândalo do Wikileaks fez o que fez por ser gay, mas não explica se o traidor judeu que Olavo de Carvalho elogiou em um dos seus textos também traiu os EUA (pelo governo de Israel) por ser judeu. Qual a diferença? A diferença é que um Olavo de Carvalho da vida é covarde e não ousaria bater de frente com a ADL (os judeus criaram juízo e aprenderam que o melhor jeito de lidar com os fascistas é meter-lhes um bom processo nas costas).
E, embora eu tenha feito mesmo faculdade no Brasil (coisa da qual nunca me gabei, eu simplesmente nasci aqui, e o certificado profissional era indispensável ao exercício da profissão), eu não poderia me orgulhar disso porque-e se você não fosse burro, saberia- os positivistas sempre se opuseram ao modelo de faculdades estatais, inclusive lutaram contra a sua implantação. Os papistas, que pensaram que iriam controlar as faculdades estatais, é que adoraram a ideia. Como dizem alguns idiotas: criaram corvos...
"Vocês não se conformam que existam pessoas que pensem de forma honesta consigo mesmas e que não se importem com o que o establshment..."
Qual é a parte honesta? Acusar Obama dos rombos de Reagan e Bush? Apoiar os sauditas, que financiam o Terror? Apoiar os padres pedófilos? Tenha um pouco de vergonha nessa sua cara!

Augusto Nascimento disse...

"Vocês são pessoas obssessivas, megalomaníacas, que se julgam acima de qualquer um, simplesmente pelo fato de terem passado por uma (qualquer uma) universidade brasileira."
Não, eu não estou acima de qualquer um, imbecil. Eu estou acima (e qualquer pessoa decente está!) de canalhas-como o Astrólogo- que dizem que o défice aumentou desde os anos 80, mas fingem que não sabem que os responsáveis foram os dois Bushes e Reagan, ídolos dele. Estou acima dos safados que, como o Astrólogo, defendem o regime saudita, financiador do Terror, mas dizem que querem democracia...no Irã. Eu estou acima dos imbecis que dizem que os crimes de imigrantes maometanos provam que a Europa "criou corvos", mas defendem que os crimes dos papistas nos EUA-o assassino do presidente McKinley, por exemplo, era filho de papistas poloneses (imagine o que os vagabundos diriam se um maometano matasse o presidente da França!)- provam que o papismo é uma religião pacífica. Estou acima dos safados que se horrorizam com a roubalheira petralha, mas adoravam a pilhagem tucanalha. Eu estou acima dos vagabundos que odeiam o Bolsa Família, mas amavam o Bolsa Muamba e o populismo cambial que quebrou o Brasil para reeleger FHC. Estou acima dos traidores que dizem que o governo americano pode espionar o Brasil, mas ninguém pode espionar o governo americano. Resumindo: todos os brasileiros decentes estamos acima do Astrólogo e dos safados que o seguem!
E, embora tenha feito faculdade no Brasil, nunca me gabei disso (não tive muita escolha: moro aqui, o certificado era indispensável à prática profissional; no final das contas, tenho menos orgulho de ter um diploma do que o Astrólogo de não o ter) e nem poderia: se você não fosse burro, saberia que os positivistas são contra o modelo de universidades estatais e se opuseram à sua criação. Foram os papistas, que pensavam que controlariam as universidades estatais, que apoiaram sua criação. Como dizem certos idiotas: criaram corvos. Quanto à obra gigantesca do Astrólogo, ela se resume a lamber as botas dos FHCs, dos Sauds, dos Bushes (ele é o homem que achou-usando uma varinha de rabdomante e mapas astrais, imagino- as tais armas de destruição em massa, que nem Bush, o principal interessado, sabe que foram achadas: ele é mais realista que o rei, né?).

Augusto Nascimento disse...

"Vocês não se conformam que existam pessoas que pensem de forma honesta consigo mesmas e que não se importem com o que o establshment cultural está pensando..."
Qual é a parte honesta? Defender os padres molestadores e seus superiores? Defender a espionagem americana? Fingir que não sabe que os republicanos estouraram as finanças americanas? Defender o regime saudita em troca de dinheiro enquanto fala mal dos maometanos? Defender a venda do patrimônio público para os amigos do rei, que receberam dinheiro público, e depois chamar isso de liberalismo econômico? Tome vergonha nessa cara e vá estudar em vez de ler horóscopo!

Augusto Nascimento disse...

"Vocês não se conformam que existam pessoas que pensem de forma honesta consigo mesmas e que não se importem com o que o establshment cultural está pensando..."
Qual é a parte honesta? Defender os padres molestadores e seus superiores? Defender a espionagem americana? Fingir que não sabe que os republicanos estouraram as finanças americanas? Defender o regime saudita em troca de dinheiro enquanto fala mal dos maometanos? Defender a venda do patrimônio público para os amigos do rei, que receberam dinheiro público, e depois chamar isso de liberalismo econômico? Tome vergonha nessa cara e vá estudar em vez de ler horóscopo!

Chesterton disse...

Augusto, você está com "pobrema"?

Augusto Nascimento disse...

"Augusto, você está com 'pobrema'?"
Vários. Por exemplo: tenho problema com mentirosos, tenho problema com os lacaios dos sauditas, tenho problema com hipócritas, tenho problema com quinta-coluna, tenho problema com os Judas, etc. Para ser justo, eles também parecem ter um "pobrema" comigo.

Chesterton disse...

você precisa de tratamento!

Augusto Nascimento disse...

"você precisa de tratamento!"
E o mestre da Novilíngua e do Duplipensar (assassinos maometanos são perigosos, assassinos papistas são anjinhos; ditaduras maometanas são ruins, menos as que tem o apoio do Departamento de Estado; espionagem é ruim, exceto contra o Brasil) recomenda algum tipo especial de tratamento para quem não acha que "we've always been at war with Eastasia"? Sala 101, talvez?