quinta-feira, 31 de maio de 2012

Era do Narcisismo

Provavelmente já falei sobre este tema antes, mas dane-se. Eu não sei se nossa era é especial em relação às anteriores. Pode ser que nem seja tão diferente assim. Acho que o momento que vivemos agora nada mais é do que o rescaldo dos anos sessenta, mas será que os anos sessenta já não eram, também, uma exacerbação dos anos vinte e seus radicalismos de avant-garde?

Porém, chamam a atenção duas coisas sobre esta época atual: uma, que todos querem "direitos", mas ninguém quer saber de "deveres". Já reparou? Até o psicopata mais doente exige seus "direitos", mas quase ninguém se preocupa com os seus deveres quanto à sociedade. Direitos para as mulheres, direitos para os gays, direitos para os drogados, direitos para os criminosos, direitos para os gordos, direitos para os idiotas, etc, etc, etc. Mas de responsabilidade, ninguém quer saber.

A outra coisa que chama a atenção é como as pessoas hoje em dia são extremamente exibicionistas e narcisistas. Falo aqui simplesmente sobre o modo de se vestir e de se comportar. Pode parecer algo menor, mas não sei se é mesmo. Reflete bem o ânimo da sociedade do século vinte e um.

Deixemos de lado a Marcha das Vadias, que já mostra bem as contradições do feminismo (a mulher quer se vestir mostrando todos os seus atributos, mas ao mesmo tempo quer que isso não tenha qualquer efeito sobre os homens?) Falo sobre o dia a dia. Vejo muitas pessoas usando roupas que explicitam a sexualidade, desde os homens ridículos que usa as calças abaixadas até quase o joelho, às mulheres usando roupas que mostram quase tudo. Fossem apenas mulheres jovens bonitas, seria perdoável, mas em muitos casos vêem-se gordas balofas ou senhoras de sessenta anos usando roupas que envergonhariam prostitutas nos anos trinta. Qual a intenção em se mostrar assim?

E as tatuagens. Aqui na Califórnia, é difícil ver alguém que não as tenha. Acho que 80% da população mais jovem (e alguns nem tão jovens) tem ao menos alguma espécie de tattoo. Acho que isso reflete também um certo exibicionismo, especialmente aquelas tatuagens com mensagens para o mundo. Às vezes o narcisismo nem está na tatuagem quando na explicação para estas. Maria Cisneros, a "mulher-vampiro" (foto abaixo), diz que começou a se tatuar depois de ter sofrido abuso, e que suas tatuagens são uma forma de lutar "contra a violência doméstica". Tá bom...

Vivemos em uma cultura que exacerba o "direito de fazer o que quiser", mas que ao mesmo tempo nega que certas escolhas tenham conseqüências. Houve casos de tatuados que alegaram "discriminação" na busca de emprego, mas fazer a tatuagem foi uma escolha, não uma imposição. O cartunista Laerte, que costuma travestir-se de mulher nas horas vagas, andou querendo processar uma pizzaria que o impediu de utilizar o banheiro feminino. Ora, foi ele quem escolheu se travestir, por que é que os outros devem se adaptar a ele, e não ele ao mundo?

Mas hoje em dia, é tudo assim. Nossa sociedade lembra mais e mais a do final do período do Império Romano, quando romanos gordos e decrépitos passavam seu tempo em orgias, enquanto as invasões bárbaras só aumentavam. Onde está Nero, para ao menos tocar-nos uma melodia enquanto Roma arde?




24 comentários:

Chesterton disse...

credo! será uma rebelião contra o coletivismo? calma , é brincadeira)

Mr X disse...

Sou a favor das liberdades individuais, mas, enfim, direitos e responsabilidades, a velha história. Faça o que quiser, mas você é responsável pelas suas escolhas. Etc.

Rovison disse...

X, as duas fotos são da mesma pessoa?

Mr X disse...

Sim, é uma foto de "antes e depois".

Mr X disse...

Bem, pelo menos tem um negócio florescendo, o de remoção de tatuagens:

http://now.msn.com/living/0531-tattoo-removal-boom.aspx

Dom Moleiro disse...

Duas coisas : 1° Você está coberto de razões.Só faltou falar das mulheres brasileiras que ficam horas e horas no celular,entram e saem de onibus e metrô falando e falando e não consigo entender onde essa gente arruma dinheiro para pagar tantas horas diárias de ligação .
2°Essa menina tinha um pai frouxo que deveria ter cobrido ela de porradas quando começou a transformar-se nesse monstro ridículo . abraços

Chesterton disse...

Cultura

http://www.nationalreview.com/articles/301356/culture-still-matters-victor-davis-hanson

AF disse...

Direitos para as mulheres, direitos para os gays, direitos para os drogados, direitos para os criminosos, direitos para os gordos, direitos para os idiotas, etc, etc, etc. Mas de responsabilidade, ninguém quer saber.

Só não há direito para o homem branco heterossexual cristão, é claro, mas responsabilidade a eles, todos querem (inclusive os próprios brancos), principalmente a responsabilidade de aturar o politicamente correto e sofrer calado.

A comparação em outro tópico que você fez do Ocidente com um viciado em crack, foi excelente, pois quando uma pessoa vicia nessa porcaria ela fica com uma cara diferente, toma atitudes que ela nunca faria na vida e faz coisas horríveis.

A mesma coisa é com o Ocidente: a mulher da foto é reflexo do Ocidente cada vez mais burro e afundado no crack, assim como a marcha das vadias, da maconha, parada gay, decisões cada vez mais absurdas que o Ocidente toma, como aquelas medidas burocráticas na Inglaterra, a ignorância em relação a islamização do Ocidente, em que só de aletarmos somos chamados de nazistas, recomendações absurdas, como esta nova recomendação da ONU, etc.

Brancaleone, o monoglota... disse...

Na verdade, na verdade mesmo ou como dizia minha bisavó - "alí, na batata" eu, o Mr X e mais uns poucos mil pelo planeta estamos mesmo cercados em nossa trincheira, com pouca comida, pouca água e com a munição contada e para pior, os inimigos avançam implacavelmente...
A raça humana está indo embora mas aos poucos e de maneira abjeta. Como raça estamos nos decompondo em gangrenazinhas aqui e acolá.
Nem os humanos se aguentam como humanos e tentam mudanças estúpidas como a tal mulher que se deformou ou um Laerte que viadeia depois de velho.
Por uma questão de adaptação dou a cada índivíduo o direito de parecer ou agir com o que bem entender DESDE QUE ELE NÃO ME OBRIGUE A GOSTAR DA OPÇÃO QUE ELE FAZ!!!!
Quer se cobrir de tatuagens? OK. Mas não queira que eu ache elas "lindas de morrer".
Quer vestir roupas justas, curtas e sensuais? Vá em frente mas saiba que eu vou emitir um sonoro "Gostoooosa" quando passar por mim e é claro, se merecer tal adjetivo.
Que encher o rabo de maconha legalizada? Tudo bem, mas tatue na testa que voce usa tal droga. Não quero viajar num avião ou ou ser atendido num hospital por médicos ou pilotos imbecis que só conseguem ser felizes se aspirarem a felicidade alcalóide...
Sou humano puro ( coisa rara e anormal nos dias de hoje...)Como eu, uns tantos pelo planeta assistem com tristeza nosso era se acabar.
Os dinossauros tiveram mais sorte. Se extinguiram rápidamente, sem degenerações...

Rovison disse...

"Sim, é uma foto de "antes e depois"."

Que absurdo! Como um ser humano é capaz de cometer tamanha barbaridade contra si mesmo. A moça era linda e se transformo num monstro, num alien, numa criatura demoníaca.
Essa moça não pode ser mentalmente normal.

Kct disse...

O que ela vai fazer com a pele dela quando envelhecer?

Chesterton disse...

fui dar uma volta no Sakamoto e ele está horrorizado com a norte de pintinhos machos...mas ele não era a favor do aborto?

DIREITA disse...

A raça humana está indo embora mas aos poucos e de maneira abjeta. Como raça estamos nos decompondo em gangrenazinhas aqui e acolá

não creio que a ESPÉCIE humana esteja no estagio final de sua existência,ainda a muita água pra passar de baixo da ponte.os asiáticos (como sempre)que parecem ser imunes a decadência da nossa ESPÉCIE , certamente conduzirão este novo mundo!

Mr X disse...

"O que ela vai fazer com a pele dela quando envelhecer?"

Vender para um museu de arte moderna?

Mr X disse...

"fui dar uma volta no Sakamoto e ele está horrorizado com a norte de pintinhos machos...mas ele não era a favor do aborto?"

Matar fetos humanos = "direito humano"

Matar animais = "crime inafiançável"

Bárbara disse...

É que há uma diferença:
Sakamoto não viu como se faz o aborto. Como diz o ditado o que os olhos não vêem, o coração não sente.

Bárbara disse...

Credo!!
Vi o vídeo: também fiquei horrorizada com os pintinhos!!!!
kkkkkkkkkkkk

Mr X disse...

Recuso-me a ver certas coisas. Parece que tem um vídeo também do sujeito que comeu a cara do outro na Flórida, assim como do psicopata que matou, esquartejou e (depois) fez sexo com o corpo, isso no Canadá. E no Youtube (esse eu vi) tem o vídeo de uma moça idiota atirando nenéns de cachorro no rio para que morram.

Alexandre Almeida disse...

"não creio que a ESPÉCIE humana esteja no estagio final de sua existência,ainda a muita água pra passar de baixo da ponte.os asiáticos (como sempre)que parecem ser imunes a decadência da nossa ESPÉCIE , certamente conduzirão este novo mundo!"

Não tenha tanta certeza. Os chineses, estranhamente, parecem ser as novas vítimas do multiculturalismo:

http://www.youtube.com/watch?v=uZ1y3346Ppg

Lí sei lá onde, que já há 200 mil africanos na China, a grande maioria ilegal. Se as autoridades chinesas continuarem a fraquejar desse modo, o futuro da Ásia também será negro (com o perdão do trocadilho).

Mr X disse...

Gentem,
Alguém de vocês "pegaria" a mulher-vampiro? (depois das tatuagens e modificações?) Pelo que li, parece que ela hoje é casada e tem até dois filhos, mesmo sendo desse jeito. Credo! Como será o marido?

Fred disse...

Olhe, gostei. Acho que caberia mais coisas no texto.

A pergunta é: será que envelhecemos ou o mundo pirou?

Acho que o mundo pirou, pois a linha divisória entre o ridículo e o bom gosto é mínima. Sinto que milhões, ou bilhões (quem sabe) pensam telepaticamente e reagem iguais: ridicularizar os padrões, os comportamentos, o bom senso.

Sim e daí? E qual é a contra-proposta? A anarquia, a sujeira, a auto-destruição pelos vícios, o ridículo prevalecendo, sexo sem compromisso, futilidades - que mais?

O horroroso gosto pela tatuagem, parece sim aceitação a um comando superior e inconsciente, a uma marca como ao gado. Seria mesmo rebeldia, ou submissão?

DIREITA News disse...

1 )"RACISTA GRAVADO NUM TRANSPORTE PÚBLICO DA FRANÇA AMEAÇAR A OUTRA RAÇA DE MORTE
(E não consta que este tenha sido preso, sequer acusado, nem tampouco o seu caso foi noticiado na imprensa «livre»)"

http://gladio.blogspot.com.br/2012/06/racista-gravado-num-transporte-publico.html

2 ) INGLESA PEGA 5 MESES DE CADEIA APOS FAZER AS SEGUINTES COLOCAÇÕES:

"Vocês africanos ficam com as nossas habitações populares".

"Este não é o seu país, qual é o seu problema?"

"Vou prender vocês porque não moram aqui", e "espero que não estejam recebendo benefícios (ajuda financeira do governo).


http://gladio.blogspot.com.br/2012/06/inglesa-presa-por-na-sua-propria-terra.html

3 ) ATAQUE A IGREJA POR JOVENS MUÇULMANOS NA FRANÇA

em Carcasona, França, quatro adolescentes magrebinos entre os catorze e os dezoito anos de idade invadiram por uma paróquia adentro, insultaram os cristãos, maioritariamente idosos, e apedrejaram-nos, interrompendo assim a missa, no momento da eucaristia.

http://www.minutodigital.com/2012/05/28/adolescentes-magrebies-irrumpen-en-una-iglesia-de-carcasona-y-apedrean-a-los-feligreses-que-asistian-a-la-eucaristia/

4 ) a epidemia de estupros (racistas?) na Inglaterra faz mais um vitima.desta vez ,uma garota de 11 anos foi vitima de uma gangue afro-hindustânica que a violou em um banheiro de um macdonalds

http://www.dailymail.co.uk/news/article-2139193/Judge-reveals-ringleader-street-gang-raped-girl-11-McDonalds-toilet.html

5 )MR X, parece que os enfermeiros ingleses mau sabem aplicar um soro ,e também provocam queimaduras em pacientes cegos ,pois "não foram trinados" para avaliar a temperatura de um prato de sopa. e ,se alguém reclamar dos serviços dos mesmos, basta chamar o reclamante de racista, que esta tudo resolvido!

http://www.dailymail.co.uk/news/article-2153561/Patient-complained-nurse-accused-racism.html#

Camila disse...

Tava procurando algumas coisas sobre tatuagens e encontrei teu blog e me interessei depois de ver a 'mulher vampiro', po ela era linda antes... eu adoro tattoo, (tenho 4) mas não faço pra me aparecer ou chamar atenção...fiz de coisas que eu quero lembrar sempre... 'amores' que tenho da vida... e concordo quanto a parte que tu fala sobre discriminação na procura de emprego, o empregador não tem a obrigação de querer uma pessoa com piercings ou tattoo a vista... isso é escolha de cada pessoa... e quanto ao post em geral, o que tá faltando é 'laço', uma boa educação, os atuais pais de hj, não morreram qdo levaram um tapa na bunda dos seus respectivos pais... tão indo mto na onda dos direitos humanos e tbm transformando os jovens em vagabundos, já que só depois dos 18 se pode trabalhar... Anyway... curti teu blog! escreve mto bem tbm ;)

Anônimo disse...

horrivel e agora aonde ela vive numa caverna aff