terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Multiculturalismo do bem e do mal

O multiculturalismo é bom ou é ruim? Depende da situação, e a quem você perguntar. No ambiente universitário, é supimpa. Pessoas inteligentes das mais variadas culturas. Conversações estimulantes em diversos idiomas. Variedade de restaurantes. Acima de certo nível intelectual, o multiculturalismo não é ou não parece tão ruim. Eu pelo menos me divirto.

Há ainda o multiculturalismo dos ricos, que inclui ter trabalhadores braçais baratos para cortar a grama do seu jardim, limpar sua piscina e juntar o cocô de seu cachorro de dia, e encontrar com diplomatas e príncipes de noite.

E há o multiculturalismo dos pobres. Recentemente, uma moça inglesa soltou o verbo no metrô contra os imigrantes. Foi um pouco vulgar, e provavelmente estava colocando em risco o seu filho, além de ensinar-lhe péssimos modos. Por outro lado, quem pode culpá-la totalmente? É fácil acusar os outros de "racistas" quando não se tem que aturar batuques de africanos na madrugada, venda de drogas por árabes na esquina de casa, prostituição de romenas duas quadras mais além, desemprego e aumento generalizado do crime. Os pobres são os que mais sofrem com o multiculturalismo, pois no fundo é isso o que significa para eles.

Nem sempre fui contra o multiculturalismo, e ainda hoje posso ver alguns de seus aspectos positivos. A primeira vez que visitei Londres fiquei encantado. Tanta gente de tantos povos, todos convivendo em paz!  Que cidade tão cosmopolita! (Naqueles tempos, a palavra nem era "multicultural", mas "cosmopolita.") Ainda hoje tenho respeito e curiosidade pelas pessoas de outras culturas, gosto de conhecer pessoas de outros países, e provavelmente jamais sairia gritando como a moça do vídeo.

Por outro lado, posso ver que o multiculturalismo, quando ocorre de forma massiva e especialmente entre a população de classe baixa, tem efeitos nefastos. Voltemos à moça: mesmo que a imigração não tivesse efeitos negativos e todos os povos se entendessem bem, não teria ela o direito de viver entre ingleses nativos, se assim o desejasse? O que é um país? Hoje em dia, qualquer coisa. Mas, originalmente, os países eram tribos, formados por grupos de pessoas geneticamente parecidas. Muitas vezes podemos reconhecer, só pelo rosto, quem é inglês, quem é italiano, quem é armênio (tenho uma amiga que é ótima em descobrir a origem da pessoa só pela fisionomia). Além disso, existe também uma série de fatores culturais que costumam definir cada nação. Sem isso, aquela piada sobre o inferno ser um lugar onde o cozinheiro é inglês, o humorista alemão, etc, nem existiria.

O discurso sobre a imigração dos países pobres aos ricos tem se dividido em duas partes: a direita a favor do assimilacionismo e a esquerda a favor do multiculturalismo. Assimilacionismo seria aceitar imigrantes mas de modo a que estes se adaptem à cultura ocidental; multiculturalismo seria não julgar nenhuma cultura como superior ou mesmo diferente da outra, mas que todas convivam juntas e separadas num mesmo local.

O multiculturalismo, por sua natureza, quase sempre dá lugar a conflitos tribais. O assimilacionismo claramente é uma solução melhor, mas implica que os imigrantes muçulmanos ou mexicanos (para dar um exemplo) tenham o interesse ou a capacidade de replicar e manter a cultura ocidental. Mas e se eles não tivessem tal interesse nem capacidade? E se eles preferirem replicar a sua própria cultura quando forem maioria?

Acho que é isso que muitos não entendem. A idéia de que todos vão simplesmente copiar o que é bom só porque é bom é ingênua.

Por outro lado, a verdade é que a Inglaterra de hoje não é nem multicultural e, se é assimilacionista, é ao contrário: o britânico é que tem que se assimilar!

Afinal, o que mais incomoda mesmo é o comportamento das autoridades britânicas. Sabem o que aconteceu com a moça do vídeo? Foi presa. Enquanto isso, três muçulmanas bêbadas que espancaram uma mulher britânica chamando-a de "puta branca" não foram presas porque, no entender do juiz, "devido à sua religião, não estavam acostumadas a ficar embriagadas".

É... Por outro lado, hoje é muito fácil encontrar bons restaurantes em Londres...

Londres, hoje.

195 comentários:

Bárbara disse...

tá, tá, tá bom. Seus leitores não se importam com isso. Enviei o tal email para o dextra, e não obtive resposta. Será que mandei da maneira correta. Como deveria proceder?
Mas que droga!!

Mr X disse...

Olá Bárbara. Como assim meus leitores não se importam?

Eu não tenho contato qualquer com o Dextra. Será que ele não é um dos anônimos que comenta por aqui? Quem sabe espere mais alguns dias, algumas pessoas demoram a responder seus emails.

Rule Britannia, rule the waves,
Britons never will be slaves


Será?

http://en.wikipedia.org/wiki/Rule,_Britannia!

Mr X disse...

As muçulmoças ainda foram inocentadas de qualquer insulto racial. Imagine alguém chutando sua cabeça e chamando você de "puta branca"? Na Inglaterra, isso não é racismo. Enfim...

Bárbara disse...

>"Olá Bárbara."

Olá X.

>"Como assim meus leitores não se importam?"

Eles se importam? Será?

>"Será que ele não é um dos anônimos que comenta por aqui?"

Dextra, se você passar por aqui, meu email é AlexandraK.Weinsenbauer@yahoo.com.br

>"Imagine alguém chutando sua cabeça e chamando você de "puta branca"? "

O que você acha que acontece logo em seguida? Adivinha....

>"Na Inglaterra, isso não é racismo."
Em algum lugar do mundo é?
Já viu esta:

http://www.liveleak.com/view?i=1a7_1311109738

Delicioso, não???
E os mongóis, claro, são melhores que os brancos. Raça Ariana não existe....

Bárbara disse...

Acha que é perigoso revelar meu email ao público X?

Seja sincero.

Mr X disse...

Aaagh! Avise antes de postar esse tipo de vídeo, pois não? Eu tinha visto aquele vídeo horrível do menino chinês atropelado sem que ninguém desse a mínima... Acho que os chineses como cultura são mesmo meio sem coração...

Curiosamente, o vídeo acima é um exemplo de multiculturalismo/racismo à moda chinesa: pelo que li nos comentários, parece que o menino era um Uighur (chinês muçulmano), e tinha roubado uma velhinha. O que não justifica o linchamento de uma criança de 8 anos...

Mas gosto de japoneses e coreanos. Conheci alguns chineses legais aqui também. Não duvido que sejam inteligentes, mas acho que a cultura chinesa tem algumas coisas negativas... A crueldade com animais e crianças, por exemplo... Credo!

Por outro lado, veja o que é a cultura afegã muçulmana, onde a mulher tem que se casar com seu estuprador para não ser presa:

http://www.nytimes.com/2011/12/02/world/asia/for-afghan-woman-justice-runs-into-the-static-wall-of-custom.html?_r=2&pagewanted=all

Sinceramente, começo a achar que 90% do mundo é infernal. Quero me mudar para uma ilha deserta. Na boa, vendo esses exemplos, o Brasil não fica tão ruim assim, desde que você não more na favela, é claro.

Mr X disse...

Acha que é perigoso revelar meu email ao público X?

Perigoso por quê? Provavelmente vai receber alguns emails indesejados, mas fora isso, a Internet ainda é mais segura do que o mundo real. Eu por outro lado, provavelmente usaria um email anônimo.

Anônimo disse...

A Brunhilda da zona da mata voltou???

Bárbara disse...

>"Avise antes de postar esse tipo de vídeo, pois não? "

Eu avisarei.

>"Mas gosto de japoneses e coreanos."

Eu também. Meu vídeo cassete da mitsubishi é muito bom. Bem que nós poderíamos usá - los como escravos para produzir aparelhos eletrônicos.

>"Não duvido que sejam inteligentes"
Eu duvido. O que eles têm é número. Com toda aquela massa humana, quantos mongóis receberam prêmio Nobel nos últimos 10 anos??? Por outro lado os judeus e os arianos....

>"começo a achar que 90% do mundo é infernal"

Eu acho 100%.

>"Provavelmente vai receber alguns emails indesejados"

Vou saber respondê - los com garbo.

>"Eu por outro lado, provavelmente usaria um email anônimo"

Frouxo!

>"A Brunhilda da zona da mata voltou???"

Sua mulher já havia passado por aqui? E onde ela está agora?

Mr X disse...

A rigor, a raça ariana não existe mesmo. Mas toda classificação racial é meio subjetiva. Mais concreto parece ser falar em haplogrupos do DNA?

http://ethnicgenome.wordpress.com/2009/03/03/mapping-out-the-borders-of-whiteness/

Frouxo é a vovozinha. Tenho uma reputação a zelar...

Anônimo disse...

Monsieur K

Uma espécie de nova Cruzada será necessária caso as coisas continuem assim - e vão continuar.

Agora, X, acho que no final, se essa invasão cultural subjugar completamente a cultura das infelizes nações hospedeiras eles acabariam por ficar uns contra os outros, num verdadeiro clash entre mexicanos, paquistaneses, chineses, somalis e o diabo. Não creio que os muçuns, tolerantes do jeito que são, deixassem barato essa presença dos demais desafetos e passariam a cimitarra neles, para dominarem o pedaço (por isso é uma boa jogada, assim como usar um gato para caçar um rato).

Ao final haveria uma capital muçulmana em pleno ocidente, como uma Constantinopla às avessas; Tanto faz, porque os próprios muçuns, naturalmente, se exterminariam, e então o que restar de brancos cristãos heteressexuais poderá sair dos buracos e viver em paz.

É um mundo cão mesmo, Mister, se você não tomar conta transformam sua nação em lixo. O jeito é se preparar enquanto pode...

Eu, por exemplo, declaro minha metade da Antártica. Quero ver tirarem de mim.

Mr X disse...

Monsieur K,
Bem, o império otomano (turco) era multicultural. O islã em seu total representa imensidade de raças e culturas (todas atrasadas). Não duvido mesmo que possam vencer a batalha final e subjugar os outros grupos, ainda mais se unidos sob o manto da religião.

Se bem que, eles não vivem brigando entre sunitas e xiitas, salafis, e sei lá mais o quê?

Mas sou otimista, acho que o povo europeu e a cultura ocidental vão sobreviver. Talvez em uma colônia em Marte?

Mr X disse...

Para sermos honestos, caucasianos também cometem coisas horríveis:

http://www.telegraph.co.uk/news/uknews/crime/8936752/Mother-tasered-and-buried-alive-in-cardboard-box-by-bored-lover-court-told.html

http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/northamerica/usa/8116158/Baby-girl-dies-after-being-put-in-washing-machine.html

http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/europe/france/8904642/France-in-shock-over-rape-and-murder-of-13-year-old-girl.html

Será que o mundo sempre foi infernal assim, e os seres humanos sempre tão terríveis? Ou vivemos mesmo em um período de ocaso da civilização?

Ou talvez eu esteja meio de mau humor hoje, incapaz de ver o lado bom das coisas...

Chesterton disse...

Até a Babel bíblica desmoronou...

c* disse...

chose quaquaqua !
how fresh...sempre o mesmo

Mr X disse...

Voltou confa? Eba. Sempre mais do mesmo, pois e'. Por isso tinha parado de escrever por quase um mes. Sinto que ando me repetindo...

Mr X disse...

Confetti, Tou indo pro Brazil pro Natal. Vamos juntos?

Mr X disse...

"O socialismo deu certo onde não foi ao poder. O socialismo hoje está infiltrado em todo lugar."

E o pior e' que ele ta' certo!

http://www.brasildefato.com.br/node/6819

Antonio Candido, 93 anos. Vem ca', por que e' que comunista vive tanto tempo, hein?

c* disse...

chose, to voltando de la !
escapei das balas perdidas, das linchagens e dos respingos de merda ;
mas o rj continua aquele inferno maravilhoso...cidade mais tesuda do mapa !
agora so ano que vem

Mr X disse...

Tava em LA?!? E nem me avisou, poxa.

Balas perdidas, aqui? Nunca vi. Mas só fico nos bairros chiques da cidade.

Não vou pro Rio, vou pra POA e pra Floripa mesmo. Mais tranquilas e habitáveis. Eu poderia morar por lá. Acho Floripa melhor do que Londres, a esta altura.

Mr X disse...

Ah, de "lá". Sorry. Ah ah.

Chesterton disse...

Antonio Candido, 93 anos. Vem ca', por que e' que comunista vive tanto tempo, hein?

chest- porque passam a vida coçando...

Acho Floripa melhor do que Londres, a esta altura.
chest- segundo o Baibich já está piorando.

"O socialismo deu certo onde não foi ao poder. O socialismo hoje está infiltrado em todo lugar."
chest- o socialismo acaba quando termina o dinheiro dos outros.

mas o rj continua aquele inferno maravilhoso..
chest- e frio, cad~e o aquecimento global?

Sinto que ando me repetindo...
chest- os temas se repetem porque são basicamente um problema só.


Aliás, X, multiculturalismo do bem não é na verdade multiculturalismo, mas a aceitação por parte dos orientais et caterva da cultura ocidental de liberdade e propriedade privada.

Mr X disse...

> chest- segundo o Baibich já está piorando.

Quem?

Mr X disse...

Poucos comentários.. Talvez a Bárbara tenha razão, os leitores não se importam! Kkk.

Comunistas ainda vivos:

Antonio Candido - 93 anos
Oscar Niemeyer - 103 anos
Fidel Castro - 85
Eric Hobsbawn - 94

Vaso ruim não quebra! Mas qual o segredo? Que vivem se coçando, será Chest? Ou é porque no segredo de suas casas se banham no sangue de virgens inocentes?

Chesterton disse...

Baibich é um amigo.

Mr X disse...

Acho que os comunas tem pacto com o demônio.

Ah, e ao menos não tem muçulmanos em Floripa!

Anônimo disse...

''http://ethnicgenome.wordpress.com/2009/03/03/mapping-out-the-borders-of-whiteness/''

Cara, procuramos os mesmos links sobre raça então,rs... Eu olhei para esse sobre as fronteiras da brancura e achei bastante elucidativo. Mas se formos parar pra pensar ''nós'', os brancos mestiços da América Latina somos mais brancos que os árabes em média, só 62% caucasiano na genética?
Alguns povos olham mais brancos, libaneses, turcos, iranianos.

No caso do multiculturalismo, eu acho que se fôssemos parar pra pensar, a maioria dos países europeus sempre foram assim faz muito tempo, olhe pra Espanha, num mesmo país um dos povos mais puros do mundo branco, os bascos, convivem com uma das populações mais mestiças do continente. Para um morador do norte da Itália os sicilianos podem olhar muito diferente deles. O mesmo pode ser dito sobre a maioria dos outros países europeus. Esse multiculturalismo é o ''bom multiculturalismo'' pois forjou suas identidades, suas culturas, suas culinárias, seus idiomas e até mesmo foram responsáveis pelos seus sucessos enquanto nações.
O problema é que me parece sempre quando escuto a palavra ''diversidade'' eu vejo crianças negras felizes e contentes saltitantes, ao invés da DIVERSIDADE propriamente dita. O problema de NY não é ter uma grande quantidade de povos distintos, uma cidade não é o problema, um país com certeza é. A impressão que me dá é que alguns povos como os indianos por ex, me parecem extremamente prestativos, não seria problemático uma cidade americana grande ter um percentual relativamente baixo deles.
Os principais problemas do multiculturalismo são:
- ênfase na raça negra, a mais problemática de todas, qualquer projeto de diversidade em uma escola baseado em funk, hip hop e rap acabará mal;
-quantidade de imigrantes vs diminuição da população nativa, todos nós sabemos que são os nativos brancos que administram a diversidade e o multiculturalismo, sem eles seus países se transformarão em campos de batalha, todos contra todos;
- ênfase em desvincular a raça branca do arco íris multiculturalista, se é a cultura neoliberal ocidental, ou seja branca, que investe nisso, sem ela não haverá mais o admirável mundo novo de Fukuyama;
- incitamento a mistura de raças, o mesmo problema, se os mais interessados no multiculturalismo são os brancos liberais e progressistas, o desaparecimento deles a longo prazo seja por extinção demográfica ou miscigenação causará os mesmos problemas anteriores.

Bárbara disse...

NOooossaaa!!!!!

Eu queria ter inteligência para saber avaliar as coisas como o anonimo acima. Embora eu não concorde com tudo, ainda assim, foi uma excelente análise.

Os comunas? Pacto com o diabo? Não, Satanás não aceitaria. Provavelmente tanto ele quanto Deus ainda não decidiram quem vai ficar com eles, já que o diretório do purgatório também não quer. Fica dificil, né? Por enquanto eles vão ficar na Terra.

Bando de lixo!

E o Rovison? A filhinha dele já nasceu? X, quando vem ao Brasil? Se vai para Floripa, aproveita e venha me visitar. Só alguns Quilômetros.
kkkkkkkkk


Eu quero desejar antecipado, a vc e todos os seus leitores, um feliz natal e bom começo de ano. A vcs e a suas famílias.

São votos sinceros, de sua amiga nazista

Bárbara.

Anônimo disse...

Bárbara,
obrigado pelos elogios, mas assim é fácil pra mim, tá na área que gosto, geopolítica. Agora, me manda um problema de geometria? Passarei adiante como uma corrente de maldição de internet!!!

Mr X disse...

O Anônimo realmente fez uma boa análise. Esqueci de dizer que também gosto dos indianos, que em geral são muito gente fina. Eu acrescentaria: a "diversidade" seria um problema menor, se:

- a ênfase da imigração fosse na busca de pessoas qualificadas, com um mínimo de estudo e bons antecedentes, e não em ilegais ou em "refugiados" miseráveis e analfbetos que depois ainda fazem 50 filhos.

- a ideologia do "multiculturalismo" da maioria dos governos não fosse na verdade tão pró-minorias e tão anti-brancos. Vejam a absurda proteção que a Inglaterra dá a muçulmanos arruaceiros, e a perseguição sistemática que faz a qualquer um que seja politicamente incorreto e avise que o Rei está nu.

Mr X disse...

Ah sim, e acabem com o welfare, com qualquer tipo de auxílio aos imigrantes e refugiados, e deportem aqueles que cometem crime, mesmo que seja roubar um pirulito. Só isso já resolveria metade dos problemas.

Rovison disse...

Olá, minha querida Bárbara. Que bom poder ler novamente seus estimulantes comentários. Senti muito sua longa ausência deste blog. Minha filhinha deverá nascer no começo de fevereiro. Faz um bom tempo que não posto comentários neste blog por puro desinteresse nos últimos textos publicados pelo X. Parece-me que o X não está no melhor de sua criatividade. Espero que seja só uma fase.

Um grande abraço, Bárbara.

Bárbara disse...

>" Agora, me manda um problema de geometria? Passarei adiante como uma corrente de maldição de internet!!!"

kkkkkkkkkkkkkkkkk

Fala sério? Eu gosto de geometria. Mas não que seja uma Expert.

>" Esqueci de dizer que também gosto dos indianos"

Ah, e de quem você não gosta? Ah, é, ciganos.

>!"a ênfase da imigração fosse na busca de pessoas qualificadas, com um mínimo de estudo e bons antecedentes,"

Você propõe uma eugenia também?

>"e avise que o Rei está nu."

Onde? Onde? Eu quero ver.

Bárbara disse...

Olá Rovison. Contente estou eu, agora que contato contigo mais uma vez. Eu estive ausente, sim. Tive alguns empecilhos e problemas que me levaram a outras localidades, onde não tinha acesso a net. Como você está?

>"Minha filhinha deverá nascer no começo de fevereiro."

Eita! Acho que você já havia dito. Asneira minha não recordar.

>"Parece-me que o X não está no melhor de sua criatividade"

Vamos comprar para ele algum Donepezil ou Ritalina, deve ajudar.

>"Um grande abraço, Bárbara."

Um grande e forte abraço meu, para você e toda sua família. Desejo sinceramente, um maravilhoso natal e que o próximo ano seja repleto de boas surpresas para ti.
De sua amiga virtual, Bárbara.

Anônimo disse...

Mr X,
encontrar gente ''capacitada'' na África é como achar agulha no palheiro. É mais fácil encontrar mão de obra qualificada no Sri Lanka ou na Mongólia.

Engraçado que os ciganos vieram da Índia, o que que deu errado durante o percurso evolucionário desse povo?

Rovison disse...

Também desejo um ótimo Natal para você e toda a sua família, Bárbara.

Bárbara disse...

>"encontrar gente ''capacitada'' na África é como achar agulha no palheiro."

RACISMO!!!!
KKKKKKKKKKKKKKKKKKK


>" É mais fácil encontrar mão de obra qualificada no Sri Lanka ou na Mongólia."

Você só pode estar brincando com minha cara.

>"Engraçado que os ciganos vieram da Índia, o que que deu errado durante o percurso evolucionário desse povo?"

Tudo.
kkkkkkkkkkkk

Bárbara disse...

Obrigada Rovison.

Chesterton disse...

Insisto que o problema não é raça, mas cultura. tem culturas que pode pintar de dourada que não vai para frente.

Barbara que que você prefere, um branco comunista ou um negro conservador de direita?

Anônimo disse...

Cultura e raça é a mesma coisa.

Bárbara disse...

>"Barbara que que você prefere, um branco comunista ou um negro conservador de direita?"

Caro Chest, creio que você não tenha entendido meu ponto de vista até agora. Eu me oponho a miscigenação e sou a favor do nacionalismo branco, bem como a preservação desta raça, e apoio um programa de eugenia para melhoramento da mesma.

Estou falando de populações, não de indivíduos, considerados isoladamente. Eu posso confessar, sem problemas, que conheço mestiços e negros, que são pessoas formidáveis e agradáveis. Mas se você me pede se prefiro viver num bairro de negros ou de ricos (ignorando a classe social), eu te repondo que prefiro viver entre os meus.

Quanto a sua questão, eu nem saberia o que responder. Para ser sincera, eu não sou tão conservadora assim. Meu conservadorismo se limita a proteção da organização familiar, como base para a civilização, dos bons costumes, e da raça branca, como já foi dito. Em outros quesitos, poso te dizer que sou até liberal.

Mas entre o comunista branco (seria um judeu, talvez?) e o direitista negro, fico com o negro, é claro.

Mr X disse...

"puro desinteresse nos últimos textos publicados pelo X.Parece-me que o X não está no melhor de sua criatividade. Espero que seja só uma fase.

Bem Rovison, seu desinteresse pode ser porque você só parece interessado em posts sobre raça ou que desanquem os negros, que não é o tema geral deste blog. Que aliás nem tem tema geral, falo do que eu quiser. Mas concordo que não ando com muita energia pra escrever aqui, e estou me repetindo um pouco, alguém quer me substituir?

"Engraçado que os ciganos vieram da Índia, o que que deu errado durante o percurso evolucionário desse povo?"

Dizem que os ciganos eram dalit, os "intocáveis" da índia e casta mais baixa. Mas não se sabe muito bem. Acho que o problema é mais cultural do que genético, mas como saber se é mesmo? (acabo de googlear e tem um estudo que diz que o QI médio dos ciganos seria de 70! Mas acho que o estudo tem problemas, não fizeram mesmo teste, mas só uma estimativa a partir de não sei quais dados. E tem muitos ciganos misturados mas que não são mais contados como "ciganos" uma vez que deixam a comunidade. É aliás o contrário do que acontece com os judeus, que costumam ser considerados por muitos ainda como "judeus" mesmo quando não praticam mais a religião e tem somente meio ou um quarto de ascendência asquenazi ou sefardita)

"Você propõe uma eugenia também?"

Depende do que você entende por eugenia. Se forem leis contra a miscigenação não, salvo que elas incluam a entrega de uma loira escandinava de 21 anos para todo homem branco fértil. Se for privilegiar a imigração dos mais espertos e desestimular a dos menos, acho que sim.

Mas, no fundo, o problema mesmo é os brancos não se reproduzirem, vejam o nível de natalidade dos países europeus. Taí um outro tipo de eugenia aceitável, estimular a procriação dos europeus nativos, o que também poderia ser feito com a entrega a domicílio de loiras escandinavas de 21 anos, kkkkkkk.

Bárbara disse...

Pota merda, que erro fatal. Eu escrevi:
"se prefiro viver num bairro de negros ou de ricos (ignorando a classe social)"

Não foi ato falho gente, juro. É que eu havia pensado numa outra maneira de organizar o pensamento e saiu besteira. Isso quase sempre acontece quando estou falando.
Estou ciente de que existem bairros de pobres brancos e ricos negros. Era isso que pensei em formular.

Bárbara disse...

>"Se forem leis contra a miscigenação não, salvo que elas incluam a entrega de uma loira escandinava de 21 anos para todo homem branco fértil."

As escandinavas são tão bonitas assim como todos dizem???

>"Mas, no fundo, o problema mesmo é os brancos não se reproduzirem, vejam o nível de natalidade dos países europeus."

Em partes concordo, em partes não. O Japão tem baixas taxas também, mas você mesmo já disse que eles não estão ameaçados de "extinção", já que não estimulam a imigração nem a miscigenação.

Mr X disse...

Cultura e raça não são "a mesma coisa", embora guardem certa relação. Mas os negros brasileiros criaram o samba e os negros americanos criaram o jazz, etc. Cada país europeu tem uma cultura diversa. Etc, etc. Dito isso, acho que o que faz um país ir pra frente ou não não é cultura ou raça necessariamente, mas o sistema político-econômico, vejam a Coréia do Norte, é o mesmo "material genético" da Coréia do Sul, e no entanto...

Bárbara disse...

>"tem culturas que pode pintar de dourada que não vai para frente."

Como se pintar uma cultura de dourada se cultura não é uma coisa física? Raça porém, é.

Eu não excluo a importância da cultura. Se genes influenciam povos, culturas podem influenciar nos genes (ou na seleção).
Por outro lado acreditar ingenuamente que converter australóides ao cristianismo calvinista, inseri - los numa outra sociedade capitalista, de livre - comércio vai torná - los parecidos, em sua cultura, com os europeus, me faz rir muito.

Bárbara disse...

>"vejam a Coréia do Norte, é o mesmo "material genético" da Coréia do Sul, e no entanto..."

Vocês acreditam que este papo todo já esta me aborrecendo? Aff... Acho que estava em alguma crise existencial, e me agarrei ao tema "raça" para me "salvar". De repente, tudo parece perda de tempo mesmo. Preciso encontrar outra coisa cativante. Alguma dica?

Mr X disse...

Não acho que os brancos estejam ameaçados de "extinção". Existimos aos milhões no mundo! O que está em extinção (ou pode ficar em breve) é o estado-nacional baseado em conceitos etnonacionalistas. Quer dizer, como você falou, isso ainda existe nos países asiáticos como o Japão ou Coréia (a China, sendo de tamanho continental, também tem seus problemas com minorias), mas está acabando nos países tradicionalmente "brancos".

Mr X disse...

Alguns povos se adaptam, outros não. Muito da questão cultural e de adaptação tem a ver com dois fatores, religião e QI. Mas essas são duas coisas que não dá pra discutir hoje em dia!

Quanto à questão cultura vs genética, é mesmo de duas vias, dizem alguns por exemplo que os judeus asquenazi "ficaram mais inteligentes" porque a cultura judaica estimulava a reprodução dos mais inteligentes. Mas é só especulação até onde sei!

Preciso encontrar outra coisa cativante. Alguma dica?

Que tal o estudo da fotossíntese nas plantas carnívoras da Ásia Menor, o estudo de poetas renascentistas italianos, ou então.. tricô?

Bárbara disse...

>"Existimos aos milhões no mundo! "

Ah, é... aqui no Brasil também existiam milhões no nordeste e sudeste. Onde é que eles foram parar? Aqui no sul também estão sumindo. Estarão sendo abduzidos por ets? Annunaki?

>"Que tal o estudo da fotossíntese nas plantas carnívoras da Ásia Menor, o estudo de poetas renascentistas italianos, ou então.. tricô?"

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Isto sim é que é estímulo a inteligencia.

Bárbara disse...

Mr, acabo de ver um vídeo que me inspirou. Esta garota se parece comigo. Atitude menina.

http://www.youtube.com/watch?v=2pi8q4JcuNk&feature=related

Só queria saber que bandeira vou estampar na camisa.
kkkkkkkkkkk

E preciso de armas também. Acho que vou servir o exército de Israel. Acha que eles me aceitariam???

Mr X disse...

Os brancos estão sumindo do Brasil? Isso é novidade pra mim. Se você se refere à miscigenação, a mistura é mais pra cima do que pra baixo. Depois, os genes passam adiante mesmo na mestiçagem. Love love love. Não imaginemos que as tribos humanas foram sempre santinhas e jamais se misturaram. Se até o sapiens se misturou com o neandertal!

Como a evolução nunca pára, o futuro, novas raças se formarão, quem sabe um dia a famosa "raça brasileira" tão sonhada por Gilberto Freyre e outros! Eh eh eh. (Brincadeira).

Mas pense um pouco, se alguém "sumiu" no Brasil, foram os negros puros. Em um tempo existiam milhões de escravos puramente africanos que constituíam aliás a maioria da população.

Quanto ao racismo, existe em qualquer sociedade. Para nós os orientais são todos meio parecidos e os chamamos de "chinas" ou "japas", mas na verdade eles tem suas diferenças, por exemplo os japoneses detestam os coreanos e os consideram o lixo da sua sociedade!

Mr X disse...

Hum. A menina do vídeo tem o cabelo pintado de loiro. Só etou dizendo, nada contra. Essas armas são de verdade mesmo?

Bárbara disse...

>"quem sabe um dia a famosa "raça brasileira" tão sonhada por Gilberto Freyre e outros!"
Será como o subcontinente indiano. A diferença é que será violento e nada místico.

>"Mas pense um pouco, se alguém "sumiu" no Brasil, foram os negros puros."

Não disse que os brancos eram os únicos a terem desaparecido. Apenas me referi a eles especificamente. Aqui, nesta Terra, todas as raças desapareceram, com exceção dos judeus e asiáticos, que ainda se mantêm, e é claro, alguns negros no interior do nordeste, brancos no sul e índios nas matas.

>"os japoneses detestam os coreanos e os consideram o lixo da sua sociedade!"

kkkkkkkkkkkkkkk

Eles têm razão. Eu também não gosto de coreano. Quando ouço falar deles, sempre penso em seres humanos frios como maquinas (ou androides).

>"A menina do vídeo tem o cabelo pintado de loiro."

E...? O que quer insinuar? Que eu também posso ter o cabelo colorido? Que ela não é uma branca "completa"? Ou está apenas querendo demostrar suas capacidades de observação?

>"Essas armas são de verdade mesmo?"

Acho que não, mas as minhas eu quero que sejam.

Rovison disse...

"Bem Rovison, seu desinteresse pode ser porque você só parece interessado em posts sobre raça ou que desanquem os negros"

Não é verdade X. O que tenho constatado é uma certa repetição dos temas nos seus últimos posts, algo que vc mesmo reconheceu. Em relação ao tema raça, faz quase um mês que não leio textos sobre esse tema. O último foi no extinto blog do Dextra.

Penso que não é possível falar em cultura, em desnvolvimento dos povos, em progresso da civilização sem considerar o fator racial. Penso que há indícios muito fortes sobre a relação entre raça e desigualdade de desenvolvimento entre os povos. Negar isto é não querer encarar a realidade como ela é. Não estou propondo nada nem tenho um plano para salvar a civilização ocidental, apenas tenho um apreço muito grande pela verdade, doa a quem doer.

Mr X disse...

Olha, esse negócio de raça é complicado, é um pouco como dizia a Sarah Silverman, "se houvesse negros na Alemanha nos anos 30 o Holocausto não teria acontecido.. Bem, não com os judeus ao menos". Kkk, judeu pode ser racista?

http://www.youtube.com/watch?v=y6E9sJ6B-u8

Mas os negros não odeiam os judeus, bem, não especificamente, como bem explica o Chris Rock:

http://www.youtube.com/watch?v=kkwB76o-3Go

Quanto à moça dos cabelos pintados de loiro com armas de brinquedo, só quis dizer que ela pareceria menos "ariana" com cabelos pretos, só isso. O pessoal leva certas coisas a sério demais.

Anônimo disse...

Negros produziram cultura na diáspora SSA, na África a última ''boa nova'' é o KUDURO.
Ou seja, os negros ''produzem'' (muita calma nessa hora) cultura quando estão dentro de uma sociedade branca ou não-negra. Veja o Brasil, quando 40% dos brasileiros eram brancos o samba, o chorinho surgiram. Cantar é muito fácil, basta uma voz boa, agora pra compôr canções já se torna necessário cérebro. Cantores não-compositores são a mão de obra ''barata'' da música, semelhante ao pedreiro. O Haiti é 95% negro e não me lembro de terem produzido algo próximo de jazz ou samba. No caso do jazz, tem muito dedo narigudo kosher aí. Dizem que o rock é outra invenção dos negros (tá, os negros então inventam para os outros??? sei). PODE ser que num ambiente como os pântanos multiculturais da Louisiana um branco e um negro tenham inventado o proto-rock.
Outra coisa, não defendo o multiculturalismo, o fato é que dificilmente os europeus vão expulsar os imigrantes que estão agora lá, só se tiver uma guerra, é possível? sim, é possível? mas pode também não acontecer nada.
Concordo totalmente com o Mr X, o problema principal, um assunto pouco comentado nos sites de direita é a baixa fecundidade dos brancos... Os blogueiros dão mais atenção aos negros do que à falta de bebês brancos. Os negros se tornaram os principais destruidores da civilização ocidental, tudo o que discutimos passa direta ou indiretamente por eles, o politicamente correto, igualitarismo insano, etc,etc,etc...
Temos de copiar os judeus, não nos defeitos, os povos que entenderem isso evoluirão no futuro.

Rovison disse...

Número de pretos, pardos, amarelos e indígenas ultrapassa o de brancos

De acordo com os resultados preliminares do Censo 2010, a soma entre pretos, pardos, amarelos e indígenas (99,7 milhões) supera a população branca (91 milhões) no Brasil.

Número de amarelos supera o de indígenas
O número de pessoas que se consideram amarelas (2 milhões) ultrapassa, pela primeira vez, a população indígena (817,9 mil) no Brasil.

População branca foi a única que diminuiu
Os brancos ainda são a maioria (47,33%) da população, mas a quantidade de pessoas que se declaram assim caiu em relação ao Censo 2000, quando foi de 53,74% (91.051.646 habitantes). Em números absolutos, foi também a única raça que diminuiu de tamanho. No Censo 2000, 91.298.042 habitantes se consideravam brancos.

Fonte:http://noticias.uol.com.br/cotidiano/listas/curiosidades-do-censo-sobre-raca-no-brasil.jhtm

Anônimo disse...

A famosa ''raça brasileira'' é um mexido estragado, não deu certo. A receita desandou.

Anônimo disse...

Raça e cultura são sim mutuamente influenciadas. É evidente que a estirpe de uma pessoa define sua personalidade,seu comportamento, seus gostos... Se a personalidade é 50%? O fato é que estou generalizando, É ÓBVIO que não será sempre assim.
Tenho quase absoluta certeza que a cultura é definida pela raça e etnia dos povos.

Rovison disse...

Concordo com o anônimo acima.

Rovison disse...

Toda cultura é produto de um povo ou etnia. Povos ou raças diferentes criam culturas diferentes.

Anônimo disse...

Mr X,
os judeus 'ajudaram' os negros, e chegamos onde estamos hj... aqueles que sabem a verdadeira razão dessa benevolência toda é que odeiam, e tem razão pra isso.
Se não existissem judeus na Alemanha, só negros como a minoria problemática não seria necessário o nazismo. Bastava comboios e barcos com paSSagem só de ida pra África.Ou então os alemães escravizariam os negros dentro do próprio território.

Mr X disse...

Bem, estou entre aqueles que acham que o nazismo nao seria "necessario" em lugar nenhum em um mundo sao. A frase da Silverman era, naturalmente, uma piadinha. Mas os alemaes escravizaram os eslavos, entao talvez fizessem o mesmo com os negros.

Estou um pouco confuso, nao sei mais se sao todos anonimos diferentes ou e' tudo o mesmo.

Chesterton disse...

Cultura e raça é a mesma coisa.

chest- definitivamente não.

Mas entre o comunista branco (seria um judeu, talvez?) e o direitista negro, fico com o negro, é claro.

chest- você tem salvação (rs)

Chest- o problema da Europa seria resolviado com a importação de sudamericanos cristãos.

Por outro lado acreditar ingenuamente que converter australóides ao cristianismo calvinista, inseri - los numa outra sociedade capitalista, de livre - comércio vai torná - los parecidos, em sua cultura, com os europeus, me faz rir muito.

chest- foi o que aconteceu com os japoneses, levaram 2 nukes da telha, mas aceitaram a democracia liberal. Mas hoje não se pode mais matar os líderes e converter à força ao cristianismo...

Anônimo disse...

Mr X,
eu sou eu!! rs
Em uma Alemanha sem uma elite fortemente judaica e uma maioria empobrecida e desesperada o nazismo não vingaria.

Anônimo disse...

Raça e cultura é a mesma coisa.

Cometi uma gafe, é verdade, não é a mesma coisa, mas estão interligadas. Disso eu acho que ninguém tem dúvidas.

Anônimo disse...

1 - a inglesa não disse nada racista...apenas fez uma constatação:" você é negra não é inglesa "
.
2- a moça não esta fudida com o multiculturalismo , mas sim, com o multirracialismo- inglaterrra não sera mas Inglaterra independentemente de negros/árabes/hindustânicos se assimilarem ( ´na verdade,a assimilação é a pior da coisas,pois leva miscigenação e consequente extinção dos nativos)
.
3- a legitima direita nunca defendeu a assimilação,muito pelo contrario...BNP,NPD,NACIONALISTAS RUSSOS...ETC sempre defenderam ao repatriamento total dos imigrantes e seus descendentes!
.
4- o charme de londrês,paris,madri,barcelona..etc se fizeram a partir das características tribais de seus nativos.pessoas de todo mundo desejam sentir este espirito ,e é por isto que as estes lugares se tornaram multirraciais -e, é este mesmo multirracialismo que vai acabar com este charme!
os EUA é o melhor exemplo deste fenômeno ,a America já não é tão desejada quanto antes ,pois, perdeu sua identidade meio ao multirracialismo.
frente a esta decadência americana países como Austrália,canada e nova Zelândia fazem cada vez mais a cabeça de turistas e imigrantes!

Anônimo disse...

"Cara, procuramos os mesmos links sobre raça então,rs... Eu olhei para esse sobre as fronteiras da brancura e achei bastante elucidativo. Mas se formos parar pra pensar ''nós'', os brancos mestiços da América Latina somos mais brancos que os árabes em média, só 62% caucasiano na genética?
Alguns povos olham mais brancos, libaneses, turcos, iranianos."
.
o erro destas pesquisas é de considerar mestiços como brancos...disso se tira estas conclusões errôneas de que brancos possuem tanto % de tal haplo grupo estrangeiro ,ou que espanhóis são mestiços.
-bem ,eu penso que se uma pessoa é mestiça ela automaticamente não pode ser considerada parte de qualquer etnia européia!logo ,as analises de seus DNA não podem ser computadas como pertencentes a europeus!

Anônimo disse...

"Cultura e raça não são "a mesma coisa", embora guardem certa relação. Mas os negros brasileiros criaram o samba e os negros americanos criaram o jazz, etc."
.
esta é a cultura musical do negro comum ma sua raça.por onde passam inovam com novos gêneros.tai mais uma prova do que cultura vem da raça!

Anônimo disse...

"Bárbara disse...
>"Existimos aos milhões no mundo! "

Ah, é... aqui no Brasil também existiam milhões no nordeste e sudeste. Onde é que eles foram parar? Aqui no sul também estão sumindo. Estarão sendo abduzidos por ets? Annunaki"

exato...quando passo em qualquer escola primaria,publica ou particular, do estado de são paulo faço a mesma pergunta.

Anônimo disse...

Mr X disse...
"Os brancos estão sumindo do Brasil? Isso é novidade pra mim. Se você se refere à miscigenação, a mistura é mais pra cima do que pra baixo. Depois, os genes passam adiante mesmo na mestiçagem. Love love love. Não imaginemos que as tribos humanas foram sempre santinhas e jamais se misturaram. Se até o sapiens se misturou com o neandertal! "
.

seu conceito de branco deve ser aquele em que 50% dos brasileiro assim "é""

Anônimo disse...

"População branca foi a única que diminuiu
Os brancos ainda são a maioria (47,33%) da população, mas a quantidade de pessoas que se declaram assim caiu em relação ao Censo 2000, quando foi de 53,74% (91.051.646 habitantes). Em números absolutos, foi também a única raça que diminuiu de tamanho. No Censo 2000, 91.298.042 habitantes se consideravam brancos."
.
brancos não assam de 15% da população brasileira!

Bárbara disse...

>" "se houvesse negros na Alemanha nos anos 30 o Holocausto não teria acontecido.. Bem, não com os judeus ao menos"."

Por que será que não estou surpresa por ouvir uma coisas dessas vindo de uma judia sem talento? Será que estes judeus não conseguem abordar outra temática no show Business que não seja direta ou indiretamente ligada ao seu maldito holocausto????? Que tal se os brancos quisessem fazer piadinhas e filmes e toneladas de propagandas sobre sua escravidão e submissão aos mongóis (eslavos, no caso)e árabes em séculos ou milênios passados??? Por que não falamos da nossa submissão a elite judaica também???? Affff....... Isso me cansa mesmo. Não, o que me cansa mais é ver alguém inteligente como o X aprovar este tipo de comportamento dos judeus, aprovando a propaganda anti - nacionalismo branco. Engraçado é que vc X, apoia o nacionalismo judaico (sionismo), judeus que por acaso vc considera como sendo brancos. Não há alguma incoerência aí, não?

>" judeu pode ser racista?"

Quer que eu responda?

>" como bem explica o Chris Rock"

Outro!

>"só quis dizer que ela pareceria menos "ariana" com cabelos pretos, só isso."

Você deve saber que a definição de "ariano" não é loiro dos olhos azuis, não é? Eu até brinquei com isso, anteriormente, mas, vc sabe, não sabe????

>" O pessoal leva certas coisas a sério demais."

Mas eu também estava brincando. Será que preciso sempre colocar o "kkkkkk" depois da frase, para que se possa identificar????

>"aqueles que sabem a verdadeira razão dessa benevolência toda é que odeiam, e tem razão pra isso."

Falou e disse!

>"Mas os alemaes escravizaram os eslavos, entao talvez fizessem o mesmo com os negros."

X, vc me dá nojo, às vezes.

>"você tem salvação (rs)"

Engraçadinho. Já estou salva, há muito tempo. Fui batizada quando pequena. Já não carrego a culpa do pecado original. kkkkkkkkkkkk

>"foi o que aconteceu com os japoneses, levaram 2 nukes da telha, mas aceitaram a democracia liberal."

Vc está falando de japoneses, eu estava falando de australóides. Será que consegue me entender??

>"na verdade,a assimilação é a pior da coisas,pois leva miscigenação e consequente extinção dos nativos)"

Concordo contigo, em gênero, número e grau.

>"bem ,eu penso que se uma pessoa é mestiça ela automaticamente não pode ser considerada parte de qualquer etnia européia!l"

Maldito ancestral judeu!!!!

>"No Censo 2000, 91.298.042 habitantes se consideravam brancos.""

Não havia observado: Você disse: SE CONSIDERAM?????

Se eu me considerar judia, passo automaticamente a ser???? Faça o mesmo então!

Anônimo disse...

''erro destas pesquisas é de considerar mestiços como brancos...disso se tira estas conclusões errôneas de que brancos possuem tanto % de tal haplo grupo estrangeiro ,ou que espanhóis são mestiços.
-bem ,eu penso que se uma pessoa é mestiça ela automaticamente não pode ser considerada parte de qualquer etnia européia!logo ,as analises de seus DNA não podem ser computadas como pertencentes a europeu''

É muito difícil definir um mestiço de um não mestiço, pq sempre haverão novas divisões, exemplo, na Espanha, os espanhóis do norte são mais puros que os do sul, os bascos são mais puros que os asturianos, os bascos ''verdadeiros'' sem mistura são mais puros que os bascos em geral, muitos são espanhóis assimilados. Dentro de uma família basca com alguns parentes espanhóis não bascos um irmão é mais puro que outro, dois bascos puros, um é mais puro que outro, enfim... Complicado demais, eu penso que o comportamento define sim a preponderância de heranças uma pessoa terá. Reparem que muitos mulatos são praticamente brancos no comportamento, enquanto que muitos brancos não são. É ilógico e ingênuo demais pensar que o comportamento não é influenciado pela estirpe.

Anônimo disse...

Eu não vejo problema em dizer que alguns milhões de espanhóis numa visão européia são mestiços. Várias pesquisas já constataram isso. Inclusive uma pesquisa recente constatou que sangue ''negro'' corre nas veias de judeus, povos do levante, sul europeus e norte europeus.
http://abagond.wordpress.com/2011/05/30/how-black-are-jews/

Anônimo disse...

No caso do link da ''whiteness border'' (falei certo?) eu acho que explica muita coisa, provavelmente os europeus antigos eram mais parecidos com os médio orientais modernos. Pra mim mestiço é aquele que é verdadeiramente mestição na aparência. Até criei uma regra, lei da dominância. Se não existe dominância de características raciais o indivíduo é mestiço ''puro'',rs. Se existe dominância total de características caucasianas o indivíduo é caucasiano, o termo branco é mais uma questão cultural do que racial, a maioria dos brancos na verdade são amarelados na pele. Os africanos nos chamam assim 'yellow man'' (yellow tem dos êles? enfim).
Um mulato não é negro, é mulato, em tudo no mundo não existe ''eu sou, eu não sou'', existe a variância de ser. Existem variações de uma mesma cor, inúmeras combinações. O vermelho é puro, o vermelho claro é mestiço mas continua sendo vermelho.

Quarto Cavaleiro disse...

O ser humano tem uma imensa capacidade de adaptação ao meio e este é capaz até de selecionar características e transmiti-las a gerações futuras. A adaptação depende também do modo de vida dos indivíduos e da forma de organização social da sociedade em que aqueles estão inseridos. Somente entendo a cultura de uma sociedade entenderemos como se dão os processos de desenvolvimento dos potenciais humanos. E como muitos ocidentais já se adaptaram a um meio onde deixaram reinar a inversão: o jogo das culpas, a emasculação do homem, a dívida histórica, o homossexualismo militante, o desvirtuamento, a desumanização... Em suma a corrupção moral e a covardia, já houve uma adaptação humana a tal terreno semeado pelo progressismo e muita gente vai reagir contra tentativas de mudanças.

Quarto Cavaleiro disse...

O sistema cultural progressista é em grande parte puro reflexo condicionado. De forma contrária às grandes religiões, sua aceitação geral não depende de atos de reflexão, mas sim de adestramento e isso explica bastante a animalização do ser humano moderno. A ideologia do multiculturalismo é uma dessas formas de adestramento do ser humano, faz com que percamos tempo discutindo seus pormenores e sua legitimidade (a ideologia multiculturalista de centro-esquerda é ilegítima por si mesma e ainda perdemos tempo e dinheiro com ela). Tira o foco do eleitor de questões realmente importantes para a sociedade e terá como uma de suas conseqüências a perda das tradições e referências do povo ocidental, gerando um vazio existencial que terá de ser preenchido com valores civilizacionais que dêem respostas convincentes, ou com poder estatal absoluto... O modo de consumista ainda mascara o fato de os brancos, no campo cultural progressista, terem um incentivo grande a exercer suas potencialidades contra si mesmos e as gerações vindouras. Isso ainda é a parte light da coisa, o pior é que centenas de milhões, de todas as raças, estão trabalhando para construir um mundo utópico que não se sabe no que vai dar. E quando todos descobrirem que estão no navio dos tolos, se é que vão, será tarde demais...

Anônimo disse...

''- a ênfase da imigração fosse na busca de pessoas qualificadas, com um mínimo de estudo e bons antecedentes, e não em ilegais ou em "refugiados" miseráveis e analfbetos que depois ainda fazem 50 filhos. ''

Mr X,
Acho que o Canadá e a Austrália fazem isso, mas aí pensemos, será que necessariamente um imigrante com diploma será sempre melhor que um não qualificado? O que é melhor, um imigrante do Sudão ''qualificado'' (segundo a estrutura de meritocracia intelectual do Ocidente) ou um sul coreano pobre? Aí aparece o impasse raça vs classe...
Eu li em algum lugar que apesar de Washington, uma cidade de maioria negra ter a maior renda per capita dos EUA também é uma das mais violentas e problemáticas. Dinheiro embraquece? Óbvio que não.

Bárbara disse...

>" O que é melhor, um imigrante do Sudão ''qualificado'' (segundo a estrutura de meritocracia intelectual do Ocidente) ou um sul coreano pobre?"

Nem um, nem outro. Melhor um afrikander sul africano.

>" uma cidade de maioria negra ter a maior renda per capita dos EUA também é uma das mais violentas e problemáticas. Dinheiro embraquece? Óbvio que não."

Também já li.
Dá - lhe mais, dá - lhe mais que ele merece!!!
kkkkkkkkkkkkkkkk

Bárbara disse...

Correção: afrikaner. Sem o D

Anônimo disse...

Eu não vejo problema em dizer que alguns milhões de espanhóis numa visão européia são mestiços. Várias pesquisas já constataram isso. Inclusive uma pesquisa recente constatou que sangue ''negro'' corre nas veias de judeus, povos do levante, sul europeus e norte europeus.
.
.
exato:xavi,fabregas,nadal e davi villa são exemplos de espanhóis mestiços!

Anônimo disse...

"No caso do link da ''whiteness border'' (falei certo?) eu acho que explica muita coisa, provavelmente os europeus antigos eram mais parecidos com os médio orientais modernos."
.
com base no que você afirma isto?
o médio oriental moderno tem uma origem semita -isso se verifica pela forte presença do haplogrupo J , já a raça branca tem origem nativa européia (neandertais) indo-européia e indo iraniana -isto se verifica pelas ramificações do haplo-grupo R1A,R1B e I!

antijornalista disse...

Muito interessante a colocação da divisão entre assimilacionistas e multiculturalistas, que domina o debate considerado aceitável pela mídia chique. Pra mim ambas as tendências são dois lados da mesma moeda, ambos defendem a imigração em massa de povos totalmente estranhos ao povo hospedeiro, ambos compartilham da noção de que um país não é nada mais do que um aglomerado qualquer de pessoas num espaço aleatório do mapa em que qualquer homo sapiens pode aderir, finalmente, ambos não se importam com o fato da população de origem imigrante estar caminhando a passos largos para tornar-se maioria, e ainda defendem que nada mudará se isso acontecer.

Multiculturais e assimilacionistas são como petistas e tucanos, tudo o que os separa são pequenas diferenças estratégicas em relação a um objetivo comum.

Anônimo disse...

''com base no que você afirma isto?
o médio oriental moderno tem uma origem semita -isso se verifica pela forte presença do haplogrupo J , já a raça branca tem origem nativa européia (neandertais) indo-européia e indo iraniana -isto se verifica pelas ramificações do haplo-grupo R1A,R1B e I!''

Se realmente pele clara dentre outros atributos específicos dos caucasianos são mutações recentes eu poderia pensar nessa possibilidade. Quando disse que ''pareciam com os médio orientais'' é óbvio que não me referi a um iemenita negróide. Um sueco pigmentado, ou seja, com pele menos branca, olhos e cabelos castanhos pode passar fácil por um sul europeu, mas enfim, se afirmei isso me perdoe.
Pra mim existem 3 raças principais: caucasiana, mongolóide e negróide.
A única real diferença entre caucasóides europeus e não-europeus ME PARECE que é a seleção natural mais intensa principalmente entre os nórdicos. Não passa na sua cabeça que o haplogrupo J possa também pertencer ao ramo caucasóide? Quando as pessoas falam semita pra mim não é o mesmo que não-branco, é uma variedade do branco, e isso os grandes nomes da antropologia física do século passado que afirmaram.Quer saber mais sobre desigualdades raciais do que o Rushton? O mesmo nesse caso.

Anônimo disse...

Bárbara,
é óbvio que entre um imigrante branco, um negro e um oriental eu prefiro o branco, mas não botei uma terceira alternativa, foi somente uma comparação entre dois grupos raciais completamente distintos um do outro, tanto em termos biológicos como em termos comportamentais, a minoria modelo vs a minoria problemática. E em cima disso botei a questão das classes sociais e intelectuais. O igualitarismo insano ocidental quer exatamente isso, que as pessoas enxerguem as crendenciais dos cotistas, diploma, mestrado, e achem do alto de suas ignorâncias que os negros ''conquistaram'' a igualdade ou que são ''tão inteligentes quanto um branco''. A estratégia das cotas é mexer com a questão social, que é tão forte aqui no Brasil, o povinho cai que nem mané, pff.

Bárbara disse...

Entendido anônimo.
Concordo com você

Mr X disse...

Essas pesquisas sobre quem se considera branco, índio ou preto são completamente inúteis, melhor fazerem teste genético de uma amostra representativa por região.

Não tendo acesso à informação genética das pessoas, pra mim branco é quem tem fenótipo de branco, isto é, pele clara e certos atributos faciais, como olhos e nariz, que dizem muito. Aí fica a questão se brancos são só os 100% europeus ou se os outros grupos como semitas, etc, também fazem parte. Se houve muita mistura, também há ainda muitos eurodescendentes brasileiros que são caucasianos sim.

Agora, li por aí uma vez sobre um estudo que dizia quem é 85% de uma certa raça teria características bem próximas dessa raça, isto é, 85% seria o limite. Sei lá...

Uma coisa curiosa são os indianos que, se não são brancos, tampouco são negros ou semitas, e costumam ter pele escura. De onde vem, não sei. Conheci alguns indianos bem inteligentes... Se bem que lá tinha o sistema de castas.

Bárbara disse...

Indianos não são uma raça mestiça de austromelanésios com caucasianos????

O sistema de castas não era um apartheid que separava as duas populações? Por sinal, não adiantou em nada.

Existem indianos muito inteligentes, é verdade, mas pudera né??? Uma população de mais de 1 bilhão... se não tivesse ninguém inteligente entre tantos... são resquícios do DNA aria... branco.

Anônimo disse...

Pelo que eu fiquei sabendo pesquisas genéticas descobriram que os indianos de castas mais elevadas e também do noroeste do país apresentam maior percentual de sangue das ''raças caucasianas'' do que os do sul.
Os indianos do norte seriam mestiços de caucasianos e dravidianos (indianos natos racialmente falando) enquanto os do sul e os mais pobres podem ser a população nativa do subcontinente. Cavalli Sforza teria dito que na verdade a humanidade se dividiria em mais raças do que os 3 ramos principais, na verdade subraças, por exemplo, os sardos que são uma ilha genética na Europa seriam uma subraça distinta.

Anônimo disse...

Parece que a raça dravidiana é uma raça distinta, os indianos do norte são híbridos de povos ''brancos'' de cepa iraniana e da Ásia Central.

Anônimo disse...

Mr X,
85% é muita coisa, me lembro que em testes genéticos de algumas celebridades brasileiras o percentual de sangue branco foi muito alto apesar delas serem mestiças. A Ivete Sangalo por ex teria 99,2% de sangue caucasiano. Temos de pensar na possibilidade da cantora ter sangue semita e os geneticistas que realizaram a pesquisa tenham incluído haplogrupos comuns em judeus e árabes como brancos. No mais, ela seria então mais branca que vc,rs.

Anônimo disse...

http://s155239215.onlinehome.us/turkic/60_Genetics/Cavalli-SforzaEn.htm

Por isso que considero os habitantes do oriente médio como pertencentes parcial e ou total à raça caucasiana.

Bárbara disse...

Quanto papo furado!!!!

Vocês vão querer me convencer agora que o Neguinho da Beija - Flor é mesmo 80 e poucos % europeu...

Por favor!!!!

Rovison disse...

É isso aí, Antijornalista. Tanto o assimilacionismo quanto o multiculturalismo são coisas maléficas para a preservação das características específicas dos povos brancos e de seus respectivos estados-nações.
Parabéns pela sua lucidez.

Mr X disse...

Googleei agora. A Ivete Sangalo é branca mesmo, mas 99,2%, hum, achei que tivesse mais herança indígena. Agora, Dayane dos Santos com maior herança europeia do que africana, isso não parece muito correto... Se bem que às vezes o genótipo é uma coisa e o fenótipo outra. E o Neguinho da Beija-Flor 67% europeu e 31% africano... Isso sim que não dá pra acreditar.

Anônimo disse...

O cara do fantástico, Zeca Camargo é 96% europeu (ou eurasiático,sei lá como dizem).
No caso do Neguinho (afrodescendentezinho) da Beija-Flor é explicável. Quanto maior a mistura maior a aleatoriedade e descasamento entre fenótipo e genótipo. O povo brasileiro, mestiço como é, segundo pesquisas é em média mais de 70% europeu. Ou seja, como a raça branca é a mais recessiva dentre as outras, quanto maior a percentagem de sangue caucasiano mais branco vc é. Mas depende da mistura, se tiver sangue indígena uma pessoa com menos de 90% de sangue branco pode apresentar fenótipo totalmente branco. Chad Murray, ator americano é meio japonês, por ex.

Anônimo disse...

http://www.meionews.com.br/index.php/noticias/21-estado-do-rio/4607-negros-e-pardos-do-rio-tem-mais-genes-europeus-do-que-imaginam-segundo-estudo.html

Mr X disse...

Poxa, tô revoltado até agora! A Ivete Sangalo, mais branca do que eu? Vou criar um grupo de axé music então! Ou de pagode! Qual será o haplogrupo dela?

Anônimo disse...

Ela pode ser semita. Família do interior do nordeste, parece que teve endogamia (maioria dos parentes são brancos) racial. O Lula é criptojudeu. Eu posso ser também.


Um negro com genética branca é possível , agora um branco?

Mr X disse...

Lula, judeu? Essa e' nova. Bem, parece que havia muitos cristaos novos no Nordeste durante a colonizacao.

Mr X disse...

Interessante. Achei aqui:

http://judeusdobrasil.blogspot.com/2011/05/presidentes-brasileiros-de-origem.html

E vejam isto, a Barbara vai adorar:

http://judeusdobrasil.blogspot.com/2011/05/nossa-elite-e-mais-judaica-do-que.html

Tenho a impressao que muitissimas pessoas no Brasil tem ascendencia judaica, devido ao numero expressivo de "cristaos novos" que aportaram por aqui durante a colonizacao. Muitos dos que foram expulsos de Portugal e Espanha vieram pra ca. Alguem sabe qual e' o haplogrupo mais associado com os judeus? Eu acho que nao tenho ascendencia judia, poderia ser talvez vinda da Espanha, mas pelos meus antecedentes e haplogrupos nao indica.

Anônimo disse...

"Se realmente pele clara dentre outros atributos específicos dos caucasianos são mutações recentes eu poderia pensar nessa possibilidade."
.
recentes ,oque seria "recentes"?
.
ha uma grande distorção do termo caucasiano.ele foi ,e ´é, usado para se referir a povos orignarios no caucaso ,acontece que os atuais indianos, norte africanos e medio orientas tiveram origens diferentes em difrentes regiões que não no caucaso .antropologos do seculo 19 usaram a "semelhança"( adivinda da MISCIGENAÇÃO)fenotipica destes povos com o europeu , para ,erronamente ,considera-los caucasianos!
.
diante desta confusão o termo branco começou a ser usado para destinguir os reais caucasianos ( haplogrupos R1A,R1B e I ) dos demais!
.

"Quando disse que ''pareciam com os médio orientais'' é óbvio que não me referi a um iemenita negróide. Um sueco pigmentado, ou seja, com pele menos branca, olhos e cabelos castanhos pode passar fácil por um sul europeu, mas enfim, se afirmei isso me perdoe. "
.
1)independente da região medio orientas são mestiços .
2)suecos não são despigmentados apenas possuem um tipo diferente de melanina!
3) não sei oque voce tem em mente como um sul europeu -sei que um branco sul europeu se difere ,em média ,de um sueco ,apenas, pela coloração dos cabelos e olhos!
.
exemplos de sul europeus:
http://www.xabialonso.org/wp-content/uploads/2007/04/XabiAlonsoSpain_2063961.jpg
.
http://2.bp.blogspot.com/-KbZTWbYPNvs/TdbvpZYIcXI/AAAAAAAAHJ8/NPphjz6UL40/s1600/Iker+Casillas+II.jpg
.
http://www.noticiasf1.net/fotosf1/alonso_ferrari1.jpg
.
http://imagensgratis.com.br/imagens/futebol-fernando-torres-768bef.peg
.
http://www.grandprix.com/jpeg/misc/mug07-trulli.jpg
.
http://formulawallpapers.com/wallpapers/giancarlo_fisichella_wallpaper.jpg
.
.
"nordicos" europeus:
http://www.vecchiasignora.it/public/vs/userimg/0%20pavel-nedved.jpg
.
http://img.thesun.co.uk/multimedia/archive/01177/laudrup-main_1177359a.jpg
.
http://www.exposay.com/celebrity-photos/viggo-mortensen-road-paris-0IO6lw.jpg
.
http://www.soccerlimeyinamerica.com/wp-content/uploads/2011/07/Klinsmann.jpg
.
http://farm3.static.flickr.com/2347/2244913634_2c90d829ae.jpg

Anônimo disse...

"Parece que a raça dravidiana é uma raça distinta, os indianos do norte são híbridos de povos ''brancos'' de cepa iraniana e da Ásia Central"
.
OS IRANIANOS QUE INVADIRAM O NORTE DA INDIA ERAM REALMENTE BRANCOS ...A FORTE PRESENÇA DE RAMIFICAÇÕES DO HAPLOGRUPO R1 NO NORTE DA INDIA E NO PAQUISTÃO PROVAM ISTO!

Anônimo disse...

Mr X,
85% é muita coisa, me lembro que em testes genéticos de algumas celebridades brasileiras o percentual de sangue branco foi muito alto apesar delas serem mestiças. A Ivete Sangalo por ex teria 99,2% de sangue caucasiano. Temos de pensar na possibilidade da cantora ter sangue semita e os geneticistas que realizaram a pesquisa tenham incluído haplogrupos comuns em judeus e árabes como brancos. No mais, ela seria então mais branca que vc,rs.
.
.
IVETE SANGALO É MESTIÇA NEM SE PRECISA FAZER TESTES DE DNA PARA PERCEBER ISTO!
LEMBRA-SE QUE NA EUROPA ,DEVIDO A PRESENÇA DE MESTIÇOS,A MUITAS RAMIFICAÇÕES DE HAPLOGRUPOS DE ORIGEM CIGANA,ARABE E NORTE AFRICANA QUE EM AVALIAÇÕES GENÉTICA NO BRASIL SÃO CONSIDERADOS D ORIGEM EUROPÉIA!

Anônimo disse...

Quanto papo furado!!!!

Vocês vão querer me convencer agora que o Neguinho da Beija - Flor é mesmo 80 e poucos % europeu...

Por favor!!!!
.
.
ESTES TESTES FORAM FEITOS A PEDIDO DA REDE GLOBO.
ESTE "PEQUENO" FAZ TODA A DIFERENÇA NA HORA DE CONSIDERAR OU NÃO ESTES RESULTADOS!

Anônimo disse...

No caso do Neguinho (afrodescendentezinho) da Beija-Flor é explicável. Quanto maior a mistura maior a aleatoriedade e descasamento entre fenótipo e genótipo.
.
PARECE QUE ESTE "DESCASAMENTO" ENTRE FENÓTIPO E GENÓTIPO NÃO VINGOU NO NEGUINHO DA BEIJA FLOR -QUE APESAR DE SER ,SUPOSTAMENTE ,31% NEGRO EM NADA DIFERE DE UM ZULU!







O povo brasileiro, mestiço como é, segundo pesquisas é em média mais de 70% europeu.
.
.
OU SEJA :O POVO BRASILEIRO É A CARA DO NEGUINHO DA BEIJA FLOR -POIS ELE ,SUPOSTAMENTE ,É 67% EUROPEU?

Anônimo disse...

Mas depende da mistura, se tiver sangue indígena uma pessoa com menos de 90% de sangue branco pode apresentar fenótipo totalmente branco.

ENTÃO PORQUE IVETE PARECE UMA INDIA?

Anônimo disse...

Chad Murray, ator americano é meio japonês, por ex.

GOOGLEI E SÓ ACHEI FOFOCAS SOBRE ESTE ASSUNTO...NADA QUE BATASSE O MARTELO!

Anônimo disse...

Ela pode ser semita. Família do interior do nordeste, parece que teve endogamia (maioria dos parentes são brancos) racial. O Lula é criptojudeu. Eu posso ser também.
.

OS AVÓS PARTENOS DO LULA ME PARECEM MAIS CABLOCOS DO QUE JUDEUS!
http://f.i.uol.com.br/livraria/capas/images/09313349.jpeg

Mr X disse...

“Vamos saber de onde eu venho, para onde eu vou: européia 99,2%, ameríndia 0,4% e africana 0,4%. Isso está errado, viu? Acho que eu sou mais africana. Não gostei não, está sem suingue”, reclama Ivete.

Gosto bastante da Ivete, sempre a achei simpática embora não goste muito do seu gênero de música. Estive revendo fotos, ela parece ser bem mais do que 0,4% ameríndia. Nada contra, mas, se ela é européia, de que país? Não duvido que seja de maioria europeia, mas eu daria um 90% e não 99.

O problema do teste deve ter mais a ver com a metodologia utilizada, que não sei qual foi. Por exemplo, no 23andme eles chamam de ´asiático´ o que na verdade é ameríndio. Se a Globo quisesse estimular a mestiçagem, os resultados seriam mais mestiços!

Quanto ao Lula, certamente é muito misturado, se tem judeu na família, é faz muito tempo!

Será que agora o Neguinho da Beija Flor vai mudar seu nome para Europeuzinho da Beija Flor? Ah ha

Anônimo disse...

''recentes ,oque seria "recentes"?''

Depende do ponto de vista, recente pra mim é aquilo que aconteceu um mês atrás. Já para a evolução humana...

Anônimo disse...

''exato:xavi,fabregas,nadal e davi villa são exemplos de espanhóis mestiços!''

Sim, PODEM ser exemplos de espanhóis ''mestiços''. Engraçado que outros países europeus segundo a genética são quase tão mestiços quanto os ''mais morenos'', do sul da Europa e não vejo nacionalista branco comentar, ao contrário, a Finlândia é um caso interessantíssimo, 58% da herança materna desse povo veio da Ásia, provavelmente do Norte da Ásia. Ou seja, talvez os finlandeses tenham muita coisa em comum em relação aos ameríndios ou aos mongóis. E os saami então? metade caucasiano, metade mongolóide. Será que os povos ao redor nunca se misturaram com eles?

Anônimo disse...

''Tenho a impressao que muitissimas pessoas no Brasil tem ascendencia judaica, devido ao numero expressivo de "cristaos novos" que aportaram por aqui durante a colonizacao. Muitos dos que foram expulsos de Portugal e Espanha vieram pra ca. Alguem sabe qual e' o haplogrupo mais associado com os judeus? Eu acho que nao tenho ascendencia judia, poderia ser talvez vinda da Espanha, mas pelos meus antecedentes e haplogrupos nao indica.''

Principalmente no Nordeste e em Minas se concentrariam a maioria dos cripto judeus, marranos ou cristãos novos e seus descendentes. Mas na verdade temos de pensar em muitas coisas, primeiro, acho que não é possível definir quem é judeu e quem não é pela genética (se bem que em alguns sites sobre ascendência tem essa opção). Os judeus, assim como fenícios dentre outros povos do oriente médio tem feito incursões e migrações para a península ibérica desde antes do império romano. Se eu tiver haplogrupo J, não significa que serei imediatamente um descendente de judeu. Acredito que deva existir uma variação desse marcador que é praticamente exclusiva dos judeus, aí sim se eu tiver posso ser um descendente.
Lula tem feições judaicas pra mim, meio misturadas mas tem. O judaísmo é muito mais uma etnoreligião do que somente uma religião.Mais da metade dos judeus americanos são ateus mas continuam sendo judeus. Seu eu me tornar ateu deixarei de ser católico, consegue entender a diferença?

Anônimo disse...

''ha uma grande distorção do termo caucasiano.ele foi ,e ´é, usado para se referir a povos orignarios no caucaso ,acontece que os atuais indianos, norte africanos e medio orientas tiveram origens diferentes em difrentes regiões que não no caucaso .antropologos do seculo 19 usaram a "semelhança"( adivinda da MISCIGENAÇÃO)fenotipica destes povos com o europeu , para ,erronamente ,considera-los caucasianos!
.
diante desta confusão o termo branco começou a ser usado para destinguir os reais caucasianos ( haplogrupos R1A,R1B e I ) dos demais!''

Anônimo,
o termo caucasiano é utilizado amplamente para definir as pessoas que pertencem parcial ou totalmente à raça localizada na Europa, Ásia central, Oriente médio, norte da África e parte do subcontinente indiano. Concordo que são regiões onde a miscigenação com outros povos e raças aconteceu, mas isso não muda a natureza tanto genética quanto biológica deles. Eu discordo em gênero, número e grau os brancos realistas raciais que sugerem que no Brasil só tenha 11% de brancos, se usar o termo não científico ''puro'' eu concordo, mas é impossível vc não ver uma pessoa que olha branco ou mesmo parcialmente branco e não concordar que há sangue caucasiano correndo em suas veias. Mesmo com a mestiçagem as diferenças genéticas entre caucasóide não-europeus e europeus é baixa, engraçado que em um dos links que passei sobre a distribuição das raças os dravidianos parecem ser anteriores aos caucasianos, o que pode nos sugerir que são proto caucasóides.
O termo mongolóide fica na mesma situação, vem da Mongólia, mas é usada para classificar pessoas na Malásia. O termo é geográfico, serve para englobar um grande número de pessoas que estão total ou parcialmente dentro do grupo maior. No caso do ''caucasiano'', ele serve tanto para os povos do cáucaso quanto para raça. O termo ''branco'' também pode ser usado mas é na minha opinião menos científico que ''raça branca''. O termo ''branco'' ao longo de história tem sido mais cultural. O ''caucasiano ou caucasóide'' surgiu justamente nessa época da explosão antropológica no início do século XX.

Bárbara disse...

>"E vejam isto, a Barbara vai adorar"

Eu não disse? Não disse???

>"Tenho a impressao que muitissimas pessoas no Brasil tem ascendencia judaica"

Tenho que erguer a mão???

>"PARECE QUE ESTE "DESCASAMENTO" ENTRE FENÓTIPO E GENÓTIPO NÃO VINGOU NO NEGUINHO DA BEIJA FLOR -QUE APESAR DE SER ,SUPOSTAMENTE ,31% NEGRO EM NADA DIFERE DE UM ZULU!"

Este teste optou pela incompleta análise do espectro ancestral, analisando apenas o mtDNA materno e o Y-DNA paterno, enquanto que a análise completa só pode ser feita por meio de polimorfismos gênicos.

Anônimo disse...

''diante desta confusão o termo branco começou a ser usado para destinguir os reais caucasianos ( haplogrupos R1A,R1B e I ) dos demais!''

Uma dúvida:o haplogrupo J é natural do oriente médio ou fruto da miscigenação que tem ocorrido na região?

Bárbara disse...

>"Lula tem feições judaicas pra mim, meio misturadas mas tem."

O fenótipo judeu tende a ser dominante ao africano e ameríndio? Só por curiosidade.

>"a Finlândia é um caso interessantíssimo, 58% da herança materna desse povo veio da Ásia, provavelmente do Norte da Ásia."

Credo! Eu olho para o Kimi Räikkönen e não vejo nada mongol lá!

Anônimo disse...

''1)independente da região medio orientas são mestiços .
2)suecos não são despigmentados apenas possuem um tipo diferente de melanina!
3) não sei oque voce tem em mente como um sul europeu -sei que um branco sul europeu se difere ,em média ,de um sueco ,apenas, pela coloração dos cabelos e olhos!''

Só uma coisa anônimo, não queira tentar ''consertar o que digito''. Eu faço especulações do que pode ser, vc me parece, já nasceu sabendo. Só sei que estou vendo a Europa ser invadida e destruída por imigrantes (nem todos que fique claro) e no alto dessa situação ainda tem gente que está mais preocupada em separar o que na cabecinha oca e limitada deles o q é um ''sul europeu puro'' e um ''sul europeu não puro''.Sérvios e búlgaros, dois dos povos com mistura turca por ex, estão dentre os mais racistas e nacionalistas do velho continente. Seus adoráveis loiros do norte estão no extremo oposto,dando de bandeja as suas mulheres. Faça-me o favor. Faltou vc falar ao Iker Casillas que a repórter que ele tá pegando é meio negróide na aparência. Ou a aquele jogador catalão que a Shakira é mestiça. E depois eu me pergunto pq o movimento pró causa branca não vai decolar tão cedo... Vamos às vacas frias:
Sim,concordo com vc que uma parte substancial dos médio orientais são mestiços em algum ponto (também são brancos em algum ponto, alguns mais que outros), agora, afirmar com A grande que TODOS são mestiços é complicado. Alguns povos de lá são bem endogâmicos, armênios, assírios. A definição de puro pra vc é algo que cientificamente não pode ser comprovado. Um alemão 100% germânico não existe, um alemão pode ser francês, dinamarquês, austríaco e polonês misturado.

Anônimo disse...

''2)suecos não são despigmentados apenas possuem um tipo diferente de melanina!
3) não sei oque voce tem em mente como um sul europeu -sei que um branco sul europeu se difere ,em média ,de um sueco ,apenas, pela coloração dos cabelos e olhos!''

Com relação aos suecos, existe uma grande diferença entre o que eu disse e vc disse?? Se compararmos a cor de pele predominante na Espanha e na Suécia os suecos são mais despigmentados do que os espanhóis. Vários antropólogos físicos como Coon vendo a semelhança praticamente perfeita entre os esqueletos dos nórdicos e dos mediterrâneos chegou à constatação que os primeiros seriam somente uma evolução do mediterrâneo, ou seja os escandinavos seriam mediterrâneos despigmentados. Pode ser que sim e que não.

Anônimo disse...

3) não sei oque voce tem em mente como um sul europeu -sei que um branco sul europeu se difere ,em média ,de um sueco ,apenas, pela coloração dos cabelos e olhos!

Eu tenho em mente o povo sardo como um sul europeu ''puro''.
http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://s1.zetaboards.com/anthroscape/topic/936817/2/&ei=WTrHTcb1I8-Ttwft-_2sBA&sa=X&oi=translate&ct=result&resnum=5&ved=0CEkQ7gEwBA&prev=/search%3Fq%3Dpeople%2Bof%2Btoscana-zetaboards%26hl%3Dpt-BR%26biw%3D1024%26bih%3D651%26prmd%3Divns

Anônimo disse...

''OS IRANIANOS QUE INVADIRAM O NORTE DA INDIA ERAM REALMENTE BRANCOS ...A FORTE PRESENÇA DE RAMIFICAÇÕES DO HAPLOGRUPO R1 NO NORTE DA INDIA E NO PAQUISTÃO PROVAM ISTO! ''

Calma Anônimo,
isso só prova o que eu disse, hj mesmo mestiços os povos dessas regiões são parcialmente brancos.

Anônimo disse...

''ESTES TESTES FORAM FEITOS A PEDIDO DA REDE GLOBO.
ESTE "PEQUENO" FAZ TODA A DIFERENÇA NA HORA DE CONSIDERAR OU NÃO ESTES RESULTADOS! ''

Este ''pequeno''????

Anônimo disse...

Ah sim, com certeza, vejam que a reportagem extremamente tendenciosa chegou a brilhante conclusão de que não existem raças humanas já que existem mestiços. Só um completo analfabeto surdo e mudo em biologia pra considerar isso.

Anônimo disse...

PARECE QUE ESTE "DESCASAMENTO" ENTRE FENÓTIPO E GENÓTIPO NÃO VINGOU NO NEGUINHO DA BEIJA FLOR -QUE APESAR DE SER ,SUPOSTAMENTE ,31% NEGRO EM NADA DIFERE DE UM ZULU!

Não entendeu o que quis dizer quando disse descasamento. Veja só: um branco com genética branca, casamento entre fenótipo e genótipo. Um negro com genética branca, descasamento entre fenótipo e genótipo. Entendeu?

Anônimo disse...

''OU SEJA :O POVO BRASILEIRO É A CARA DO NEGUINHO DA BEIJA FLOR -POIS ELE ,SUPOSTAMENTE ,É 67% EUROPEU?''

Pode-se dizer que sim. Nossos amigos portuga fizeram esse favor pra nós, putz.

''ENTÃO PORQUE IVETE PARECE UMA INDIA?''

Ivete parece uma formiga atômica bem nutrida.
Não é a regra, PODE acontecer. Tava vendo um documentário de uma família neozelandesa. Apesar do fato da mulher ser maori, e toda aquela pataquada de politicamente correto e mistura de raças, ME PARECERAM ser pessoas ótimas. (engraçado que os maoris tem qi alto, podem praticar crimes na Nova Zelândia mais do que os brancos, mas o país é o mais pacífico do mundo, não deve significar muita coisa, além do mais os brancos não são santinhos como uns e outros pintam por aí). Voltando, dos seis filhos do casal, uma menina parecia meio branca, os outros estavam meio termo, só um era mais maori na aparência. Muito interessante. Tava passando na tv cultura.

Anônimo disse...

''GOOGLEI E SÓ ACHEI FOFOCAS SOBRE ESTE ASSUNTO...NADA QUE BATASSE O MARTELO! ''

Eu achei fofocas desse assunto em sites pró-brancos, como apricity.

Anônimo disse...

''OS AVÓS PARTENOS DO LULA ME PARECEM MAIS CABLOCOS DO QUE JUDEUS!
http://f.i.uol.com.br/livraria/capas/images/09313349.jpeg ''

Não somente aparência. O Lula é mestiço mas tem algumas características judaicas, nariz, sombrancelhas, braquicefalizado.

Anônimo disse...

''O fenótipo judeu tende a ser dominante ao africano e ameríndio? Só por curiosidade.''

Bárbara,
o fenótipo judeu pertence a variedade de fenótipos encontrados entre os brancos. Sim, são em sua maioria recessivos. Por ex, a maioria dos judeus tem rosto oval, característica de nórdicos e mediterrâneos. O rosto redondo é dominante, o oval é recessivo. Interessante que pode estar relacionado à seleção sexual para beleza, visto que rosto oval tende a ser mais bonito que o redondo que pode passar uma aparência mais infantil nas pessoas.
O cabelo liso é recessivo, se um pessoa 20% índia se casar com uma pessoa branca o cabelo liso pode se manifestar com tranquilidade podendo hipoteticamente compôr um aspecto integralmente caucasiano.
Veja Yasmin Brunet e a Luíza Brunet.
Algumas características indígenas são semelhantes às brancas.

Anônimo disse...

''Credo! Eu olho para o Kimi Räikkönen e não vejo nada mongol lá!''

Bárbara,
é bem mais complexo que isso. No mais, eu não desconsidero os finlandeses por isso, mas exaltá-los como povo púrpuro de brancura é ser tendencioso, burro e convenientemente nordicista. Os húngaros, que estão no centro da Europa também são dos mais misturados. O fato é que para muitos, infelizmente, nacionalistas brancos, esse tipo de coisa importa muito,mais do que pensar em estimular a fecundidade branca, a coisa mais importante para a nossa causa mas que é mais vilipendiada.

Bárbara disse...

>"a maioria dos judeus tem rosto oval"

Eu diria triangular. Há uma diferença.

>"Algumas características indígenas são semelhantes às brancas."

Eu falo num sentido geral.

>"é bem mais complexo que isso."

Sim, só estava caçoando mesmo. Mas vc disse que 58% da herança materna desse povo veio da Ásia, e me parece que as características mongólicas tendem a ser dominantes sobre as caucasianas. A maioria dos finlandeses, que vejo por fotografias e vídeos, são caucasianas nórdicas puras para mim. Estou surpresa. Pela porcentagem, Já sabia que eles tinham um pouco de DNA "asiático".

Anônimo disse...

Oval e triângular é a mesma coisa,rs, o quase a mesma coisa.

N verdade ''nórdicos puros'' são os suecos, os noruegueses, estes sim. Nórdico é um termo que quase sempre está relacionado ao cabelo loiro, olhos claros, faz sentido e te mesmo uma relação mas é superficial olhar deste jeito. Características faciais, dentre outras coisas definem melhor do que apenas cor de olhos e cabelos.
Engraçado que a Finlândia é um dos povos mais gordos do mundo, será que a alimentação ocidental é prejudicial a eles? Tem uma teoria sobre o fraco dos russos para a bebida, herança asiática. 95% dos orientais tem baixa resistência a álcool. (obs.: devo ter sangue mongolóide então,rsrs).
Os finlandeses são mais loiros que os suecos e noruegueses mas já vi muitas fotos dos primeiros que parece que tem cepas asiáticas como rosto arredondado, bochechas pronunciadas,altas, olhos oblíquos, etc.

Anônimo disse...

Bárbara,
parece que há uma distribuição elevada da herança asiática entre eles, mas a quantidade de sangue deve ter sido pouca. O sentido de pureza para algumas pessoas é um tipo de genética única, o que existe mesmo é uma compilação de marcadores somente identificáveis em um povo que pode provavelmente ser caracterizado como pureza.

Anônimo disse...

Todos os haplogrupos são encontrados em praticamente todas as populações humanas. A diferença principal é a sua distribuição e frequência. Isso que define raças e subraças.
Achei isso aqui.
http://www.erectuswalksamongst.us/Chap28.html

Bárbara disse...

>"Oval e triângular é a mesma coisa,rs, o quase a mesma coisa."

Não, no triangular a parte superior da cabeça é claramente maior que a inferior, mais afilada. No oval há equilíbrio.

>"devo ter sangue mongolóide então"

kkkkkkkkkkkk

Eu ouvi dizer que os judeus ashkenazi estão "protegidos" geneticamente do alcoolismo. Um bisavô materno meu era este tipo de judeu (ele se converteu ao cristianismo. Fraco! kkk).Mas eu sou abstêmia. Por isso não posso dizer se recebi esta herança.

Quanto esta história toda de haplotipo, haplogrupo, vou dizer o que penso: não confio muito nisso, no que tange há classificações. Podem me chamar de idiota, retrógrada, quadrada, mas eu ainda prefiro a velha taxonomia antiga, craniometria, etc. Além de tudo é mais divertida.

>"Achei isso aqui."

Está brincando???!!! Achei este mesmo índice ontem. Bastante coisa legal, não é???

Anônimo disse...

Bárbara,
dizer achei isso é força de expressão, faz tempo que tenho este link traduzido, EXTREMAMENTE INTERESSANTE, mudará muita coisa.

Anônimo disse...

Bárbara,
com relação aos judeus ashkenazes, interessante, eu acho que já tinha ouvido essa questão a algum tempo atrás. Os europeus do norte devem ter desenvolvido alguma resistência a bebidas alcóolicas.

http://gladio.blogspot.com/2011/07/estudo-recente-confirma-que-maioria-dos.html
http://professor-de-ciencias.blogspot.com/2009/09/brasileiros-de-origem-predominante.html
http://ordembrasilica.vilabol.uol.com.br/geneticabrasileiro.htm
Achei isso aqui, sobre a descendência dos portugueses.

Bárbara disse...

>" EXTREMAMENTE INTERESSANTE, mudará muita coisa."

Tomara.

>"Os europeus do norte devem ter desenvolvido alguma resistência a bebidas alcoólicas."

Sim, parece que alguns tem imunidade ao HIV também.

>"Achei isso aqui, sobre a descendência dos portugueses."

Muito informativo. Mas estes portugueses são todos uns FDPs. Não me importa nem o DNA deles. Não merecem nem ser chamados de brancos.

Mr X disse...

Poxa Barbs, você não gosta de judeu, de preto, de mulato, de índio e agora nem de português. Assim fica difícil arranjar marido no Brasil! Rs.

Eu gosto das portuguesas.

Acho que o único grupo com quem tive problemas foram os muçulmanos (árabes e paquistaneses), os ciganos e, curiosamente, os alemães! Não os de SC, os da Alemanha mesmo!

Bárbara disse...

>"Assim fica difícil arranjar marido no Brasil! Rs."

Olha só quem fala?! Pela sua idade, instrução, contatos e viagens realizadas, deveria estar casado há quase uma década, e com três filhos. Se preparando para o 4°.

Não é do seu interesse ou direito saber de minha vida pessoal, mas na verdade não é difícil nada. Aqui onde vivo, há uns teutos bem interessantes e educados. Estou me achegando a um. É muito tímido, como eu. Mas já saímos juntos para tomar sorvete. É um bom começo. À moda antiga. kkkkkkkkkk
Me deseje boa sorte!

>"Eu gosto das portuguesas. "

Você é um mulherengo, gosta de qualquer rabo de saia.
kkkkkkkkkkkk

Estou brincando X.

>"Não os de SC, os da Alemanha mesmo!"

Já estou farta de saber disso. Nunca fui a Alemanha, mas aqui em SC, os "alemões" como eu, costumam ser simpáticos.

Mr X disse...

Poxa Bãrbara, é que eu estava esperando para casar com você. Mas pelo jeito já me trocou por um alemãozinho mais jovem, sua chata.

Minha vida pessoal tampouco é da sua conta! Rsss.

Bárbara disse...

>"é que eu estava esperando para casar com você."

O que acha da bigamia??

>"Mas pelo jeito já me trocou por um alemãozinho mais jovem, sua chata."

Perdoável.

>" Minha vida pessoal tampouco é da sua conta! Rsss."

Imperdoável!

Anônimo disse...

Nem todos né Bárbara,
tem uns portuga inteligentes, são bem raros mas tem.

Bárbara disse...

>"Nem todos né Bárbara,
tem uns portuga inteligentes, são bem raros mas tem."
Pode ser que sim, mas com certeza os que foram à 500 anos, não se envolveram com a colonização na América. Caso contrário....

Anônimo disse...

Esses aí só se misturaram com negros, índios transformando o Brazel nessa coisa linda e evoluída,só isso.

Mr X disse...

Olha anonimo, se os portugueses nao tivessem vindo, o Brasil seria ainda 100% indigena...

Os portugueses sao gente boa.

Sera que todos os anonimos sao 100% germanicos? Comeco a me preocupar...

Bárbara disse...

>"Esses aí só se misturaram com negros, índios transformando o Brazel nessa coisa linda e evoluída,só isso."

É isso mesmo. O primeiro português que desembarcou aqui, ao botar os pés na areia (creio que foi areia), já foi abaixando as calças para o primeiro ser vivo que tinha uma vagina. (desculpe X, não quero vandalizar)

Você é tem a mesma opinião que a minha, mas creio ter me expressado mal, e vou corrigir: Eu quis dizer que os portugueses inteligentes há mais de 500 anos atrás, devem ter sido impedidos de se envolverem com a colonização, só os burros ficaram no comando. Os burros e promíscuos. O que é pior.

Bárbara disse...

>"Sera que todos os anonimos sao 100% germanicos? Comeco a me preocupar..."

Insolente!

Rovison disse...

Bárbara, gosto muito desses seus comentários mordazes e, obviamente, de vc também.

Bárbara disse...

Rovison, sem falas modéstias, eu também acho legal ser um pouco ácida nos comentários, pois o X já tem um grande número de leitores bastante intelectualizados e sensatos, como você e tantos outros. Alguém como eu, equilibra as coisas aqui.

Viram, sou um mal necessário.
kkkkkkkkkkkkkkkk

Rovison, gosto muito de você também. É um homem muito carinhoso e agradável. É bom trocar idéias contigo.

Bárbara disse...

* sem falsas modéstias

Mr X disse...

Na boa, os portugueses que colonizaram eram homens que vieram sozinhos, é claro que transaram com índias e negras. Queriam o que, que virassem homossexuais? Observem que a ascendência negra ou indígena das pessoas atuais é quase toda matrilineal (mtDNA). Negros tiveram menos oportunidade de transar com mulheres portuguesas!

Fossem germanicos ou chineses, não seria muito diferente, os anglos também transaram com negras nos EUA, ou como acham que os afro-americanos conseguiram o 20% de sangue europeu? Roubando? Kkkk.

Suponho que estou achando todo mundo muito exigente, kkkk, não gostam de negro, de mulato, de asquenazi, de sefardita, de ibérico misturado, de índio, de português, de europeu do sul... Infelizmente o Brasil é um país misto sim, não gostou, vá pra Alemanha, quer dizer, não vá não que agora ela está cheia de turcos, rsss. Esses até eu odeio, kkkk.

(just kidding, amigos)

Mr X disse...

Sou de origem espanhola, não portuguesa, mas os espanhóis traçaram muitas índias também. Mas acho que menos negras. Talvez porque havia menos escravos nos países hispanohablantes. Aliás, acho que na verdade sou basco. Parcialmente, é claro.

Mas tenho boas lembranças de Portugal!

Rovison disse...

Ditador do Zimbábue vai confiscar terras de todos os brancos no pais
Robert Mugabe, de 87 anos, afirma que reforma agrária devolve as terras a "seus verdadeiros donos"
O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, de 87 anos, anunciou neste sábado (10/12) que vai confiscar todas as terras em posse de fazendeiros brancos no país e distribuí-las a zimbabuanos negros.
Num comunicado distribuído aos membros de seu partido, o Zanu-PF, Mugabe, que está no poder desde 1980 e já anunciou a vontade de continuar no cargo nas próximas eleições, disse que terminará o polêmico processo de reforma agrária iniciado em 2000, devolvendo as terras a “seus verdadeiros proprietários”, de acordo com o jornal oficial The Herald.
"O Zimbabwe não poderá ter uma democracia real e durável enquanto as suas reservas naturais permanecerem nas mãos de estrangeiros e servirem os interesses e as economias estrangeiras", diz o texto assinado pelo ditador.
Atualmente, existem pouco menos de 200 propriedades rurais em posse de brancos no Zimbábue. Desde 2000, mais de 4 mil fazendeiros perderam suas terras e tiveram que deixar o país. Foi a partir daí que se intensificou uma grave crise econômica e humanitária, com hiperinflação em desemprego em massa. Ex-colônia britânica, o Zimbábue tem uma das maiores taxas de infecção pelo virus do HIV no mundo.
Desde 2009, após eleições permeadas por acusações de fraude, Mugabe se viu forçado a governar junto a seu rival político, Morgan Tsvangirai, líder do Movimento para a Mudança Democrática, uma coalizão que promoveu certa estabilidade econômica ao Zimbábue a década de crise financeira.
Fonte: http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/18450/ditador+do+zimbabue+vai+confiscar+terras+de+todos+os+brancos+no+pais.shtml

Anônimo disse...

Mr x,
não sou ''germânico'', só sou realista. Os portugueses realmente foram responsáveis por proezas como de manter um território imenso como o Brasil. O problema principal deles foi se misturar, concordo, uma índia pelada e olhando com tesão pra vc querendo dar a bunda, caia em cima sem sombra de dúvida. Os portugueses deveriam ter trazido suas esposas, o problema não é demográfico, o número insuficiente de pessoas para ocupar o território. Acha que a Inglaterra inteira se mudou para as 13 colônias? Era só trazerem noivas ibéricas e pronto, nem precisava ser portuguesa, contanto que fossem européias tava bom. Os anglos se misturaram com os negros em proporções muito menores e mantiveram a segregação até 60 anos atrás. Os espanhóis depois da mistura dividiram a população em castas, nos países hispânicos a elite branca se mistura muito menos. Nada se compara a este câncer chamado Brasil em termos de miscigenação.
Devo ser bastante português inclusive na genética. Na minha família paterna, sangue com resus negativo é extremamente comum, meu pai tem, eu posso ser meio basco também então rs.

Anônimo disse...

''Se o problema do comportamento dos negros é genético, fica a mesma questão do que com os homossexuais, quer dizer, se é genético eles não tem culpa de serem como são. Mas qual a solução? Sim, eu li esse artigo sobre a testosterona e sua relação com o crime, talvez se poderia colocar redutores hormonais na fast-food... Mas não seria antiético?''

Antiético é entregar um cidadão honesto a patologia comportamental de outrens.

Bárbara disse...

>"Na boa, os portugueses que colonizaram eram homens que vieram sozinhos, é claro que transaram com índias e negras. Queriam o que, que virassem homossexuais? "

Na boa, digo eu, esta é umas das desculpas mais esfarrapadas que já vi em toda a minha vida, mas você não é o único a apresentá - la.;

Oi, eu estive trabalhando numa estrebaria por muito tempo e não tinha mulheres lá, como haviam algumas éguas no cio, eu não pude deixar de "cair em cima", eu não sou viado, ué!!!

Oi, eu estive trabalhando numa cozinha por muito tempo, como não tinha mulheres, eu vi uma torta de maça...

Oi, eu estive durante muito tempo num jardim de infância, etc.

Isso chega a me dar nojo. Já ouviram falar em "controle do impulsos"? Sabiam que seres humanos são capazes???

E são pessoas assim que querem ainda discursar sobre bons costumes, monogamia, lealdade, discursar contra o hedonismo, a falta de temor, etc. Realmente, ninguém tem nada para me ensinar de moral.
Por outro lado, eles que dormissem com quem quisessem, contanto que fossem capazes de fazer um sistema de segregação racial, coisa que sequer pensaram (mas os ingleses sim, como bem disse o amigo acima)

>"Aliás, acho que na verdade sou basco. Parcialmente, é claro. "

Aaahhh, grandes coisas!!!

>"Ditador do Zimbábue vai confiscar terras de todos os brancos no pais"

Por que ele não vai confiscar o **********????!!!

>"uma índia pelada e olhando com tesão pra vc querendo dar a bunda, caia em cima sem sombra de dúvida."

Por favor....!!!! Me poupe!

Anônimo disse...

O meu último comentário era pra ter sido postado no texto ''Sem religião não há solução''.
Falha minha.

Anônimo disse...

Bárbara,
não sabia que vc não era mente poluída, desculpe pelo meu comentário sobre os traseiros das Índias, mas não deixa de ser verdade. Eu esqueço que tem vc como representante das mulheres pró-causa branca, pq aqui no site, em qualquer site pró-branco, no mínimo 80% é de homem.
Vc sendo mulher é fácil falar, fico imaginando eles sem transar com nenhuma mulher e ver os chefes das tribos oferecendo as índias como esposas. O problema nem é esse, tipo, eu sou meio misturado, nem por isso sou um mestiço puro no aspecto,o problema é cometer os mesmos erros do passado. Como disse antes, pode satisfazer seu desejo sexual, mas se case com uma branca e tenha muitos filhos, e segregue, pronto. Não fizeram nada disso. Outro erro, importar milhões de escravos negros para o brasil. Só tem um nome para todos esses atropelos: ganância.

Anônimo disse...

"Ditador do Zimbábue vai confiscar terras de todos os brancos no pais"


De novo?
Onde foi que eu vi que num país africano depois que os fazendeiros brancos foram embora os negros que ocuparam as fazendas não souberam administrá-las (kkkkkkkk) e tiveram de chamar ''por favor'' que voltassem para ajudar.
http://www.vnnforum.com/showthread.php?t=126755

Anônimo disse...

Agora que eu vi direito o link sobre os fazendeiros brancos na África, o presidente nigeriano que ''importou'' os brancos expulsos do Zimbábue.

Bárbara disse...

>"Bárbara,
não sabia que vc não era mente poluída, desculpe pelo meu comentário sobre os traseiros das Índias"

De fato, anônimo, eu não sou tão a vontade para falar de sexo tão aberta e diretamente. Mas não se preocupe quanto às expressões e palavras usadas, eu também apresento um vocábulo bastante vulgar, às vezes. O meu "por favor...Me poupe!" era a respeito do seu gosto. Para mim é impossível ter intimidade com alguém que não me atrai, seja qual for o quesito, não apenas o físico, mas incluindo este. A maneira como vcs falaram, deu a entender que somos como animais que precisam apenas satisfazer necessidades físicas, como se faz para matar a sede.
E mesmo nesse caso, todos querem água de boa qualidade. Por outro lado, ficar sem beber, mata. Ficar sem sexo, não.

>" Só tem um nome para todos esses atropelos: ganância."

Pior é que você tem razão.

>" tiveram de chamar ''por favor'' que voltassem para ajudar."

Por favor...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Bárbara disse...

Desculpem, não pude evitar:

Da próxima vez que alguém de uma "minoria" não - branca aparecer, ditando regras e dizendo: "Vocês vão ver que eu sou capaz", eu vou responder assim, ó:

http://www.youtube.com/watch?v=xKyZJk33enc

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ai, que demais!

Mr X disse...

Primeiro, essas todas são coisas que só podem ser vistas a posteriori. O que os portugueses queriam era encontrar ouro e prata, e plantar cana de açúcar. Trouxeram escravos, como também fizeram os holandeses e os franceses, porque precisavam de mão de obra. Traçaram índias, e por que não. Não tinham mais ninguém lá (a Igreja até trouxe algumas órfãs portuguesas para casar com alguns e evitar o contato maior com os índios. Se bem que o casamento com indígenas também era uma forma de pacificar as tribos.) No mais, nem todos pensam igusalmente sobre raça. Pessoalmente, acho que todos os grupos humanos tem suas vantagens e desvantagens, e a perfeição não existe.

Agora, se chegamos a um ponto em que as mulheres índias são comparadas a éguas no cio ou a tortas de maçã, francamente, não há muito o que discutir...

Enfim, todo este papo está conseguindo me deixar deprimido. Acho que não mais vou fazer posts sobre raça etc.

Abs.

Anônimo disse...

Nossa Mr X,
tá sensível demais viu?
Ou seja, se antes postava quase nada sobre raça agora então?

Bárbara disse...

>" se chegamos a um ponto em que as mulheres índias são comparadas a éguas no cio ou a tortas de maçã, francamente, não há muito o que discutir... "

Calma lá. Assim quem se sente ofendida sou eu. Me sinto desprezível com esta sua interpretação. Eu não quis compará-las à éguas ou tortas (eu não sou tão racista quanto pensam). O que eu quis foi usar o seu raciocínio para tentar justificar coisas que creio ser inaceitáveis ou não desejáveis , como zoofilia, pedofilia, ignore sobre a torta, estava sem criatividade.

>"Se bem que o casamento com indígenas também era uma forma de pacificar as tribos.)"

Nisso, você tem toda a razão.

>" todo este papo está conseguindo me deixar deprimido. Acho que não mais vou fazer posts sobre raça "

Dane-se!!! Você sempre diz isso.

Mr X disse...

"Dane-se!!! Você sempre diz isso."

kkkkkk é mesmo. É mais forte do que eu. No fundo, sou fascinado por toda essa questão genética-racial. Mas não quero parecer racista e alienar meus leitores cafuzos e mamelucos. Rsssss.

Só esclarecendo, quem pratica zoofilia é provavelmente um pouco doente. Transar com índias ou negras está perfeitamente dentro da normalidade, portanto o argumento não rege. Quer dizer, qualquer ser humano normal não precisa "controlar impulsos" para nao sair por aí transando com éguas ou cabritas, basta ser normal.

Anônimo disse...

''Mas não quero parecer racista e alienar meus leitores cafuzos e mamelucos. Rsssss.''

Mr X,
espero que esse seu comentário tenha sido de brincadeira mesmo pq senão parecerá arrogante.
Eu não pertenço a esses grupos,rsrsrs.
Será que tem muitos ''não brancos'' no seu blog?

Bárbara disse...

>"Mas não quero parecer racista e alienar meus leitores cafuzos e mamelucos. Rsssss."

Eu sei disso, não quero fazer de você um racista nazista como eu.

>"Só esclarecendo, quem pratica zoofilia é provavelmente um pouco doente. Transar com índias ou negras está perfeitamente dentro da normalidade, portanto o argumento não rege. Quer dizer, qualquer ser humano normal não precisa "controlar impulsos" para nao sair por aí transando com éguas ou cabritas, basta ser normal."

Droga! Você sempre me convence!Bem, nem tanto assim. Se você buscar uma literatura mais antiga, verá algo sobre ser pecaminoso manter relações com outras raças, uma bestialidade.

Melhor pararmos por aqui. Ah não! Lembrei. Quero deixar claro que não tenho um ódio especial dos negros. Eu odeio todas as outras raças da mesma forma. Detesto os mongóis por exemplo. Viram o que fizeram com aquela garota da UCLA, há algum tempo?

Mr X disse...

"Mr X,
espero que esse seu comentário tenha sido de brincadeira mesmo pq senão parecerá arrogante."


Sim, eu estava brincando. Tenho certeza que deve haver leitores não-brancos, e são mesmo bem-vindos, aliás seria interessante a perspectiva deles sobre a questão racial-cultural. Estou bem longe de ser dogmático sobre este tema, se nem sou mesmo contrário à miscigenação.

Tem leitores bem mais radicais do que eu, aliás, seria bom que escolhessem um pseudonimo para eu poder diferenciar os vários anônimos. Ou não, sei lá.

"Viram o que fizeram com aquela garota da UCLA, há algum tempo?"

Sim, eu vi. O pior que ela nem falou nada de tao terrivel assim sobre os asiaticos, e teve que abandonar a universidade. Mas e todas as piadas de loira que fizeram sobre ela?

Anônimo disse...

Bárbara,
que que aconteceu que não fiquei sabendo? vendo mídia aberta é impossível.

Eu tenho admiração pela capacidade de ser paciente e laborioso, tirando isso. Conheci um oriental na faculdade e achei ele quase tão debilóide quanto qualquer outro brazuca típico, e o cara era marrentinho ainda por cima.

Bárbara disse...

>"Bárbara,
que que aconteceu que não fiquei sabendo? vendo mídia aberta é impossível."

Ela fez um vídeo e colocou no you tube, criticava os asiáticos e seu comportamento na biblioteca da universidade. Ela até imitou o jeito deles. Depois pediu para que se esforçassem em assimilar a cultura norte - americana, e se comportassem como ocidentais. Sabe o que aconteceu? Além de ter sido expulsa, choveu vídeos de negros, hispânicos, e asiáticos (unidos com os outros dois tipos) debochando da coitada.

Aqui está o vídeo dela:

http://www.youtube.com/watch?v=FNuyDZevKrU

E aqui está uma carta aberta que o Jared Taylor, de American Renaissance mandou a ela. Ótima carta.

>"Mas e todas as piadas de loira que fizeram sobre ela?"

Sabe o que acontece quando alguém conta uma piada de loira para mim???

>" o cara era marrentinho ainda por cima."

O que é marretinho? Eu odeio eles e suas caras chatas.

Bárbara disse...

Estúpida! esqueci de colar o endereço da carta aberta:

http://www.amren.com/mtnews/archives/2011/03/ucla_student_wh.php

Autor desconhecido disse...

Bárbara,
não sabe o que é marrento??
É uma expressão carioca acredito eu, significado ''metido, arrogante''.
O pior é que tá namorando uma branca agora.

Mr X disse...

Nota, a moça não foi expulsa da universidade não, apenas sentiu-se desconfortável com todo o bafafá e abandonou o curso.

Eu gosto de asiáticos e asiáticas. Só dá eles nas universidades americanas. Fazem bons filmes às vezes. São pacíficos. Tem uma culinária interessante (falo de japoneses e tailandeses. os chineses são mais nojentos e comem muita coisa horrível. E os coreanos comem cachorro).

Bárbara, será que o termo ´mongóis´ não é meio pejorativo não? Cuidado, ou vc vai ter que abandonar sua universidade... Kkk.

Autor desconhecido disse...

Mr x,
na verdade eu não tenho muito contato com eles, pq onde moro tem pouco. É puro preconceito meu mesmo não gostar deles. Na verdade eu não gosto mesmo é de negro, nem um pouco, eu não gosto de gente burra, pode estar pintado de ouro que se for idiota não vou gostar.

Bárbara disse...

>"a moça não foi expulsa da universidade não, apenas sentiu-se desconfortável com todo o bafafá e abandonou o curso. "

Que seja!!!

>"Bárbara, será que o termo ´mongóis´ não é meio pejorativo não?"

Como assim????

>"Cuidado, ou vc vai ter que abandonar sua universidade... Kkk."

Quando eu ingressar numa, vai saber...

>"pode estar pintado de ouro que se for idiota não vou gostar."

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Bárbara disse...

>"não sabe o que é marrento??
É uma expressão carioca acredito eu, significado ''metido, arrogante''."

Ele que apareça na minha frente com cara de metido, já vai ver o que é ter olhos pequenos de verdade.

>"O pior é que tá namorando uma branca agora."

Tomara que sejam estéreis. Ninguém merece. Ah não, a sociedade brasileira merece.

Bárbara disse...

>"Cuidado, ou vc vai ter que abandonar sua universidade... Kkk." 2

E quem disse que eu abandonaria???
Nem pensar. Entro no dia seguinte ao do barraco, de queixo erguido, e ai daquele que olhar torto.

sucht, was?

Anônimo disse...

apos ler os comentarios, nao consigo entender como o dono do blog aguenta pessoas da estirpe desta barbara, alem de nazista eh estupida como uma pedra

Autor desconhecido disse...

Anônimo,
DEVE ser pq o dono do blog acredita numa coisa chamada Liberdade de Expressão. Conhece?
Agora, mais burro e estúpido é vc que não sabe que a palavra após tem acento no O, comentários tem acento no A,Bárbara é maiúsculo, nome próprio sabe? e também tem acento, no A.
Não se esqueça que estúpido também tem acento, aliás desse vc não deveria esquecer nunca. FICA DICA.
Além da Bárbara será que também desgosta da acentuação?
Olha, não sei se a Bárbara é um troll do sexo masculino que adotou um pseudônimo feminino, coisa rara ver mulher por essas bandas pró-causa branca. (Aliás eu posso ser o contrário dela, vá se saber).
No mais, seria melhor e prudente tratá-la com educação. Tem gente aqui que me enerva também (será que vc entrou na lista??). Uma coisa é atacar o comentário, outra é a pessoa, seja homem, mulher, travesti, não interessa, além de analfabeto será que gosta de bancar o ridículo também?? Perceba que se o ataco ''pessoalmente'' agora é pq mereceu. Bancar a criança birrenta e remelenta que bate o pé e sai xingando Deus e o mundo pq ouviu aquilo que não concorda é coisa pra demente.

Bárbara disse...

>"nao consigo entender como o dono do blog aguenta pessoas da estirpe desta barbara, alem de nazista eh estupida como uma pedra"

Quem você pensa que é, seu sujeitinho??? Vá procurar o que fazer.

>"Olha, não sei se a Bárbara é um troll do sexo masculino que adotou um pseudônimo feminino, coisa rara ver mulher por essas bandas pró-causa branca."

Como se atreve????
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Obrigada pelo apoio, autor desconhecido.

Autor desconhecido disse...

Por nada Bárbara.

Anônimo disse...

para autor desconhecido = nada disso refuta a ideia de que ela eh uma nazista estÚpida.

Autor desconhecido disse...

Para o sei lá quem,
também não muda que vc é estúpido, burro e analfabeto.

Nazista não me parece um xingamento.

Autor desconhecido disse...

idéia também tem acento.

PQP

Mr X disse...

Ideia não tem mais acento, mudou com a nova regra gramatical.

Anônimo disse...

autor desconhecido querendo ou nao, acabou de confirmar o que eu disse sobre ela

racista lunática é xingamento para mim

Autor desconhecido disse...

Mr X,
mal sabia escrever o antigo português, quiçá este agora... Que merda!!!
pelo menos tem uma luzinha do lado né?
(obs.: tinha que ser português, só uma coisa, unificar o quê???? só no Brasil se falam 27 dialetos diferentes??)

Autor desconhecido disse...

Anônimo,
eu não confirmei nada.
Todos nós somos racistas. Vamo botar vc no ghetto salpicados de negros a noite pra ver se vc não fica um ''racista lunático'' também!!! No mínimo quando um negro passar perto de vc, ficará ressabiado. Em compensação se um branco passar perto TENHO CERTEZA ABSOLUTA que vc não ficará tenso.

Tem uma coisa na neurociência, genes-espelho, desde criança sabemos quem pertence a nossa tribo. Isso é racismo também!!!
A entonação que se dá a uma palavra pode torná-la uma coisa maravilhosa ou horrível.
Dinheiro por ex.

Anônimo disse...

"Sim, PODEM ser exemplos de espanhóis ''mestiços''. Engraçado que outros países europeus segundo a genética são quase tão mestiços quanto os ''mais morenos'', do sul da Europa e não vejo nacionalista branco comentar, ao contrário, a Finlândia é um caso interessantíssimo, 58% da herança materna desse povo veio da Ásia, provavelmente do Norte da Ásia. Ou seja, talvez os finlandeses tenham muita coisa em comum em relação aos ameríndios ou aos mongóis. E os saami então? metade caucasiano, metade mongolóide. Será que os povos ao redor nunca se misturaram com eles?"
.
os mestiços finlandeses se concentram mais ao norte e centro do pais .pode se dizer que os restante(sul)do pais é bem puro!
.
sami são mestiços ,nunca vi nenhum stormfronter ou o povo la do skadi dizer o contrario!

Anônimo disse...

Anônimo,
"o termo caucasiano é utilizado amplamente para definir as pessoas que pertencem parcial ou totalmente à raça localizada na Europa, Ásia central, Oriente médio, norte da África e parte do subcontinente indiano. Concordo que são regiões onde a miscigenação com outros povos e raças aconteceu, mas isso não muda a natureza tanto genética quanto biológica deles."
.
.
caucasiano povos de origem no cáucaso ...que parte você não entendeu? os atuais indianos ,norte africanos e médio orientais são extremamente mistos - haplo-grupos originários no cáucaso, tanto paterno quanto materno, são minoritários nestes povos!

Autor desconhecido disse...

''os mestiços finlandeses se concentram mais ao norte e centro do pais .pode se dizer que os restante(sul)do pais é bem puro!
.
sami são mestiços ,nunca vi nenhum stormfronter ou o povo la do skadi dizer o contrario!''

Os mestiços finlandeses existem, aliás não sei como é a distribuição de haplogrupos asiáticos entre eles, portanto, se 58% dos finlandeses tiver mistura asiática por parte de mãe 42% dele seriam ''puros''??
Amigo, stormfront não por favor, a imensa maioria dos geneticistas REALISTAS RACIAIS os desprezam.

''caucasiano povos de origem no cáucaso ...que parte você não entendeu? os atuais indianos ,norte africanos e médio orientais são extremamente mistos - haplo-grupos originários no cáucaso, tanto paterno quanto materno, são minoritários nestes povos!''

Vc deveria perguntar isso para os antropólogos que nos fizeram o favor de dividir a humanidade mediante raça, subraça, etc... não a mim, sou somente um replicante daquilo que eles encontraram.
EU ENTENDO, até pq sei geografia, que os verdadeiros ''caucasianos'' são na verdade os povos do cáucaso, assim como os povos balcânicos, nos balcãs, uma questão geográfica.
O temo caucasiano surgiu me parece, me corrija se estiver errado, pq antropólogos ou sei lá quem encontraram os melhores exemplos de esqueletos da raça branca nesta região, diga-se de passagem relativamente distinta quanto a genética em relação à Europa. Daí o termo ''caucasiano'' se tornou científico, para denominar a maioria e ou a maior parte das populações da Europa, norte da África, Oriente próximo, ásia central e nordeste da índia.
Do mesmo jeito que o termo Mongolóide foi usado, a teoria de que a raça ''amarela'' surgiu e ou se desenvolveu nos planaltos da atual Mongólia.

Autor desconhecido disse...

O povo saami mesmo sendo mestiço continua sendo meio branco, na verdade não sei qual é exatamente a genética deles. Alguns dizem que eles são o resquício dos antigos povos europeus que povoaram a região norte européia.
No caso do Oriente médio ou próximo, existem povos muito mestiços, outros nem tanto e outros que praticamente não tem muita mistura, ou seja, um grupo heterôgeneo, muita calma nessa hora.
Mesmo assim, um libanês médio continua olhando branco pra mim, mais branco que um do ásia central ou do Paquistão mas branco. Se uma pessoa olha branca pra mim é branca, lembre-se do exemplo que citei sobre as cores, o vermelho claro ou escuro continua sendo vermelho.