segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

O sonho e a realidade

O multiculturalismo, em tese, é uma bela ideia. Pessoas de culturas diferentes participando pacificamente de um intercâmbio de suas melhores produções literárias, artísticas e culturais. Amizades nascendo e romances florescendo. Paz e amor, em vez de brigas e discussões.

Eu já tive esse sonho, e gostei bastante.

Porém, como tantas outras coisas na vida, é -- não digo que totalmente, mas em parte - uma miragem, uma ilusão.

Nem digo que seja impossível: os povos europeus normalmente fizeram um bom trabalho de intercâmbio artístico e cultural ao longo dos séculos -- quer dizer, isto quando nào se envolviam em violentas guerras fratricidas entre si, não é mesmo?  

E quando o intercâmbio vira global, as possibilidades de conflito pioram ainda mais.

A imagem que a maioria das pessoas tem de multiculturalismo é esta.

Lamentavelmente, o que vemos na prática é mais parecido com isto ou isto ou isto.

A esquerda tem maior capacidade para ver as coisas de uma forma abstrata, idealista, sem porém examinar a prática ou querer acordar do seu sonho para a dura realidade. E assim, muitas vezes, o sonho vira pesadelo.

E, no entanto, uma coisa curiosa está acontecendo hoje em dia, mesmo dentro da própria esquerda. Não sei se é um conflito de gerações, entre os progressistas velha guarda e os progressistas mais radicais de hoje. (Não é de hoje que as revoluções matam suas próprias crias).

Porém, mais de uma celebridade de esquerda já surpreendeu-se recentemente ao ser atacada por ser "homófoba" ou "racista", quando juravam estar do lado "certo".

Primeiro foi a Meryl Streep, atacada como "racista" por ter dito que "todos viemos da África".

Depois, Fernanda Torres também foi atacada por ser "racista" e "anti-feminista" por escrever um texto a favor das mulheres.

Ambas tiveram que se ajoelhar e pedir desculpas. Se nem os progressistas conseguem ficar em paz entre si, como querem que o mundo inteiro consiga?

Bem, é verdade que, antigamente, ser de "esquerda" ou de "direita" era tomar posições políticas. Hoje não. Se uma certa pessoa é "branca" e "cis" ("palavra" ridícula que sequer existia até ontem), ela já não pode entender a "dor das minorias". Então:

- Se um homem não se posiciona como "feminista" e não apoia o último protesto histérico da semana, já virou um "machista".

- Se uma feminista radical não inclui os transexuais em seu manifesto, esqueça - é uma "transexofóba".

- Se um branco ou uma branca (ou nem isso, basta ser mestiço claro) diz... bem, neste caso nem precisa dizer ou fazer nada - é racista por definição. Já para o paredão!

É realmente fascinante.  E vejam que isso aconteceu bem recentemente, nos últimos cinco ou dez anos apenas, pois não lembro que fosse assim antes.

Bem, não sei, é estranho, mas talvez isso seja bom.

Quer dizer, se não adianta votar pelo casamento gay que virão com o "poliamorismo" ou a "zoofilia", se não adianta dar welfare pois vão querer reparações, se não adianta dar "cotas" pois também querem bolsa de estudo, se não adianta gostar da cultura deles pois é "apropriação", se não adianta chamar de "afro-americano" ou "hispânico" em vez de negro e latinoamericano pois acham que existe "racismo institucional", se não adianta ser contra a "islamofobia" mas tem também que dar cidadania plena para cidadãos-bomba, se não adianta construir mesquitas mas tem também que financiá-las, se não adianta construir museu do holocausto mas também precisa apoiar toda e qualquer gerra no oriente médio, se não adianta o homem branco se ajoelhar e pedir perdão por todos os crimes possíveis e imagináveis, bem... 

...então talvez o branco então finalmente decida que o melhor mesmo é dar um gigantesco "foda-se" e cair fora, ou expulsar os descontentes:

"Vamos tesouro, não se misture com essa gentalha."

Por outro lado... o homem branco tampouco é aquela maravilha, e de certa forma é o próprio culpado pela sua desgraçae, e se não estivessem brigando com outros povos, os brancos estariam brigando entre si, como sempre estiveram por vários séculos.

É como dizia Mark Twain, "não me importa se o sujeito é preto, branco ou amarelo. Tudo que preciso saber é que ele é um ser humano - isto é suficiente, não existe nada pior."

(Bem, sem querer contrariar, às vezes penso que a sociedade das formigas é quase tão cruel quanto a humana, ao menos para os coitados dos machos, mas elas tem a desculpa de não serem seres com raciocínio muito elevado. Se bem que, será que nós somos? E as formigas têm uma organização social mais eficiente.)

No mais, Bárbara tem razão, ando falando bobagem demais, preciso é fechar o blog, ou então virar colunista da Veja. Já tenho até um título para o primeiro texto: "Sim, Virgínia, o multiculturalismo é possível."

Amigos para sempre.

92 comentários:

Sabedor disse...

''A esquerda tem maior capacidade para ver as coisas de uma forma abstrata''

Não caio nessa, eles não entendem as abstrações, por isso que as idealizam.

Sabedor disse...

"transexofóba".''

O tipo de palavra trava-língua que a gente precisa pegar no tranco, tanto pra falar quanto pra escrever. melhor um ''transfob''


Bárbara é uma misterxfóbica!!

Estava bom o texto, até você começar a chorar.... quer um lenço***

Silvio disse...

Mister vou deixar q a notícia fale por si:

http://www.independent.co.uk/news/world/europe/incest-and-necrophilia-should-be-legal-youth-swedish-liberal-peoples-party-a6891476.html

Sabe a tal "Catástrofe iminente" de que os "especialistas vivem falando? Na verdade ela já aconteceu. Nós estamos vivendo em meio a ruínas (tanto reais quanto metafóricas) pós-apocalípticas.

Fábio Peres disse...

Quando ninguém pode colocar-se no lugar do outro, sentir a dor do outro como se fosse a sua, quando não podemos nos solidarizar com o que acontece com o oprimido ... então damos uma banana, porque temos mais o que fazer.

Mr X disse...

"transexofóba".''

Agora que vi, parece que o certo é "transfóbica"


"quer um lenço***'

sim por favor.

direita disse...

Lufada de ar fresco ou mais uma falsa oposiçao ? Só o tempo dirá !

http://m.sputniknews.com/europe/20160225/1035331614/anti-immigration-march-tallinn.html




Lider do partido responsavel pela marcha nacionalista :

"TV talk show in May 2013: "Estonia shouldn't allow things to go as far as in England, France and Sweden. Our immigration policy should have one simple rule: if you're black, go back. As simple as that. We shouldn't allow this problem to emerge in the first place."[39] Afterwards, a Postimees poll showed 70% of near 12,000 respondents agreed with Martin Helme’s stands.[9]"

https://en.m.wikipedia.org/wiki/Conservative_People%27s_Party_of_Estonia

direita disse...

"Somos todos africanos" , mas só quando água bate em vossas bundas ,pois quando brancos comuns são vitimas da mesmo tipo de chantagem , que posteriormente viram leis , que hoje afetam Hollywood a conversa é bem diferente .


Quanto mais diversificada for Hollywood menos ela terá legitimidade para promover a culpa branca .

direita disse...

É engraçado ela acusar os islâmicos ,dado que os paises campeões na pratica de estupro sao de maioria cristã e NEGRA .

direita disse...

Disseram que a visão de Fernanda Torres sobre "ismos " não é valida por ela ser branca ( nao é ,o pai é mestiço.) e de classe média .

O jogo da esquerda sempre foi se fazer de vitima ,eles nunca alcançariam a influencia e o poder que hoje possuem de outro modo.

direita disse...

Acho graça esses mercenarios pagos por judeus neocons querer promover a islamohesteria em um local e data que simbolizam a reaçao australiana contra a opressao multirracialista , no caso : a revolta violenta contra gangues libanesas "cristãs" que a anos vinham atacando jovens brancos nas praias de sydney.

Mr X disse...

"É engraçado ela acusar os islâmicos ,dado que os paises campeões na pratica de estupro sao de maioria cristã e NEGRA"

Na Europa, a maioria dos estupros são por muçulmanos, porém, eles não costumam estuprar em seus países, por motivos acho que óbvios.

Os países campeões em estupro:

https://en.wikipedia.org/wiki/Rape_statistics

Salta aos olhos o número alto nos países escandinavos (imigrantes muçulmanos?) e em países ameríndios como Nicaragua, etc.

A África do Sul é alto, mas, eles tem uma minoria branca que é constantemente vítima, e uma história complicada. outros países africanos não aparecem tão alto. Acho que há certamente um motivo político/social de ódio dos negros contra os brancos.

Acho que isto mostra que há mais estupros em países "diversos" do que em países mais homogêneos, mas posso estar enganado.

Anônimo disse...

America latina: Selvagens islãmic...ops ,quer dizer , cristãos queimam homem vivo.

https://youtube.com/watch?v=aZqqI5KVqmo

Fábio Peres disse...

Estupro nos países escandinavos é quando se faz sexo com uma mulher e ela não gosta.

White Nationalist disse...

Solidariedade com o "oprimido"? Que oprimido? Eu tenho sempre a impressão de que os anti-brancos acham que somos babá das outras raças e temos obrigação moral de os acolher.

Para eles os milhares de brancos mortos e estuprados por não-brancos não importam pois promover o multiculturalismo é o mais importante.

Anônimo disse...

Um passar de mão é considerado estupro nos paises nordicos.

As estatisticas em paises subsarianos sao muito substimadas . Mesmo na africa do sul ,segundo ongs ,o total de estupros é 10 vezes superior ao numero divulgado pelo governo.

AF disse...

"Primeiro foi a Meryl Streep, atacada como "racista" por ter dito que "todos viemos da África".

Depois, Fernanda Torres também foi atacada por ser "racista" e "anti-feminista" por escrever um texto a favor das mulheres.
"

Ah, o racismo, a palavra mágica da esquerda que intimida qualquer um, mesmo que tenha feito uma declaração inocente.

Se as pessoas não fossem tão programadas moralmente a achar que racismo é o pior crime do mundo, com certeza a esquerda não teria tanto sucesso assim com a sua "arma".

A esquerda é tão obcecada com racismo que para ela, é muito pior ser racista do que estuprar alguém. Eu simplesmente nem acreditei quando vi isso e cheguei até a pensar que fosse uma invenção de alguém da direita, mas não, o negócio é sério mesmo: "A rape can last 30 seconds, but racism last forever".

Então se alguém chamar um negro de macaco, ou dizer que é contra a imigração, ou dizer que todos viemos da África ou até se declarar a favor das mulheres, pode ter certeza que ele está cometendo o pior dos piores crimes do mundo e que dura para sempre, sempre e sempre. É algo para nunca se esquecer, nunca, afinal os negros tem complexo, coitados. Mas se alguém estuprar uma negra ou até mesmo matar um negro e um mestiço inocentes, como essa estudante branquela bêbada matou, aí ela está cometendo um crime levíssimo e pode até responder em liberdade pagando uma leve fiança. É um crimezinho qualquer, que não dura para sempre e é um grão de areia no universo inteiro se comparado a ser racista, segundo a esquerda.

Mr X disse...

"Selvagens islãmic...ops ,quer dizer , cristãos queimam homem vivo."

Linchamentos de bandidos ou meros suspeitos de bandidagem são comuns nesses países (no Brasil também).

Não significa que tenha muito a ver com o cristianismo, tem mais a ver com o baixo QI e a violência das massas em geral.

(Cristãos já queimaram bruxas na fogueira, é verdade, mas esta é outra história.)

Porém, acho que é verdade que em muitos casos hoje em dia, o islamismo leva a culpa por um comportamento que tem pouco ou nada a ver com a religião: é mais selvageria e primitivismo, mesmo.

Eu tampouco sou a favor da importação de milhões de cristãos de países de terceiro mundo (nem de budistas do Vietnã, e hindus da Índia).

Sabedor disse...

Mas a religião deles incentiva a selvageria.

Tem tudo a ver.

Sabedor disse...

Eu sou tranquilo, sou favorável a importação de budistas, kkkkk

Mr X disse...

"Mas a religião deles incentiva a selvageria."

Apenas contra os infiéis. O que o islamismo promove é o conceito de guerra santa ou jihad, a luta contra os não-maometanos.

Eles não estupram suas mulheres, mas a dos outros.

Se bem que, no Islã, se uma mulher é estuprada, ela muitas vezes leva a culpa e é presa ou apedrejada.

No islã a mulher é apenas propriedade, e a ocidental é uma vadia imunda.

Nem as japonesas estão seguras:

http://www.tokyoreporter.com/2016/02/22/tokyo-cops-arrest-turkish-asylum-seekers-in-gang-rape-of-woman/

Nesse sentido, os árabes cristãos se integram melhor, o que não é necessariamente uma vantagem.

Mr X disse...

Hihihih inspira-dor:

http://www.breitbart.com/tech/2016/02/26/germanys-open-door-policies-inspiring-says-facebook-ceo-zuckerberg/

Mr X disse...

Escreverei sobre isto em breve aguardem:

http://www.dailymail.co.uk/news/article-3461806/Swedish-15-year-old-rescued-ISIS-claims-travelled-EIGHT-countries-pregnant-join-jihadi-boyfriend-despite-not-knowing-Islam-is.html#ixzz416Gfknp8

Sabedor disse...

https://www.youtube.com/watch?v=84-X5iOdvw0

direita disse...

"Mas se alguém estuprar uma negra ou até mesmo matar um negro e um mestiço inocentes, como essa estudante branquela bêbada matou, aí ela está cometendo um crime levíssimo e pode até responder em liberdade pagando uma leve fiança."

mestiça de pele "clara ".

direita disse...

"Mas a religião deles incentiva a selvageria.

Tem tudo a ver."

vê se o mesmo no cristianismo e judaismo .

direita disse...

"Hihihih inspira-dor:

http://www.breitbart.com/tech/2016/02/26/germanys-open-door-policies-inspiring-says-facebook-ceo-zuckerberg/ "


America é uma naçao com cancer em estado terminal . o ponto de nao retorno já foi ultrapassado faz 30 anos .

direita disse...

29 de fevereiro de 2016 22:25
Blogger Mr X disse...
Escreverei sobre isto em breve aguardem:

http://www.dailymail.co.uk/news/article-3461806/Swedish-15-year-old-rescued-ISIS-claims-travelled-EIGHT-countries-pregnant-join-jihadi-boyfriend-despite-not-knowing-Islam-is.html#ixzz416Gfknp8


É finladesa a pirainha .mas sua fuga nada tem a ver com ideoligia religiosa .

CENSURADO AGAIN disse...

29 de fevereiro de 2016 08:53

OBVIO QUE VIVEMOS NUM FUTURO DISTOPICO NEM O LIVRO 1984 PREVIA ESSE NIVEL DE PODRIDÃO QUE O SNOWDEN FALOU PRATICAMENTE CHIPS JA QUE TODOS TEM E PRECISAM DE SEUS SMARTS OU ENTÃO VÃO VIVER COMO AMISH NUMA SOCIEDADE ESTAGNADA

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger direita disse...
Disseram que a visão de Fernanda Torres sobre "ismos " não é valida por ela ser branca ( nao é ,o pai é mestiço.) e de classe média .

O jogo da esquerda sempre foi se fazer de vitima ,eles nunca alcançariam a influencia e o poder que hoje possuem de outro modo.



29 de fevereiro de 2016 15:55

QUALQUER IMBECIL NOTA SEM VER PAI OU MÃE QUE ELA PARECE MOURA POIS ACHO QUE A MÃE TEM MAIS ASPECTO DE MOURA E FOI A QUEM ELA PUXOU

CENSURADO AGAIN disse...

AH SIM MOURA DAQUELAS DA UE MAS PARA SER DEMONIZADA NO FALSO OESTE A HIERARQUIA DO PC JA APARECE HEHE

CENSURADO AGAIN disse...

países ameríndios como Nicaragua, etc.

FALSO NICARAGUA É CHEIO DE AZAMBADOS

Santoculto disse...

''Apenas contra os infiéis. O que o islamismo promove é o conceito de guerra santa ou jihad, a luta contra os não-maometanos. ''


Ufa, menos mal! =)


''Eles não estupram suas mulheres, mas a dos outros.''


Faz sentido.

''Se bem que, no Islã, se uma mulher é estuprada, ela muitas vezes leva a culpa e é presa ou apedrejada.''

Mas eu pensei que fosse a religião da paz...


''No islã a mulher é apenas propriedade, e a ocidental é uma vadia imunda.''


Sim, a mulher ocidental é como uma piscina pública, está aberta pra todos. Já a mulher muçulmana é como uma piscina particular, apenas o marido (e famiglia) que pode usar e ela não pode sair da casa pra fazer o que quiser.


''Nem as japonesas estão segura''


Mediante as reações dos orientais quando se deparam com ''convidados'' alfafricanos fazendo arruaça em suas cidades, eu tenho a impressão de que o multiculti será quase tão auto-induzido e intenso por lá quanto está sendo na Suécia. E que as mulheres asiáticas vão cair de boca nos gringos, o que ainda salva o homem branco é que ele tende a ser bonito e menos beta-formiga operária-nerd como os leste asiáticos. Percebam que mesmo sem esta praga merdalista, os japoneses já estão tendo grandes dificuldades de paquerar e namorar as garotas, uma parte importante deles, diga-se.

Mediante o que acontece no Ocidente em que as mulheres leste asiáticas se casam em massa com os de fora, depois que assimilam, eu tenho más notícias para os leste asiáticos etno-nacionalistas.

Mr X disse...

"eu tenho más notícias para os leste asiáticos etno-nacionalistas."

Sim, se o Japão um dia virar um paraíso multicultural, as japinhas vão cair de boca nos pênis dos gringos brancos, e os japos homens vão ficar ainda mais dessexualizados. Já os não-brancos vão passar um bom tempo comendo as raspas do pote, ou quem sabe estuprando e matando. A Americanização do mundo continua a mil.

No mercado sexual multicultural:
Winners: homens brancos bonitos e mulheres brancas bonitas, homens negros, mulheres asiáticas
Losers: homens brancos average, mulheres brancas average, homens asiáticos, mulheres negras

Fábio Peres disse...

Japão, paraíso multicultural? Só quando galinha criar dente, principalmente considerando-se que o japonês médio está infantilizado demais para gostar "daquilo".

No mais, parece-me que vocês estão valorizando demais a variável "sexo", como se homens e mulheres vivessem apenas e tão somente para procriar. Muita gente transa menos do que gostaria, e a quantidade de pessoas que não querem nada com a procriação aumenta a cada dia.

Sabedor disse...

'' Só quando galinha criar dente, principalmente considerando-se que o japonês médio está infantilizado demais para gostar "daquilo".''


Os orientais em média nunca me pareceram hiper-sexuados, em média, como acontece com as outras raças. Pelo contrário, sempre os vi, generalizadamente, como os menos sexuados, não necessariamente de assexuados.

A minha aposta é que o suposto ''altruísmo patológico'' inventado por McDonald (ou sei lá quem) dos europeus irá se manifestar ainda mais intenso e seco, isto é, direto, entre os leste asiáticos. Não parece ser apenas um mal europeu... o mal europeu é ootro. É uma tendência que parece ser comum em relação à maioria das populações humanas mais inteligentes.

Outra coisa que eu pensei, mais para lamarck do que para uma realidade que puxa mais para darwin. Quando os homens são criados em ''ambientes femininos'', isto é, metaforicamente falando, como se fossem caseiros, sem esforço, sem perigos, num crescente conforto e sem um relógio bio-cultural (ritos de passagem, ''estudar', crescer, socializar, casar, trabalhar), eles tenderão a se tornar mais parecidos com as mulheres que já costumam viver nesses ambientes super-protegidos.

Teoria muito tola, pra variar.

direita disse...

sabedor...
https://www.youtube.com/watch?v=84-X5iOdvw0

só mais um merçenario a promover a islamohesteria .
seu lema é : "o multirracialismo é bom , mas anti-sionist... quer dizer , islâmicos ,devem ficar de fora.

direita disse...

"QUALQUER IMBECIL NOTA SEM VER PAI OU MÃE QUE ELA PARECE MOURA POIS ACHO QUE A MÃE TEM MAIS ASPECTO DE MOURA E FOI A QUEM ELA PUXOU"

a mãe é moura , onde ?

o pai que é/era 100% Brasileiro.

Sabedor disse...

''só mais um merçenario a promover a islamohesteria .
seu lema é : "o multirracialismo é bom , mas anti-sionist... quer dizer , islâmicos ,devem ficar de fora.''

Então você é favorável ao islamismo, por exemplo, um islã só que apenas com pessoas brancas***

sabedor disse...

Em media em media em média oeeee

Sabedor disse...

Em media em media em média oeeee

direita disse...

Oque importa sao os genes , o resto é consequencia.

Sabedor disse...

''Oque importa sao os genes , o resto é consequencia.''

GENES de que*



https://database.fig-gymnastics.com/public/actors/pictures/36953


http://cdn2-b.examiner.com/sites/default/files/styles/image_content_width/hash/ce/71/ce71be8dd82226e00a7f33c00e4f84c4.JPG?itok=KTMctg7j


http://static0.ad.nl/static/photo/2015/3/14/14/20150405171740/media_xll_2892734.jpg


Direita,
esta é a ginasta islandesa Eythora Thorsdottir,
ela parece branca pra você ou parece mestiça*

https://www.youtube.com/watch?v=pCFjsCZMek8


Veja a sua família


Eu não estou e nunca fui de advocar pela mestiçagem em massa dos brancos que inevitavelmente resultará em seu desaparecimento, até porque eles são a variedade mais geneticamente recessiva da espécie humana e talvez isso até possa explicar um pouco, como adicional, a sua singularidade, para o bem e para o mal.

Mas enquanto que eu celebro a diversidade fenotípica dos caucasianos europeus e lamento por suas tendências ou médias para mediocridade materialista e ignorância perceptiva, você parece que deseja um mundo de nórdicos loiros como as crianças da juventude hitlerista e não parece dar muito bola para caráter.

A raça nórdica produz alguns tipos que são fora de série tanto em intelecto quanto em beleza física, mas isso não significa que tenhamos de desdenhar de todos os outros, pelo contrário, precisamos melhorá-los, ou eu estou sendo muito idealista.

O ''pesadelo'' de alguns, uma eugenia ponderada e humanitária para todos (e variará bastante de caso pra caso), na verdade se consiste no mais certo a ser feito.


De acordo com a sua fita métrica, eu estou apostando que esta ginasta não passaria pelo teste da pureza branca não acha*



White Nationalist disse...

Não acho que o Direita queira um mundo apenas de Nórdicos. O problema é que muitos mestiços claros(alguns nem tanto) se aproveitam do fato dos Sul Europeus serem considerados "menos brancos " por muitos para tentar se passar por brancos mediterrâneos.

Siciliano não-branco:
http://www.siciliani.com/upload/714.jpg

Um verdadeiro branco, um verdedeiro italo, Reynaldo Gianecchini :
http://4.bp.blogspot.com/-lzz7d55om1s/TsoofYKW9iI/AAAAAAAAFTg/rYeKHJbrRxE/s1600/Ator-Reynaldo-Gianecchini-Fotos-1.jpg

Mr X disse...

Esta é para o Direita, kkkk:

http://www.pragmatismopolitico.com.br/2015/03/o-curioso-caso-das-gemeas-negra-e-branca.html

White Nationalist disse...

A "ruiva" possui feições claramente negroides.

Mas não duvido nada que seja considerada branca no Brasil por ter pele pálida, olhos claros e nariz/lábios finos.

Mr X disse...

As pessoas confundem muito fenótipo e genótipo.

De qualquer forma, se formos aplicar o mesmo purismo para as outras raças, então a maioria dos negros americanos não são "negros", pois tem sangue europeu.

"Siciliano não-branco:"

Este é um típico siciliano:

http://www.giornaleilpuntopavese.com/wp-content/uploads/2015/02/fiorello_pavia.jpg

Não-brancos???

White Nationalist disse...

Os negros americanos possuem em média 20% de sangue Europeu, mas não se consideram mestiços devido ao fato da sua ancestralidade Europeia ser em sua maioria antiga(colonial).

Sim, nem todos os Sicilianos são mestiços, mas lá é a região mais contaminada(e não é por imigração recente).

Italianas:
http://sportarena.az/upload/748563852dc48df5a06d1390168287_%C3%B6.jpg

Siciliano com visível sangue árabe:http://i262.photobucket.com/albums/ii100/oussoura/andreasandreou310191_2470070189002_1169766568_2937870_1895238581_n.jpg

Ninguém diria que esse ultimo rapaz que postei é árabe se tivesse nascido no Oriente Médio.

White Nationalist disse...

Eu quis dizer que ninguém duvidaria que ele é árabe.

Mr X disse...

Lembro de ter lido um estudo sobre os sicilianos mostrando o DNA subsaariano como mínimo ou inexistente, mas com alguma mistura norte-africana (semita), e a maioria grega e ítala, com um 10% de sangue normando (viking!). Vou tentar achar. De qualquer forma é um povo variado, certamente com uma elite mais "branca" e um povão mais "misturado".

Mr X disse...

Outro link sobre o mesmo caso das gêmeas:

http://www.dailymail.co.uk/news/article-2974869/The-twins-tell-apart-Striking-sisters-couldn-t-different-quirk-mixed-raced-parentage.html

Engraçado que achei a gêmea "negra" mais bonita, a "branca" ficou com uma cara estranha, como aqueles negros albinos.

White Nationalist disse...

Pele branca deixou seus traços negroides mais visíveis e por isso você achou a "negra" mais bonita.

É engraçado você mencionar os Albinos Africanos pois sempre que mostro ele para alguém as pessoas olham com uma cara de nojo.

Sabedor disse...

White Nationalist,


http://www.siciliani.com/upload/714.jpg

kkkkkkkkkkkkkkkk, ai meu deus, é por isso que o ''movimento'', isto é, a inércia dos ''brancos nacionalistas'' é este primor intelectual,

Ele é não-branco pra vc*** Ok.

http://cinetop.com.br/wp-content/uploads/2015/09/zftw6h.jpg

Eu estava esperando um tiririca de Trapani mas este aí não é apenas um típico branco mediterrâneo oriental muito comum na Itália. Daqui a pouco apenas os albinos suecos que poderão passar pelo crivo antropológico dos brancos nacionalistas.


''Raças são CONTÍNUOS''

1- Analise a frase
(valor 2,5 pontos)


Isso significa que existem pontos de maior decantação e de menor decantação e que tende a reverberar na localização etno-geográfica da população, isto é, quem está mais para longe do núcleo de decantação, por exemplo, norte europeu para os caucasianos, nordeste asiático para os mongoloides, Austrália para os australianos, enfim...


http://s5.postimage.org/b5grbg0w7/kevin_macdonald_237x300.jpg

''outro não-branco''

Sabedor disse...

http://www.pragmatismopolitico.com.br/2015/03/o-curioso-caso-das-gemeas-negra-e-branca.html


Se fosse suequinha da gema iriam dar outro termo e justificar de outra maneira,

pelo fato de ser filha de um casal multirracial nós tendemos a vê-la como menos branca, mas eu não duvido que tem muita branca que se parece com ela, adulta, com estes olhos puxados, ou quando era criança.

São variações de tipos de nariz, nível de prognatismo, tipos de olhos, etc Você pode encontrar pessoas com feições ''negroides'' em outras raças e mesmo na branca, assim como também pessoas com características psicológicas que estão mais próximas daquelas que abundam em outras raças.

http://i45.tinypic.com/4vftzn.jpg

Se este homem de cima ''fosse'' brasileiro (agora é poeira nas estrelas) aposto que muitos brancos nacionalistas o ''acusariam'' de ser um mestiço especialmente por causa do nariz.

Sabedor disse...

http://s1.zetaboards.com/anthroscape/topic/4258776/1/

Direita e White Nationalist,

bósnios ou poloneses***

Os brancos nacionalistas acreditam que todo branco precisa ser ''bonito'' pra ser branco, já quando tem um rosto menos atraente ou comum deixa de ser.

Pode ter havido uma seleção por parte do autor deste post, ou não.

Mr X disse...

"Pele branca deixou seus traços negroides mais visíveis e por isso você achou a "negra" mais bonita."

Não acho, a "negra" tem traços negros mais fortes se é por isso, mas tem o rosto melhor formado, ou ao menos mais parecido do que esperamos de uma jovem mulata, além de um sorriso bonito, etc. A "branca" tem uma boca e uns olhos meio estranhos, diferentes, não parece negra mas tem traços fora do comum. Comparei com os negros albinos pois estes também passam uma sensação de estranhamento pelo inusual da coisa.

Mr X disse...

Mais alguns links divertidos sobre o futuro da América. Não acho que esteja em câncer terminal, mas vai ser um país beeeeem diferente, aliás já é.

http://www.cosmopolitan.com/sex-love/news/a35631/im-not-dating-a-racial-slur/

https://ashlynsully.wordpress.com/2014/12/22/i-am-not-dating-a-racial-slur/comment-page-11/#comments

https://newrepublic.com/article/120370/five-graphics-show-why-post-white-america-already-here

White Nationalist disse...

Eu mesmo tenho lábios carnudos e um nariz alpino(pequeno e mais largo que o mediterrâneo), mas sou branco e bem diferente daquele Siciliano postado.

Só falta me dizer que esta mulher de origem Siciliana é branca:
http://i1.wp.com/allthingsrh.com/wp-content/uploads/2014/05/Melissa1.jpg

E não, não sou nordicista. Por que muitas pessoas que identificam os judeus, ciganos, norte africanos e medio orientais entre os Sul Europeus é tachado de nordicista?

E estou ciente de que a Escandinávia não é o bastião da pureza branca. Povos das Ilhas Britânicas, Sardenha e País Basco são mais puros(apenas alguns exemplos).

White Nationalist disse...

Este Alemão não possui o nariz europeu estereotipado. ou seja, fino, grande e pontudo, mas possui o dorso nasal desenvolvido:
http://static.weltsport.net/bilder/spieler/gross/97.jpg

Outro ser estranho:
http://static.iltalehti.fi/vaalit/timosoini1002MT_vl.jpg

Mr X disse...

Muitos alemães tem nariz achatado.

Coreanos também.

Não significa que tenham sangue negro.

A "pureza branca" não existe, o que existem são diversas etnias branquelas.

Em alguns casos misturados com árabes, porém, tenho entendido que os árabes originais eram brancos, depois é que se misturaram.

Mr X disse...

Acho que muitos branquistas tem uma visão totalmente ilusória e idealizada do povo branco europeu, saído das propagandas nazistas ou dos filmes de Hollywood.

Depardieu também tem um narigão esquisito, que parece ter piorado com o tempo:

http://i.telegraph.co.uk/multimedia/archive/01975/depardieu_1975219b.jpg
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/0d/9e/70/0d9e70dd56d1c6b217a78a85e1a2f698.jpg

Sim tem gente bonita na Europa mas a maioria é de gente normal, sem narizes ou rostos perfeitos, isto não significa mistura, nos EUA também.

As mulheres mais bonitas são as francesas e as italianas do norte, eu acho, agora se são brancas puríssimas como água isso já não sei.

White Nationalist disse...

Eu gosto de todos os tipos Europeus, mas prefiro as mulheres do Sul Europeu e Ilhas Britânicas.

Mr X, o que você acha das Italianas do Centro e Sardenha?

As pessoas sempre falam em Norte e Sul apenas quando mencionam a Itália.

Mr X disse...

Tem muitas sicilianas e napolitanas bonitas. Não saberia identificar o centro, seria da região romana, do Lazio? Bem tem pessoas das mais variadas regiões da Itália morando em Roma, difícil dizer qual o tipo característico de lá.

Sardenha parece interessante, acho que por ser uma ilha e que não sofreu tantas invasões ocmo a Sicília, tem um povo característico e interessante. Mas nunca estive na Sardenha e só conheci uma sarda, tinha cabelos castanhos, rosto comprido, bonita, jeito med.

Barbs disse...

"Lembro de ter lido um estudo sobre os sicilianos mostrando o DNA subsaariano como mínimo ou inexistente, mas com alguma mistura norte-africana (semita), e a maioria grega e ítala, com um 10% de sangue normando (viking!)."

Sim, correto. Na verdade, parece que eles são mais gregos que italianos. Neste caso vale lembrar que gregos têm mistura com povos turcos.

"Os brancos nacionalistas acreditam que todo branco precisa ser ''bonito'' pra ser branco"

Quem disse isso? Há uma abundância de mestiços bonitos, nem por isso serão considerados "brancos" (um termo idiota). Franck Ribéry me parece fully white. Lindo não?

"Este Alemão não possui o nariz europeu estereotipado. ou seja, fino, grande e pontudo, mas possui o dorso nasal desenvolvido"

Não há nada de anormal nele. É um tipo cro-magnon robusto, simples assim.

"Coreanos também.

Não significa que tenham sangue negro. "

O que tem a ver sangue negro? Leste asiáticos têm narizes achatados no geral. Na África os narizes mais achatados são encontrados entre os bosquímanos, e eles não são típicos negros.

"A "pureza branca" não existe, o que existem são diversas etnias branquelas. "

De acordo, mas a questão não é pureza como vocês imaginam, e sim a gradação da aparência física de europeus e não-europeus, é isto que está sendo tratado. Menos britânicos serão confundidos com árabes do que sicilianos. Simples assim. E claro, existe a questão cultural e psicológica, com sicilianos tendo mais em comum com sociedades do Oriente Médio do que os alemães (cuidado alguém vai citar Hitler e sua simpatia pelos árabes). Bem, estamos sendo injustos com sicilianos, calabreses devem se parecer mais.

"Depardieu também tem um narigão esquisito, que parece ter piorado com o tempo: "

Não há nada de "anormal" no nariz dele.



White Nationalist disse...

Centro:
http://www.sopra-acqua.net/Mid_ITALY_map.png

Diria que Monica Belluci possui um fenótipo típico do Centro da Itália:
http://www.celebs101.com/wallpapers/Monica_Bellucci/230993/Monica_Bellucci_Wallpaper.jpg

Barbs disse...

Os exemplo de sicilianos não foram muito bons realmente. Aqui dá pare se ter uma ideia melhor:

http://anthroeurope.blogspot.com.br/search/label/Italy%20%3A%20Sicily

Uma parte parece "árabes decantados", como gosta de dizer o sabedor. E outra parte parece um tipo genérico de mediterrâneos.

Variados, como disse o X.

"E estou ciente de que a Escandinávia não é o bastião da pureza branca. Povos das Ilhas Britânicas, Sardenha e País Basco são mais puros(apenas alguns exemplos)."

Correto, Escandinávia é mais "pura" ao sul, principalmente ali na Skania, onde se parecem com alemães. O resto parecem híbridos de bálticos/ eslavos com saamis ou sei lá o que. Tudo bem, exagero também, mas mais ou menos isso.

Sabedor disse...

''http://i1.wp.com/allthingsrh.com/wp-content/uploads/2014/05/Melissa1.jpg''

Não vale imigrante somali White Nationalist!!!


''Eu mesmo tenho lábios carnudos e um nariz alpino(pequeno e mais largo que o mediterrâneo), mas sou branco e bem diferente daquele Siciliano postado.''

E**

''E não, não sou nordicista. Por que muitas pessoas que identificam os judeus, ciganos, norte africanos e medio orientais entre os Sul Europeus é tachado de nordicista?''


Buguei agora. O nordicista clássico diz que a fronteira da brancura começa no meio da França e vai rasgando a Europa continental, dividindo-a em duas partes, sendo que, de fato, existe um bocado de subjetividade advinda da cultura, da história. O que aconteceu no Brasil em que muitos mestiços de pele clara foram e são considerados como brancos também aconteceu em menor escala em várias outras regiões e não há nenhum mal nisso, porque as pessoas não tinham (e não tem) a psicose de tentar mensurar perfeitamente quem aparentava maior ou menor ''brancura''. E muitos mestiços de pele clara não são apenas mestiços de pele clara mas de aparência caucasoide predominante e muitas vezes com elementos de outras raças visíveis ou não. Os exemplos de tipos ''estranhos''tendem a ser mais comuns em populações de fronteira ou fricção inter-racial como os caucasoides brasileiros ou os búlgaros por exemplo. Eu tenho um conhecido da faculdade que já é pai e de um garoto, e na vez em que eu o vi, ele deveria ter uns 12 anos. O garoto puxou a mãe, não tenho dúvidas, rosto suave em comparação ao pai que parece o coisa do quarteto fantástico. Mestiço de pele clara** não sei dizer, ele tem a pele rósea, tipicamente caucásica, como a minha, mas o filho dele nasceu bem europeu.
A raça branca não nasceu branca, foi um processo de seleção, especialmente de natureza ou ênfase sexual, óbvio. Se pudéssemos selecionar apenas os etíopes mais claros e com feições caucásicas mais robustas, ao longo tempo veríamos uma maior ''europeização'' do grupo.

Sabedor disse...


''E estou ciente de que a Escandinávia não é o bastião da pureza branca. Povos das Ilhas Britânicas, Sardenha e País Basco são mais puros(apenas alguns exemplos).''

Complicado definir quem é o mais puro aí, mas observa-se claramente que os britânicos apresentam uma maior proporção e intensidade de características que ESTÃO exclusivamente da raça branca, por exemplo, tom de pele muito claro e variações de cabelos ruivos.
Sardenha é dos mais puros pra ti*
É complicado definir o que é pureza, porque existem dois tipos, a pureza genética ou homozigose, redução da diversidade genética via endogamia, e a pureza racial, redução da diversidade fenotípica, seria isso** neste sentido, os orientais, que são mais fenotipicamente homogeneos entre si, parecem bem mais puros. A raça branca não é a mais pura, é a mais recessiva, não confundir uma coisa com a outra. Os parametros não devem ou deveriam ser sobre ''pureza'' ou ''homogeneidade fenotípica'', que na minha opinião pode ser bem ruim dependendo das combinações que predominarem. O fato é que o europeu é recessivo, bastante recessivo, basta pegar uma gripe de um não-branco e já fica mais moreninho.

''Outro ser estranho:
http://static.iltalehti.fi/vaalit/timosoini1002MT_vl.jpg''


Sim, eles são ''estranhos'' porque são feios, todo feio é estranho, tem uma aparência engraçada, visualmente confusa. Eles poderiam ser mais do tipo alpino, sei lá, misturas mais antigas, existem indivíduos que expressam fenótipos arcaicos de sua raça, que eram mais comuns, em épocas em que fenótipos mais suaves não vingavam entre os homens.


''Acho que muitos branquistas tem uma visão totalmente ilusória e idealizada do povo branco europeu, saído das propagandas nazistas ou dos filmes de Hollywood. ''

Sim, como no romance 1984, em que se fala que a propaganda oficial do estado enche as telas do ''cinema ideológico'' de uma profusão de jovens fortes, louros e corajosos, enquanto que o tipo ''moreno' e esmirrado foi o que mais vingou.

Engraçado o Orwell falar assim, meio nordicista não acham*

Sabedor disse...

'' "Os brancos nacionalistas acreditam que todo branco precisa ser ''bonito'' pra ser branco"

Quem disse isso? Há uma abundância de mestiços bonitos, nem por isso serão considerados "brancos" (um termo idiota). Franck Ribéry me parece fully white. Lindo não? ''

Parece o primo de segundo grau do Quasímodo (tadinho, eu adoro o Quasi, me identifico).

Bem, apenas observe como que a maioria das brancos nacionalistas, pelo que parece, sempre terminando usando o parâmetro beleza pra julgar a brancura de tipos que eles consideram suspeitos.

Barbs,

o que você acha dos etíopes, eles já não poderiam ser considerados como uma raça a parte***

Quando temos uma grande frequência de fenótipos definidores de uma raça, já se pode definir como uma raça ou quase raça*

Matheus Carvalho disse...

Os comentarios no blog bombam mesmo quando o assunto e' fenotipo racial. Lembro nessas horas de uma frase: "... [fulano] nunca disse que a especialidade dele (identificacao de borboletas) era a coisa mais importante do mundo, mas sem duvida se nao houvesse gente dedicada a esses assuntos arcanos do mesmo jeito que ele, o mundo seria muito mais pobre...".
Admiro bastante a dedicacao dos comentaristas deste blog, aprendo muito sobre generalidades faciais de povos obscuros de rincoes da europa.
Ja que estou aqui em companhia de tao distintos especialistas, aproveito para perguntar: algum de voces tem conhecimento sobre diferencas em outros aspectos entre subtipos europeus? Por exemplo, tamamnho da mao, do pe, do figado? Incidencia de mongolismo? Albinismo? Calvicie? Fimose? Obrigado!

Barbs disse...

>"Diria que Monica Belluci possui um fenótipo típico do Centro da Itália"

Típico? Nossa, não fale alto, os homens vão correr todos para lá. Hahahaha
Toscanos têm boa aparência, em média, é verdade.

>"Não vale imigrante somali White Nationalist"

Ela não é somali, nem sequer tem nacionalidade italiana. Se chama Melissa Gorga, é ítalo-americana (siciliana). Adoro ver estes, dá para ver o contraste com os ítalos-brasileiros.

>"Bem, apenas observe como que a maioria das brancos nacionalistas, pelo que parece, sempre terminando usando o parâmetro beleza pra julgar a brancura de tipos que eles consideram suspeitos."

Sim, é verdade para muitos casos, mas veja como muitos também acabam incluindo mestiços bonitos como brancos, apenas porque são bonitos. A estética não está em jogo aqui.

>"o que você acha dos etíopes, eles já não poderiam ser considerados como uma raça a parte"

Sim, eu os considero uma raça à parte, e não africanos-subsaharianos. Gregos, turcos e seus derivados, árabes e judeus, e indianos também são raças mestiças. Nenhuma novidade aqui. Os ameríndios também não são, híbridos de proto-mongóis e polinésios? Por que pergunta?

Barbs disse...

>"Os comentarios no blog bombam mesmo quando o assunto e' fenotipo racial. Lembro nessas horas de uma frase: "... [fulano] nunca disse que a especialidade dele (identificacao de borboletas) era a coisa mais importante do mundo, mas sem duvida se nao houvesse gente dedicada a esses assuntos arcanos do mesmo jeito que ele, o mundo seria muito mais pobre..."."

Hahahahahaha. Quem gostou bate palma, quem não gostou, paciência.


>"Ja que estou aqui em companhia de tao distintos especialistas, aproveito para perguntar: algum de voces tem conhecimento sobre diferencas em outros aspectos entre subtipos europeus? Por exemplo, tamamnho da mao, do pe, do figado? Incidencia de mongolismo? Albinismo? Calvicie? Fimose? Obrigado!"

Fimose devem ser os judeus. Ah não, eles não são euros.

Eu adoraria ter estes dados, mas nem sempre existem variações significativas em todos estes quesitos e é difícil encontrar estudos de antropometria por aí.

Provavelmente os eslavos e noroeste-europeus devem ter fígados mais resistentes, ainda que no caso dos primeiros, têm menos resistência ao alcoolismo por conta de certos polimorfismos que regulam a absorção de vitamina b12 no fígado, pelo que sei.

Mr X disse...

http://allthingsrh.com/melissa-gorga-black/

Onde você tem evidência que ela tenha ascendência "siciliana" ou "italiana" pura? Os pais são "ítalo-americanos", nascidos nos EUA, isso pode ser muita coisa, provavelmente estão misturados com outros elementos ainda mais em New Jersey.

White Nationalist disse...

Sim, os Sardos em DNA autosomal são muito mais puros que Norte Europeus.

Sabedor disse...


''Ela não é somali, nem sequer tem nacionalidade italiana. Se chama Melissa Gorga, é ítalo-americana (siciliana). Adoro ver estes, dá para ver o contraste com os ítalos-brasileiros.''


Sim, o ítalo-brasileiro é infinitamente mais nórdico em aparência que, sei lá, 90% dos ítalo-americanos puros, e mais, um monte de ítalo-brasileiro com alguma mistura racial ainda tende a olhar muito mais branco do que muito siciliano da gema radicado em Jersey City.



''Sim, eu os considero uma raça à parte, e não africanos-subsaharianos. Gregos, turcos e seus derivados, árabes e judeus, e indianos também são raças mestiças. Nenhuma novidade aqui. Os ameríndios também não são, híbridos de proto-mongóis e polinésios? Por que pergunta?''


Curiosidade apenas, pensando assim, bosquímanos e pigmeus também seriam porque são fenótipos únicos, o que parece definir melhor o conceito de raça.

Sabedor disse...

Mas aí vem a questão

os americanos importaram, grosseiramente falando, pizzaiolos, mafiosos e jersey shore's

e os brasileiros importaram anarquistas, UM MONTE DE ítalo-brasileiro, principalmente em SP, parecem ser de anarquistas hereditários.

Não teria sido melhor de sul europeus** o problema é que eles muito provavelmente se misturariam...

aí que está o problema, o homem branco adora uma mistureba, vide o Brasil, é só assimilar e pronto, adeus diversidade natural, bem-vindo mestiçagem.

Os orientais também, os nipo-brasileiros das novas gerações serão em sua maioria de mestiços.

White Nationalist disse...

Eu digo que as ilhas Britânicas é uma das regiões mais puras devido ao fato de nunca(tirando recentemente) sofreram invasões de árabes, turcos e mongólicos (devido a sua localização geográfica).

Na Escandinávia existem indivíduos com sangue mongólico.

Veja esta Escandinava:
http://www.mielenterveysseura.fi/sites/default/files/styles/facebook/public/stories/laura_lepisto_netti.jpg?itok=oqO0lrGe

Compare com estas belas Inglesas:http://swoosh0018.com/wp-content/uploads/2012/06/english-girls-euro-2012-530x373.jpg

E não, não estou dizendo que são mais puras por serem mais belas.

White Nationalist disse...

Poucos Italianos(até mesmo no Norte)possuem fenótipo nórdico.

Italo-brasileiros e suas combinações com outros povos Europeus costumam ser muito belos:
http://www.clickgratis.com.br/_upload/images/2012/07/02/bianca-bin-1783.jpg

http://oplanetatv.clickgratis.com.br/arquivos/Noticia/imagemSite/50f7d076600d82772f80a446777ae9b8.jpg

Barbs disse...

>" o ítalo-brasileiro é infinitamente mais nórdico em aparência"

Não digo nórdico, não é esta a causa. Norte-italianos são principalmente alpinos e dináricos, com uma minoria variada de nordo-mediterrâneos. São apenas mais perto do tipo europeu genérico, enquanto os sulistas são fortemente meds genéricos.

>"do que muito siciliano da gema radicado em Jersey City."

O que há de errado com Nova Jersey?

>"Curiosidade apenas, pensando assim, bosquímanos e pigmeus também seriam porque são fenótipos únicos, o que parece definir melhor o conceito de raça."

Sim, adoro eles.

>"Onde você tem evidência que ela tenha ascendência "siciliana" ou "italiana" pura?"

Não tenho. Ela tem mistura negra?

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/b8/bc/8f/b8bc8f051a3beb92db9110577d64c9ff.jpg

Talvez fez rinoplastia:

http://celebritynewsandstyle.com/wp-content/uploads/2013/02/melissa-gorga.jpg

Adoro estas celebridades.

Vamos parar com esta conversa, está ficando muito fútil, Mateus Carvalho, AF e Sabedor estão certos.

Barbs disse...

>"e os brasileiros importaram anarquistas, UM MONTE DE ítalo-brasileiro, principalmente em SP, parecem ser de anarquistas hereditários. "

Eu diria que os padanianos que vieram para cá tinham uma mentalidade mais burguesa, não é isso que dizem? Vieram para conquistar propriedades, enquanto os sul-italianos foram para os EUA trabalhar em fábricas, porque não tinham interesse em trabalhar no campo, mesmo que ganhassem terras. Por que anarquistas?

White Nationalist disse...

A Europa precisa de uma limpeza eugênica a fim de isolar esses indivíduos mestiços para não contaminar os genes dos verdadeiros Europeus.

Barbs disse...

Hahahahahahahahaha


Desculpem, lembrei da seguinte citação (escrita numa tira de papel de açougue):

"Aquele pensador estranho, N. Federov, o russo dos russos, encontrará sua própria forma original de anarquismo, um anarquismo hostil ao Estado".

Sabedor disse...

White nationalist,
você sugere então que os ''mestiços' europeus nativos sejam separados dos ''não-mestiços' é isso**


''Poucos Italianos(até mesmo no Norte)possuem fenótipo nórdico.''

Pra mim tem olho claro e um nariz menor e bem construído, nórdico, kkkkkkk

''Não digo nórdico, não é esta a causa. Norte-italianos são principalmente alpinos e dináricos, com uma minoria variada de nordo-mediterrâneos. São apenas mais perto do tipo europeu genérico, enquanto os sulistas são fortemente meds genéricos. ''

Sim concordo.


Sabedor disse...

Uma minoria talvez. Uma grande proporção deles vieram das zonas rurais e muitos eram operários. Desculpe mas parece aquele mito de que os imigrantes europeus eram ricos.

Sabedor disse...

Ficou ambíguo. Precisa de uma limpeza étnica de mestiços nativos ou de mestiços e não brancos invasores??

"eugenia"

Todo mundo pensa que se refere apenas ou fundamentalmente a raça. Não é bem assim.

Anônimo disse...

Mestiços de pele clara? isso existe?

Mr X disse...

"Por que anarquistas?"

Acho que Sabedor se refere aos italianos anarquistas e socialistas que deixaram a Itália para trabalhar nas fábricas e no comércio em SP e terminaram criando os primeiros sindicatos:

http://guiadoestudante.abril.com.br/aventuras-historia/imigrantes-anarquistas-patria-nem-patrao-435180.shtml

No Sul, os italianos foram mais para o interior, para o campo e a agricultura, mas minha impressão é que em SP foram sempre mais urbanos. Foram pra trabalhar no comércio e na indústria. Alguns poucos enriqueceram, como o Mattarazzo.

Barbs disse...

Sim, sim, entendi, só quis dizer que os que foram para o sul, tinham esta mentalidade de que era mais vantajoso imigrar para uma nação que lhes desse mais autonomia (no caso, terras).

Sim, São Paulo foi diferente, é verdade.

Barbs disse...

Mattarattos são lixos!

Anônimo disse...

ola

Mr X disse...

oi. vc vem sempre por aqui?

direita disse...

"Direita,
esta é a ginasta islandesa Eythora Thorsdottir,
ela parece branca pra você ou parece mestiça*"

Tu tá de brincandeira né ? Até um sami olha mais Europeu que essa garota .

Sabedor disse...

O que eu imaginava... 😉