domingo, 29 de janeiro de 2017

O muro

Trump vai mesmo construir o tal muro e já limitou a entrada aos EUA de refugiados de vários países muçulmanos. Sou a favor. É divertido ver o chilique dos esquerdos com algo que é apenas uma medida de bom senso. A Europa deveria ter feito o mesmo há muito tempo.

Sim, a esquerda está escandalizada, chamando Trump de Hitler para baixo, mas na verdade ele é ou parece ser apenas um nacionalista americano velho estilo. O escândalo não mostra tanto o radicalismo de Trump como o crescente radicalismo da esquerda globalista contemporânea.

Se é só teatro ou jogar para a torcida não sabemos, mas é fato que já a mudança de discurso é uma novidade, o que indica que as coisas estão mudando ou podem mudar em uma nova direção. As eleições francesas este ano poderão indicar uma mudança de rumo também na Europa, nem que seja na elite tentando uma estratégia diferente de contenção. Quero dizer, até a elite pode estar se dando conta que seus velhos métodos já não funcionam tanto e esteja tentando um método novo. Netanyahu gostou do muro de Trump. Putin também.

Dito isso, não tenho certeza que baste mudar de governo ou construir um muro para as coisas mudarem. Acho que a razão é que para mim o problema principal do mundo de hoje, ao menos do modo que eu vejo, é mais cultural do que político. A cultura está num lamaçal tão grande que fica difícil crer que tudo poderá mudar tão rápido, parece que seria mais um trabalho de gerações.

Mas vamos ver o que acontece; coisas mais estranhas já aconteceram neste planeta.

O poeta Robert Frost escreveu um bom poema sobre muros. Se é verdade que por um lado ele diz que "há algo [em mim] que não gosta de um muro", também parece concordar que "boas cercas fazem bons vizinhos".

Também há aqueles que, como eu, vivem em cima do muro, mas essa é uma outra história.




35 comentários:

Mr X disse...

Sim, havia outro post mas apaguei. Achei que não tinha nada a ver com a temática do blog. E o muro bem como a limitação aos refugiados são os temas do momento. Era isso.

Abs.

Mr X disse...

E o prêmio de maiores idiotas do mundo vai para... os canadenses! Parabéns:

http://www.pbs.org/newshour/rundown/trudeau-canada-refugees-banned-u-s/

AF disse...

Ver os branquelos progressistas choramingando nos protestos pelo Trump querer proibir a entrada de muçulmanos não tem preço!

Enquanto isso, os muçulmanos podem: matar gays, mulheres e cristãos, proibirem os cristãos de construirem igrejas, além de estarem claramente criando guetos na Europa e atacando europeus inocentes, coisas que até a mídia mainstream vez por outra reporta e que podem ser ouvidas no rádio, jornais impressos e pela internet a fora a um ou dois cliques (ou toques na tela) de distância.

É incrível como há gente que se recusa a ver essas coisas ou mesmo vendo, acaba falando: "um erro não justifica o outro", "#menos_odio_mais_amor!!1!", "ái, você generaliza!".

As mesmas pessoas que não sentem ódio disso são os que mais sentem ódio de quem é contra a imigração. Um muçulmano matar um cristão e proibí-los de construírem igrejas? Foda-se! Alguém ser contra a imigração? Crime de ódio! Que tal essas pessoas aceitarem nazistas??? Existem nazistas que também são gente boa e nem todos pregam ódio.

Há quem afirme que a gente vive numa era mais avançada na nossa humanidade, com muita tecnologia, meios de transportes rápidos, acesso a informação quase instantâneo, mas pode ser que a gente viva na era mais burra e pré-histórica da humanidade, onde as pessoas aceitam tudo que o governo e a grande mídia diz, aceitam pessoas bárbaras que matam inocentes, ouvem músicas horríveis, tem porcarias como arte moderna, erotizam crianças, elogiam os ruins e punem os bons, tem cada vez mais depressão, trazem bárbaros a seus países e ainda comemoram, têm fantasias sexuais bizarras, passam horas inflando no facebook e muitas outras idiotices. Talvez as sociedades passadas é que eram bem mais avançadas mesmo.

Rodolfo Maduro disse...

Nossa, tem tanto sites desses "Misterios & Cia" que já usam até domínio .org
Eu não acredito que civilizações passadas tenham sido mais avançadas do que nos. A despeito do que textos sensacionalistas dizem, qualquer construção ou artefato antigo pode ser construído com a tecnologia atual. A dúvida verdadeira é como eles construíram suas maravilhas com a parca tecnologia que tinham. Mas se a questão é quem é mais avançado... bom, com o que temos hoje nos construímos mais e melhor com menos esforço. Tomando de uma forma geral, nos temos um vida mais dígna hoje. Resta saber se nossa civilização tem mecanismos de auto preservação tais que garantirão um vida dígna também às futuras gerações. Talvez essa geração não tenha um sistema imunológico "civilizacional" funcional. Sabem que há pessoas que acreditam que a causa do autismo é a falta de patógenos que a vida moderna proporciona? Dizem que quando seu sistema imunológico não tem bactérias para atacar ele ataca seus próprios tecidos. Como analogia, talvez esses jovens são tão mimados na infâancia que ao invez de atacar aquilo que provavelmente os consumirá atacam aquilo que lhes garantiu conforto.

Rodolfo Maduro disse...

"E o prêmio de maiores idiotas do mundo vai para... os canadenses! Parabéns:

http://www.pbs.org/newshour/rundown/trudeau-canada-refugees-banned-u-s/"

Trudeau tem um pouco da fanfarronice do Trump com a viadagem politicamente correta do Obama. Ele parece os novos "Cool Kids" do ensino médio daquele filme "Anjos da Lei". "Funciona a biodiesel. Tem que se preocupar com meio ambiente cara..."

Sabedor disse...

Aqueles que vivem em cima do muro geralmente são mais inteligentes que os estúpidos que não conseguem ter este panorama e portanto podendo ver os dois lados.

Anônimo disse...

Nao baniu a entrada de todos os muçulmanos, então não entendo o mimimi da esquerda.
Comaprar Trump a Hitler é muito sem noção. Trump não é um salvador da raça branca, nem nada disso. Ele é no máximo patriota.
Mas a esquerda entende? Não! Talvez nunca vá.

Os canadenses são sempre trouxas. Mas acho que mesmo se eles fizessem algo, não seriam ouvidos. Canadá já tem tanto estrangeiro vivendo como "novos canadenses", que os "velhos canadenses" não são mais tão fáceis de encontrar, e a opinião deles já não é mais ouvida. Ou se é, não é levada a sério pelos seus governantes.

Mr X disse...

"Canadá já tem tanto estrangeiro vivendo como "novos canadenses", "

A proporção de imigrantes e seus descendentes já é de 38% da população canadense, e a tendência é aumentar para 50% já em 2036. Vejam o gráfico e chorem:

http://www.theglobeandmail.com/news/national/immigrant-nation-newcomers-will-comprise-a-growing-share-of-canadas-population/article33755105/

E agora teve um tiroteio numa mesquita, ainda não há muitas notícias, mas parece que foi muçulmano x muçulmano. (Se é que não foi mais uma false flag)

Mr X disse...

Muito estranho. Atiradores identificados. Um é muçulmano e outro branco. Estranha combinação. Está mais parecendo uma "false flag" dessas bem malucas.

http://www.journaldequebec.com/2017/01/29/des-coups-de-feu-dans-un-mosquee-de-sainte-foy

Sabedor disse...

''A proporção de imigrantes e seus descendentes já é de 38% da população canadense, e a tendência é aumentar para 50% já em 2036.''

Presume-se que a maioria de europeus ou brancos [85%*)*

Até que faz sentido o Canadá ser assim afinal o país nunca foi um país mesmo, ainda tem que prestar reverência aquela velha caquética, nunca existiu uma raiz canadense como existe uma raiz americana, principalmente no sul profundo, uma cultura autêntica. Nesse sentido o Canadá é comparável ao sul do Brasil e os EUA, especialmente o sul profundo, é comparável ao nordeste , quando nos referimos à culturas que foram praticamente transplantadas de um lugar pro outro, no caso do Canadá e sul do Brasil (com exceção da cultura tradicional gaúcha) e em relação à culturas autênticas, como no nordeste de ''nostro'' país e o sul profundo estado-unidense.

Ainda que no final isso possa ser apenas uma conjectura, mas faz algum sentido que nascer em uma cultura autêntica o faça mais apegado à mesma do que nascer em uma cultura transplantada. Engraçado que os quebequenses parecem demonstrar maior apego à sua cultura afrancesada, mas também mais autêntica do que a do Canadá britânico. O problema é que quase todo nacionalismo de país do Sul da Europa ou de raiz mais latina tende a ser mais de esquerda do que direita, nunca entendi muito isso: nacionalismo basco, catalão, sei lá.

Será que o nacionalismo irlandês também pende mais para a esquerda do que para a direita*

Mr X disse...

"Presume-se que a maioria de europeus ou brancos"

Quem disse? A maioria é de asiáticos mesmo (44%). Seguidos de latinos e de muçulmanos, hindus, etc. Muitos negros também! Ao menos em Toronto e outras grandes cidades. No Quebec porém tem vários imigrantes franceses, não sei em que número.

"Até que faz sentido o Canadá ser assim afinal o país nunca foi um país mesmo"

Que bobagem! Até faz pouco o Canadá era quase 100% anglo e francês, com minoria inuit. Ingleses e franceses colonizaram. Sempre foi mais puro do que os EUA! A imigração é mais recente do que nos EUA também.

"O problema é que quase todo nacionalismo de país do Sul da Europa ou de raiz mais latina tende a ser mais de esquerda do que direita"

Faz até certo sentido nesse caso você ser de "esquerda" na economia, mas não em relação à imigração. Não, o maior problema desses movimentos "separatistas" quebequense, basco, catalão, e até se quiser incluir do sul do Brasil, é que eles só levam em conta o idioma e a cultura. Os nacionalistas quebequences não parecem ser contra a imigração, para eles basta a pessoa falar francês fluentemente e aceitar a cultura local.

Sabedor disse...

''Quem disse? A maioria é de asiáticos mesmo (44%). Seguidos de latinos e de muçulmanos, hindus, etc. Muitos negros também! Ao menos em Toronto e outras grandes cidades. No Quebec porém tem vários imigrantes franceses, não sei em que número.''

Sim, então judeu, oops, fudeu...

''Que bobagem! Até faz pouco o Canadá era quase 100% anglo e francês, com minoria inuit. Ingleses e franceses colonizaram. Sempre foi mais puro do que os EUA! A imigração é mais recente do que nos EUA também.''

E o que que isso tem que ver**

Vc leu e entendeu o meu argumento ''cultura autêntica versus cultura transplantada''*

É fácil convencer uma anglo-canadense que o seu país é de imigrantes, quais são as tradições culturais canadenses**

É mais difícil fazer o mesmo com um anglo-americano do deep south, porque ele veio de um povo que se enraizou culturalmente por lá, criou a sua própria cultura. Ele se sente mais apegado àquela terra.


''Faz até certo sentido nesse caso você ser de "esquerda" na economia, mas não em relação à imigração. Não, o maior problema desses movimentos "separatistas" quebequense, basco, catalão, e até se quiser incluir do sul do Brasil, é que eles só levam em conta o idioma e a cultura. Os nacionalistas quebequences não parecem ser contra a imigração, para eles basta a pessoa falar francês fluentemente e aceitar a cultura local.''

Foi o que eu disse.

Mr X disse...

"quais são as tradições culturais canadenses"

Hockey? Sim, o problema dos anglo-canadenses é que não são lá muito diferentes dos americanos, só menos autênticos, parecem uns americanos light. Eles tentam se diferenciar sendo mais de esquerda.

Já os franco-canadenses ao menos tem uma cultura mais definida, mas deviam ter se separado quando tiveram chance, agora fudeu. Cheio de haitianos, senegaleses e argelinos por lá. O importante é a língua francesa não é...

Sabedor disse...

''uma anglo-canadense''

UMA, rsrs

Especialmente, ;)

Segundo o Charlie Braun Jr a mulher canadense é feia, procede*

Mr X disse...

"Segundo o Charlie Braun Jr a mulher canadense é feia, procede*

Charlie Brwon Jr???

Não sei. Esta aqui é (era) bonita:

http://allstarpics.famousfix.com/pictures/margaret-trudeau/p10338908

Anônimo disse...

O Canadá ainda continuará sendo de maioria branca por um bom tempo, mas só se contar os novos canadenses brancos(poloneses, portugueses, etc), mas se formos contar apenas os "velhos canadenses brancos", vai ser em 2036 como Mr x disse.

Os estrangeiros (inclusive os brancos) que são recebidos bem no Canadá, logo tendem a apoiar o recebimento de mais estrangeiros. Não sei o motivo, mas tendem. E isso é ruim.
E isso fod* com a populaçao canadense (inclusive com os indigenas).

Mr X disse...

"novos canadenses brancos(poloneses, portugueses, etc)"

Estes são imigrantes mais antigos e já na terceira geração ou mais. A maioria dos imigrantes de agora é asiática e não-branca, mas ainda tem alguns europeus, em especial franceses.

Em média, a qualidade dos imigrantes é melhor do que a dos EUA com seus milhões de ilegais mexicanos, mas, mesmo assim, o país está se multiculturalizando muito rapidamente. E o plano é encher o país com 100 milhões de pessoas (agora tem 35 mi), a maioria imigrantes, trazendo 450 mil por ano:

http://business.financialpost.com/fp-comment/terence-corcoran-100-million-canadians-we-could-only-hope

Mr X disse...

Interessante, a maioria dos manifestantes pró-imigração são mulheres brancas: Que curioso:

http://www.unzcloud.com/wp-content/uploads/2017/01/Screenshot-2017-01-31-00.35.44.png

Enquanto isso na Argentina, too little, too late:

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2017/01/1854203-presidente-da-argentina-assina-decreto-restringindo-imigracao.shtml?cmpid=fb-uolnot-left

Sabedor disse...

Sim, mas metade das mulheres brancas nos EUA votaram no Tromp não é* Ou ao menos 40%.

Mr X disse...

Brancas ou broncas?

Sim foram 53% dos votantes, mas, como o voto não é obrigatório, na realidade foi bem menos do 53% da população total de mulheres.

Mulheres são emocionais demais para a política??

Sabedor disse...

As esquerdosas não. Nível de histeria.

Sabedor disse...

São e não não.

Ah

Madeixa pra lá.

Anônimo disse...

Calculo que a Argentina ainda vai ser uma espécie de "oásis branco", quando os não-brancos dominarem a Europa e a América do Norte. Prevejo hordas de brancos imigrando para a Argentina no futuro. A sorte é que a Argentina hoje é um país empobrecido, então quase ninguém quer ir para lá, nem mesmo brasileiros. Área até que não é problema por lá, ainda é um país pouco povoado para o seu tamanho, mesmo excluindo-se as áreas desérticas.

Anônimo disse...

Argentina não é um país pobre, é?
E penso ao contrario, Argentina não dura muito tempo com varios paises vizinhos, pobres e mestiços ao redor (incluindo o Brasil). O oasis brancos parece ser uma realidade futura na Polônia.

CENSURADO AGAIN disse...

É SÓ UMA TENTATIVA DESESPERADA DO OESTE DE TENTAR MANTER ALGUMA SOBREVIDA NUMA TERRA ROUBADA DOS OUTROS O OESTE NÃO TOMA JEITO

CENSURADO AGAIN disse...

DÃO A DELES PROS OUTROS E VÃO ROUBAR A ALHEIA

CENSURADO AGAIN disse...

pobres e mestiços

PLEONASMVS

CENSURADO AGAIN disse...

31 de janeiro de 2017 22:00

OS ARGENTINOS QUE FOGEM PRA CAMBORIU SÓ ANDINOS CENTRAIS VEEM ALGO NAQUILO POBRES DIABOS

White Nationalist disse...

E o Uruguai? Por que é pouco mencionado? Ele é, proporcionalmente falando, mais branco que a Argentina.

CENSURADO AGAIN disse...

Anônimo White Nationalist disse...
E o Uruguai? Por que é pouco mencionado? Ele é, proporcionalmente falando, mais branco que a Argentina.

4 de fevereiro de 2017 16:32

COMO DIZIA MEU BISAVO O URUGUAI É UM CU

Sabedor disse...

''OS ARGENTINOS QUE FOGEM PRA CAMBORIU SÓ ANDINOS CENTRAIS VEEM ALGO NAQUILO POBRES DIABOS''

Não acho, parecem bem brancos.

Sabedor disse...

''COMO DIZIA MEU BISAVO O URUGUAI É UM CU''

Pensei que fosse o Butão...

Sabiam que o monarca do Butão é gay asssumido**

E ainda por cima do tipo solidária, sempre diz

''Venham todos para o MEU Butão''

http://www.meme4fun.com/images/87868414-307b-4e68-8094-fac92ff3febf.jpg

http://geradormemes.com/media/created/kr39du.jpg

CENSURADO AGAIN disse...

POR QUE NO TOPICO DOS VERSOS VEM UM E DIZ OI?ODEIO QUANDO ESSA GALERA FAZ ISSO NO GOOGLE MAIS OU YT COMO SE FOSSE UM CHAT

CENSURADO AGAIN disse...

AMAVA AQUELE PLANALTO CENTRAL NEM SEI POR QUE POR ISSO SOU METADE CANDANGO SÓ NÃO NASCI LA POR QUE MEU AVO PREFERIA A COSTA

CENSURADO AGAIN disse...

7 de fevereiro de 2017 22:24 Excluir

ALIAS VC ABORDOU ISSO NO OUTRO TOPICO SOBRE O MERDIL