segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Anjos e demônios

Milhões de mulheres saíram às ruas para protestar contra a posse do Trump. Mas protestar pelo quê?

Não é bem claro. Afinal, 53% das mulheres brancas votaram a favor de Trump, e quanto às outras, bem, poderiam ao menos esperar a presidência realmente começar para reclamar.

Algumas protestavam contra o "patriarcado" enquanto seguravam cartazes de uma islâmica usando a bandeira americana como véu. Outras protestavam a favor do aborto enquanto empurravam carrinhos de neném.

Outras ainda protestaram contra a "objetificação feminina" enquanto aplaudiam a um discurso da Madonna, puta padroeira da objetificação.

Curiosamente, nenhuma manifestante protestou contra a imigração, que levou a casos como este de imigrantes muçulmanos pakis e árabes estuprando mulheres suecas, filmando e rindo às gargalhadas.

(Não se preocupem, estarão soltos logo mais para poder estuprar mais. A Suécia precisa de diversidade!)

Houve também alguns peitos de fora e, como sempre, uma enorme obsessão com vaginas. (Já pensou se em um protesto masculino houvesse tantas imagens de pênis? O que pensariam as mulheres dos homens?)

Alguém observou que o feminismo moderno é basicamente uma mistura de puritanismo com putaria.

Isto é, as mulheres teriam o direito de se vestir como putas provocando os homens e ser obecadas com peitos e vaginas, ao mesmo tempo em que criam barreiras intransponíveis para o acesso sexual: não pode ficar olhando, não pode passar cantada na rua, não pode tocar nenhuma parte do corpo sem autorização por escrito, etc.

Em resumo: poucas vezes se viu um protesto tão confuso e com objetivos tão pouco claros.

Porém, não vamos desconsiderar os protestos de todo. Acho que os protestos indicam um certo mal-estar civilizatório geral. Assim como aconteceu com o "Ocupar Wall Street", as pessoas protestam mas sem nem saber direito o porquê.

No caso, muitas mulheres parecem estar insatisfeitas com a vida moderna no Ocidente, ainda que não saibam muito bem o motivo.

O lixo humano Soros foi quem financiou a marcha. Parece que cansou de apoiar protestos de negros, agora financia protestos de mulheres. Bem, por um lado melhor, tem menos quebra-quebra.

Mesmo assim, de onde esses bilionários da elite tiram tanta energia para ferrar com o planeta? Este velhote satânico não cansa nunca? Por que não se aposenta de uma vez e vai gozar de sua riqueza? Ou então, por que não se mata logo e vai comemorar com seus parceiros no Inferno?

Às vezes, creio sim que haja uma dimensão espiritual em tudo isto. Muitos membros da elite pós-moderna são certamente satanistas comedores de criancinhas, e, se não forem, ao menos parecem, devido aos seus gostos bizarros em arte e em cultura.

Não sou um especialista em símbolos, mas eles parecem ser bem importantes para a elite. Basta assistir aos vários produtos de Hollywood, e em especial aos videoclipes de cantores pop da moda, sempre repletos de imagens sinistras.

Acho também que já falei desta bizarra inauguração de um túnel na Suiça assistida pela elite política global.

Suas obsessões com "transgenderismo" e "transhumanismo" são também estranhas e perigosas. Parece que querem realmente transcender a condição humana, transformando-se em anjos - ou em demônios.

O poeta Yeats escreveu sobre a importância dos símbolos e sua dimensão sobrenatural. Desde um ponto de vista mais tradicionalista, Julius Evola também escreveu muito sobre isso.

O mundo não é apenas material, mas tem certamente uma dimensão espiritual, sobrenatural por assim dizer. Símbolos são e sempre foram uma forma de comunicação com o além.

Em termos estritamente materiais, o mundo moderno é melhor do que na maioria dos outros períodos da história humana. Temos mais conforto, menor pobreza (relativamente, um favelado de hoje tem mais conforto do que um pobre europeu da Idade Média), melhor saúde, mais dinheiro.

Mas em termos culturais e espirituais, tudo aponta para a decadência. Enganada com falsas imagens, a humanidade já não sabe mais em que acreditar!

E eu, também não.



Dai-me paciência e fé, Senhor.

16 comentários:

CENSURADO AGAIN disse...

OBVIO NO ALOGENO QUEM NÃO VOTAVA ERA PECAMINOSO MAS NA OUTRA PODIA DEMONIZAR ELA A VONTADE MESMO QUE O ESCANDALO TIVESSE ORIGEM NO DESGOVERNO DO LARANJA ALOGENO

Mr X disse...

"LARANJA ALOGENO" seria o Trump?

Ele tem mesmo uma cor de pele estranha, mas pelo que sei ele é alemão com escocês, não é?

AF disse...

Roupas com o tema do coisa ruim estão sendo cada vez mais comuns também, assim como em protestos. Não é à tôa que a bíblia diz, que nos últimos tempos virão pessoas assim e que é para a gente se afastar delas.

Por um lado, essa falta de noção da esquerda acaba sendo um tiro no pé. Ver pessoas sem noção como a Madonna e afins dizendo para explodir a casa branca e depois, quando o cerco aperta, dizer que "foi tirada fora do contexto" e sendo despedidas por dizerem coisas do tipo ótimo!

Essa falta de noção da esquerda de fazer coisas assim e ficar vindo com generalizações em quem não está do seu lado também atrai muita gente à direita. Até um esquerdista reconhece isso: https://homensmacacodestalin.blogspot.com.br/2016/12/como-esquerda-ajuda-eleger-candidatos.html

Marcio disse...

Concordo com tudo.

E esses símbolos obscuros utilizados por "pessoas"(vai saber)
igualmente obscuras já são muito evidentes para mim. Não há como
negar. Basta pegar um filme moderno de Róliudi(Que estão horríveis em
sua maioria, diga-se de passagem) e constatar. Só se for muito tolo
para não notar. Eu não sei qual é a verdadeira motivação, mas, que há
algo muito grande, há. Também acredito que exista fenômenos
sobrenaturais sobre nós. Nunca fui religioso no sentido que se é hoje,
para falar a verdade as religiões em vigência são grandes desfavores
para este mundo, entretanto, não há como negar que aí existe algo
"Sobrenatural". Muito parecido com a astrologia clássica(que foi
deturpada e transformada em revistas caprichos); a influência sobre
nós existe, mas não sei como funciona.

Mr X disse...

http://www.thelocal.it/20160830/facebook-ceo-gives-500k-to-italian-red-cross-following-quake

Nossa, "que generoso" esse Zuck.

500 mil nem é nada para esse bilionário sovina, mas:

"a doação não foi em dinheiro mas em créditos de propaganda no Facebook, que será mais útil a longo prazo".

Mais um elitista estúpido e sem coração que só pensa em si. Acho que vou começar a boicotar o Foice.

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger Mr X disse...
"LARANJA ALOGENO" seria o Trump?

Ele tem mesmo uma cor de pele estranha, mas pelo que sei ele é alemão com escocês, não é?

24 de janeiro de 2017 00:10

BEM O TRUMP É ALOGENO MAS PELO MENOS É NOSTRATICO SE É GOYIM JA NÃO SEI

CENSURADO AGAIN disse...

QUANTO AO TERMO LARANJA NÃO FOI LITERAL

Mr X disse...

Por que será que alguns posts rendem tantos comentários e outros tão poucos? Certamente não é pelo conteúdo. Os melhores textos quase sempre rendem os menores comentários.

AF disse...

Não é pelo conteúdo mesmo não, X, pois o conteúdo dos seus posts são ótimos e muitos blogs que fazem os melhores textos também tem menos comentários nos posts, em boa parte das vezes.

As discussões inúteis sobre brancura influenciam muito no número de comentários.

CENSURADO AGAIN disse...

discussões inúteis sobre brancura influenciam muito no número de comentários.

NÃO FALA ISSO SENÃO ELE VAI COMEÇAR A INCENTIVAR DISSO ELE ERA O PRIMEIRO A CENSURAR ANTES MAS AGORA ADOROU A RECEITA

White Nationalist disse...

E o Uruguai? Por que é pouco mencionado? Ele é, proporcionalmente falando, mais branco que a Argentina.

White Nationalist disse...

Sim, discussões sobre brancura podem até ser inúteis, mas aí lhe pergunto: o que seria uma discussão útil? Uma que realmente faça alguma diferença no mundo? Se a resposta for sim, então toda discussão é inútil. As pessoas discutem com o intuito de aprender e ensinar, e não para mudar o mundo. Por essa lógica os não-americanos não deveriam debater sobre a política americana, pois eles não terão qualquer influência nos rumos daquele país.

Sobre as discussões sobre a brancura dos povos brancos: ela é inútil no sentido de que não irá mudar em nada o destino da raça branca, mas é útil para que as pessoas saibam o que é branco e o que não é. Se não existisse discussões sobre Antropologia Racial o mais provável seria um bom número de brancos racialmente conscientes se misturando com mestiços claros por não saberem(devido a ignorância antropológica) diferenciar eles de um mestiço claro.

CENSURADO AGAIN disse...

mestiço claro.

ATE O DUBLADOR DO BOB ESPONJA NO YT SE ACHA ARIANISSIMO É SÓ OLHAR O QUE ELE DIZ NO VIDEO COMO SE RAÇA FOSSE SÓ PELE TIPICO DE CERTA LATITUDE DA ZONA ALOGENA HEHE

AF disse...

Censurado Again,

Obrigado pelo conselho.

White Nationalist,

Sim, as discussões são completamente inúteis, como você mesmo falou e a analogia que você fez sobre debater política americana é falsa, pois você esqueceu de olhar muitos detalhes completamente inúteis e óbvios que são ditos o tempo todo nessas discussões, além da repulsa aos próprios brancos, achismos, as exigências que eles fazem sobre brancuras, as discordâncias e brigas e nas discussões sobre política, já é diferente, embora haja um pouco dessas coisas também.

Além do mais o nacionalismo branco em teoria é para ajudar a raça branca, para que ela siga em frente, mas não é o que está acontecendo, devido ao enorme tempo gasto com esse pessoal ao dizer tantas coisas óbvias nessas discussões, brigas, relativismo, achismos, etc.

O tempo gasto com essas discussões daria para fazer algo pelo bem da raça branca.

CENSURADO AGAIN disse...

6 de fevereiro de 2017 23:21

POIS DEVIAM IR FAZER COMUS BRANCAS NO MUNDO REAL VOLTAR PRA UE ESSAS COISAS RECONQUISTAR ELA

CENSURADO AGAIN disse...

AO INVES DE FICAR REPETINDO AH NÓS TARDIOS OCIDENTAIS NO SUL SUSTENTAMOS A ZONA RACIAL VERDE QUE IMPOMOS DEFICIT COMERCIAL-INDUSTRIAL ETC VIA MURALHA DE IMPORTAÇÃO ARTIFICIAL CARA PROS OTARIOS AO INVES DE VOLTAR PRA UE