sexta-feira, 13 de maio de 2016

Hope Springs Eternal

Por que escrevo este blog? Não sei, ou melhor, não sabia até que o tal Agente Smith me informou, que é para tentar entender algo sobre o mundo que nos cerca.

É isto mesmo, nunca quis informar ou convencer ninguém, nem fundar um movimento político ou uma religião, só tentar entender algumas coisas por mim mesmo. Mesmo não tendo entendido quase nada ainda, aliás, parece que fico cada vez mais confuso.

E por isso este blog mudou bastante, de um neocon clássico, a um paleocon, a um questionador de tudo e todos. E já se vão quase nove anos.

Será que é tempo de acabar? Talvez. Já quase acabei uma vez, depois voltei. Talvez acabe de novo. E volte de novo. Ou não. O importante é se renovar e não cair na mesmice.

Claro que um blog acaba criando vida própria, então, acaba tornando-se uma compulsão por sempre escrever. Uma costume incessante e inquieto, uma tentativa de descobrir o que pode existir por trás de tudo o que se vê, mesmo sabendo que tal busca será sempre infrutífera.

Além disso, existem os leitores. Alguns terminaram virando algo próximo da amizade, já que não acredito que uma verdadeira amizade possa ser apenas virtual. Ou será que é possível? Calculo que hoje em dia 90% de nossas interações são virtuais, via telefone, email, mídias sociais, serviços de mensagens e de vídeochamadas, e isto mesmo com familiares ou amigos que moram longe, então talvez estejamos assistindo a um novo fenômeno.  

Às vezes assalta-me a nostalgia. Confetti, Chesterton, por onde andarão? E Bárbara? Casou, teve filhos, morreu? Sim, talvez tenha morrido ou parido. Pena.

Não acredito em quase nada, e nem sei se há algo em que se acreditar.  Às vezes penso que Schopenhauer tinha razão, às vezes penso que vivemos no pior dos mundos possíveis. A humanidade é um lixo, e é difícil acreditar que algum dia poderá mudar para melhor. No fundo, se não sou "progressista", é apenas por isso: não acredito em progresso nenhum.

Não quer dizer no entanto que tudo seja sempre terrível, ou que não seja possível encontrar alguma beleza mesmo no efêmero. Aliás, é exatamente o contrário, a beleza é o efêmero. O que é bom dura pouco.

Mas as pessoas precisam acreditar, e alguns acreditam nas bandeiras, nas falsas utopias, nas rebeldias bem-comportadas que são vendidas pela televisão e redes sociais, enquanto a elite ri.


E por isso assistimos a eternos ciclos, de "direita" e "esquerda", de "nacionalistas" a "comunistas", de "revolucionários" a "reacionários", um pêndulo que sempre se move de um extremo ao outro (e jamais parando no meio moderado), causando terror e destruição ao seu redor.

Mas vez por outra há momentos de paz. Eis-me aqui desejando que seja possível chegar a algum lugar, que o bom e velho "ocidente" não tenha sido apenas mais um sonho. 


153 comentários:

AF disse...

Um dia essa onda de progressismo vai acabar!!!

Certamente, se superarmos o que aconteceu, falaremos às futuras gerações: "A gente alertava sobre os perigos da imigração, multiculturalismo e outras merdas daquela época e éramos tidos como racistas e extremistas..." e essas novas gerações já estarão preparadas, pois saberão de um imenso desastre do passado e não cairão nesse canto de sereia que atrai muitos (principalmente brancos) idiotas a um mar de ilusões.

Agente Smith disse...

O seu blog não tem desenvolvimento filosófico ou pretensões informativas, nem esse é o seu objetivo, mas dentro da tua procura por compreender o que está acontecendo com as pessoas e o mundo, há muitas idéias certeiras sobre o que de fato está levando o mundo ocidental à ruína e vale bem a pena ler seus questionamentos. Há que se mencionar também que você, creio eu, costuma fazer uma leitura fria dos acontecimentos. Isto ajuda bastante a compreender os fenômenos sociais e a desenvolver uma capacidade de observação apurada. Aliás, é impossível compreender qualquer coisa quando se colocam os valores pessoais e o calor da emoção na frente dos fatos. Naturalmente eles tem importância, mas não na hora de observar e analisar fenômenos que vão além da própria experiência individual.
Isso que o pessoal não entende e você já deve ter reparado.

Agente Smith disse...

Não faz muito tempo que eu acompanho o seu blog, mas de 2016 eu li todos os posts e vou ler os anteriores sempre que eu tiver tempo. Pelo que eu já li, não acredito que você irá parar de escrever. Kkk

Ainda há poucos espaços para uma discussão razoável sobre a sua visão pessoal sem o inconveniente de atrair os olhares espantados, ou ser chamado de "fascista" e os rótulos idiotas da esquerda, porque é difícil para as outras pessoas o ato de sair da sua própria zona de conforto e bater de frente contra a engenharia social de um poder que elas nem conhecem (o globalismo). E os seus questionamentos vão continuar existindo. E você vai escrever sobre eles. Duvido que vá conseguir calar a própria curiosidade de entender o porquê de tanto caos. A outra opção é comentar no FB e tomar um strike de comentários idiotas do tipo "diversidade é a nossa força", "não deveriam existir fronteiras no mundo", "no futuro todos serão miscigenados"...

Existe vida inteligente no seu blog e mesmo os leitores menos espertos ao menos estão acima do padrão "homem médio". Kkk

Mr X disse...

A seguir assim realmente vão sobrar poucos europeus para contar a história:

http://www.bbc.com/portuguese/geral/2016/05/160501_assexuados_relacionamento_rm

White Nationalist disse...

Coerência total:
http://ichef-1.bbci.co.uk/news/ws/624/amz/worldservice/live/assets/images/2016/05/01/160501012906_assexuada_evie_624x351_bbc_nocredit.jpg

A mulher se diz assexuada(pessoa que não sente atração sexual) e ao mesmo tempo se diz demissexual(pessoas que só sentem atração sexual por alguém depois de ter um vínculo emocional forte), lol. Pensei que assexuados não transassem.

Falando sério, esse papinho de não sentir atração sexual não faz sentido nenhum. Duvido que o carinha não fique com pensamentos pervertidos ao ver esta foto:
http://nextimpulsesports.com/wp-content/uploads/2013/06/hottest-kate-upton-pics-18.jpg

Idem para a mulherada assexuada ao ver a foto de um macho sarado.

Mr X disse...

Sonho dos progressistas: mudar não apenas o futuro, mas o passado:

http://fusion.net/story/228845/richard-scarry-best-word-book-ever-changes/

Welcome to 1984, só com alguns aninhos de atraso.

Sabedor disse...

Ta osso.

Tem pessoas que são assexuadas sim.

No entanto é importante separar um brocha de um assexuado.

O assexuado tem pouca excitação sexual e não liga pra isso.

Já o brocha ficou com disfunção sexual depois de nao sei o que, infecção, sei lá.

O brocha é como se fosse um sexuado dentro do corpo de um assexuado. Analogia convidativa ao transexual, que nasce no corpo de um sexo mas desejaria pertencer a outro sexo, 😁

Sabedor disse...

Pertencer ou, seria melhor, ser.

White Nationalist disse...

Um verdadeiro assexuado(algo que não existe) não sente nenhuma atração sexual.

Ter pouca excitação sexual já o invalida de ser assexuado.

Agente Smith disse...

Esse negócio de assexualidade deve ter a ver com isto:
https://www.endocrine.org/news-room/press-release-archives/2006/testosterone_lvls_in_men_decline

Como todo mundo sabe, o ser humano depende de um equilíbrio hormonal saudável para manter o impulso sexual.
Mas aí vemos que os alimentos industrializados estão socados de soja. Vemos a prevalência do veganismo, da obesidade, do sedentarismo e da esquerda escrota dizendo que ser homem, hétero e branco é a pior coisa que existe.

Não há testosterona que aguente essa dose de vida moderna...

Sabedor disse...

Eu nao entendo

Obesidade e disfunção sexual

So que me parece que muitos homens e mulheres obesos apresentam libido acima da média sem contar que existe o estereotipo de que sejam mais férteis.

Se a alimentação industrializada esta causando uma explosão de assexualidade (duvido) então alguém me explica porquê que as classes mais baixas geralmente mais afetadas pela obesidade não me parecem tão intensamente afetadas pela disfunção sexual??

Vegetarianismo e esquerda?
Oi??

Hitler e tantos outros "conservadores" não significa nada pra vc.

O hinduísmo, a prática da supremacia tribal também não deve significar nada.

Este é o problema de tentar usar o contexto atual como se fosse representativo de toda a estória humana. Tem semelhanças?? Eu não duvido em nada. Mas isso nao significa que seja recomendado fazê-lo.

Assexualidade é o extremo do desejo sexual. Tudo leva a crer que aqueles que de fato são assim sentem desejo sexual sim, so que numa intensidade muito mais baixa. Disfunção da ereçao ou no caso das mulheres, frigidez, são sim desequilíbrios. Assexualidade não é especialmente a partir do momento em que os assexuais não sofrem falta de uma constância sexual.

Eu nao duvidaria se as taxas de assexualidade de hoje em dia fossem as mesmas de antes.

Esta narrativa polida apocalíptica (ooh céus é o fim, os assexuais) bem comum na direita nos mostra as costumeiras falhas que sao cometidas neste lado do espectro no que diz respeito ao raciocínio.

Mr X disse...

Sinceramente, acho que são apenasm modinhas.

Desejo ou atração sexual é algo biológico, salvo casos como baixa libido ou outros problemas físicos, acho que a maioria das pessoas sente algum tipo de atração sexual.

Daí, se na prática realizam ou não, é outra história, há os celibatários que sublimam, os que sentem culpa ou nojo, ou os que tem algum outro tipo de problema físico ou mental.

Estes tais "assexuados" ou "demissexuais" ou "poliamorísticos" só querem se sentir especiais e inventam esses rótulos tolos.

De qualquer forma, representam apenas o que, 1% da população? Realmente neste ponto até que concordo com o Sabedor, são algo que sempre existiu.

A única coisa estranha é a mídia aparentemente aprovando e divulgando (promovendo?) esse tipo de relacionamento.

Sabedor disse...

Hoje assistindo a um programa matutino muito famoso falou-se sobre o vitiligo. Nada de mal nisso. Uma minoria tem essa anomalia, não é contagiosa e é aquele pensar empático abstrato que o descobridor do efeito flynn citou num vídeo seu disponível no you tube, se colocar no lugar do outro.

Portanto a Priore não acho ruim a mídia falar disso ou daquilo. O problema é que a mídia sempre tem segundas intenções.

O que era pra ser celebrado, isto é, o respeito ao próximo, se torna suspeito.

Não achei que essa reportagem esteja incentivando os outros a aderir a assexualidade. O que está escrito incentivando são os neologismos excessivos, enquanto que demoniza aqueles que nao lhes convém.

Agente Smith disse...

Mas eu nem disse que o desequilíbrio hormonal fosse a única causa para a assexualidade.
A questão é que as causas naturais como lesão cerebral, má-formação das estruturas neurológicas, tumor da glândula pituitária e tal, são variáveis que se esperam constantes. Se houve um aumento abrupto na incidência dessa condição, não são as causas naturais que o justificam.

O objeto da questão é SE HOUVE AUMENTO.

E como saber? A comparação com os relatos passados é complicada. Uma por causa da precariedade da ciência médica até relativamente tempos recentes, e mesmo os casos era vistos como desejo homo reprimido. Outra porque muitos relatos vêm de pessoas que eram "normais" e de repente "se tornaram" assexuais, o que não sugere uma causa "natural".

Os próprios médicos admitem que o desequilíbrio hormonal PODE ser um dos causadores do comportamento. Tendo em conta que a recorrência desses desequilíbrios estão aumentando ao longo das últimas gerações, é um palpite bastante plausível suspeitar da relação "hormônios-assexualidade" e se eles se dão de forma espontânea ou não.

Sabedor disse...

Eu acho que essas mudanças tão abruptas que esta ficando difícil ao menos pra mim pensar que apenas a genética que tem um papel. Acho que é uma questão cultural também. Antes ninguém falava sobre isso e ainda mais de maneira natural, isto é, apregoando a condição um estado dentro do espectro normal de comportamento sexual. Antes era tudo diferente em termos culturais e igualmente impositivo e ate mais do que hoje em dia porque se pode escolher algumas coisas enquanto que antes ou você seguia a linha ou estaria flertando com perigos reais para o próprio bem estar. Por exemplo a homossexualidade. Antes na época "dourada" da ortodoxia conservadora, qualquer desvio de comportamento ja era entendido como uma ameaça social e que portanto deveria ser contida em sua origem. A maioria dos assexuais se casavam e escondiam dos outros a sua condição. Hoje em dia temos uma minoria admitindo publicamente que é assim ainda que pareça variar imensamente de costa a costa. No Japao por exemplo eu nao sei se assexualidade mas com certeza uma hipossexualidade no que diz respeito ao comportamento ao menos entre flertes quando se é jovem se tornou a norma. Nós que tendemos a ser de outsiders também estamos em risco de nos projetarmos nos demais tentando entender os seus comportamentos ou respostas conformativas como se pensassem como nós. No mundo dos "normies" o papel da subconsciência é muito alta. Em aquelas, antes de de fato pensarem, as suas mentes ja pensaram por eles.

Sabedor disse...

Me refiro aos casos em que o comportamento não é causado por qualquer disfunção.

AF disse...

Há pesquisas que mostram que a qualidade do sêmen do homem está caindo e muito, se comparada a outras épocas e isso com certeza pode ter um efeito na libido do homem.

Provavelmente tem a ver com excesso de alimentação que temos hoje em dia, muita química dos alimentos e certamente até mesmo com alimentos transgênicos que podem afetar de certa forma a genética do homem, mas quem fala coisas assim é visto como conspirador, ignorando que há pesquisas sérias sobre o risco da má alimentação e dos alimentos transgênicos.

Mr X disse...

"Há pesquisas que mostram que a qualidade do sêmen do homem está caindo e muito"
"alimentos industrializados estão socados de soja"

Não é por nada, mas vocês estão me lembrando o general Jack D. Ripper :-D

https://www.youtube.com/watch?v=N1KvgtEnABY

https://www.youtube.com/watch?v=Qr2bSL5VQgM

direita disse...

"não deveriam existir fronteiras no mundo", "no futuro todos serão miscigenados"..."

É engraçado ver gente que mora em condominio vim com esse discurso de um mundo sem fronteiras .

direita disse...

Sonho dos progressistas: mudar não apenas o futuro, mas o passado:

http://fusion.net/story/228845/richard-scarry-best-word-book-ever-changes/

Welcome to 1984, só com alguns aninhos de atraso."

Sandices de um povo inútil e mimado.

Sabedor disse...

''É engraçado ver gente que mora em condominio vim com esse discurso de um mundo sem fronteiras .''

Me lembro de um dos primeiros trabalhos, se não o primeiro deles, que fiz na faculdade, que era justamente sobre este assunto.

Eu e meus amigos (o burro, tá tá, eu sei), dois esquerdistas, do tipo, tecnicamente inteligente (qi alto) mas estúpidos em termos de inteligência contextualizada ou aplicada ao mundo real, fomos até a um condomínio fechado mostrar esta realidade e discutir a ideia dos espaços públicos e da livre circulação de pessoas. Os meus amigos e eu chegamos à conclusão de que não deveriam haver condomínios fechados por tornarem privado aquilo que a priore era pra ser ''público'' ou ao menos que não tivesse qualquer impedimento para a livre circulação.

Sabem porque que eu concordei com eles (e com quase toda a classe de recém-universitários ou seria melhor, ''refém'')**

Porque eu pensei em mim mesmo quando fui junto com os meus amigos no condomínio e fui impedido assim como eles de entrar naquele local.

Foi uma abordagem bastante narcisista e crua, precipitada, de minha parte.

Hoje eu vejo que é mais complicado.

É, algumas pessoas ''evoluem'', outras param no tempo.

Os meus amigos, diga-se, os meus melhores amigos de todo o período de minha vida universitária, estão congelados no tempo, desde aquele ano de 2008 que mudaram quase nada de suas concepções de mundo. E desde então, nos tornamos mais e mais mutuamente atomizados, ao ponto de ruPTura recente, em que continuam a defender tolamente a esquerda em toda a sua suposta integridade moral enquanto que eu já passei por tantas micro-transformações que nem sei mais no que me tornei, ao menos por agora, acho que em um ser completamente híbrido no que diz respeito à minha compreensão pessoal de mundo. Mas eles continuam lá, congelados, criogenizados naquele mundinho de estudantes universitários.

Me surpreendi com os dizeres daquele padre esquerdófilo que foi excomungado, Boff* ah sei lá o nome dele, um famozão...

falou até mesmo em preparar os cavalos para retomar o poder, wow!!!! deve estar tendo gozos múltiplos imaginando em uma Petrogrado encardida pelo tempo e por McDonalds recém abertas.

Agente Smith disse...

Kkk
Entre a comunidade bodybuilder, a soja é um alimento quase proibido, afinal o atleta precisa de níveis bastante altos de testosterona para manter acelerada a construção das fibras musculares. Não são poucos os estudos científicos estabelecendo correlação entre o consumo de soja e derivados a condições como queda na testosterona, disfunção erétil e infertilidade.
Por via das dúvidas, acho que são motivos mais que suficientes para não querer chegar nem perto...

Agente Smith disse...

Sem dúvidas, a influência cultural também é parte nessa equação.
A dinâmica social da vida moderna mudou muito e de uma forma rápida demais ao longo das últimas décadas. As pessoas nem conseguiram "processar" tanta mudança e se vêem sozinhas numa sociedade atomizada. Deve ser por isso que se apeguem tanto a grupos e modinhas na tentativa de "se adaptar" ao meio.
O caso dos japoneses "herbívoros" acho que exemplifica bem o que estamos dizendo.

White Nationalist disse...

Percebo cada vez mais que o conceito de branco está sendo relativizado por ditos "Nacionalistas Brancos". No maior fórum WN da Internet, o Stormfront, esta garota é considerada branca por alguns membros:
http://s2.glbimg.com/BKiyE7J7c3VFFol1mVDJiFTRCIg=/300x225/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2016/05/07/13152893_1019412024808018_1132587138_n-4343141.jpg

Nesta primeira foto até engana, mas vamos ver outras:
http://midias.gazetaonline.com.br/_midias/jpg/2016/05/07/1_familia_foto_4343270-4343291.jpg

http://e-c3.sttc.net.br/uploads/RTEmagicC_4c2b1b4a72.jpg.jpg

E nem adianta vim com papinho de bronzeamento, pois o mesmo não altera a estrutura facial e a dela é claramente mongolizada, ameríndia.

Sabedor disse...

''Kkk
Entre a comunidade bodybuilder, a soja é um alimento quase proibido, afinal o atleta precisa de níveis bastante altos de testosterona para manter acelerada a construção das fibras musculares. Não são poucos os estudos científicos estabelecendo correlação entre o consumo de soja e derivados a condições como queda na testosterona, disfunção erétil e infertilidade.''

Existem bodybuilders veganos você sabia**

Sabedor disse...

''Não são poucos os estudos científicos estabelecendo correlação entre o consumo de soja e derivados a condições como queda na testosterona, disfunção erétil e infertilidade.''

O problema desses estudos sobre saúde são que, a maioria dos cientistas que os realizaram, sei lá, 20,30 anos atrás, não se preocuparam com todos os detalhes ou variáveis biológicas que com certeza influenciam no resultado final.

Aí sempre ficamos naquelas

correlação ou causalidade

quem veio primeiro**

São os consumidores de soja, que MUITAS vezes o farão para buscar por fontes alternativas de proteína em outros alimentos, mais propensos a terem baixo testosterona, ou de fato, a soja tende a causar esses tipos de problemas***

Li muito vagamente e na wikipedia ainda por cima que homens com baixo testosterona, livre e total, foram muito mais propensos a serem generosos (560% mais generosos) do que aqueles com alto testosterona.

Também li que homens com baixo testosterona foram mais propensos a serem legais ou apenas normais com homens de outras populações ou regiões.

Eu tenho a impressão que um monte de homens esquerdistas tem baixo testosterona e um monte de mulheres esquerdistas tem alto, isso explicaria muita coisa, mas é triste porque muitos deles são pessoas legais, mais legais que muitos conservadores por aí.

Quando paro pra pensar no estrago que ''o homem branco'' e a sua elite tem feito no planeta ainda mais no século passado, eu até penso que faz sentido que possa ser entendido como um câncer.

O homem branco, generalizadamente falando, é o mais ''sucker'', trouxa de todos, por acatar sem maior criticismo as ordens de suas elites malditas, anglos, francos, judias ou não, e em especial quando a meta é fazer merda. O século passado foi um desastre gigante e por que**

sabe a quem culpar

duas guerras mundiais em que o próprio homem branco foi o que mais perdeu...

Poucos homens de gênio euro-caucasianos inventaram partes super importantes da modernidade. E os parasitas estúpidos psicopáticos se aproveitam das obras de gênios para impor o seu domínio de terror.

E ainda pior porque MUITOS desses homens de gênio não eram lá pessoas maravilhosas em termos de índole.

Agente Smith disse...

Não existe isso de "estrago que o homem branco faz".
Ora, fazer estrago e ser trouxa nunca foram privilégios só do "homem branco". Essa tese do "homem branco malvadão" é coisa do lumpen proletariado esquerdista.
Estão aí a Revolução Cultural chinesa, o genocídio de Ruanda, a guerra civil congolesa, a guerra de Biafra, a guerra civil somali, a guerra civil sudanesa, a guerra entre Etiópia e Eritreia, o massacre de Nankin (que deixou até os nazistas enojados, frisa-se), o genocídio do Camboja, a guerra Irã-Iraque e o conflito de Burma para provar o contrário. Isso só para citar os conflitos mais recentes que deixaram mortes na casa dos milhões. E pobreza, corrupção, atentados contra os direitos humanos também em escalas absurdas... O que o "homem branco" teve a ver com isso? O que te leva a crer que outra raça faria melhor?
O ser humano é uma invenção que não deu certo.

Agente Smith disse...

Eu conheço bodybuilders vegans. Tá certo que eu só conheço mulheres veganas, mas vai ver é fruto do acaso...
É muito difícil a ciência médica provar algo em definitivo sobre os benefícios e malefícios dos alimentos.
Mas... Vai de cada um descobrir na própria pele se o que se diz é verdade ou não, afinal quem pode se ferrar é quem faz a escolha e ninguém tem nada com isso!
Não creio que a falta de testosterona seja boa para a população masculina de forma nenhuma. Se pode tornar solidário? Tão solidário a ponto de dividir a própria esposa com a rapaziada?
Não, essa geração molenga não serve de exemplo para ninguém. São bons "amigos gays" para as mulheres e só.

Agente Smith disse...

Faz um teste, junta um monte de homens brancos e manda um a um para um quarto. Lá estará pelada, de 4, a moça da foto, que "não é tão branca". Vamos ver se os 2 vírgula algum % de ancestralidade não-branca que ela possa fazer diferença...
O que ficarem com o p* duro você pode mandar fuzilar. São traidores do "verdadeiro nacionalismo branco"! Os que não ficarem, pode tirar os uniformes do armário e montar o teu exército com eles. Seja feliz na causa...

Existe uma enorme diferença entre escolher não procriar com outras raças, o que eu concordo, e entre bancar a mãe coruja da raça branca, sempre avisando o "tesouro" a não se misturar com essa gentalha "99% branca, mas aquele 1% é afro-mongolizado do oceano Pacífico"...

Sabedor disse...

''Não existe isso de "estrago que o homem branco faz".
Ora, fazer estrago e ser trouxa nunca foram privilégios só do "homem branco". Essa tese do "homem branco malvadão" é coisa do lumpen proletariado esquerdista.
Estão aí a Revolução Cultural chinesa, o genocídio de Ruanda, a guerra civil congolesa, a guerra de Biafra, a guerra civil somali, a guerra civil sudanesa, a guerra entre Etiópia e Eritreia, o massacre de Nankin (que deixou até os nazistas enojados, frisa-se), o genocídio do Camboja, a guerra Irã-Iraque e o conflito de Burma para provar o contrário. Isso só para citar os conflitos mais recentes que deixaram mortes na casa dos milhões. E pobreza, corrupção, atentados contra os direitos humanos também em escalas absurdas... O que o "homem branco" teve a ver com isso? O que te leva a crer que outra raça faria melhor?''


''O ser humano é uma invenção que não deu certo.''


Homem branco ou J...deu, ou os dois... eu sei que falar em ''homem branco'' é tornar abstrato e vago aquilo que é mais concreto, mas por agora, eu não vejo qualquer razão para me opor a este tipo de caminho ideacional, se em um mundo de múltiplas perspectivas, também é válido analisar e concluir desta maneira, isto é, que, como a humanidade falhou, o ''homem branco'' em toda a sua pujança evolutiva, se comparado aos demais, falhou ainda mais do que os outros, não seria apenas culpa branca, mas responsabilidade branca também, especialmente quando você resolve colocar todo o planeta Terra pra participar de sua ''pós modernidade''.

X e eu concordamos totalmente numa coisa.

Por que diabos importar negros escravizados e jogá-los bem no caribe** diga-se, uma das mais belas regiões do mundo***

é complexo concluir por definitivo absoluto

apenas o branco que é culpad(o).

mas, sem com isso pensar em ações logicamente subsequentes a este caminho ideacional ou ênfase ideacional, não está nem 80% errado

a resposta perfeita para a tragicomédia humana é a de PARAR com tudo isso, com esta teimosia disfarçada de ''destino''. a teimosia de teimar no erro isto é, de continuar a pensar como um animal subconsciente, mas talvez, esta seja a realidade para a grande maioria dos seres humanos.


Sabedor disse...

''Eu conheço bodybuilders vegans. Tá certo que eu só conheço mulheres veganas, mas vai ver é fruto do acaso...''

Fruto de uma minoria estatística e provavelmente do seu acaso particular de encontrá-los.

A existência consistente, isto é, tolerável e até mesmo auto-enriquecedora a longo prazo, de veganos bodybuilders, apenas desfaz, impressão que deu, o seu determinismo de colocar esta prática em oposição absoluta em relação ao vegetarianismo.

Não entendo como que primatas muito mais musculosos que nós possam se alimentar só de vegetais.


''É muito difícil a ciência médica provar algo em definitivo sobre os benefícios e malefícios dos alimentos. ''


Então a soja...

''Mas... Vai de cada um descobrir na própria pele se o que se diz é verdade ou não, afinal quem pode se ferrar é quem faz a escolha e ninguém tem nada com isso!''


Nunca vi ou tive conhecimento de alguém ter morrido por vegetarianismo. Pelo consumo desenfreado, o hábito de nossos dias, de ''carne'', eu sei de muitos.



''Não creio que a falta de testosterona seja boa para a população masculina de forma nenhuma. Se pode tornar solidário? Tão solidário a ponto de dividir a própria esposa com a rapaziada? ''


Falta de testosterona significa Abaixo da média. Menos testosterona significa que está dentro de um espectro saudável.

Eu supus que é bem provável de ser assim. Pode me chamar de louco mas eu vejo mais possibilidade de evolução EM ALGUNS subgrupos esquerdistas ou que se definem como tal, em termos morais, e sejamos sinceros, em termos gerais, do que na maioria dos CLÁSSICOS conservadores.


''Não, essa geração molenga não serve de exemplo para ninguém. São bons "amigos gays" para as mulheres e só.''


Então se prepare para conviver e aceitar alfas competindo das mais sórdidas maneiras entre si, transformando a sociedade em que vive em um.... Níger.

O homem é raquítico em termos sociais se comparado à mulher, são crianças crescidas e perigosas, afinal, fazer guerras eles não ligam e até se animam com grande constância.

Sabedor disse...

http://s2.glbimg.com/BKiyE7J7c3VFFol1mVDJiFTRCIg=/300x225/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2016/05/07/13152893_1019412024808018_1132587138_n-4343141.jpg

Não vi nada de não-branca nela, passa por italiana fácil fácil...

só pela pele mais bronzeada** é isso*

Repito, defendam os albinos suevos, se darão melhor com isso já que são minoria e serão mais coerentes com aquilo que realmente querem, uma população perfeitamente norte-europeia.

Todo o branco nacionalista brasileiro ou americano nordicista extremista deveria passear um pouquinho na Europa e de preferência em áreas intactas pela iminvasão de massa pra comprovarem por si próprios o quão puríssimos são os europeus da gema, muitos deles.

até os finlandeses, os mais louros e com a maior proporção de olhos claros, de todas as populações europeias, eles, ou muitos deles já começaram a tratar como ''não-brancos''.

White Nationalist disse...

Rapaz, aquilo é um fórum nacionalista branco, e ponto final. Postar fotos de uma mestiça assassinada e dizer que os esquerdistas não farão alarde da morte dela, pois é "branca" é uma baita desonestidade e beira o ridículo(aposto que os esquerdistas lendo aquele fórum estavam caindo na gargalhada).

O que quis dizer com "não é tão branca"? A garota é uma mestiça óbvia e se você acha que ela parece branca então a sua definição de branco é muito ampla.

Desnecessário levar as coisas pro lado sexual. Negros que costumam fazer isso.

White Nationalist disse...

Muitos ditos "Nacionalistas Brancos" sentem atração por mestiças e justificam isso dizendo que as mesmas são brancas.

Aqui deixo umas mestiças "calientes" que muitos dirão que são brancas:
http://i291.photobucket.com/albums/ll318/aarontheman38/ravelriley.jpg

http://maxcdn.fooyoh.com/files/attach/images/3004/553/063/005/mexican_soccer_cheerleaders_362.jpg

http://images3.backpage.com/imager/u/large/193092297/image.jpg

Sabedor disse...

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/olavo-de-carvalho-e-os-brutti-sporchi-e-cattivi-ou-a-estupidez-satisfeita-de-si/

ad ireita brasileira é divertidíssima

ainda estou tentando entender o porquê de tanto ódio em relação ao Ovalo, ok

eu que já o acho podre em MUITOS (mas não em TODOS os) aspectos fiquei com pena dele, que foi que ele fez**

White Nationalist disse...

Tu só pode estar de sacanagem com a minha cara se você considera a indiazinha como sendo branca. E você ainda usou a foto em que ela usa filtros e ângulos de câmera para dizer que ela é branca.

E começou de novo com essa merda de nordicismo. Agora quem sabe diferenciar brancos entre os mestiços é nordicista.

Você deveria mudar esse teu nick, pois um cara que considera uma mestiça óbvia como sendo branca não pode se chamar de "Sabedor".

White Nationalist disse...

Todo mongrel quer pagar de sul europeu/mediterrâneo.

Sul Europeus:
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/49/16/24/491624c62c1a94763f5394a85809cdcc.jpg

http://i4.photobucket.com/albums/y148/lulu78/Blog/Film/riccardo_top5.jpg

VS

Mongrels:
http://www3.pictures.zimbio.com/gi/Nick+Turturro+Millers+New+York+Premiere+Outside+4rjcRBf_lN1l.jpg

http://allaboutthetea.com/wp-content/uploads/2015/03/Melissa-Gorga-SELF-Rocks-Summer-Special-Guest-0A9nLkyYfOwl.jpg

Agente Smith disse...

Isso que está dizendo agora é um misto de "white guilt" com "white man's burden". Não faz sentido culpar a "raça branca" por problemas que são próprios do "ser humano". É tomar a parte pelo todo, não tem nenhuma razoabilidade e não é uma análise válida nem a nível abstrato, já que depende de um exercício de futurologia impraticável dizer em que sentido seria melhor um curso histórico dominado por outras raças. E pelos indícios que se tem, podemos afirmar categoricamente que não.

Eu concordo que foi uma imensa burrice colonizar o Caribe (e o resto da América) da forma como foi feita, destruindo a vegetação nativa para plantar cana-de-açúcar pelos escravos. Hoje temos um pedacinho da África numa das áreas mais bonitas do planeta...
Mas a África também tem paisagens assim. Você se aventuraria numa praia da Somália? Ou nas matas do Congo, país aliás onde há mulheres que têm como precaução guardar dinheiro no c* para não serem roubadas quando são estupradas... Ou na nascente do Nilo no Burundi e da confluência dos dois Nilos no Sudão? São paisagens paradisíacas...
E na Índia, já foi pra ver a mundiça que é. A China também. O Japão não, mas o material humano dos grandes centros não vai muito bem das pernas onde a moda é ser mangá boy, "herbívoro" ou hikikomori. E sabe o que o homem branco tem a ver com essas coisas? Nada. Não quero nem pensar no que seria o mundo se governado pelos asiáticos ou africanos. De uma coisa eu sei, seria ruim pra kct também.

Agente Smith disse...

Eu sou pessoalmente contra casamentos mistos. Mas não coloco no mesmo barco uniões de pessoas brancas com pessoas predominantemente brancas, mesmo porque a porcentagem não-branca é pequena e vai se diluindo ao longo do tempo, de forma nenhuma uma fração ameaça o todo.

Agora não deixar descendência ou deixar uma de cabelo pixaim ou de olhos puxados, aí não tem volta e é deixar um futuro mais difícil para quem vier, com a certeza de ir se tornando cada vez mais "minoritário"...

Agente Smith disse...

100%" retira todas as possibilidades de sucesso do movimento. Vai ter gente brigando porque acha que, por exemplo, finlandeses "não são brancos", ou portugueses, sul italianos, espanhóis, franceses (porque têm muito contato com espanhóis e tugas), europeus do leste, americanos, balcânicos, gregos...
Aí vira terra de ninguém.

O nordicismo é um absurdo por si mesmo. Excluem a maior parte da raça caucasiana e qual é a referência de padrão ideal dos nordicistas?
Sim, o povo que hoje é o mais bundão da face da terra, os suecos.
E os alemães, que só fazem merda no continente. Não bastassem duas guerras, abriram as portas do continente aos "imigrantes" e estão forçando esse modelo falido de sociedade aos países do Leste. A Alemanha é como um louco que deveria ser interditado. Melhor passar o ponto para os russos...

Agente Smith disse...

As mulheres veganas que eu conheço consomem soja.
Os homens, se perguntarem a eles, vão dizer para passar longe do consumo.
Mas tem outra coisa também, ser vegano em si não quer dizer que tenha soja na base da dieta, ou mesmo que consuma alguma. Das mulheres que eu conheço, as veganas usam proteína do arroz, do amendoim e da ervilha, da lentilha e do grão-de-bico como principais fontes, sendo que os 3 primeiros são encontrados no mercado até na forma de suplemento. E mesmo a fisiologia feminina desenvolve efeitos diferentes no consumo diário de soja. Uma dieta vegana envolve bastante planejamento, ainda mais para evitar a anemia.

Por "falta" eu não quis dizer "ausência", mas "deficiência".
E o ser humano pode ser burro, mas a natureza não é. Se tem o hormônio testosterona em quantidades relativamente grandes, algum efeito necessário tem no organismo masculino, não?
A seleção natural não ia permitir que tal característica se mantivesse por tanto tempo. E seguramente podemos dizer que a diminuição de tal hormônio não se deve a causas naturais.
O padrão "homem esquerdista" na verdade é exemplo do que não ser.

Sabedor disse...

''As mulheres veganas que eu conheço consomem soja.
Os homens, se perguntarem a eles, vão dizer para passar longe do consumo.''

Sim, só que eles não podem provar nada a não ser se virem mudanças em tempo real acontecendo com as suas saúdes. No mais, eu não consumo soja com frequência.


''Mas tem outra coisa também, ser vegano em si não quer dizer que tenha soja na base da dieta, ou mesmo que consuma alguma. Das mulheres que eu conheço, as veganas usam proteína do arroz, do amendoim e da ervilha, da lentilha e do grão-de-bico como principais fontes, sendo que os 3 primeiros são encontrados no mercado até na forma de suplemento. E mesmo a fisiologia feminina desenvolve efeitos diferentes no consumo diário de soja. Uma dieta vegana envolve bastante planejamento, ainda mais para evitar a anemia.''


Sim eu sei, eu não sou vegano, consumo derivados do leite e ovo. É difícil na minha situação me adequar totalmente a uma dieta livre do consumo de alimentos que de alguma maneira derivam dos animais. Racionalizei, como a maioria dos vegetarianos do meu tipo, que são alimentos invasivamente retirados dos animais, mas não se consistem exatamente no ''sacrifício'' (assassinato ritual) dos mesmos.


''Por "falta" eu não quis dizer "ausência", mas "deficiência".''

Eu não duvido, por isso é sempre importante ESPECIFICAR.


''E o ser humano pode ser burro, mas a natureza não é. Se tem o hormônio testosterona em quantidades relativamente grandes, algum efeito necessário tem no organismo masculino, não?
A seleção natural não ia permitir que tal característica se mantivesse por tanto tempo.''

Papinho de demagogo darwinista.

''A seleção natural não permitiria...''

A tal ''seleção natural'' '''permitiu''' que a humanidade se degenerasse e nem me refiro apenas aos esquerdistas, basta ver a tal classe média, em média, pra logo ver o porquê.



''E seguramente podemos dizer que a diminuição de tal hormônio não se deve a causas naturais.''


Eu acho que não podemos dizer porque ainda não existem provas perfeitamente metódicas e conclusivas sobre isso.

As pessoas se assustam (e é muito comum disto acontecer entre os conservadores, por causa de suas amígdalas cerebrais maiores, e eu sou assim também) e racionalizam o seu ''trauma'' como se fosse a mais pura verdade, sem comprovar o que está dizendo.

Como vc mesmo disse a cultura também tem um importante papel especialmente nos ''normies''.
Quando o ser humano está confortável ele irá lutar mais por seu conforto do que pela verdade. É o que está acontecendo no ocidente.

Podemos pensar sim que vários fatores naturais possam estar tendo um papel, por exemplo, o aumento do número de pessoas que nascem de pais ''tardios'' e isso tende a implicar em maiores cargas mutacionais e ''perturbações'' do desenvolvimento, ressaltando que ''perturbação'' é relativa ao espaço e tempo visto que aquilo que é um transtorno hoje em dia muito bem se tornar a ordem do dia daqui a algum tempo.


''O padrão "homem esquerdista" na verdade é exemplo do que não ser.''

Sim, alguém me disse que homens afeminados tendem a comungar com traços negativos da mulher com traços negativos do homem e o mesmo acontece com as mulheres mais masculinas, isto é, uma piora do que JÁ NÃO É MARAVILHOSO, as mulheres histéricas, dependentes, fúteis e atraídas por machos alfa problemáticos, e do outro lado, o ogro tolo que só pensa em frivolidades masculinas como futebol, cerveja e fazer sexo.

não é porque os esquerdistas são esses problemáticos que os demais serão muito melhores, não são. e novamente, tem esquerdistas e ''esquerdistas''.

Sabedor disse...

Acho que não entendeu a minha proposta. De fato, é um assunto completamente novo (ou não) na estória umana. Na maior parte das vezes o ser humano faz merda e transforma em '''tradição''', racionaliza o mal feito. muito que bem.

Mas apesar da universalidade da falha humana, os brancos são os que mais tem causado problemas, claro, modo de dizer, brancos quem cara pálida***

Eu que ''sou'' meio branco e passo pela brancura em muitos lugares, não sou culpado de nada. É modo de dizer mas que não está errado. Como um conhecido meu disse, o esquerdista literaliza abstrações, isso é inteligente aonde mesmo**

a sim, em nenhum lugar.

Não tem que literalizar abstrações, tem que encontrar o fio da meada, onde que se originou a abstração, mas mante-la ali especialmente se estiver predominantemente correta.

Eu não estou repropondo aquilo que a mérdia faz noite e dia. Mas de ter em mente mais de uma perspectiva, em que a culpa branca também é necessário e não apenas 'branca'.



''É tomar a parte pelo todo, não tem nenhuma razoabilidade e não é uma análise válida nem a nível abstrato, já que depende de um exercício de futurologia impraticável dizer em que sentido seria melhor um curso histórico dominado por outras raças. E pelos indícios que se tem, podemos afirmar categoricamente que não. '' ''

Acho que não disse que preferia um mundo dominado por outras raças, nem estou fazendo previsões, de onde tirou isso**

Claro que é razoável, tanto no sentido que entendeu quanto no sentido de intensidade qualitativa, isto é, razoável, mas não é extremamente correto ou maravilhoso de se concluir, ainda assim, correto, necessário, reconhecer erros é muitíssimo importante. O branco virou réu e o seu advogado é muito ruim.



''Eu concordo que foi uma imensa burrice colonizar o Caribe (e o resto da América) da forma como foi feita, destruindo a vegetação nativa para plantar cana-de-açúcar pelos escravos. Hoje temos um pedacinho da África numa das áreas mais bonitas do planeta...
Mas a África também tem paisagens assim. Você se aventuraria numa praia da Somália? Ou nas matas do Congo, país aliás onde há mulheres que têm como precaução guardar dinheiro no c* para não serem roubadas quando são estupradas... Ou na nascente do Nilo no Burundi e da confluência dos dois Nilos no Sudão? São paisagens paradisíacas...''

E no que isso interfere naquilo que concordou**

Acho que em nada, o fato é, ''o branco'' teve chances de fazer bonito e desde o início só fez merda, resultado, na parte de cima, dois países robóticos, CAN e USA, do resto em diante, desastre. As populações euro-caucásicas parece que saturaram os seus limites coletivos de sabedoria, diga-se, bem baixos.


''E na Índia, já foi pra ver a mundiça que é. A China também.''

Londres foi uma imundície por séculos, até bem pouco tempo atrás foi muito suja.
''O'' branco, quando tinha poder, poderia ter adentrado nos dois países e criado um plano de desenvolvimento demográfico a longo prazo de modo a conter a explosão subsequente, que se deu a partir da segunda metade do século XX, tudo poderia ter sido bem diferente, e no entanto, tudo foi muito desastroso.


''O Japão não, mas o material humano dos grandes centros não vai muito bem das pernas onde a moda é ser mangá boy, "herbívoro" ou hikikomori. E sabe o que o homem branco tem a ver com essas coisas? Nada. Não quero nem pensar no que seria o mundo se governado pelos asiáticos ou africanos. De uma coisa eu sei, seria ruim pra kct também.''


NADA**

a intervenção militar americana no século XIX, forçando o país a se abrir,

mais a destruição e ocupação militar americana depois da segunda guerra e o ''incentivo'' (forçaram) à esterilização e abortos em escala industrial, a infiltração da cútura mercana no país... os dois tiveram culpa, as elites, sempre estúpidas e carniceiras, do Japão, a sua submissão ao big stick ameericano e o próprio ''EUA''.

Sabedor disse...

''Você deveria mudar esse teu nick, pois um cara que considera uma mestiça óbvia como sendo branca não pode se chamar de "Sabedor".''

Mande mais fotos dela então

nesta foto ela está branca, quer vc quer não

NOVAMENTE


para o nordicista

branco tem de ser como a Bibi Andersson.

desta maneira, nem 3% dos euro-caucasianos serão brancos pra ti.

Se ela não for super branca como diz, eu terei cometido um erro, e daí*

cometer este tipo de erro não é tão ruim assim, desde que reconheça, eu terei sabido...

Sabedor disse...

White nationalist,

o seu nick name já é engraçado por ser anglicizado,

os exemplos que usa são piores ainda,

tu pega uma mulher de olhos azuis e loira (possivelmente pintada) que poderia passar fácil de norte europeia e diz que é ''sul europeia'', sendo que este fenótipo não é majoritário por lá, e claro, uma mulher BONITA.

aí tu pega dois exemplos, e o segundo de uma mulher negra como se quase todo mundo a confundisse com sul europeia sendo que é claramente ''não-branca''. Até o esquerdista mais analfabeto em antropologia racial sabe disso, pode negar, como é o hábito, mas sabe.

E mais,

as diferenças entre a moça que disse ser ''índia'' e a italiana da foto não são tão evidentes assim.

Nasceu com visão raio x nordicizador foi****

pegue outras fotos da moça que ''acusaste'' de passar ''injustamente'' por branca e aí sim poderemos tirar a prova dos nove.

Sabedor disse...

O X sempre posta fotos de brancos ''suspeitos''.

Em compensação os brancos nacionalistas daqui sempre postam fotos de pessoas de olhos claros para representar os sul europeus, diga-se, olhos claros, faces pouco robustas, dando a entender que apenas eles que podem ser brancos.

Novamente, branco é uma coisa, europeu étnico é outra.

Na Europa só os brancos nacionalistas que estão tão preocupados assim com esta super-hiper-mega-ultra brancura impossível que tanto perseguem.

Em quase todos os países europeus e antes da iminvasão, já existiam VARIAÇÕES FENOTÍPICAS, em que alguns grupos tendiam a se distinguir mais dos outros.

White Nationalist disse...

Os Nordicistas que desejam preservar as características etnoculturais do países nórdicos não estão nem um pouco errados.

O problema são aqueles nordicistas que acham que apenas os Nórdicos são brancos e que a sub-raça nórdica fundou as civilizações Grega e Romana.

White Nationalist disse...

Eu já postei outras fotos da garota. Está no mesmo post em que está a foto em que você classificou ela como branca. Postarei de novo:
http://e-c3.sttc.net.br/uploads/RTEmagicC_4c2b1b4a72.jpg.jpg

http://midias.gazetaonline.com.br/_midias/jpg/2016/05/07/1_familia_foto_4343270-4343291.jpg

E os exemplos de Sul Europeus postados não possuem nada de Norte Europeus. A mulher pode ter olhos claros, mas suas feições são tipicamente Italianas, ela é Gracile Med:
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/49/16/24/491624c62c1a94763f5394a85809cdcc.jpg

Esta aqui é minha bisavó quando jovem e a mesma tinha olhos azuis, mas não poderia se passar como Norte Europeia:
http://s23.postimg.org/4ss80ele3/20151106_134222.jpg

Qual pra você seria a origem dela?



A mulher que eu postei da Sicília não é negra. Santa ignorância. Ela é de "pura ascendência Siciliana" e é fato de que na Sicília têm muitos mestiços. Muitos mongrels do Sul Europeus parecem mulatos.
http://allaboutthetea.com/wp-content/uploads/2015/03/Melissa-Gorga-SELF-Rocks-Summer-Special-Guest-0A9nLkyYfOwl.jpg

Agente Smith disse...

OK,

Vamos tentar de novo, Sabedor, acho que eu não fui claro na resposta anterior.

Eu não interpretei a sua abstração "de maneira literal". Eu só disse que ela não tem serventia nenhuma. Vamos ver o porquê.

Uma tese abstrata teria como objetivo final produzir um símbolo para que melhor se interprem os fatos concretos. E por isso mesmo não admite interpretação literal.
O problema é que a construção dessa tese não pode passar por cima da lógica elementar.

Pois bem, se há uma igualdade entre o ser humano é na sua capacidade de fazer as coisas darem errado, esse talento natural é inato e não conhece limitações de raça, sexo ou credo. Dito isso, adivinha o que vai acontecer quando um grupo humano tiver a chance de "fazer bonito"?
O próprio fato de ter filhos já é transmitir o legado da própria miséria, como diria o personagem machadiano Brás Cubas. A irresponsabilidade, o mau caráter e as paixões são elementares do ser humano e, acredito eu, só são parcialmente moderados por uma cultura fundada na honra, mais ou menos como era o Japão pré-45 e por uma arte que valorize o belo e moral.

Na formulação do seu raciocínio abstrato, você levou em conta a natureza falha do ser humano?
Não.
Você pegou uma parte e culpou pelo evento em sua totalidade, o curso da história contemporânea e suas desgraças.
Qual é o nome disso? Causa complexa. Para que pode servir em nível pessoal? Talvez como escapismo, motivado talvez por uma séria desilusão com a civilização ocidental.
O problema é que toda civilização é um ciclo histórico permeado por tragédias e interesses mesquinhos, e nisto a diferença entre as elites e qualquer outro grupo é de meios e oportunidades. Todo esse debate para se voltar ao mesmo ponto da natureza falha humana...

White Nationalist disse...

Sabedor, eu já havia postado outras fotos da menina, mas aqui posto de novo:
http://midias.gazetaonline.com.br/_midias/jpg/2016/05/07/1_familia_foto_4343270-4343291.jpg

http://e-c3.sttc.net.br/uploads/RTEmagicC_4c2b1b4a72.jpg.jpg

http://www.tribunaonline.com.br/wp-content/uploads/2016/05/Ana-Beatriz4.jpg

http://extra.globo.com/incoming/19255332-6a8-c22/w448/aba-beatriz.jpg

Filtros e ângulos de câmera enganam:
https://i.ytimg.com/vi/TOwsYwpMlH0/hqdefault.jpg
http://img.estadao.com.br/thumbs/550/resources/jpg/7/5/1462815424257.jpg

A mulher "negra", Melissa Gorga, é 100% descendente de Sicilianos e aqui deixo umas fotos dessa mulher com fenótipo Romano:
http://i1.wp.com/allthingsrh.com/wp-content/uploads/2014/05/Melissa1.jpg?w=545
http://i0.wp.com/allthingsrh.com/wp-content/uploads/2014/05/MelissaGorga.jpg?w=800

Com os pais:
http://i2.wp.com/allthingsrh.com/wp-content/uploads/2014/05/Marco.jpg?w=400

Mestiços de Sul Europeus com Semitas costumam lembrar mulatos.

E sobre os Sul Europeus: são as feições que importam, e não a cor dos olhos. Sim, eu sei que a maioria dos Europeus Latinos possuem olhos e cabelos escuros, mas um bom número possui olhos e cabelos claros(sendo olhos claros mais comuns que cabelo loiro).

Asia Argento é uma tipica Italiana:


https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/20/03/9b/20039ba413910f1d2e545805ad87b451.jpg


White Nationalist disse...

Sabedor, qual pais você acha que esta mulher descende?
http://s23.postimg.org/4ss80ele3/20151106_134222.jpg

Não é a melhor foto, mas só tenho essa. Os olhos dela eram azuis.

Sabedor disse...

https://yougov.co.uk/news/2016/05/13/low-young-masculinity-britain/

Inglaterra foi o primeiro país a se industrializar. Pelo pouco que sei, para que o feto masculino se desenvolva ''normalmente'' precisa de mais tempo que o feto feminino, afinal de contas, o homem é a cobaia natural da humanidade, graças ao testosterona.

A poluição foi uma das causas para a redução da masculinidade entre os britânicos ou na verdade, esta quase-epigenética não é tão correta assim e na verdade ocorreram mudanças nos padrões seletivos, visto que em ambientes sociais estáveis, homens mentalmente estáveis e cooperativos são mais desejados pelas mulheres do que em ambientes instáveis e não-cooperativos, onde ao invés do provedor beta, será o lutador alfa que será mais selecionado*

Sabedor disse...

''God help us when the next war comes!''

Bem assim mesmo o ''pençar'' euro-caucasiano...

Sabedor disse...

http://s23.postimg.org/4ss80ele3/20151106_134222.jpg

WN,

olha branca, sinceramente não sei, parece um tipo generalizado, pode ser turca, grega, inglesa, americana.

Sabedor disse...

WN,
você sabia que a Asia Argento tem uma vó baiana**

Sobre a garota,

na primeira foto que vc enviou ela está olhando completamente branca. Nas outras vê-se que de fato é mestiça, tem muitas mestiças assim no Brasil, que quando se arrumam mais, ficam mais parecidas com mulheres caucasianas.

Ela lembra a atriz ''Milena Toscano''.

O sul da Europa foi sim terra de muitas misturas, com árabes, sarracenos, gregos, espanhóis e negros subsaarianos, estes pelo que parece menos.

Sim, eu cometi um erro aí, visto que ela é siciliana, mas tem um aspecto bem mulato. Acho o tipo dela bem raro mesmo no sul da Europa, a maioria dos mais mesclados nessa região olham meio misturado justamente com os povos que se misturaram por lá. No entanto, os estudos genéticos dos sul europeus costumam ser muito conflitantes, de um lado diz que são mesmo mais misturados, por outro lado, diz que a mistura é ínfima. Ainda estamos engatinhando na genética, creio eu. Ou os estudos fazem análises por diferentes angulos.

Por exemplo, algo para confundir muitos leigos e meio-leigos.

A proporção genética versus o percentual médio

33% dos genes dos brasileiros por parte de mãe são de origem ameríndia,

SÓ QUE

o percentual médio de ''genes ameríndios'' devem variar em torno de 5-10%.

...

Sabedor disse...

Para dizer que algo não tem qualquer serventia é porque este algo deve realmente ser totalmente inútil

e por incrível que possa parecer a culpa branca PODE SER muito útil para a causa branca.



''Uma tese abstrata teria como objetivo final ... da lógica elementar.''

Não entendi. ''Tese abstrata'', que que isso**
Teses abstratas tem muitas finalidades e não precisam ser reduzidas/finalizadas a um símbolo.


''Pois bem, se há uma igualdade entre o ser humano é na sua capacidade de fazer as coisas darem errado, esse talento natural é inato e não conhece limitações de raça, sexo ou credo. Dito isso, adivinha o que vai acontecer quando um grupo humano tiver a chance de "fazer bonito"?''

Concordo, e pelo fato ''dos brancos'' serem os MAIS, já parece provar o meu argumento, até porque a própria história já nos mostra.


''O próprio fato de ter filhos já é transmitir o legado ... uma arte que valorize o belo e moral.''

Concordo também.

''Na formulação do seu raciocínio abstrato, você levou em conta a natureza falha do ser humano?
Não.
Você pegou uma parte e culpou pelo evento em sua totalidade, o curso da história contemporânea e suas desgraças.''


Não senhor.
Agora quem terá de explicar de novo sou eu.
Você está ou parece estar pensando que eu quero reformular a culpa branca entoada pela mérdia e cia ilimitada.
Não quer admitir, mas está pensando assim.

Os brancos são aqueles que mais fazem pois mesclam os tipos que existem entre os leste asiáticos e os negros africanos. Resultado...

bem, eu já falei, a terrível colonização das Américas, este cocô que se tornou, sem falar de todos os outros tropeços estúpidos cometidos.

Eu estou sim, repensando em usar a culpa branca e de maneira honesta/racional de modo a servir tanto para os próprios brancos quanto para as outras populações, humanas e não-humanas.

Novamente, não está errado admitir erros do passado, nem um pouco e se consiste justamente numa maneira de se evoluir, de fato, superar níveis, estágios de desenvolvimento. Superar as próprias falhas.




''Qual é o nome disso? Causa complexa. Para que pode servir em nível pessoal? Talvez como escapismo, motivado talvez por uma séria desilusão com a civilização ocidental.''


Está querendo bancar o freud agora, só falta citar o menino Hans de Viena.

Escapismo**

quero sim, quero escapar destes macacos loucos.

Desilusão**

Sim, tomei consciência a pouco.


''O problema é que toda civilização é um ciclo histórico permeado por tragédias e interesses mesquinhos''

Por que será que a maioria das pessoas quando conversam comigo resolvem usar este tom como se eu fosse uma criança que acabou de quebrar a casca do ovo** Eu sei disso. Não acho que seja um ciclo necessário como alguns dizem.

Teimosia

aquilo que define a seleção natural e a ''adaptação''.

Aquilo que os seres humanos continuam a fazer.

No mais, é aquelas, segurança é teimosia, especialmente para os que acreditam nela.


''e nisto a diferença entre as elites e qualquer outro grupo é de meios e oportunidades. Todo esse debate para se voltar ao mesmo ponto da natureza falha humana...''


Quando é que foi que eu neguei isso**

novamente, só estou falando que, quer queira quer não, os esquerdos estão certos em relação a muitas coisas, inclusive a culpa branca, mas sem a psicose de se acusar apenas os brancos.

Se for retrucar novamente, por favor, o faça pontualmente, refutando ponto a ponto o que acabei de escrever neste comentário. Ajuda. Sem querer ofender, aliás, acho que não o fiz.

Sabedor disse...

WN,
a moça da foto pode ser descrita generalizadamente como ''caucasiana''.

Está olhando ameríndia**
não

estão olhando mestiça de ameríndia e outra raça**
não

Está olhando negra**
não

Está olhando mestiça de negra e outra raça**
não

Está olhando maori*
não

Está olhando mestiça de maori com outra etnia**
não

etc

sim, eu sei, a cor do cabelo atrapalha um pouco.

está olhando caucasiana amestiçada, isto é, caminhando e cantando em direção a fenótipo mais mestiço, mas com um certo predomínio de características caucásicas.

quase uma típica ''vira latas'', que não tem qualquer dominância fenotípica racial.
mas no caso dela, tem sim, e é caucasiano.

direita disse...

"Percebo cada vez mais que o conceito de branco está sendo relativizado por ditos "Nacionalistas Brancos". No maior fórum WN da Internet, o Stormfront, esta garota é considerada branca por alguns membros:"

Atualmente ,O Wn americano médio é mestiço ,eles consideram mestiços como brancos ,pois se veem nestes.
Nao creio que o fundador do stormfront seja racialista ,pois se fosse nao toleraria este tipo de coisa em seu site .
Alias , penso que St seja uma oposiçao controlada .

Se tu quer preservar algo ,a primeira coisa a fazer é definir oque se quer preservar . A partir do momento que essa definicao nao é feita ou fica sujeita a interpretacoes , nao oque se preservar .

direita disse...

"Percebo cada vez mais que o conceito de branco está sendo relativizado por ditos "Nacionalistas Brancos". No maior fórum WN da Internet, o Stormfront, esta garota é considerada branca por alguns membros:"

Uma boa maneira de destruir o movimento pro branco a partir de dentro ,é desconstruir o conceito de raca branca . O mestiço andrew anglin faz isso muito bem.

rorschachbr disse...

Saudações X
Fiquei alguns anos sem publicar um único post (pagar as contas e viver no real world desanima um pouco)
Mas como a situação aqui no Rio já está ficando do jeito que avisei há cerca de 7 anos atrás e um período desempregado e com mudanças radicais na vida pessoal, além é claro da queda da rainha má e feia o Planeta Prisão está de volta mais "bolado" do que nunca.(o carioca não sabe falar sem gíria)
Já estou me empolgando novamente, escrever parece que dá um sentido à vida.
Quem tiver tempo dá uma conferida porque vou pegar mais pesado ainda. (A idade faz a gente ficar mais confiante, pelo menos até alguém procesar ou a polícia bater na porta)
Em breve um artigo sobre o dia que o Reinaldo "mauricinho" Azevedo não me respondeu, e ainda me bloqueou.
Um abraço

Rorschach BR disse...

Saudações X
Fiquei alguns anos sem publicar um único post (pagar as contas e viver no real world desanima um pouco)
Mas como a situação aqui no Rio já está ficando do jeito que avisei há cerca de 7 anos atrás e um período desempregado e com mudanças radicais na vida pessoal, além é claro da queda da rainha má e feia o Planeta Prisão está de volta mais "bolado" do que nunca.(o carioca não sabe falar sem gíria)
Já estou me empolgando novamente, escrever parece que dá um sentido à vida.
Quem tiver tempo dá uma conferida porque vou pegar mais pesado ainda. (A idade faz a gente ficar mais confiante, pelo menos até alguém procesar ou a polícia bater na porta)
Em breve um artigo sobre o dia que o Reinaldo "mauricinho" Azevedo não me respondeu, e ainda me bloqueou.
Um abraço

Rorschach BR disse...

Saudações X
Fiquei alguns anos sem publicar um único post (pagar as contas e viver no real world desanima um pouco)
Mas como a situação aqui no Rio já está ficando do jeito que avisei há cerca de 7 anos atrás e um período desempregado e com mudanças radicais na vida pessoal, além é claro da queda da rainha má e feia o Planeta Prisão está de volta mais "bolado" do que nunca.(o carioca não sabe falar sem gíria)
Já estou me empolgando novamente, escrever parece que dá um sentido à vida.
Quem tiver tempo dá uma conferida porque vou pegar mais pesado ainda. (A idade faz a gente ficar mais confiante, pelo menos até alguém procesar ou a polícia bater na porta)
Em breve um artigo sobre o dia que o Reinaldo "mauricinho" Azevedo não me respondeu, e ainda me bloqueou.
Um abraço

Mr X disse...

Andrew Anglin é mestiço?

White Nationalist disse...

A mulher da foto é a minha bisavó quando jovem e era de origem portuguesa. Nada de mestiça nela.

Sabedor disse...


''Está querendo bancar o freud agora, só falta citar o menino Hans de Viena.

Escapismo**

quero sim, quero escapar destes macacos loucos.

Desilusão**

Sim, tomei consciência a pouco.''


Agente Smith,
percebi só agora que não se referiu diretamente a mim, desculpe neste caso, mas...
também serve pra mim também, como se nota.

White Nationalist disse...

Em nada a menina lembra a Milena Toscano, que é uma autêntica branca.

Eu não entendo o porquê do direita cismar que o Andrew é mestiço:
http://www.dailystormer.com/wp-content/uploads/2015/03/andrew-anglin.png

Não acho foto da mãe, mas o pai é claramente branco:
https://www.splcenter.org/sites/default/files/Greg-Anglin1-1.jpeg

White Nationalist disse...

Brancos que não possuem um fenótipo certinho e estereotipados são tratados como mestiços:
http://wallpapersdsc.net/wp-content/uploads/2016/01/Minka-Kelly-HD-Wallpaper.jpg

http://fotoexpresso.imusica.com.br/fotos/art_brianlit_144370_baixa.jpg

http://pmcdeadline2.files.wordpress.com/2014/02/faris__140226000523-275x347.png

http://fiendfinder.info/ow_userfiles/plugins/photo/cover_4_550332a0bf696.jpg

E alguns brancos ainda usam artifícios de maquiagem para parecerem mestiços:
http://media1.popsugar-assets.com/files/2014/12/22/739/n/1922398/7f8c00404892653a_thumb_temp_image881416727477.xxlarge.jpg

Como ela realmente é:
http://www.famousbirthdays.com/headshots/ariana-grande-4.jpg

http://i.imgur.com/q0j07fx.jpg

O pai:
http://i.imgur.com/xnJMm7r.png

A mãe:
http://i.imgur.com/aIEwy2z.png

Avós maternos:
http://i.imgur.com/OlaAppn.png

White Nationalist disse...

Sardenhos(um dos povos mais puros da Europa) e seus fenótipos variados:
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/67/79/8d/67798dcf5e24394530b3b50dc2e726ca.jpg

http://3.bp.blogspot.com/-wNKL-I_ytzM/UH9at6LX8yI/AAAAAAAACkE/oUhQDZtYqbI/s1600/sardinians%2Bsardinian%2Bpeople%2B(2).jpg

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/c6/6f/f6/c66ff6594ec4d49a44ee073f9c60a496.jpg

https://sites.google.com/site/sardinianssardinianpeople/_/rsrc/1377564818384/home/SARDINIAN%20PEOPLE%20SARDINIANS%20(15).jpg?height=320&width=246

http://4.bp.blogspot.com/-nMeHAEJqZcI/UP6qGNRDgJI/AAAAAAAAAPg/-9SwkWF6-4w/s1600/DPP_1510_pp.JPG

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/18/fa/15/18fa15e4de1c2efa0dd0a345ac2ec5f4.jpg

http://2.bp.blogspot.com/-96d4g6QyZS8/Uc3A_NZx9iI/AAAAAAAAACw/6avW3mhKjKw/s525/sardinians+sardinian+people+(21).jpg

http://1.bp.blogspot.com/-WUFdEmCmKV4/U-W3SI5liwI/AAAAAAAAFpA/5hGMoo5Rg_Q/s1600/sardinians+sardinian+people+woman+(2).jpg

http://i.dailymail.co.uk/i/pix/2009/07/29/article-1202910-05DEA2E6000005DC-679_468x641.jpg

https://c7.staticflickr.com/1/114/288023574_ad99cf54f9.jpg

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/a3/Old_Sardinian_Man.jpg

White Nationalist disse...

direita,
como você classificaria a Isabelle Drummond? Eu sempre vi ela como branca(gracile med+alpina), mas fiquei na duvida após ver a foto de sua mãe:
http://imguol.com/c/entretenimento/2014/06/20/isabelle-drummond-1403297336727_350x500.jpg

http://corpoacorpo.uol.com.br/upload/conteudo_enquete_opcao/normal/280.jpg

http://fotos.caras.uol.com.br/media/images/large/2014/01/23/img-579617-isabelle-drummond20140123141390495531.jpg

Mãe:
http://z3.ifrm.com/67/29/0/p523928/image.jpg

O pai(já falecido) era branco:
http://z3.ifrm.com/67/29/0/p523929/image.jpg

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger Mr X disse...

Andrew Anglin é mestiço?

20 de maio de 2016 17:39

VENDO COMO VIROU ALGO INTERMEDIARIO ENTRE CUCK E PSEUDO NS MUITO PROVAVELMENTE A LA MUITOS DA DIREITA COM ASPAS DOS EUA

White Nationalist disse...

Ela foi classificada como sendo Atlantid e eu postei aqui sabendo você falaria alguma baboseira, pois isso já é tipico seu. Ninguém da minha família possui traços indígenas, africanos, etc.

http://s23.postimg.org/4ss80ele3/20151106_134222.jpg

Eu ri que nem um retardado quando você disse que a menina lembra a Milena Toscano
http://1.bp.blogspot.com/-Tx8FB5lQuqY/VYNB4CrejCI/AAAAAAAACuM/Bs5CHj_bNZY/s1600/milena_toscano.jpg

Superou a manjada épica da Stephany Brito parecer araboide.

White Nationalist disse...

Realmente os Turcos não são um povo homogêneo:

http://d3i6fh83elv35t.cloudfront.net/newshour/extra/wp-content/uploads/sites/2/2013/11/Turkey.jpg

http://www.europeword.com/images/turkey/turkish_people3.JPG

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/30/01/ac/3001ac3d651a8d85751a02a52fb93f72.jpg

White Nationalist disse...

Vejam que lixo o censo racial americano em que mestiços são classificados como brancos:
http://i62.tinypic.com/2gsprih.jpg

White Nationalist disse...

Alguns mestiços considerados brancos pelos browsileiros:
http://otvfoco.com.br/wp-content/uploads/2013/01/Ronaldo-2.jpg

http://s2.glbimg.com/pKKEp0-XMeNpUoRRIcQuC9D6JbU=/e.glbimg.com/og/ed/f/original/2014/08/21/10624356_746731065393725_355786997_n.jpg

http://famososnaweb.com/wp-content/uploads/2016/04/xx-55.jpg

http://www.gazetaesportiva.com/wp-content/uploads/imagem/2015/12/10/00828931.jpg

http://capricho.abril.com.br/imagem/580x362/anitta-2-40654.jpg?v=130529012015

http://rd1.ig.com.br/wp-content/uploads/2014/02/CaioCastro.jpg
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/8/8d/2015_UEFA_Super_Cup_64_crop.jpg

http://sgw.clicksergipe.com.br/storage/conteudo/4/6250/20150722175544_55b00350b6f82.jpg




White Nationalist disse...

Vejam como São Paulo era uma cidade limpa, organizada e com um povo bonito antes das migrações em massa dos nordestinos(em sua maioria mestiços):
https://www.youtube.com/watch?v=InWifglIkQ0

White Nationalist disse...

Vejam que imagem mais pertubadora:
http://i2.cdn.turner.com/cnnnext/dam/assets/140204020104-china-visa-horizontal-large-gallery.jpg

Amarelinhos segurando a bandeira de um país fundado por Anglo Saxões e ainda acham que são australianos.

A politica de imigração branca da Austrália, que só permitia Europeus(de preferência nórdicos), não existe mais.

White Nationalist disse...

Daqui a pouco irão dizer que não sou branco porque tenho cabelo ondulado volumoso e a minha linha frontal é baixa. Só pessoas com cabelo liso, fino e com entradas no cabelo(calvície) são brancas.

Meu cabelo é assim:
https://i.ytimg.com/vi/VJphKzExV8c/hqdefault.jpg

Agente Smith disse...

Há que se analisar o passado de forma racional, para conseguir perceber o que foi feito corretamente e o que deu errado no curso histórico. Não há mistério nisso.
O problema é que a retórica da "culpa branca" gera por si mesma uma ambiguidade, o que leva o interlocutor a associá-la à legitimação do discurso porco esquerdista. Ainda mais quando seguida da expressão "acredito que os esquerdistas estão certos em muitas coisas". Você disse, não eu.
Eu acredito que o grande pecado da civilização ocidental foi o fato de se tornar uma "sociedade aberta". Como exemplo, eu apontaria que as civilizações que menos estragos ao planeta fizeram foram a China antiga e o Japão até o século 19, porque eram sociedades fechadas, onde imperavam culturas de honra. Nesses tipos de sociedades, homogêneas e coesas, "terrestres", as desgraças acontecem somente em nível local, nunca em escala continental pela falta da pretensão expansionista. Se o seu conceito de "culpa branca" é uma personificação disso, eu concordo que realmente faz sentido, porque tem um pé na realidade, embora os requisitos essenciais para causar desgraças "mundiais" não sejam pertencer a uma raça x ou cultura y, em si, mas, primordialmente, a reunião de aspectos mais "democráticos" como:
1. Ideologias, culturas e políticas expansionistas;
2. Meios de ação apropriados (tecnologia, recursos humanos);
3. Oportunidades.
Se ecoa o discurso marcado pela frase "os esquerdistas estão certos inclusive quanto a culpa branca", nesse caso contradiz aquilo que você mesmo aformou anteriormente ao dizer "negar reformular a culpa branca entoada pela mérdia e cia ltda", porque o discurso esquerdista é esse mesmo da "mérdia". Não é de nenhuma forma racional, mas um "espetáculo" baseado no desconstrucionismo. Engraçado, porque desde 1960 para cá o quadro intelectual esquerdista não busca compreender o mundo, mas transformá-lo segundo suas próprias paixões, o que invalida qualquer tese que levantarem não "em partes", mas em suas totalidades por não serem análises filosóficas ou históricas, e sim meios de ação política travestidos de tais, e, para ser mais específico, "indoctrination".

Agente Smith disse...

A tal ''seleção natural'' '''permitiu''' que a humanidade se degenerasse e nem me refiro apenas aos esquerdistas, basta ver a tal classe média, em média, pra logo ver o porquê.

A psicologia humana não "segue" a seleção natural. Dadas as circunstâncias, pode-se acreditar até que seja o oposto da seleção natural...
"Quando o ser humano está confortável ele irá lutar mais por seu conforto do que pela verdade. É o que está acontecendo no ocidente."
Verdade. É por isso mesmo que o ser humano tem uma preguiça inata de pensar e, por estar preso em sua própria zona de conforto, raramente irá confrontar a ordem social dominante. Esse é o grande mal das classes médias, que só irão tomar essa coragem se tal ordem lhes causar prejuízos financeiros e ameaçar o seu modo de vida dependente dos "hobbies" pessoais de cada um. Uma visão de mundo voltada para o prazer imediato como seu valor mais elevado não tem como dar certo e não se diferencia em essência de uma sociedade de macacos bonobos.

direita disse...

"http://s2.glbimg.com/BKiyE7J7c3VFFol1mVDJiFTRCIg=/300x225/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2016/05/07/13152893_1019412024808018_1132587138_n-4343141.jpg

Não vi nada de não-branca nela, passa por italiana fácil fácil...
"

Não viu ,ou não quer ver ?

Passaria por italiana!? De forma alguma ! Italianos nao possuem fenotipo mongoloide .

direita disse...

"Repito, defendam os albinos suevos, se darão melhor com isso já que são minoria e serão mais coerentes com aquilo que realmente querem, uma população perfeitamente norte-europeia."

Na falta de argumentos ,como de costume ,tu recorre a falácia .
Ninguém aqui resumiu a raça branca aos nordicos . Oque foi aqui observado ,foram as formas faciais da garota ,não o seu bronzeado.

direita disse...

"Todo o branco nacionalista brasileiro ou americano nordicista extremista deveria passear um pouquinho na Europa e de preferência em áreas intactas pela iminvasão de massa pra comprovarem por si próprios o quão puríssimos são os europeus da gema, muitos deles."

Mas qual nordicismo ,ô caralho !? A moça em causa ate tem pele branca e olhos claros .

direita disse...

"até os finlandeses, os mais louros e com a maior proporção de olhos claros, de todas as populações europeias, eles, ou muitos deles já começaram a tratar como ''não-brancos''."

E depois? Finlandeses sao majoritariamente mestiços . Fato!

direita disse...

"Novamente, branco é uma coisa, europeu étnico é outra."

Na tua cabeça, com certeza! Não na realidade .
Branco = Europeu.

direita disse...

"http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/olavo-de-carvalho-e-os-brutti-sporchi-e-cattivi-ou-a-estupidez-satisfeita-de-si/

ad ireita brasileira é divertidíssima"


Direita que seguem os dogmas do marxismo cultural ? Tanto olavo como reinaldo sao adeptos da teoria da tabula raça , da inexistencia de raças de humanas e da teoria da critica : chamam racista aos racialistas.

direita disse...

"Eu sou pessoalmente contra casamentos mistos. Mas não coloco no mesmo barco uniões de pessoas brancas com pessoas predominantemente brancas, mesmo porque a porcentagem não-branca é pequena e vai se diluindo ao longo do tempo, de forma nenhuma uma fração ameaça o todo.

Agora não deixar descendência ou deixar uma de cabelo pixaim ou de olhos puxados, aí não tem volta e é deixar um futuro mais difícil para quem vier, com a certeza de ir se tornando cada vez mais "minoritário"..."

Traduzindo : você é um destes mestiços "predominantemente brancos ".

direita disse...

" O problema são aqueles nordicistas que acham que apenas os Nórdicos são brancos e que a sub-raça nórdica fundou as civilizações Grega e Romana."

Como eram os romanos :

http://www.theapricity.com/earlson/history/emperors.htm

http://www.occidentalenclave.org/viewtopic.php?f=25&t=1519


It is clear that throughout its history, Italy has been subject to several invasions by predominantly Nordic peoples. The first of these invasions laid the foundations for ancient Rome. The early Patrician class was constituted from Nordic racial elements, as Coon affirms:
“Their facial type is not native to the Mediterranean basin, but is more at home in the north....
...the movements from the north introduced Nordics of two varieties; the classic Hallstatt type, and the Keltic Iron Age type which was later to form the basic racial element among the Roman patricians.” [Coon (1939) 194; 554.]
The French author Rochat, examined portraits of the ancient Romans, and concluded that the Roman type was essentially Nordic. [Günther (1957).] The Swiss physical anthropologist His (1866), after studying both sculptures and skulls, determined that the true Romans had been Nordic.
There also exists a considerable body of evidence in relation to pigmentation. The German classicist Sieglin (1935), studied ancient Roman records, and demonstrated that the family names of most Patrician clans, denoted Nordic racial features, when they were translated from their original Latin. For instance, there were numerous Rufii,Rubrii and Rutilii, names which refer to red hair. There were also Flavi, Flaviani and Fulvi, which reveals blond hair. Sieglin studied all the references that were made to noted Romans, throughout the history of Roman literature. He compiled the following list of individuals, whose names are indicative of their possessing fair hair; Sieglin found: 7 Flavi, 20 Flaviani, 10 Fulvi, 121 Fulvii, 27 Rubrii, 26 Rufi, 24 Rufii, 36 Rufini, 45 Rutilii and 13 Ahenobarbi. He also observed that the names Flavius,Rufi and Rufini, were frequently employed by several Patrician families. [Sieglin (1935) 53.]
We also possess descriptions of famous individuals. In his Life of Cato the Elder, Plutarch states that the Censor had red hair and blue eyes; in the same author’sLife of Sulla, he declares that the Dictator possessed golden-blond hair and blue eyes. Suetonius, in his Lives of the Twelve Caesars, said that both Augustus and Nero had blond hair and blue eyes, that Galba had blue eyes, whilst Domitian not only had a ruddy complexion, but also composed a poem about an elderly, red-haired Roman that he knew. Suetonius also notes that Nero’s gens were referred to as the Ahenobarbi, (Copper Beards), because his clan continually produced men who had red beards. Finally, we can observe that the name “Caesar”, derives from the Latin wordcaesius, which means “blue-eyed”. [Günther (1957) 147—162.]
It is interesting to note that the Romans thought that Aeneas, Romulus and Remus, as well as Roma, the goddess who symbolised the Eternal City itself, were all golden-haired individuals. It would seem that the Romans could only have thought that the mythical founders of their people were blond, if they were themselves an originally blond-haired nation. [Ogle (1929).] In his researches Günther (1927; 1929a, b; 1957), has examined in great detail, the racial history of the Romans, and has successfully demonstrated that the origins of Rome’s greatness lay in its Nordic racial elements

http://www.theapricity.com/earlson/history/italy.htm

direita disse...


Gregos modernos

Modern Greeks are not the old hellens
https://m.youtube.com/watch?v=0T7_pSJWw6o


Sobre as estatuas gregas , e algumas romanas, e sua coloraçao original .

http://opiniaoenoticia.com.br/internacional/veja-como-eram-as-cores-originais-das-estatuas-gregas/

http://arquivomisterioso.blogspot.com.br/2014/09/descoberta-abundancia-fabulosa-de-cores.html?m=1

direita disse...

"A mulher que eu postei da Sicília não é negra. Santa ignorância. Ela é de "pura ascendência Siciliana" e é fato de que na Sicília têm muitos mestiços. Muitos mongrels do Sul Europeus parecem mulatos.
http://allaboutthetea.com/wp-content/uploads/2015/03/Melissa-Gorga-SELF-Rocks-Summer-Special-Guest-0A9nLkyYfOwl.jpg"

Ela é americana ,não é italiana !seu sobrenome vem de seu marido que tem , pelos menos em parte , origem italiana. No wikipedia ,diz que ela tem origem italiana ,porem ,lembro de ter lido certa vez que sua mae era mulata .

Esse é um caso semelhante ao daqueles mestiços do jersey shore ,que muitas vezes possuiam zero ascendencia italiana.

direita disse...

http://1.bp.blogspot.com/-lIsCQnnDbNM/VGj7cco-E6I/AAAAAAAAB64/0vpBDx9aizk/s400/anglin%2B2.jpg

https://ragsmakepaper.files.wordpress.com/2015/04/aanglin01.png


branco,andrew anglin não é .

White Nationalist disse...

direita, os romanos são iguais aos italianos de hoje(principalmente os do Centro), ou seja, um misto de mediterrâneo, alpino e dinárico. Alguns exemplos modernos de Romanos:
http://vsepravda.ru/wp-content/uploads/2014/10/%D0%9C%D0%BE%D0%BD%D0%B8%D0%BA%D0%B0-%D0%91%D0%B5%D0%BB%D1%83%D1%87%D1%87%D0%B8-%D1%84%D0%BE%D1%82%D0%BE1.jpg

http://www4.pictures.zimbio.com/bg/World+Music+Awards+2010+eAxGiwP1eejx.jpg

http://cdn.ofuxico.com.br/img/upload/noticias/2014/10/30/219714_36.jpg

Isso de elite Nórdica Greco-Romana não passa de pseudociência. Esses autores nordicistas colocam os nórdicos como sendo responsáveis por todos os avanços europeus e ainda classficam não-nórdicos como nórdicos. E ter olhos/cabelos claros não significa muita coisa, pois os nórdicos não possuem o monopólio dessas características e entre os Sul Europeus sempre houve uma minoria com fenótipos mais claros antes de qualquer invasão de povos germânicos.

White Nationalist disse...

Eu já postei fotos da mãe da Melissa Gorga e ela não parece ser mulata:
http://i2.wp.com/allthingsrh.com/wp-content/uploads/2014/05/Marco.jpg

Para algumas pessoas do Anthroscape a Melissa Gorga é branca:
Melissa Gorga - ZetaBoards

White Nationalist disse...

direita, aponte as características não-brancas em Andrew Anglin.

O seu crânio é alpinizado e o seu nariz(relativamente largo) é comum em borrebys/alpinoids/cromagnoids.

Sabedor disse...

Direita,
agora me diz, e sobre as pinturas egípcias**

Eles eram brancos nórdicos também*

Sabedor disse...

''Em nada a menina lembra a Milena Toscano, que é uma autêntica branca.''

Como todo mentiroso compulsivo inconsciente que é sequestrado por seu culto....

se ela se parecesse com a Tays Caramujo eu não a compararia com a Toscano, ah sim, uma autêntica estúpida...

Como sabe que a Toscano é uma autêntica branca*

Ela fez testes genéticos de pureza... racial*

No sorriso lembra MUITO sim.

Aposto que é uma esquerdosa nervosa, ah não, culpe o judeu, ela é ingênua!!! Ela tem um coraçãozinho de ouro.

Sabedor disse...

https://i.ytimg.com/vi/VJphKzExV8c/hqdefault.jpg

anham

Sabedor disse...

''Na tua cabeça, com certeza! Não na realidade .
Branco = Europeu.''

prove.

Os brancos nacionalistas racialistas são tão falsos e tolamente extremistas quanto os esquerdistas, a essência é a mesma, as motivações que se diferem.

Mentirosos, desonestos, não sei porque acusam os outros, se vcs fazem as mesmas coisas. O sonho da maior parte dos brancos nacionalistas é fazer aquilo que os judeus estão fazendo agora, estou mentindo**

Quando a África era parte do império britânico, dito ser aquele em que o sol nunca se põe, vocês nem ligavam e continuam tentando justificar.

Quando pessoas de outros tipos, nacionalistas e mais, INOCENTES, pagavam o pato por terem nascido sob o julgo de retardados com moral, que Dostoievski definiu como ''homens de ação'', vocês não estavam E não estão nem aí.

Defendem a palestina, será por que**

sentem empatia por eles**

não, apenas para tentar convencer alguns dos seus ''irmãos'' idiotas que a causa branca também é válida.

Acusam Israel, mas querem fazer a mesma coisa.

Sim, eles tendem a ser extremamente desonestos, pagar o preço com a mesma moeda, mas o que que os outros tem que ver com a briguinha tola entre vocês***


Há de se pensar o porquê dos ''irmãos'' árabes dos palestinos preferirem mantê-los como bucha de canhão, mártires de seus orgulhos de machos alfas corroídos por sucessivas vitórias israelenses dentro de seus domínios de séculos.


Quando a Europa não tinha que confrontar com não-brancos explícitos, não existia por que razão se diferenciarem a este ponto americano, de uma gota de sangue, não existiam testes genéticos, mas existiam árvores genealógicos.

A lógica dos brancos nacionalistas do tipo do Direita e do WN é a seguinte: não interessa que alguns povos não tenham culpa (aliás, quem no final terá qualquer culpa*, somos sempre herdeiros, o verdadeiro não-herdeiro será aquele que se isolar e se especia(liza)r) por terem se mesclado com as populações próximas de cepas menos depuradas, eles são ''não-brancos'' e portanto não podem fazer parte de nosso panteão mágico de guerreiros e suas mulheres submissas, vide os finlandeses.

Já virou dogma negativo


Sabedor disse...

''Na falta de argumentos ,como de costume ,tu recorre a falácia .
Ninguém aqui resumiu a raça branca aos nordicos . Oque foi aqui observado ,foram as formas faciais da garota ,não o seu bronzeado.''


Pessoas DESONESTAS me irritam uma barbaridade, mesmo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

você aparece aqui só pra isso Direita**

e o assunto do texto**

quanta mentira, eu vou começar a desprezar qualquer comentário seu dirigido a mim ou mesmo de qualquer outra natureza, cansei mesmo, já são anos e anos debatendo a mesma coisa. Nunca vai enriquecer o seu conhecimento e ainda por cima é cara de pau de não admitir aquilo que faz toda hora.

um NORDOCENTRISTA, seria melhor.

Sabedor disse...

Agente Smith,

''Há que se analisar o passado de forma racional, para conseguir perceber o que foi feito corretamente e o que deu errado no curso histórico. Não há mistério nisso.''


Andando em círculos. Mostre-me onde é que eu fui irracional em minhas análises de agora, novamente, pegue trechos e os refute.


''O problema é que a retórica da "culpa branca" gera por si mesma uma ambiguidade''

quase toda retórica gera ambiguidade, por favor.

''o que leva o interlocutor a associá-la à legitimação do discurso porco esquerdista. Ainda mais quando seguida da expressão "acredito que os esquerdistas estão certos em muitas coisas". Você disse, não eu.''


Onde é que está errado fazer essa afirmação**

prove que estou equivocado, pegue ponto a ponto que os esquerdistas acreditam e os refute, prove que eles estão completamente errados.


''Eu acredito que o grande pecado da civilização ocidental foi o fato de se tornar uma "sociedade aberta". Como exemplo, eu apontaria que as civilizações que menos estragos ao planeta fizeram foram a China antiga e o Japão até o século 19, porque eram sociedades fechadas, onde imperavam culturas de honra. Nesses tipos de sociedades, homogêneas e coesas, "terrestres", as desgraças acontecem somente em nível local, nunca em escala continental pela falta da pretensão expansionista. Se o seu conceito de "culpa branca" é uma personificação disso, eu concordo que realmente faz sentido, porque tem um pé na realidade, embora os requisitos essenciais para causar desgraças "mundiais" não sejam pertencer a uma raça x ou cultura y, em si, mas, primordialmente, a reunião de aspectos mais "democráticos" como:
1. Ideologias, culturas e políticas expansionistas;
2. Meios de ação apropriados (tecnologia, recursos humanos);
3. Oportunidades.''


Vide os moslems.


''Se ecoa o discurso marcado pela frase "os esquerdistas estão certos inclusive quanto a culpa branca", nesse caso contradiz aquilo que você mesmo aformou anteriormente ao dizer "negar reformular a culpa branca entoada pela mérdia e cia ltda"''

Fui vago, concordo, mas isso não prova que disse bobagem nem que a minha contradição seja impossível de ser consertada porque isso se dá apenas quando uma pessoa tenta provar o seu ponto de maneira detalhista E comete contradições. Mais detalhes, maior a responsabilidade de não cometê-las.

Sabedor disse...


Agente Smith,

''porque o discurso esquerdista é esse mesmo da "mérdia". Não é de nenhuma forma racional, mas um "espetáculo" baseado no desconstrucionismo. Engraçado, porque desde 1960 para cá o quadro intelectual esquerdista não busca compreender o mundo, mas transformá-lo segundo suas próprias paixões, o que invalida qualquer tese que levantarem não "em partes", mas em suas totalidades por não serem análises filosóficas ou históricas, e sim meios de ação política travestidos de tais, e, para ser mais específico, "indoctrination".''


Eu vou tentar ser menos vago, quando eu falo que os esquerdistas não estão de todo errados, eu me refiro às ideias que usam, isto é, OS MEIOS, que como sabemos apresentam finalidades diferentes. Pela superfície, a esquerda parece muito mais correta do que a direita, não em tudo, é claro, mas tem alguns pontos que deveriam ser moralmente unânimes, por exemplo, o respeito à vida, ao meio ambiental, ser contra a discriminação de comportamentos minoritários que A PRIORE não causam mal algum.

E um exemplo polêmico. Um bandido deve ser punido** concordo totalmente e com requintes ''extremistas''. Mas, estamos entendendo que

O livre arbítrio humano é muito menos significativo do que ''imaginávamos''.

Quanto mais detalhistas e próximo das nuances dos fenômenos estivermos menos paliativos e mais preventivos nos tornaremos.

Quando tomamos conhecimento desta realidade, a de que SOMOS a matrix, mais do que pertencermos a ''ela'', pelo menos eu, passamos a ver o crime menos como ''a vontade de um indivíduo'' e mais como '' a vontade de sua condição bio-existencial + um cocktail mais do que desfavorável'', ninguém pediu pra nascer assim ou assado, isso é um fato.

left strike

por enquanto tolerância zero com a criminalidade, isto é, medidas paliativas para algo que já poderia ter sido eliminado via cultura e seleção eugênica.

No entanto mais pra frente se ainda existir futuro, deveríamos começar a pensar seriamente nisso.

Até a síndrome de Estocolmo tem um pouco de razão embutida.

Agente Smith disse...

Faz bastante sentido o que você disse, devo reconhecer.
Eu não acredito na culpa branca por um motivo:
Cobrar da raça branca a atitude consciente de causar alguma transformação positiva no mundo é como celebrar um contrato de compra e venda com um macaco. É claro que o símio não vai adimplir a "obrigação" (nos dois casos).

Por isso, não acho exigível do "homem médio" que se comporte de forma diferente das outras raças, já que seguem ambos a mesma merda de cultura.
São espécies diferentes de macacos num zoológico planetário.
Fariam muito as pessoas brancas se fossem ao menos honestas, buscassem alguma virtude e honra. O que eu não vejo acontecer, devo dizer.

Agente Smith disse...

Quanto aos esquerdistas, não acho que são dignos de qualquer empatia. Uma pela decisão voluntária de renunciarem à própria defesa pessoal, e muito provavelmente serão sitting ducks para os islamistas. Espera, errei o tempo verbal, já são, e o são também para a criminalidade comum.
Quando eu falei sobre a testosterona, não foi para reforçar a tese idiótica de "alfas x betas", mas porque níveis adequados são necessários para um comportamento mais proativo e para conseguir se defender.
E depois, as supostas virtudes do esquerdista médio são pura falsidade, uma competição entre eles mesmos para mostrar quem é o mais "socialmente justo", como uma disputa para ver quem mergulha mais fundo no esgoto. O Mr X escreveu muito bem sobre isso no artigo "Altruísmo patológico, ou mera burrice?".
Eles conseguem fazer alguma coisa sem jogar a responsabilidade para o estado? Não são capazes de se defender, acham que o Estado precisa fazê-lo por eles. Não são generosos, acreditam que ajudar os outros é obrigação do Estado.
Parecem adolescentes mimados e barulhentos, debaixo das asas da mãe-coruja estatal.

Querem parecer as melhores pessoas do mundo por fazerem textões no Foicebook, que são como um testemunho de fé para eles.
De todos, os esquerdistas pós-1960 são os mais covardes, os mais conformistas, os mais bovinos. São absolutamente indignos.
Isso não quer dizer que o "outro lado" seja um primor da Humanidade, há uma diferença entre absoluto e parcialmente indignos...

Sabedor disse...

Agente Smith,
então, por um lado, eu estou defendendo a tomada por parte dos brancos a narrativa da culpa branca, e em especial dos brancos identitários, e não dos zumbis com defeito cerebral ou os parasitas de sempre.

Por outro lado, não existe ''raça branca'' neste sentido, nós temos apenas indivíduos mortais euro-caucasoides que nasceram em certos tempos e espaços e não merecem levar a culpa por algo que não fizeram. Na verdade, o ideal seria que apenas os perpetradores diretos de sofrimentos alheios tivessem pagado por seus crimes, por exemplo, os relatos sobre soldados espanhóis que matavam ameríndios por puro sadismo doentio, bem no início da invasão europeia no novo continente.

E no final das contas, se temos que culpar abstrações, pensemos na

psicopatia
e na

estupidez

e colocá-las no mínimo de quarentena

parece um pensamento avançado

mas é apenas uma simples racionalidade que a maioria das bestas humanas são incapazes de aceitar

Sabedor disse...

''Quanto aos esquerdistas, não acho que são dignos de qualquer empatia. Uma pela decisão voluntária de renunciarem à própria defesa pessoal, e muito provavelmente serão sitting ducks para os islamistas. Espera, errei o tempo verbal, já são, e o são também para a criminalidade comum.
Quando eu falei sobre a testosterona, não foi para reforçar a tese idiótica de "alfas x betas", mas porque níveis adequados são necessários para um comportamento mais proativo e para conseguir se defender.
E depois, as supostas virtudes do esquerdista médio são pura falsidade, uma competição entre eles mesmos para mostrar quem é o mais "socialmente justo", como uma disputa para ver quem mergulha mais fundo no esgoto. O Mr X escreveu muito bem sobre isso no artigo "Altruísmo patológico, ou mera burrice?".
Eles conseguem fazer alguma coisa sem jogar a responsabilidade para o estado? Não são capazes de se defender, acham que o Estado precisa fazê-lo por eles. Não são generosos, acreditam que ajudar os outros é obrigação do Estado.
Parecem adolescentes mimados e barulhentos, debaixo das asas da mãe-coruja estatal.

Querem parecer as melhores pessoas do mundo por fazerem textões no Foicebook, que são como um testemunho de fé para eles.
De todos, os esquerdistas pós-1960 são os mais covardes, os mais conformistas, os mais bovinos. São absolutamente indignos.
Isso não quer dizer que o "outro lado" seja um primor da Humanidade, há uma diferença entre absoluto e parcialmente indignos...''

Concordo totalmente, apenas pense o quão parecidos os esquerdofrenicos estão dos cristãos, os mesmos tiques de hipnose, exatamente os mesmos. O esquerdismo é o cristianismo 2.0, é o cristianismo globalista, ''somos todos iguais'' ... para servirem à civilização planetária que querem construir, um planeta prisão, uma enorme fazenda de humanos.

E claro, quem está por trás disso além das pecinhas raras e ridículas de sempre, quem, quem, quem**

o mongoloide do euro-condescendente.

Eu conheço vários esquerdos, sequelas da faculdade, e tenho um irmão que é assim, e digo pra vc que são algumas das pessoas mais estúpidas que eu conheço, em termos de raciocínio puro para o mundo real, eles são vergonhosos.

Resumindo a duplinha de merdinhas

conservas

e

esquerdos

os conservas conservam alguma lógica que parou no início das civilizações humanas,

o esquerdo é um perfil intermediário entre o bovino de sempre e o intelectual, por isso que são pedantes a intelectuais, como um músico ruim é um pedante a músico, ou melhor, a cantor (ok, também vale o musicista).

conserva= primitivo
esquerdo= pedantismo intelectual

ambos, asquerosos, os conservas passam como normais, mas eles podem ser tão ruins quanto, agora, os esquerdos são extremamente irritantes!!! não muito diferente de um cristão em tempos de domínio cultural de seu culto. todo cultista se transforma em um soldado de sua escravidão mental natural em especial quando o seu culto está em fase expansionista. Assim como também se torna menos expansionista em termos territoriais, quando está sendo atacado, aí banca a vítima, de desentendido e claro, atua brilhantemente no papel de ignorante de memória curta.

Sabedor disse...

Para acabar com qualquer culpa coletiva ou herança maldita, há de se cortar esta cadeia em que os nossos filhos herdarão as nossas falhas ou um potencial para que possam ser expostas e torná-los vulneráveis. O tempo para justificar os defeitos humanos, deveria estar acabando.

Agente Smith disse...

Sabedor,
O mal dos brancos identitários é imitar a retórica da esquerda adaptando-a à causa deles, pior ainda quando isso se mistura ao idealismo adolescente, à falta de referências e a insegurança psicológica dos tempos atuais.
Eu não posso acreditar que há quem consiga levar a sério coisas como "altruísmo patológico", ou "ingenuidade da raça".
Isso parece defesa de puta. Algo como "a fulana se deixou sodomizar, mas porque ela é ingênua, na verdade ela é a melhor garota do mundo. O vizinho pedófilo do nariz grande é que é o grande culpado".
Não dá pra ficar tratando a raça branca como se fosse a chapeuzinho vermelho.
Partindo deste ponto, acho sim que está mais do que na hora de cobrar responsabilidades aos caucasianos. Creio ser esse o objeto da discussão nossa em torno da "culpa".

Com relação à religião cristã, eu não acredito que, em si, seja comparável ao esquerdismo.
Eu acredito que há um defeito na própria organização cultural dos grupos humanos, que faz com que seus integrantes comecem a competir entre si buscando status dentro do grupo. Isto leva à radicalização de cada um e ao surgimento de propostas cada vez mais absurdas como provas de fé. É isso que enlouqueceu os crentes evangélicos e os socialistas. E como cada um deles defende um modelo de sociedade metafísico (no primeiro) e futuro (no segundo), pode se dizer que o contato deles com a realidade beira a esquizofrenia, pois os resultados daquilo que defendem são indeterminados, indetermináveis, impossíveis e abstratos.

Sabedor disse...

Desculpe agente mas vc diz que comparar cristianismo e esquerdismo não é possível e mostra que é possível sem ter percebido no parágrafo abaixo.

Eu acho que é totalmente válido.

Aliás, podemos comparar qualquer coisa. O que não podemos concluir é que toda comparação resultará na descoberta de similaridades ou de diferenças. Todos os elementos são comparáveis, mesmo os de naturezas radicalmente distintas. As diferenças são que para as comparações entre radicais mútuos haverá uma insularidade entre ambos, isto é, descrições com pouco potencial de "corredor" de similaridades, para que se possa buscar por dissimilaridades, o que geralmente acontece com propriedades de mesma essência. E no caso de esquerdismo e cristianismo estamos lidando com dois elementos de mesma essência, a idealização da realidade.

E lembremos que idealizações não são intrinsecamente erradas, apenas as que são intrinsecamente erradas, ;)

Agente Smith disse...

E o esquerdismo pós-1960, qual é a grande realização cultural dele?
O grande NADA.
A sua ordem social não tem nem 30 anos e já é quase um cadáver putrefato.
Não consigo citar um único intelectual feminista, anti-racista, multiculti, relativista, desconstrucionista ou lgbt (no sentido político do termo) cujos escritos não passam de papel pintado com merda.
As virtudes de todo esquerdista são falsas ou muito questionáveis, uma forma de massagear o próprio ego e se achar o proprio "deus", pronto para mudar o mundo. De todas as pessoas que eu conheci, eram os menos generosos, os que mais faziam pré-julgamentos, os que mais discriminavam quem fosse diferente deles e os que mais tempo levavam até deixarem de ser sustentados pelos pais.
Mesmo o marxismo ortodoxo produziu algo de nível, nele há os maiores gênios da estratégia política e da geopolítica. Enquanto que a Nova Esquerda não produziu nada melhor do que textão de Tumblr...
É por isso que nada se compara à nova esquerda. Ela é um buraco negro intelectual.




direita disse...

"direita, aponte as características não-brancas em Andrew Anglin.

O seu crânio é alpinizado e o seu nariz(relativamente largo) é comum em borrebys/alpinoids/cromagnoids."


_Nariz negroide
_cranio mongolizado : maxila ,mandibula ,osso zigomatico ,testa e calota craniana .
_ labios negroides
_olhos mongolizados .


Esses tipos borrebys e alpinoids nada mais sao que o resultado da mistura de brancos com mongoloides .



Os cromagnoides foram extintos pela evolucao que resultou na raća branca . White pardos gostam usar esse termo para explicar caracteristicas nao brancas em tipos que os mesmos tem como brancos.

direita disse...

"Eu não entendo o porquê do direita cismar que o Andrew é mestiço:
http://www.dailystormer.com/wp-content/uploads/2015/03/andrew-anglin.png

Não acho foto da mãe, mas o pai é claramente branco:
https://www.splcenter.org/sites/default/files/Greg-Anglin1-1.jpeg"

Tu so pode ta de brincadeira! Anglin ate ja postou ,em uma tentativa de negar sua miscigenacao,as fotos dos seus avós :ambos mestiços/mongolizados.

direita disse...

"Sardenhos(um dos povos mais puros da Europa) e seus fenótipos variados:
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/67/79/8d/67798dcf5e24394530b3b50dc2e726ca.jpg"

Possuem fenotipo variado ,pois ,como toda italia ,é uma regiao habitada por brancos e nao brancos .

tipos mestiços :
http://farm4.static.flickr.com/3007/3112863717_4f4db9612f_b.jpg

http://3.bp.blogspot.com/-wnf2Jo8sfiE/UGygpmwZQ3I/AAAAAAAACRU/Pc9ZEaldPHo/s1600/sardinians+sardinian+people+(19).jpg

http://farm5.static.flickr.com/4085/4981704205_86f2bb643f.jpg

https://www.google.com.br/imgres?imgurl=http%3A%2F%2Fwww.sarnow.com%2Fimm%2F52079.jpg&imgrefurl=http%3A%2F%2Fwww.sarnow.com%2Fsardinia%2Fcostu3.htm&docid=x7l7Q7amR1pMBM&tbnid=90qdFBRct0HIQM%3A&w=179&h=275&client=ms-android-samsung&bih=567&biw=360&ved=0ahUKEwjEk-aC1PPMAhWFFZAKHcGECq4QMwgvKBMwEw&iact=mrc&uact=8

https://susanvanallen.files.wordpress.com/2014/09/untitled-2.png

direita disse...

"direita, os romanos são iguais aos italianos de hoje(principalmente os do Centro), ou seja, um misto de mediterrâneo, alpino e dinárico. Alguns exemplos modernos de Romanos"

nao ,nao sao! houve muita mistura com invasores ,escravos libertos e povos extra europeus que serviram aos romanos e posteriormente migraram para capital do imperio.
antropologos -pré marxismo cultural-que atribuem a queda de roma e da antiga grécia a mudança demograficas ,são inumeros . relatos de personalidades romanas descrevendo a miscigenaçao e consequente decadencia da sociedade romana existem a dezenas .

direita disse...

Queda de roma e a miscigenaçao:

"I wonder what the world be if Rome just maintained it's Racial purity and no civil war happened after Augustus
Rome depended too heavily on slaves for all menial and hard work. Indeed it was said that economically Rome was a system that produced wine and exchanged it for slaves at its ever enlarging frontiers. It failed once these frontiers stopped growing. When you have a 50-50 rate of slaves to citizens miscegenation is absolutely inevitable

we will quote from the foremost historian on the economic history of Rome before his death in 1939,Professor T. Frank. His monumental five-volume work on Roman Economics and Social Life is the recognized authority on the subject. He, probably more than any other person, has studied at length the native Roman records, epigraphical information and archaeological finds relative to his subject.
The Cambridge Ancient History consistently refers to his works.
Now, let us notice what Professor Frank says about the race question in the American Historical Review, vol. 21, July 1916, p. 689. The information he records is illuminating:

"There is one surprise that the historian usually experiences upon his first visit to Rome. It may be the Galleria Lapidaria of the Vatican or at the Lateran Museum, but, if not elsewhere, it can hardly escape him upon his first walk up the Appian Way. As he stops to decipher the names upon the old tombs that line the road, hoping to chance upon one familiar to him from his Cicero or Livy, he finds prenomen and nomen promising enough, but the cognomina all seem awry. L. Lucretius Pamphilus, A. Aemilius Alexa, M. Clodius Philostosgas do not smack of freshman Latin. And he will not readily find in the Roman writers now extant an answer to the questions that these inscriptions invariably raise. Do these names imply that the Roman stock was completely changed after Cicero's day, and was the satirist (Juvenal) recording a fact when he wailed that the Tiber had captured the waters of the Syrian Orontes?
If so, are these foreigners ordinary immigrants, or did Rome become a nation of ex-slaves and their offspring?


Unfortunately, most of the sociological and political data of the empire are provided by satirists.
When Tacitus informs us that in Nero's day a great many of Rome's senators and knights were descendants of slaves and that the native stock had dwindled to surprisingly small proportions, we are not sure whether we are not to take it as an exaggerated thrust by an indignant Roman of the old stock. . . . .


What Professor Frank did, besides referring to literary sources, was to study the epigraphical information on the various tombs and monuments in Rome and throughout Italy. He studied over 13,900 different names and found that about three quarters bore names of foreign derivation. The vast majority had Greek( In this epoch Greeks were already not white https://m.youtube.com/watch?v=0T7_pSJWw6o)
cognomina not Latin at all."

Agente Smith disse...

Quando eu disse que, veja bem, em si o cristianismo não é comparável ao esquerdismo, eu não neguei pontos em comum entre os dois sistemas, ainda mais sabendo que o próprio politicamente correto é um tanto derivado de uma vertente cristã, o protestantismo. E não só, o próprio esquerdismo moderno mais parece uma versão secular daquele, adaptado aos novos tempos e "necessidades" atuais (aquilo que a esquerda dita que é). O raciocínio mágico e a estupidez como prova de fé são sem dúvidas semelhantes.
Mas, atentando-se ao curso histórico, houve ciclos de florescimento cultural dentro das sociedades cristãs, com inúmeros intelectuais do mais alto nível, e uma coesão social marcada por uma identidade religiosa comum, que durou 2 mil anos quase. E para muita gente, a filosofia cristã serve de inspiração sincera para forjar a própria honra, sem excessos, como eu vi no Leste Europeu e na Itália. Ou seja, devo reconhecer que de todo não é ruim.

direita disse...

"Isso de elite Nórdica Greco-Romana não passa de pseudociência. Esses autores nordicistas colocam os nórdicos como sendo responsáveis por todos os avanços europeus e ainda classficam não-nórdicos como nórdicos."

Primeiro de tudo : a origem do fenotipo conhecido como nordico é nos balcãs ,ou seja ,no sudeste Europeu - que inclui a grécia. E é no sentido racial /fenotipico ,nao geografico ,que o termo nordico é utilizado para se referir a origem dos romanos .

E sim ,Gregos s romanos racialmente origracial nordicos :


http://www.theapricity.com/earlson/history/emperors.htm


no link acima demostrou-se que os primeiros imperadores romanos possuiam fenotipo comum aos nordicos.

direita disse...

Eu já postei fotos da mãe da Melissa Gorga e ela não parece ser mulata:
http://i2.wp.com/allthingsrh.com/wp-content/uploads/2014/05/Marco.jpg

Para algumas pessoas do Anthroscape a Melissa Gorga é branca:
Melissa Gorga - ZetaBoards

pode ser adotada...
Porém , vi umas fotos da mesma em idade mais jovem ,e nessas fotos ela aparenta ter um fenotipo raro ,porem presente na sicilia.

esses foruns de analise fenotipica costumam ser dominado por white-pardos.

direita disse...

"agora me diz, e sobre as pinturas egípcias**

Eles eram brancos nórdicos também*

"

muitas delas eram , principalmente as presentes nas tumbas dos faraos .

https://mathildasdiary.files.wordpress.com/2008/06/blondegy21.jpg

https://mathildasdiary.files.wordpress.com/2008/06/blond-egyptians.jpg

http://marchofthetitans.com/wp-content/uploads/2013/08/attend.jpg

http://thumbs2.modthesims2.com/img/3/3/9/2/6/4/1/MTS_ivan17-1115371-egypt.jpg

http://marchofthetitans.com/wp-content/uploads/2013/08/redhair-egyptians.jpg

para mais informaçoes sobre povos de fenotipo nordico com tedencia ao brozeamento pesquise sobre os ala os e samartas

direita disse...

Na tua cabeça, com certeza! Não na realidade .
Branco = Europeu.''

"prove."

tu so pode ta de brincadeira.

sabedor disse...

Mas é claro que o esquerdismo escasseia de"intelectuais", mas devemos pensar em termos culturais, tem tido grande e rica variedade especialmente de artistas caucasianos é claro.

Muitas críticas esquerdistas em sua superfície estão certas e ate nos provocam discussões sobre os atuais limites do livre arbítrio e portanto da consciência humana. Por exemplo, as críticas feministas no que tange aos direitos da mulher. O controle sobre o próprio corpo. O homem tentando se libertar de sua biologia.

sabedor disse...

Sim mas atenha-se ao fato que o cristianismo tem atrasado muito mais do que contribuído e uma das maiores evidências disso é o nível de percepção moral e racionalidade dos povos europeus.

O século XX dos mais violentos e as melhorias sociais mais parecem uma miragem para capitalistas e tradicionalistas porque na verdade desde que cristianismo e o capitalismo começaram a vigorar as melhorias sociais foram muito lentas e fracas. Capitalismo e cristianismo tem funcionado perfeitamente não para ajudar os europeus mas para escraviza-los e jogá-los uns contra os outros.

Sabedor disse...

Ai concordo com vc especificamente na parte final.

Sabedor disse...

Supostamente a esquerda estaria no seu início. O cristianismo teve boa produção intelectual mas em 2000 anos. No entanto a principal fraqueza é que uma mentira.

direita disse...

"Alguns mestiços considerados brancos pelos browsileiros:"


sim ,veja esse por exemplo:

https://lh3.googleusercontent.com/U4yTQ0GRdPnABwWFpyMLJGUPjWm9WlbnYWftlja1UkEXLqSAlkb62S-4LhaB9ZTofURW-pTm=w720-h1202-rw-no

tipico mestiço de pele clara com traços mongoloides

Sabedor disse...

'' tem tido grande e rica variedade especialmente de artistas caucasianos é claro. ''

mas também de outras raças é claro 2.

CENSURADO AGAIN disse...

cristianismo teve boa produção intelectual

A BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA SOZINHA QUE ELES QUEIMARAM TINHA MILENIOS DE PRODUÇÃO COMPARADO A ELES EM MENOS DE 2 MIL ANOS POIS O GROSSO DO TERRITORIO QUE CONQUISTARAM FOI TARDIO

Agente Smith disse...

Sabedor, o século XX não foi violento por causa do cristianismo, que vinha perdendo força como ordem social desde a Revolução Francesa e a propagação dos ideais desta ao redor da Europa.
Verdade seja dita, a barbárie do século XX no grosso veio de doutrinas ateísticas (o socialismo científico) e o nacional socialismo (neo-pagão). Com exceção da pavorosa Croácia Ustashe, a religião não foi um motivo relevante para os conflitos que se sucederam em tal época.
Após o término da Segunda Guerra, pode-se afirmar que definitivamente a ordem social não estava mais fundada no cristianismo, mas na secularização. E isto gerou uma sociedade bastante confusa, também pela perda de identidade. Por mais erros o cristianismo ocidental tivesse cometido ao longo da história, ele formou uma verdadeira civilização e a manteve por quase dois mil anos, o que é um mérito se pensar que poderosíssimo Império Soviético não durou 70 anos... Já a sociedade laica contemporânea não possui fundamento civilizacional e é incapaz de se renovar por causa das taxas baixíssimas de natalidade, é incapaz de fazer frente ao avanço islâmico, é incapaz de conter a loucura esquerdista, é incapaz de trazer um fundamento útil à sociedade. Nem mesmo no pique do seu começo, que já começou sem fôlego.
Por isso eu concluo categoricamente que não há comparação entre cristianismo e esquerdismo.

Agente Smith disse...

Pode-se teorizar outro tipo de civilização e outra crença religiosa como ordem futura.
Mas não é a desordem atual o parâmetro. Os valores da esquerda pós-60 mal começaram a ordenar a sociedade ocidental e ela já se encontra em estado de "hubris". Talvez porque uma sociedade hedonista só é capaz de formar consumidores e escravos dos próprios caprichos. Por mais antipatia que eu tenha até mesmo ao Islamismo, eu reconheço que este também tem fundamento civilizacional e é incomparavelmente uma ordem superior ao modelo ocidental atual.
Não há comparação mesmo entre uma civilização ruim e uma anti-civilização.

Agente Smith disse...

Eu nunca vi uma crítica social da esquerda mainstream que não viesse junto com erros grosseiros de lógica. Na superfície até reclamação de criança é algo válido. Mas a gente não faz um debate sério com isso, botando uma criança para postular qualquer coisa.

White Nationalist disse...

direita, explique o porquê dos Romanos/Gregos sempre mencionarem a diferença fenótipica dos Germânicos em relação a eles.

Tacitus sobre os Germânicos:
"Physical Characteristics. For my own part, I agree with those who think that the tribes of Germany are free from all taint of intermarriages with foreign nations, and that they appear as a distinct, unmixed race, like none but themselves. Hence, too, the same physical peculiarities throughout so vast a population. All have fierce blue eyes, red hair, huge frames, fit only for a sudden exertion. They are less able to bear laborious work. Heat and thirst they cannot in the least endure; to cold and hunger their climate and their soil inure them."

Sabedor disse...

Talvez uma anti "civilização" seja melhor.

Muita idealização sobre a mesma.

Na maior parte do mundo tem sido uma besteira atrás da outra a tal "civilização".

Em breve "iremos" começar a explorar outros planetas. Oooooooh

Mal conhecemos o nosso
O estamos destruindo
E pra quê??????

Pra quê internet???

Se o final é sempre o mesmo pra todo mundo??

Vejo os geeks (tenho um irmão assim) a todo momento ouriçados por causa do avanço tecnológico como crianças que são.

Pra quê???

Já começamos muito errado

Não seria melhor repensar nossos modelos de sociedade??

Talvez fosse melhor pensar em destruir o modelo atual.

Pra quê??? Pra quê???

Sabedor disse...

O cristianismo tem tocado o tambor da guerra e sacrificado milhões de europeus e outros por muitos séculos e não apenas o século XX. Aliás quando não estava aprontando estava inerte deixando o mal se espalhar. Qualquer culto tolo atrai gente tola. A cultura atrai e organiza sociedades.

Por mais que o cristianismo tenha dado contribuições segundo os seus dizeres (pra mim foram os gênios europeus que tem dado contribuições dentro de sociedades cristãs parcamente tolerantes com pensamentos destoantes de sua ordem. Como eu já falei, ao invés de servir bem o cristianismo apenas atrasou a Europa fazendo-a alimentar as suas sandices fantasiosas importadas do oriente médio).

Acho que vc esta confundindo a qualidade do trabalhador europeu com o cristianismo. Com qualquer outro culto menos o esquerdista que é suicida por excelência, o trabalhador médio europeu já teria construído uma sociedade minimamente digna e organizacionalmente eficiente, como tem sido a regra entre eles ao menos a partir do século XX).

Sabedor disse...

Agente Smith
Eu não mais me deixo enganar pelas luzes do "progresso" civilizatório. Também nao vou aqui romantizar as sociedades pre civilizadas, mas não mais vejo da maneira como vc vê. Os defeitos são tantos, não tem como pintar a civilização ou defini-la conclusivamente como "fantástica".

A Europa e suas lindas igrejas que celebram o arrombo da sanidade com o tal cristianismo, de Vladvostok a Lisboa.

Sabedor disse...

''Eu nunca vi uma crítica social da esquerda mainstream que não viesse junto com erros grosseiros de lógica. Na superfície até reclamação de criança é algo válido. Mas a gente não faz um debate sério com isso, botando uma criança para postular qualquer coisa.''

Sim, mas isso não significa que as causas que o gramscismo sequestrou estão inválidas.

White Nationalist disse...

direita, dizer que alpinos são mistura com mongoloides é ridículo. Você se baseia em autores nordicistas para afirmar isso. O próprio Arthur Kemp, um nordicista, era alpino:
http://2.bp.blogspot.com/-otGHIcf_ix4/T-IO3m6TgyI/AAAAAAAAAAY/rR5lrvc4fc4/s1600/arthur.png

http://eliminatedleaves.files.wordpress.com/2012/09/arthur-kemp-2.jpg

Sabia que os Alemães do Sul são, em sua maioria, mistura de nórdicos e alpinos?

White Nationalist disse...

Cara, esses nordicistas não querem aceitar o fato de que os nórdicos eram primitivos durante o império Romano.
Karl Earlson foi o mesmo cara que disse que Gengis Khan era nórdico(WTF?)

Romanos eram assim>

http://www.mrvanduyne.com/6thGrade/rome/mosaic/Ancient_Roman_Mosaic_Portrait_of_a_Woman.jpg

A atriz mirim Giovanna Rispoli é um bom exemplo de Romana:
http://cenapop.virgula.uol.com.br/wp-content/uploads/2015/01/238277.jpg

Eu já li muitos desses materiais nordicistas e os mesmos são pseudociência.

Leia isto:https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwjYqd2F__bMAhVCgpAKHb-FCTEQrAIIKCgCMAA&url=http%3A%2F%2Fs1.zetaboards.com%2Fanthroscape%2Ftopic%2F4046437%2F1%2F&usg=AFQjCNH0bSXxca4yUh13fge_IWlMSbOOXA&sig2=4dwOrUVLspU8fTWY2XlLPw

Nórdicos sempre foram uma minoria e achar que eles dominaram/fundaram todas as civilizações é ridículo.


Anônimo disse...

Anônimo Sabedor disse...

Talvez uma anti "civilização" seja melhor.

SIM VOLTA PRA SELVA COMBINA MAIS COM TEU ADN ALOGENESCIZANTE CAUSA PROPRIA

Agente Smith disse...

Há coisas que são como dar murro em ponta de faca. Uma delas é acreditar que uma ordem social possa ser ao menos "boa" segundo os próprios padrões pessoais. Isso não existe. Uma civilização é a soma dos princípios fundantes, dos mitos, da cultura, das atitudes, das crenças, das necessidades, das normas e costumes, das visões de mundo e dos objetivos dos indivíduos que a compõem mais a história de seus ancestrais. E sempre haverá má-fé por trás de tais atributos, porque a natureza do ser humano é esta mesma, é a de ser dominado por paixões, impressões do momento, malícia, maus instintos etc.
Surpreso pela ordem cristã também ter cometido erros colossais? Como poderia a soma de naturezas falhas resultar numa civilização excelente?
O objeto da questão que eu levantei é que pela relativa ineficácia de uma ordem (relativa, pois, como fiz questão de frisar, a ordem cristã perdurou por quase 2 mil anos, o que não é pouca coisa na história das civilizações), não podemos, por pura antipatia pessoal a ela, tolerar o crescimento de outra incomparavelmente ainda pior em seu lugar.

Agente Smith disse...

Não há muito tempo para ficar remoendo ressentimentos antigos, porque não dá para continuar do jeito que está.
É hora de tomar um rumo:
1. Ou se luta pelo ressurgimento da ordem cristã anterior;
2. Ou se luta por um novo ordenamento social mais eficiente, que ainda deve ser teorizado até alcançar excelência cultural (ideia que aprecio mais);
3. Ou então agir como ovelhinha revoltada com o passado e aceitar a ordem esquerdista atual. Que matou a inteligência humana, não há nada que a esquerda de 1960 para cá tenha escrito que vale a pena ser lido, ou crítica que deva ser considerada, ou arte que deva ser apreciada, pois feitas por gente que deveria ao menos aprender a formular um raciocínio lógico antes de escrever ou criticar e a valorar a beleza antes de produzir arte.
Uma sociedade de consumidores culpados, que vive pela satisfação dos prazeres imediatos, tal qual um macaco bonobo, e que expia suas culpas em seus respectivos perfis de FB ou Tumblr.
E isto vai durar até a sociedade aberta liberal ser definitivamente confrontada com o Islamismo. Este, por ser uma ordem superior àquela, com toda certeza irá prevalecer.
Eu não cultivo nenhuma ilusão quanto o processo civilizatório. Só não aceito o pior dos piores.

Agente Smith disse...

O objeto das causas nem sempre é inválido. Mas os seus "advogados" é que o são por não terem habilitação para tal.

White Nationalist disse...

Alpinos são baixos, possuem rosto redondo e nariz curto e côncavo, pernas curtas,etc.:
http://i653.photobucket.com/albums/uu253/Tyranos/alpine2.jpg

http://marchofthetitans.com/wp-content/uploads/2012/08/alpine-and-skull.jpg

https://i.ytimg.com/vi/DKZhMUD8OIg/hqdefault.jpg

A garota de branco:
http://sportarena.az/upload/748563852dc48df5a06d1390168287_%C3%B6.jpg

Alemães com influência Alpina:
http://images.lainformacion.com/cms/aficionadas-teutonas-siguen-el-partido-en-berlin/2012_6_22_PHOTO-8a2e3a86330fd81e550e5f838fb0b5b5-1340394828-39.jpg?width=645&height=645&type=flat&id=wAdiD5b1AvE4mAT9Szwwt7&time=1340394805&project=lainformacion

White Nationalist disse...

Mais um mestiço considerado "Espanhol" por alguns:
http://s1.zetaboards.com/anthroscape/topic/6055891/

Sabedor disse...


resumir todo o seu discursinho liindo, mítico, como



Vamos todos morrer
Ninguém sabe o sentido da vida

Supostamente você é a favor da inteligência mas não ligaria se o islam dominasse o ocidente.

Isso é contraditório porque toda pseudo religião é um disparate em termos de lógica.

Sabedor disse...

Civilização é uma merda, um esgoto humano disfarçado de importante.

Estou pouco me lixando pra beleza de uma igreja ou das pirâmides do Egito. Que tudo vá pelos ares se o sentido destes menumentos é estéril de realidade. E mais pois são símbolos da tremenda estupidez humana seja por meio de suas fantasias grosseiras seja por meio da escravidão.

Sabedor disse...

Civilização excelente??

Deixa ver.

O cristianismo desta vez não causou as duas guerras mundiais.

Mas justamente na época em que a tal excelência ocidental começou a se fazer mais significativa que deu início a secularização no ocidente. Coincidência??

Décadas depois de Darwin a eletricidade começou a colonizar as cidades européias e americanas.

O tradicionalista fala de cristianismo, conservadorismo e capitalismo a partir do século XX e em especial a partir do período dourado neoliberal. Parece que todos os séculos de exploração, manipulação mental causados diretamente pelos 3 não tivessem existido.

Mcdonald fala sobre a cultura da crítica esquerdista... Mas existiu uma cultura da critica conservadora por séculos e mais séculos a fio.

Vingança??? Muito provavelmente

Mas toda vingança tem uma motivação não é?

Agente Smith disse...

Eu vou resumir didaticamente, como eu explicaria para uma criança, já que não conseguiu entender por si próprio.
O fato de eu reconhecer a ordem cristã ou a islâmica como superiores aos valores da sociedade aberta não quer dizer que eu me associe a elas, ou que acredite em suas respectivas "filosofias", ou mesmo acredite que sejam excelentes, ou boas, ou eficazes...
Do mesmo jeito que eu reconheço que o Corinthians foi melhor do que o Vasco no brasileirão passado, afinal o primeiro foi campeão e o segundo foi rebaixado. O corinthians ganhou por ter jogado melhor que os adversários, mérito de seus jogadores, e também pela ajudinha dos juízes uma vez ou outra. Já o Vasco tinha um time horroroso, que ninguém esperava dele outra coisa senão a derrota mesmo.
Por eu reconhecer o Corinthians como um time superior ao Vasco, isso faz com que eu seja corinthiano, membro de torcida organizada, filiado ao clube ou que eu ache ser um bom time?
Segundo a sua "lógica", parece que sim...

Agente Smith disse...

Você disse que as "pseudo-religiões são um disparate em termos de lógica".

O que concordo plenamente, devo ressaltar...

Mas não seria o esquerdismo, esse que delineia os valores da nossa sociedade hoje, também uma forma de religião?
Ele não tem um aspecto público de crença, um sistema  de doutrina e ritos fundamentais, veneração, hierarquia e o maniqueísmo "bem e mal"? Não seria isto o decreto do seu próprio fracasso?
Você acredita que o esquerdismo é algo como uma vingança histórica contra a irracionalidade religiosa e a inação da "raça branca". Pode ser, faz sentido.
Só que o que eu estou dizendo, e você em sua sabedoria não consegue captar, é que essa "vingança" vai durar pouco tempo.
Como uma religião secular, com um sistema de crenças fraquíssimo, pode fazer frente a uma religião organizada, fanática e milenar como o Islamismo?
O que podemos esperar das pessoas? Que elas acreditem em coisas como "todo homem é estuprador em potencial, todo branco é privilegiado, todo rico é explorador, toda minoria é um exemplo de caráter, ser hétero é cafona, diversidade é a nossa força, criança do ensino fundamental tem que aprender como é o sexo homo para aprender a respeitar", ou em versos corânicos bonitinhos e bem selecionados?
O problema é que você julga os fenômenos sociais segundo o seu próprio wishful thinking.
Além do mais, quer vingança melhor do que o Islam? Ja que você mesmo diz que "toda vingança tem uma motivação"...
Pois o Islam tem um monte de motivos...
Numa sociedade onde a inteligência já morreu, qual seria a surpresa se o Islamismo se tornar a força dominante?

Sabedor disse...

Opa opa opa

Um mal debatedor coloca palavras nas bocas dos seus oponentes.

Quando foi que eu disse que o esquerdismo vai durar??

Se achar onde eu disse isso poste. Da maneira como esta e pelo que parece desde o inicio não foi feito pra durar mas para semear o terreno de uma nova ordem mundial, dominada por judeus e uma elite multirracial, um governo global.

Não gosto do uso errado das palavras. Religião é algo sagrado que nenhum culto humano conseguiu se aproximar inteiramente em suas reais fronteiras. Esquerdismo é claramente um culto e por isso que eu o coloco exatamente no mesmíssimo limbo onde se encontra o islam e o cristianismo. Islam não é superior ao esquerdismo. Novamente. A carapaça do esquerdismo não esta errada não. Já a do islam. O centro ou núcleo de todas ad religiões ou pseudo oficiais é uma fantasia tomada enquanto verdade absoluta. O esquerdismo tem muitas inverdades e o seu núcleo é podre mas é onde a humanidade iria evoluir, começando por perguntar sobre tudo aquilo que nos é imposto desde cedo, o saudável exercício do questionamento constante.

Eu tenho uma teoria de constipação em que o esquerdismo foi inventado para colocar em descrédito o que seria a evolução humana, o fim das guerras, a busca por maior igualdade, a buscar por uma maior harmonia entre as pessoas.

Do tipo bem básico

O cristianismo diz que deus condenou a homossexualidade

O esquerdismo diz que a homossexualidade pode ser encontrada em muitas outras espécies e que nenhum suposto ser metafisico condenou nada porque não existe a mais remota prova de sua existência.

É um salto quântico de qualidade de pensamento.

É por isso que tantos brancos inteligentes acabam aderindo a uma narrativa mais esquerdista do que direitista. E ainda por cima os direitistas racialmente despertos ainda endossam toda esta bobagem esquizofrênica. O conservador nunca teve tato.

Outro exemplo e relacionado a culpa branca

" os europeus se trucidaram em duas hediondas guerras mundiais. Invadiram meio mundo, escravizaram um monte de povos. Muitos que entraram em extinção"

Pela"lógica" da cadeia cultural e histórica hereditárias, não haveria qualquer problema que as terras dos colonizadores fossem colonizadas.

A zelite joga com a regra f diabo

Nós lhes damos tudo e vocês nos vendem as suas almas.

No final tudo se resume a

Usar a estupidez dos povos para jogar uns contra os outros.

Parece bem simples nao??

Diga aos italianos que os "romenos" são criminosos e sei la no mínimo 20% deles irão realmente pensar que aqueles cidadãos que vieram da Romênia e que estso cometendo crimes são em sua maioria de


Romenos étnicos

Quando na verdade são de ciganos.

O básico da geografia o italiano não sabe, não parece estar com vontade de saber e tem raiva de quem sabe.

Assim fica muito fácil forjar conflitos.

Sabedor disse...

Entendeu pouco do que disse.

As mulheres tem sido tratadas como animais domesticados e em partes todos nós somos. Até pouco tempo atrás estava cristalizado que as mulheres eram espécimes totalmente inferiores e que só serviam para continuar a existência dos povos. A mulher não podia trair o homem podia e ate era incentivado a dar umas escapadas. A mulher apanhava e não podia desabafar com ninguém porque era de mal tom.

O esquerdismo é o sintoma final de um câncer que não deu nenhuma prova de que se curaria, se isso pode acontecer.

O esquerdismo é a consciência final de uma sociedade podre que durou por séculos com melhorias sociais acontecendo a mingua.

Posso falar sobre as outras minorias??

O que eu já disse aqui e já falei bastante no meu blogue, diálogo é uma palavra tão rarefeita quanto deus.

Durante séculos foi assim.

Pense nos absurdos ds era vitoriana em que cada leve desvio de comportamento ja era dado como indicio de Doença mental. Um ser humano nascia com síndrome de Down e a família tinha vergonha, o culpava por nascer assim. Quantos direitontos que sentem compaixão por essas pessoas e buscam dar-lhe o melhor dos mundos?? Pouquíssimos.

Ainda justificam o bullying. Quem mais sofre com perseguições sistemáticas de natureza sádica em ambientes sociais tendem a ser os mais inteligentes que também costumam ser mais sensíveis a eventos irracionais.

Sabedor disse...

Dentro do bojo esquerdista existem muitas pessoas realmente boas e inteligentes também. Eu bao estou defendendo o esquerdismo porque eu sei muito bem no que é e quais são os seus fins que podemos ver via deslocamento demográfico das populações eurocaucasianas.

Mas ha de se olhar com maior apreço todos os aspectos de cada fenômeno antes de sair disparando generalizações garbosamente construídas.

Sabedor disse...

Pulando de uma contradição e entrando em outra.

Em uma sociedade onde a inteligência já morreu qual seria o problema de o islamismo se tornar a força dominante??

O que esta acontecendo é uma tragédia PLANEJADA, um plano de implosão. Uma tragédia em relação a própria inteligência.

Neste caso, quando a inteligência morre não ha problema supostamente que uma estupidez como moslemismo tome conta. É apenas a derrota da inteligência e a vitoria dos filhas da puta que tratam você e eu como bocas inúteis.

Sabedor disse...

Segundo a lógica que você pensou que eu tenho. Prove que eu deixei a entender isso.

Ai meu deus
Usar exemplo de futibol

Tão prole

😁

Sabedor disse...

O esquerdismo parece ser muito contraditório e de fato para muitos e muitos dos seus aspectos é sim muito de contraditório. Mas existe uma palavra que reduz esta carga de contradição e se chama"liberdade".
Um exemplo

A mulher pode abortar mas a polícia não se pode prender menor e deve tratar o bandido de uma maneira doce e portanto equivocada.

Justiça??
Lógica?

Para os não esquerdistas sim isso não faz qualquer sentido.

Mas quando aplicamos a palavra liberdade....

Aborto é válido porque é a liberdade da mulher.

Mesmo a criminalidade é válida.

Eles se colocam no lugar do bandido e pensam.

E se fosse eu?? Faria o mesmo??

Novamente, sabemos que não é bem assim. Existem pessoas e pessoas. Algumas que mesmo em uma situação de alto risco não cometerão crimes nem mesmo os tipos mais leves. A tal da "natureza".

No entanto não é tão inválido assim estes tipos de pensamento, apenas quando são vistos sob esta ótica da "liberdade", a reação rente à sociedade sempre ruim, especialmente segundo muitos pensadores.

Anônimo disse...

Caraca, lembro dessa Bárbara. Assim que comecei a acompanhar o blog, lá para meados de 2011, ela sempre comentava e toda postagem e era até vista como extremista por você mesmo e outros "comentaristas". Da última vez que a vi postar (ano passado, acho) ela estava bem, bem mais moderada, enquanto o próprio blog estava (e ainda está) cada vez mais "radical", talvez ela tenha até virado esquerdista, kkkk. Enfim, perdoe pelo comentário fora de mão (mesmo que para um post fora de mão), mas é engraçado ver como mudamos com o tempo e nem sequer percebemos.