quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Juventude transviada

Um dos leitores comentou no post anterior sobre a possibilidade do novo filme do Tarantino estimular novos psicopatas a matarem pessoas.

Não creio; o filme não tem agradado muito nem mesmo a alguns fãs do diretor, e seus personagens de qualquer forma não são muito agradáveis ou interessantes. Seria mais possível alguém querer emular a Noiva ou o Dango, mas este filme tem personagens de mais, e história de menos. É apenas chato.  

De qualquer forma, a questão me lembrou que faltou perguntar no texto anterior a clássica questão, sobre se a mídia violenta torna as pessoas mais violentas, ou ao contrário, reduz a violência ao sublimar os impulsos assassinos? 

Só nestes dias recentes ocorreram um par de crimes assustadores e bizarros.

Primeiro, um jovem de 23 anos matou um bebê indígena no colo da própria mãe, degolando-o com um estilete. Sem motivo qualquer.

Depois, uma jovem de 18 anos matou um outro jovem, ex-namorado, "apenas por que queria matar alguém". Uma morte tarantinesca: convidou-o para seu quarto e, enquanto o rapaz praticava sexo oral nela, ela segurou a cabeça do rapaz, tirou uma faca da bolsa e a cravou várias vezes na sua jugular.  

Ambos os jovens são, não direi "brancos" para não causar ataques cardíacos em certos leitores, mas certamente de tez predominantemente caucasiana. Não eram favelados, mas de classe média ou média-baixa e, aparentemente, ao menos com alguma instrução. Não tomavam remédio tarja preta e, apesar de possíveis problemas psicológicos, pareciam ser relativamente "normais".


Não mataram para roubar ou por qualquer tipo de ação passional: foi puro "desejo de matar" mesmo.

Típicos psicopatas com problemas mentais? Sim, é bem provável. Observando mais de perto pode ver-se que não eram pessoas mentalmente sãs. O curioso é que ambos os personagens pareciam também ter interesse por imagens satânicas ou de filmes de horror. Causa ou conseqüência?

Não creio que tivessem interesse pelos filmes do Tarantino, é provável que nem soubessem quem fosse. Porém, certamente não estão imunes à cultura da violência e das imagens negativas associadas com o horror. Elas fazem parte hoje da cultura de tal forma que é impossível evitá-las.

Por coincidência, ou não, quase todo dia lemos notícias crimes desse tipo: um doido que dá um tiro em outros só para ficar famoso, um maluco que empurra alguém nos trilhos do metrô, um aluno que mata a professora, meninas de doze anos que esfaqueiam uma coleguinha, etc. 

Eu não sei se hoje em dia há mais desse tipo de crime hediondo. Talvez em outras épocas, também acontecesse, não sei. Pode ser que seja apenas genético, e a cultura atual não tenha nada a ver. Mas também não tenho certeza. 

Em tempos antigos queimavam-se "bruxas" e "endemoniados". Terrível, eu sei. Mas alguns dizem que muitos eram psicopatas deste gênero, e talvez essa matança tenha reduzido o número de psicopatas na Europa. (Tampouco sei se é o caso, é provável que seja pura especulação. Muitos inocentes também morreram nas fogueiras. E, considerando os requintes de crueldade com que eram tratadas as supostas bruxas na época, talvez os psicopatas fossem mesmo os torturadores do lado da "lei" e da "ordem").

Minha teoria é que a cultura pop moderna, com sua ênfase na morte, na sanguinolência e na crueldade, aliada às novas tecnologias que proporcionam maior facilidade para matar e maior exposição social, pode não criar psicopatas -- mas talvez os esteja estimulando a agir.

E cada vez mais cedo.


12 comentários:

Anônimo disse...

Também que o inferno existe. Esse povo estará todo lá. A justiça divina se faz.

Andre Bossard disse...

Olá X,

Primeiramente quero te desejar um feliz ano novo! :)

Estou esperando teu comentário sobre o Reveillon Alemão...

Um abraço.

AF disse...

Um detalhe sobre a assassina do namorado e que serve de alerta para os homens, principalmente esses que contratam garotas de programas é que ela tampou os olhos dele para esfaqueá-lo depois e há casos assim de mulheres que no ato sexual pedem o homem para tapar os olhos ou para deixar a mulher amarrá-lo numa cama falando que vai fazer uma surpresa, ou uma fantasia ou algo diferente e depois acabam esfaqueando o homem.

Outro detalhe sobre essa monstra é que ela pensou em matar uma idosa antes em supermercado, mas não fez isso porque com certeza sabia que poderia ser pega e linchada, aí preferiu planejar com outra pessoa a sós, enganando-a, tampando os olhos dele durante o ato sexual e covardemente fazer isso.

Já tinha ouvido falar sobre isso já e se não me engane, nos Estados Unidos já houveram crimes assim e há até filmes sobre mulheres que matam o homem durante o ato sexual, na maioria das vezes convencendo o homem a tampar os olhos ou amarrá-lo em uma cama para matá-lo depois e em alguns casos os dopando também.

Concordo com você que essa cultura moderna com ênfase na morte e outras coisas ruins esteja estimulando psicopatas a agir. Talvez ambos esses assassinos já tinham disposição para isso, mas poderiam não fazer e até mudar de opinião sobre isso numa sociedade que não tem ênfase nessas coisas.

RICARDO DA SILVA LIMA disse...

Mr X, eu penso da seguinte forma: no coração do ser humano, há a tendência natural para a maldade e a devassidão (a isto eu conheço como o pecado original).

Isto significa que todos os seres humanos são maus e devassos? Não. Isto significa que todos nós, naturalmente falando, temos a facilidade em fazer aquilo que é errado, que é incorreto.

Para que um ser humano (qualquer ser humano), faça o bem em sua vida, ele deve, de certo modo, violentar a sua própria natureza decaída (e quando eu digo isto, me incluo aí, pois também sou um ser humano, apenas mais feio e bobo que a maioria :P).

O problema é que, nos tempos atuais, a cultura (tanto a alta cultura quanto a popular) só dá atenção àquilo que é vulgar, insano, imoral e bestial (nem sempre, mas na maioria das vezes é assim). E como a cultura exerce uma forte influência sobre a mente humana, "a porteira está escancarada".

Nossos tempos são muito tristes, infelizmente. :(

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

O DE CIMA É ARIANO PRA VC?PARECE ARGENTINO URUGUAIO CHILENO MEXICANO ETC A DE BAIXO TEM FENOTIPO BRANCO E DAÍ?VCS DA ZONA ALOGENA CAFEEIRA DO SUL SÓ TEM VERNIZ O SUB CORTEX É SIMIESCO COMO NO PRIMEIRO CENSO TA NO DNA

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

7 de janeiro de 2016 18:16

SÓ ESTUPIDOS CAEM NESSA QUANTO AO MR KOSHER X A PROPORÇÃO REAL DE CRIMES É OUTRA UM NORDIQUINHO PURO?EM ESTOCOLMO OS VIOLADORES SÃO SOMALIS

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

OBVIO NÃO QUER DIZER QUE UMA CRIANÇA POR NÃO SER NATIVA PURA MERECIA X OU Y MAS A MIDIA TENTA MENTIR SOBRE O DNA E SUPOSTOS FENOTIPOS AOS ANALFABETOS

Anônimo disse...

de mau a pior vai o rumo do nacionalismo branco ;já agora garotas quadroons (1/4 negras) se tornaram "jovens alemãs" . ler este tipo de desinformação em sites judeus islamohestericos é uma coisa .agora ,ler isto em sites que dizem racialistas brancos , é o fim!


http://www.barenakedislam.com/wp-content/uploads/2016/01/attack-victim-stuttgart-1.jpg


tudo esta caminhando conforme o planejado pelos judeus, a reação europeia esta cada vez mais focada na religião e cultura do que na raça -tantos dos invasores quanto o das vitimas. Não está longe o dia em que onde estaremos a ver etnicos europeus sendo chamados de mulçumanos , e não brancos de brancos se isso for necessario para manter a narrativa islamohesterica assimilacionista.


http://newobserveronline.com/mass-invader-sex-attacks-in-stuttgart-hamburg/#comment-656928

Anônimo disse...

o jovem que matou A criança indigena também tem origem indigena ,MRX. logo,não a porque suspeitar de crime de ódio racial.

Anônimo disse...

mas tudo resume-se a uma coisa; falta de cinta! os antigos é que sabiam criar filhos ,não havia nada que uma bela surra de cinta não resolvesse.

Mr X disse...

Acho que inicialmente pensou-se que fosse um crime de ódio racial pela total inexplicabilidade, mas, acho que não foi mesmo, poderia ter sido branco, negro, etc, era um jovem perturbado e demente que matou a primeira criancinha inocente que encontrou.

Não sei se cinta resolveria nesse caso, mas, não acho que prejudicasse.

Anônimo disse...

A moça da segunda tambem tem origem mista branca/mongolica . Pra maioria é dificil perceber os detalhes fenotipos fora do padrao racial .
A moça tambem tem cara transsexual.