quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Eclipse total

A coalizão de extrema-esquerda Syriza ganhou as eleições na Grécia. Além de ser contrários às medidas de austeridade, eles são a favor da imigração e dos direitos dos gays. Mas tirarão dinheiro de onde? Os alemães não continuarão pagando para sempre pelos gastos dos políticos gregos.

Os espanhóis estão no mesmo caminho, querem eleger o Podemos, um partido marxista. 

Uma coisa bem bizarra está acontecendo: quanto mais o mundo vira um inferno graças às políticas da esquerda, mais tenta-se encontrar a solução indo ainda mais à esquerda. É um pouco como o Islã, que se radicaliza cada vez mais em busca de uma suposta pureza perdida: "aquela não era a verdadeira esquerda", assim como "esse não é o verdadeiro Islã".

Há um ditado que diz: quanto você se encontrar num buraco, pare de cavar.

Pois justamente o caminho contrário está sendo buscado pelos governos ocidentais atuais, e até pelo seu povo. Quanto mais evidentes são os sinais de que imigração, multiculturalismo, multiracialismo, fronteiras abertas, terceirização, legislação fraca com o crime, União Européia, etc, não funcionam, mais os governos continuam insistindo em trilhar o mesmo caminho maldito.

É quase como se o povo fosse até mais inteligente do que a elite. Afinal, será que a elite não consegue ver que essas políticas levarão à destruição, inclusive deles mesmos? Não há elite que dure para sempre. Ou eles morrerão numa revolução, ou a própria deterioração de seus países os levarà à ruína.

Naturalmente, o status quo não poderá seguir para sempre. Um dia a corda arrebenta e, como sempre será do lado mais fraco. 

Temo, amigos, que ainda em nossas vidas assistiremos a um colapso econômico e político mundial. Eu não creio que a situação atual possa se sustentar por muito mais do que vinte ou trinta anos.

Existe algum lugar no planeta que esteja a salvo? 

Os EUA, além de não ter resolvido seu problema com os negros apesar de gastar bilhões em planos absurdos, está se mexicanizando, e um colapso do dólar deve, mais dia menos dia, acontecer.

A Europa tem seu problema com muçulmanos que, na melhor das hipóteses, virarão uma minoria perenemente insatisfeita, mais ou menos como os negros nos EUA, sempre reclamando, roubando e, de vez em quando, realizando terrorismo. Na pior das hipóteses, terá uma guerra civil.

O Japão, o mais civilizado dos países asiáticos, está em crise demográfica. Os japoneses preferem assistir animes eróticos ou jogar videogames com namoradas virtuais do que fazer sexo. Muitos consideram o ato sexual desagradável ou nojento. Eles até estão pensando em criar um imposto para tentar promover maior reprodução. Ao menos, o Japão não importou imigrantes, então devem ainda continuar a existir como um país de velhos, se não forem nesse momento de fraqueza invadidos e massacrados pelos chineses e coreanos, que os odeiam.

Alguns blogueiros lamentam que o mundo esteja se africanizando e e islamizando, mas encontram consolo no fato de que os chineses de alto QI dominarão o mundo e manterão viva a tocha ocidental. Será mesmo?

Chineses podem ter um alto QI, mas são em geral um povo bastante sujo e corrupto, que mata cachorros ao ar livre e depois os come. Eles também estão extinguindo o elefante, o rinoceronte e o tubarão, tudo para criar supostos afrodisíacos que nem mesmo funcionam. Alguns dizem que eles comem até pílulas feitas de restos de fetos humanos abortados. Lenda urbana? Talvez sim, talvez não. Seja como for, prefiro não viver em um mundo chinês.

E a Rússia? Apesar do ressurgimento do cristianismo ortodoxo e do suposto linha-dura Putin, o fato é que também enfrenta problemas com imigração, islamização e baixa fertilidade nativa, além dos tradicionais problemas de corrupção.

A América Latina? Esqueçam. Além de ser a região mais violenta do mundo, hoje está tomada por governos larápios de esquerda, que estão se encarregado de destruir o pouco que sobrou por aqui de civilização. Até cidades anteriormente mais pacatas como Porto Alegre e Curitiba viraram antros de crime, com taxas de homicídio de 40 ou até 50. Enquanto isso o povo estúpido protesta contra o aumento de passagens de ônibus!

Não tem jeito, amigos. Viver e ter filhos neste mundo imundo está ficando cada vez mais complicado, afinal, temos que pensar que os estaremos colocando em um planeta infernal.

Paradoxalmente, no entanto, a única coisa que pode salvar o homem euro-descendente seria uma retomada de sua reprodução, bem como um retorno a um modo de vida mais tradicional. Talvez nesse caso a solução seja mesmo apenas o ressurgimento da religião, afinal, só mesmo tendo fé para acreditar que alguma coisa pode melhorar neste quadro dantesco.

Dito isso, desejo a todos um bom 2015, cheio de alegria e prosperidade.



18 comentários:

Enigmático e Realístico disse...

Olá Senhor X.

Aqui é o Enigmático e Realístico, eu estou voltando as minhas atividades no underground da internet e estou iniciando um novo blog que se chama (Filho da Aurora). É um blog com um enfoque totalmente diferente da masculinosfera, mas mesmo assim quero propor uma aproximação dos temas que eu vou escrever agora com os temas que eu escrevia antes.

Gostaria de saber se você tem o contato ou se você sabe onde achar alguns "olds" da época do orkut.

Se puder me mandar um email depois para arthur.macedo@globmail.com.br com essas informações valiosas eu te agradeço!

Outra coisa, queria te parabenizar por continuar escrevendo sem parar mesmo durante tanto tempo! Tu é um verdadeiro GUERREIRO DA REAL!

Ps*

1 - Esse é meu post no enigmatico e realistico explicando por onde eu estou

http://enigmaticoerealistico.blogspot.com.br/2015/01/eu-estou-vivo-mais-vivo-do-que-nunca.html

2 - Esse aqui é o meu novo blog, ta em fase de construção ainda mas em menos de 3 semanas já vai estar funcionando direito. É outro assunto, outra abordagem, se eu bem me lembro vocês são "conservadores" e não gostam dessas coisas que eu vo escrever agora, mas dane-se, segue o convite.

http://filhodaaurora.blogspot.com.br/

Ps2* Se você conhece mais alguns blogs brasileiros que são masculinistas e estao na ativa, me indique para que eu possa coloca-los no agregador masculino ok.

Sei que ele não gera muitas visitas mas é uma ferramenta valiosa para os novatos que estão surfando pela internet começarem a entender o "nosso lado".

http://agregadormasculino.blogspot.com.br/

Abraço fica com Deus.

Se quiser me add no face também fica a vontade

https://pt-br.facebook.com/eisenheim666

AF disse...

Até a mídia usou o termo “extrema-esquerda” nas eleições da Grécia e para a mídia ter usado esse termo, o que é algo raro de acontecer, é porque esse partido é um partido extremista mesmo que vai ferrar mais ainda a Grécia.

É triste o que está acontecendo no mundo, mas creio que assim como a qualidade e a quantidade nem sempre estão atreladas, público e verdade nem sempre estão também. Coloque Jesus e Barrabás para o público para ver quem eles vão escolher.

Matheus Carvalho disse...

Aqui na Australia o partido mais de direita ganhou as eleicoes ano passado. Mas o primeiro ministro (Tony Abbott) e' sempre alvo de criticas (claro, todo lider e'). Aqui mesmo onde eu moro, muito proxiom a um reduto de hippies, a mior parte das pessoas odeia ele. De qualquer forma, foi bom ele ter vencido porque ele e' bem mais racional que o outro partido (o Labor Party, que parece algo entre o PSDB e o PT no Brasil).
Aqui na Australia os brancos tem muitos filhos em muitas areas, mas a Australia e' um pais pequeno em termos populacionais e assim esse aumento populacional e' pouco relevante num contexto mundial. Mas e' diferente de muitos lugares: ao sair no fim de semana, e' super comum ver uma familia de 5 filhos, todo mundo louro.
De forma geral, aqui na Australia a esquerda aparece muito mas a direita e' bem forte. Ha muito barulho por parte da esquerda, a midia, como em todo lugar, e' predominantemente de esquerda, mas as pessoas nao sao. De forma geral as pessoas sao inteligentes, trabalham, ganham seu dinheiro e curtem a vida. Minha impressao e' que de forma geral aqui os progressistas nao vao muito longe nao.

Anônimo disse...

O mundo está tão perdido que o tal de 'enigmático e realístico' (que não conhecia - ainda bem), encontrou seu Eu perdido no êxtase xamânico da maconha pff... Boa 'viagem espiritual' amigo, de sua fase 'machista necessária' em busca de desenvolvimento como homem à um rato puxador de 'canabis' com a 'ametista'. Jesus apaga a Luz!

Lawrence disse...

Enquanto isto, comunidade judaica organizada na Europa agora trabalha em ritmo acelerado para acabar de estrangular de vez o que ainda sobrava de liberdade de expressão por aqui: http://www.theoccidentalobserver.net/2015/01/the-return-of-the-protected-jewish-minority-in-europe/. E como estes elementos não encontram resistência séria nestes países, o mais provável é que consigam o que querem -- até, é claro, acabarem sendo corridos daqui pelos muçulmanos, o que também parece cada vez mais provável no médio e longo prazo. Em breve, possivelmente, o conteúdo de um blogue como este será ilegal num lugar como a Inglaterra.

Por outro lado, em que pese tanta notícia ruim aqui e no resto do mundo, eclipses são passageiros. Mesmo noites longas de inverno passam. Coragem.

Santoculto disse...

''direitos dos gays''

Algumas vezes eu me pergunto o que o termo ''direitos dos gays'' realmente significa...

No mais, eu também tento entender o porque de continuarem a tratar as pessoas como gado indissociável. ''Gays'', ''negros'', ''corinthianos''...

Horra meeo,
vc não é uma peça de uma demografia, vc não é parte de um transformer estatístico que se move, vc é um indivíduo acima de tudo.

A exceção prova a regra e a regra prova a exceção.

Pare fácill
mas é difícill
um belo vc vai ter que aprender...

....

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

PORRA É TANTO ARTIGO PROS COMENTARIOS QUE VIROU O FIM DA ÁGORA E A EMENDA UM MORREU NO BLOG DE VEZ

Lawrence disse...

O amanhã de um novo dia para os povos eurodescendentes vai surgir é de iniciativas como o Northwest Front:

http://northwestfront.org/media/radio-free-northwest/

Não posso recomendar em termos suficientemente calorosos. Ouvi todo o arquivo de podcasts do site, do primeiro ao mais recente, ao longo de alguns meses, e acho que são iniciativas contretas como o Butler Plan que vão salvar a civilização.

(Aliás, o Harold Covington já apareceu num vídeo do RamZPaul:
https://www.youtube.com/watch?v=ouY-EKl6S3Q)

É claro que é de fundamental importância falarmos de problemas, até porque precisamos, antes de mais nada, entender o que está acontecendo. Mas este é só o primeiro passo. Uma vez que entendemos o que está se passando, precisamos nos perguntar o que, concretamente, podemos fazer a respeito. O Imperativo do Noroeste, por exemplo, faz todo sentido e é, sim, viável. E o melhor ainda: não precisa ser a única saída, porque o mundo é grande e ainda há tempo de se fazer algo.

O importante é que não entremos em desespero nem gastemos todas nossas energias em apenas reclamar ou trocar informações pela internet.

vergara disse...

Esse manifesto do Putin o qual contém a questão da imigração é formidável. É um discurso que sabe conceder(porque é moderado) mas que resguarda o que é essencial: os valores nacionais da Federação, sendo que essa é resultado de um processo de assimilação de diversas etnias.

Qual líder de governo no ocidente tem peito para exibir o mais básico dos imigrantes(respeito à cultura local)?

Anônimo disse...

E o leste Europeu? Acredito que eles serão o único lugar restante com pessoas brancas em poucas gerações. Também são sociedades bastante tradiicionalista e homogêneas. O que você pensa sobre os nossos amigos eslavos, Mr X?

Vergara disse...

Anônimo das 14:52, a população do leste europeu é algo mais amplo que "eslavos".

Na verdade discordo em parte de ti, tem uma catástrofe demográfica em curso na maior parte dos países europeus, basta conferir as evolução das populações nos países bálticos, que perderam quase 30 % da população em APENAS 20 ANOS!!! Embora muito homogêneas( a maioria das populações na maioria desses países) elas apresentam uma diminuição ainda mais vertiginosa do que a do Japão, por exemplo.

Nos últimos anos a Rússia apresentou uma oscilação positiva na população, mas a maior parte dos nascimentos ocorrem nos estados ao sul da Federação, de maioria muçulmana.

Movimento de forte queda populacional ocorre na Bulgária, Moldávia, Sérvia, Ucrânia.

Provavelmente esses países vão se manter com maioria esmagadora de população "branca", mas em números absolutos vai ser cada vez menos gente. Na verdade, a população desses países se mantém homogeneamente "branca", pois existe um fluxo pequeno de trabalhadores estrangeiros ilegais. Mas por pura falta de interesse em se integrarem a economias mais fracas(imagino que não é do interesse de imigrantes pobres imigrarem para a periferia da Europa, como a Romênia).

Anônimo disse...

onde escrevi "na maior parte dos países europeus", leia-se "na maior parte dos países eslavos. grato

Direita disse...

"Esse manifesto do Putin o qual contém a questão da imigração é formidável. É um discurso que sabe conceder(porque é moderado) mas que resguarda o que é essencial: os valores nacionais da Federação, sendo que essa é resultado de um processo de assimilação de diversas etnias.

Qual líder de governo no ocidente tem peito para exibir o mais básico dos imigrantes(respeito à cultura local)?"

Peito para que; defender o genocidio nativo atraves da assimilação de estrangeiros? isto todos os governatens Europeus fazem. apenas a legitima direita,ou seja,os nacionalsitas ,é que são contrario a mais esta loucura!

a Russia -que nem mesmo é um pais de maioria branca - legalizou e recebeu durante o reinado de putin , 30 milhões de estrangeiros.apenas os EUA recebeu mais imigrantes no mesmo periodo .

Não contente com o exterminio do pouco que ainda resta de Europa na Russia ,o tatar putin fez questão de aniquilar ,com prisões e extinção de partidos politicos , a resistencia nacionalista .

Direita disse...

"E o leste Europeu? Acredito que eles serão o único lugar restante com pessoas brancas em poucas gerações. Também são sociedades bastante tradiicionalista e homogêneas. O que você pensa sobre os nossos amigos eslavos, Mr X?"

O leste Europeu ,Salvo execessões ( polonia,rep tcheca,croacia,letonia lituania ,eslovenia e eslovaquia),nem mesmo deveria ser considerado parte da Europa. a imensa maioria dos lestes europeus são descendentes de invasores das mais diversas origens extra-Européias. Eles habitam paises multi-eticos onde brancos e não brancos não se discriminam ,pois ,apesar das diferenças fisicas , se vêem como um só povo oriundo de uma mesma origem etnico-racial . este tipo de pensamento é resultado da lenta mas continua assimilação ,e certamente ,se nada for feito ,será uma realidade na Europa ocidental dentro de poucas décadas

Anônimo disse...

http://www.alertadigital.com/2015/02/09/juan-carlos-monedero-acumula-700-000-euros-en-sus-tres-cuentas-en-espana/

Podemos?

AF disse...

O grupo terrorista ISIS divulgou mais um vídeo deles decapitando vários cristãos egípcios e há um outro também em que esses monstros pisam em um bebê filho de cristãos até a morte.

De boa: essa ISIS tem se expandido rápido de mais e tem usado métodos extremamente cruéis. Quem há pouco tempo atrás iria imaginar que surgiria um grupo terrorista tão cruel e que deixaria a Al-qaeda no chinelo?

Se continuar do jeito que estão será questão de algumas décadas até chegarem na Europa e nas Américas.

Dá medo isso.

Brancaleone disse...

Você é uma praga MR X.
É ler você pronto, lá se vão dois prozacs e duas doses de "Tatuzinho" goela abaixo.
A verdade me incomoda,

El Misionero Matsuura Junichiro a.k.a. Marcos Freybert disse...

Bom ditado. Quando encontrar um buraco, PARE de cavar. Disse tudo. E é exatamente esse o problema. Quanto mais fundo o buraco esquerdopático. mais os esquerdopatas querem cavar. Quanto mais afundam a sociedade na merda, mais querem afundar. A Bíblia fala sobre isso. Um abismo chama outro abismo, e é verdade.