sexta-feira, 4 de julho de 2014

Povo asiático, povo superior?

O povo asiático é muito inteligente. Dizem que tem o QI médio mais alto do planeta, se não contarmos o judeu asquenazi como categoria à parte. É claro que QI não é tudo e talvez até seja super-valorizado em detrimento de outras qualidades, mas mesmo assim. Burros eles não são.

Gosto em especial do povo japonês. Eles são educados e fazem ótimos filmes de animação. Tenho menos admiração pela cultura chinesa, mas não nego que sejam certamente um povo de inteligência e cultura milenar.

Pois bem, os asiáticos estão lentamente dominando a costa oeste americana e canadense. Não em termos numéricos, é certo (esse troféu pertence aos mexicanos), porém aparecem em números cada vez mais expressivos nas estatísticas do ensino superior e no quadro funcional das empresas do vale do silício como Google e Facebook. Embora o que tenha chamado a atenção da mídia tenha sido a escassa participação de negros e latinos, ninguém mencionou que os asiáticos estão super-representados, formando quase 35% do total de empregados. E em algumas importantes universidades da costa oeste americana, os asiáticos já são mais de 50% dos estudantes.

Cultura exemplar, muito legal, etc e tal. 

Uma coisa, no entanto, me intriga. Os asiáticos, e em especial os chineses (nota: nunca vi nada de semelhante nos japoneses, que por sinal amam os gatos), tendem a ser cruéis e insensíveis com os animais, e às vezes, até com as crianças.

Com os animais, bem, eu nem falo do hábito de comer cachorro ou outros animais que para nós são domésticos, mas da tendência em alguns casos de comer animais vivos ou recém-mortos, ou até de excitar-se com seu sofrimento. Também não vou falar do hábito de caçar impiedosamente os rinocerontes para fazer com seu chifre uma poção erótica de efeito duvidoso. Mas o que dizer, por exemplo, dos vídeos de crush? (Atenção, imagens fortes). Tais barbaridades parecem ocorrer em especial na China e Coréia, mas também houve algumas Filipinas envolvidas. E como explicar os cachorros perdidos mortos a pauladas em público, em vez de serem levados a um canil? 

Quanto às crianças, bem, o vídeo da criança morta numa fábrica da China sem que ninguém desse bola foi viral há um tempo atrás, mas nem é disso que falo: mas sim do tradicional hábito supostamente asiático de ser ultra-exigente com as crianças e forçá-las a estudar matemática e praticar violino oito horas por dia, como a famigerada "Tiger Mom" Amy Chua. Pode ser que o método tenha sua valia, mas, considerando que inteligência e talento tem em grande parte origem genética, parece uma crueldade inútil. Afinal, a maioria dos pianistas famosos começou muito cedo quando criança, mas, quase sempre, por interesse próprio, e já demonstrando grande talento desde o início (Aliás, outra curiosidade interessante: os maiores compositores musicais da história são certamente os germânicos, com segundo lugar para os italianos, mas a maioria dos melhores pianistas são judeus ou eslavos; ultimamente tem surgido músicos asiáticos bons, mas parecem preferir o violino e outros instrumentos de corda). E, além disso, a criança também deveria ter o tempo de brincar e desenvolver a sua criatividade, não?    

Enfim, apenas um post besta, pensando no que acontecerá quando os EUA forem de vez para a cucuia com seu multiculturalismo, e a China se tornar a principal potência mundial.


24 comentários:

Matheus Carvalho disse...

Japoneses sao crueis tambem, X. Um prato popular no japao e' a "jumping salad", em que ha camaroes vivos na salada. Parece que eles gostam de ver o animal sofrendo. Com lagostas, em churrascarias o churrasqueiro pega uma do aquario, mete um tubo de aco no meio do animal e o bicho vai se debatendo para a braza. Se for ser comida crua, pegam a lagosta viva, separam a cabeca do rabo, picotam o rabo para fazer uns quadradinhos num tamanho facil de comer com pauzinhos, e, para ficar mais interessante, espremem os olhos da lagosta pra ela ficar se debatendo enquanto comem. Pelo menos essa crueldade e' com animais "inferiores", alguns vao dizer. Mas acho que voce ja deve ter ouvido falar do bonsai kitten nao e'? E' tudo mentira, mas muita gente acreditou...

Autor Desconhecido disse...

Compositores musicais são diferentes dos não-compositores.
Pianistas excepcionalmente bons para tocar as obras de compositores não são realmente criativos da mesma maneira que um Savant também não é.

Asiáticos são pragmáticos e não tem senso estético bem apurado. Estes dois traços são os opostos da criatividade. A falta de senso estético dos asiáticos reverbera em seus processo de seleção, que não foi sexual, como tem sido mostrado no blog do Peter Frost.

Mr X disse...

Como assim falta de senso estético? Os japoneses criaram algumas coisas bonitas, de espadas de samurai a belos filmes recentes.

Eu não estou dizendo que compositores sejam iguais a performers, embora ambos exijam alto nível de talento e criatividade, só apontando a curiosidade de que certas etnias pareçam ser favorecidas para um e outro. Sem dúvida, parte é cultural também: hoje tem muitos asiáticos na música clássica, em parte por seu interesse em imitar o melhor do Ocidente.

O bonsai kitten era mentira e tem várias outras lendas urbanas também, mas algumas coisas são verdadeiras.

O que me impressionou sobre os japoneses foi a sua crueldade com chineses e coreanos durante a II Guerra, alguém já ouviu falar sobre o Campo 731? Nossa é de deixar nazista de cabelo em pé. http://en.wikipedia.org/wiki/Unit_731

Mr X disse...

Ele (e elas) também comem polvos vivos:

https://www.youtube.com/watch?v=oNy8MUPOAtQ

Pessoalmente, acho horrível a idéia te ter um bicho se mexendo dentro da minha boca, sem falar de outras questões.

Mr X disse...

A tal "jumping salad" pelo que vi é de origem tailandesa. Enfim, essa coisa de comer animais vivos ou bichos estranhos parece ser moda asiática geral.

Autor Desconhecido disse...

Vou reescrever a minha frase

Asiáticos são EM MÉDIA mais pobres em reconhecer algo de grande valor estético ou de produzi-lo, da mesma maneira que são mais pobres também para diferenciar emoções faciais subjetivas ou complexas.

Sobre os compositores, sim, eu não estou dizendo que não tenham asiáticos criativos e especialmente no passado, é fato que eles existiram em maior quantidade do que atualmente. Elevada inteligência técnica, aka, qi, se relaciona com maior capacidade para apreciar a beleza genuína. Eles conseguem vislumbrar algo de valor estético, mas este será menos complexo e mais simplista.
O europeu consegue enxergar, em média, beleza na pobreza.
O asiático não. Pragmatismo.

AF disse...

Com exceção do tráfico de drogas, a China não parece ter muita noção do que é justiça e bondade. Tem até aquele caso antigo em que duas pessoas foram condenadas a prisão perpétua por organizar uma orgia.

E viva a justiça e bondade ocidental e não, é claro, aos direitos humanos, pois é graças a isso que temos adolescentes perigosos a solta nas ruas do Brasil, bem como estupradores, pedófilos e muitos traficantes terríveis, pois se tivéssemos a Justiça que tínhamos no passado, essas pessoas seriam condenadas a prisão perpétua ou a pena de morte.

Os animais sempre foram admirados e amados aqui no Ocidente e da nojo ver o que eles fazem por lá. Como os asiáticos estão copiando a nossa cultura ocidental, bem como nossos valores e inventos feitos pelos europeus, que eles copiem mais coisas boas também como o amor e admiração pelos animais que nós ocidentais temos e descartem as coisas ruins, como os direitos humanos e o politicamente correto (se bem que lá, isso já não funciona muito bem não, pois só as nações brancas é que caem nessas idiotices).

Onço pintado disse...

O povo superior é o povo eslavo.

Dom Moleiro disse...

Essa discussão jamais terá um fim ou uma decisão inteligente .Eles também devem achar alguns costumes ocidentais estranhíssimos e de absoluto mau gosto .

Autor Desconhecido disse...

''O povo superior é o povo eslavo.''

Em que mundo??

Os eslavos são sortudos por não serem tão competentes quanto os europeus ocidentais de produzir nações ricas.

Este papo de superior não existe, a maioria das populações humanas são muito primitivas, mesmo o homem branco.

Subgrupos de indivíduos excepcionais que podem ser considerados como superiores, o resto é de goym, de acordo com o seu significado.

Matheus Carvalho disse...

Outro exemplo de crueldade asiatica com animais e' no abate de gado na indonesia. Um tempo atras apareceu um documentario aqui na Australia sobre isso, gerou uma revolta no pais inteiro. No final, nao mudou muita coisa, a Australia continua exportando animais vivos para la. Mas, de qualquer forma, causa estranhesa e repulsa ver como os caras fazem com os bois e vacas. Ai no Brasil, e no resto do mundo ocidental, o abate e' quase indolor na maioria das vezes, ate por questoes economicas (parece que a carne fica macia). Na indonesia, o processo e' longo, brutal, sujo e ineficiente. Mas nao mudam porque o procedimento segue a regra determinada pelo indesenhavel Maome.

TERMINATOR disse...

Por isso que acho que NA MÉDIA a melhor civilização mesmo é a do branco europeu e olha que eu nem sou branco europeu, rê rê rê.

DIREITA disse...

"Os eslavos são sortudos por não serem tão competentes quanto os europeus ocidentais de produzir nações ricas."

foram escravizados e assmilados, coitados. basta saber que as nações eslavas(sé é que se pode chamar tudo que é tido como eslavo de eslavo) mais desenvolvidas são tambem as mais puras!

DIREITA disse...

"Ai no Brasil, e no resto do mundo ocidental"

e desde quando o brasil faz deste mundo ocidental?


DIREITA disse...

Pare de censurar ,MRX!

Mr X disse...

Depois quando eu digo que os chineses são frios, vocês não acreditam né?

http://blogs.estadao.com.br/que-mario/pais-vendem-filhos-para-comprar-itens-em-games-na-china/

Matheus Carvalho disse...

Oi senhora direita. Usei o termo no sentido mais geral possivel. Satisfeita?

El Misionero Matsuura Junichiro a.k.a. Marcos Freybert disse...

Tá certo. Asiáticos podem até não ter um senso estético apurado. Mas, pelo menos, eles têm um senos estético. Diferentemente dos rappers e funkeiros, que não têm senso estético nenhum. Principalmente em se tratando de música.

Matheus Carvalho disse...

Misionero Matsuuka, veja abaixo mais um exemplo deste circo de horrores que o MrX inventou de mencionar. Dessa vez sao japoneses, que, com seu senso estetico peculiar, se incomodam muito mais com a visao de uma vagina do que com a de um monte de (spoiler!!!!) baratas esmagadas na boca:

http://efukt.com/21167_The_Absurdity_of_Japanese_Pornography_3.html

El Misionero Matsuura Junichiro a.k.a. Marcos Freybert disse...

Pô, eu escrevi errado de novo. Tá ficando brabo isso. O correto é SENSO, e não SENOS. Por favor, perdoem-me.

El Misionero Matsuura Junichiro a.k.a. Marcos Freybert disse...

Prisão perpétua por organizar uma orgia???? Isso, sim, é sacanagem. O grande problema da China é a superpopulação, que eles tentam controlar a todo custo. A pena de morte é só um dos meios de fazer esses controle. Mas não dá pra aplicá-la em tudo.

El Misionero Matsuura Junichiro a.k.a. Marcos Freybert disse...

Puta que o pariu. Os japoneses são escrotos mesmo. Eta povinho escroto do caralho!!!! Eu já li em vários lugares que eles nem fazem mais sexo. Preferem comprar gadgets - nada contra os gadgets - a fazer sexo. Isso é ridículo. E onde eu escrevi SENOS, o correto é SENSO.

Anônimo disse...

LESTE ASIÁTICOS são relativamente mais civilizados que as outras minorias. Mas os outros asiáticos são tão primitivos quanto negros, só um pouco menos agressivo por possuirem menos testosterona.

E mesmo assim, o Leste da Ásia não seria nada sem o investimento do homem branco colonialista opressor.

Anônimo disse...

Devo dizer que eu temo leste-asiáticos um pouco. China está se encaminhando para ser a nova superpotência mundial. Japão e Coréia são bastante popular entre os jovens devido sua cultura pop.

Imagina um mundo liderado por um povo com técnologia dos brancos e altruísmo dos árabes? Deus me livre.