quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Anarco-tirania

Estava procurando um nome para o sistema no qual vive-se atualmente no Ocidente, e descobri que o nome já foi dado anos atrás por um falecido colunista americano que eu nem conhecia, Samuel Francis: anarco-tirania.
"O que temos neste país (*) é, ao mesmo tempo anarquia (fracasso do Estado em aplicar as leis mais básicas) e, ao mesmo tempo, tirania -- o uso do Estado para fins opressivos: a criminalização do inocente através de impostos exorbitantes, regulação burocrática, invasão da privacidade, e a reengenharia das instituições sociais, como a família e a escola; a imposição do controle de pensamento através do "treino da sensibilidade" e do currículo multicultural, leis contra o "ódio", leis de controle de armas que punem os que cumprem a lei mas que não têm efeito sobre os bandidos que obtém armas ilegalmente, e um vasto labirinto de outras medidas. Em outras palavras, anarco-tirania. 
O caso mais exemplar vem da Inglaterra. O governo não consegue combater o crime, o terrorismo ou a imigração ilegal, mas é tirânico contra as pessoas de bem que vão contra o politicamente correto. Sem conseguir deportar ou sequer prender criminosos e terroristas perigosos, quer deportar um velhinho branco de 70 anos que foi vítima de atentados muçulmanos.

(*) Acho que Francis se refere aos EUA. Se você mora no Rio de Janeiro, já conhece isso faz tempo! 

10 comentários:

Carlos disse...

Desculpe por sair um pouco fora da postagem, vc viu isso Mr?

http://www.turkishweekly.net/news/141235/christians-take-discrimination-to-european-court-in-britain-.html

Imagina se fosses pessoas de alguma das "minorias".

A coisa tá ficando complicada, logo vc não vai poder nem mais usar sua camisa do Iron Maiden, porque pode ofender alguem que gosta de pagode.

Chesterton disse...

interesting...

Anônimo disse...

Fluor diminue o QI (será por isso que nos obrigavam a utilizar na escola?) -

http://verdadesespeciais.blogspot.com.br/2012/07/fluor-diminui-o-qi-provado.html

AF disse...

Legal o post.

Em teoria é tão fácil para o Estado em aplicar as leis mais básicas, mas há tanto político burro e metido a intelectual, que o resultado só podia ser esse.

Essas notícias da Inglaterra são tão bizarras, que até me pergunto se não é verdade mesmo.

Só de ouvir o nome Inglaterra, já lembra o quanto os ingleses são uns bundões atualmente e vai ser um país que vai virar uma ditadura islâmica no futuro.

Quanto a Samuel T. Francis, foi muito bacana o texto dele e é bom ver que muitos Ocidentais já estavam prevando o que ia se transformar o mundo no futuro.

Isso me lembra também, um padre franco-inglês, que, em 1938, fez uma previsão fantástica sobre a ameaça do islã no futuro.

AF disse...

Anônimo:

Excelente observação e na net tem um monte de outros textos também sobre o flúor na água.

Na época da escola sempre odiei quando chegavam aquelas mocinhas aplicando essa coisa com um gosto ruim na boca da gente... como se nós não escovássemos os dentes em casa, nossos pais não nos orientassem a escovar e não nos levassem aos dentistas e não houvesse outras maneiras de prevenir cáries, cabendo o "Estado todo poderoso" a obrigação de cuidar até dos nossos dentes.

Muitas vezes eu e algumas pessoas cuspíamos sem elas verem, fingíamos que estávamos bochechando ou nos escondíamos quando dava... algumas vezes éramos pegos e aí éramos obrigados a colocar isso na boca, até elas acharem que todos já bochecharam.

Anônimo disse...

Conheço alguns Britanicos no Stormfront... Dizem que Londres e uma mistura de Islamabad com Lagos.

Anônimo disse...

Sobre o Fluor, é só mais uma informação sobre do que não permitir que façam com nossos filhos... assim como evitar (principalmente meninos) tomar qualquer coisa de garrafa de plástico (estrogêneo), amendoim e soja (pode dar mama nos meninos segundo o livro sobre saúde do Dr. Hollywood)etc. Como eu tenho 4 filhos (todos meninos com menos de 8 anos) tenho que cuidar da saúde espiritual (Kinism), intelectual (Western white), fisíca e Viril deles (risos)...

Olha só essa notícia que interessante : Irã diz que Israel espalha o homossexualismo - http://www.passeiaki.com/noticias/ira-diz-israel-espalha-homossexualismo

Eduardo...

Bárbara disse...

>"Excelente observação e na net tem um monte de outros textos também sobre o flúor na água."

>"o "Estado todo poderoso" a obrigação de cuidar até dos nossos dentes."

Não consigo acreditar em tamanho poder do flúor. Até parece que a queda no QI populacional se deve a isto...

O Estado Todo Poderoso que cuida dos dentes não me preocupa muito. Aliás, se pagamos impostos escorchantes, então que cuidem de nossos dentes sim!! Se não quiserem cuidar, então que se diminua a arrecadação. mas no Brasil a questão não é ideológica, é de corrupção mesmo. Eles inventam impostos não para serem todo poderosos, mas para serem todo ricos.

Como dizia, o que me assusta não é o cuidado com nossos dentes, é o incentivo ou despreocupação com a disgenização geral. Ajudar os piores a terem muitos filhos, isto sim me assusta, não o gostinho do flúor na boca. Aliás, nem tudo que tem gosto ruim faz mal.



AF disse...

Bárbara,

Concordo com você: com os altíssimos impostos que pagamos e literalmente desperdiçados, que o Estado cuide de nossos dentes sim. Pelo menos umpouquinho dos nossos impostos estariam sendo aproveitados, mas cuidar dos nossos dentes com essa substância em que há estudos demonstrando os perigos disso?

Podiam fazer um planos de discontos em dentistas ou até gratuítos ou quem sabe um bolsa-aparelho? Seria muito melhor que o Bolsa Família... mas sei lá, o flúor que é algo duvidoso e com resultados duvidosos que podem ser obtidos de outras maneiras, aí faz a gente questionar...

autor desconhecido disse...

Essa teoria do flúor me cheira a desculpa para botar a culpa da idiotização massificada da população hoje em dia em alguém.
A explicação para o nível cada vez mais baixo de inteligência e caráter está visível nas escolas públicas, que antes eram menos 'selvagens'.
A disgenia generalizada, é ainda mais intensa nos países da América latina.