segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

A palhaçada continua





Houve um atraso na "operação humanitária" (é impressionante a cara de pau!) na Colômbia, e agora o (ex?) presidente argentino Kirchner periga perder a comemoração de Ano Novo na Casa Rosada e passar a data na selva - na qual o governo colombiano disse "não poder garantir a segurança". Bem-feito!

O que certa gente não faz para aparecer... E o escândalo das malas venezolanas, será que a mídia já esqueceu ou ainda não?

Desejo a todos os envolvidos na "operação de resgate" (midiático) que passem muito calor, que sejam picados por muitos mosquitos, e que quem sabe até sejam capturados pelas FARC para que assim possam passar o resto de seus dias ao lado dos companheiros terroristas. Afinal, um Kirchner ou um Top-Top Garcia podem valer tanto ou mais como moeda de troca do que uma Ingrid Betancourt...

3 comentários:

Fred disse...

Companheiro......

Quanto mais demorar, mais holofotes em Chavez, Kirchener e nas FARC...

E assim caminha a humanidade...

Feliz 2008

Beijo na careca

chest disse...

Holofote em cima de fracasso é péssima propaganda. Se os refens não forem libertados de uma vez, o pouco de credibilidade de Chaves vai se evaporar.

Anônimo disse...

Obrigado por intiresnuyu iformatsiyu