sexta-feira, 24 de junho de 2016

Brexit

"É golpe!", grita Dilma. Não, espera. Quem disse isso foi a Angela Merkel, que não está satisfeita com o voto do Brexit. Bem, o falso conservador David Cameron já caiu, não custa nutrir esperanças que a próxima a cair seja a maléfica líder alemã. 

É cedo ainda para celebrar, pois não é muito claro o que isto significa. A curto prazo, uma crise econômica e política é o que parece mais possível. A longo prazo, não é nem mesmo certo que a saída da União Européia reduza a imigração de terceiromundistas no país bretão. A maioria dos imigrantes na Inglaterra são pakis e hindus que vieram através das ex-colônias, e não via União Européia. O que vai ficar mais difícil é para os vários italianos, franceses, tchecos e polacos que vivem e trabalham no Reino Unido, isto sim.

Não acho de todo ruim a União Européia, é bom poder viajar pela Europa sem fronteiras -- porém, seria melhor se fosse de fato uma união pela interesse dos povos europeus, e não a favor de uma junção com o Oriente Médio e a África, como a que os eurocratas estão empurrando.

De qualquer forma, o nacionalismo nada significa se não for aliado a uma saudável renascença cultural. O que estamos vendo hoje em dia é algo bem curioso, um tipo de nacionalismo misturado com globalismo, no qual fica proibido de tentar entender por quê o nacionalismo existe em primeiro lugar.

Por exemplo, no outro dia lendo uma matéria da grande mídia sobre as celebrações independentistas no Quebec, região francesa do Canadá, falava-se sobre os novos imigrantes que já representam 30% da população. Um senegalês casado com uma canadense branca e um casal afegão com três filhos eram mostrados como exemplo do novo povo. Todos em fotos alegres segurando bandeirinhas da região.

Na Catalunha também fala-se muito em independência mas está proibido associar com critérios étnicos, apenas linguísticos. E a Lega Nord da Itália que quer separação do norte italiano já teve prefeita negra e agora colocou um nigeriano como seu especialista em "segurança e imigração". Parece que esses "padanos" gostam mais de árabes e africanos puros do que de sicilianos e napolitanos.

A independência significa zero se não for relacionada com critérios majoritariamente étnicos. Uma minoria de outras origens até pode se estabelecer em um dado local e se assimilar, mas as maiorias precisam ser da região e fim de papo. Branco com branco, preto com preto e chinês com chinês. Católico com católico, protestante com protestante, e muçulmanos fora. Divisão étnica e religiosa sempre leva a divisão política, quando não a guerra. Por que é tão difícil de entender?

Os 50 países mais violentos do mundo ficam na América Latina, Oriente Médio e África, e são em sua maioria países de maioria não-branca e muito divididos em termos de etnia, cultura ou religião. Alguém, além das miseráveis e corruptas elites globalistas, quer sinceramente que o mundo inteiro fique assim?  

E, no entanto, o voto Brexit foi, também ele, dividido. E quem votou mais pela saída foram os mais pobres e os mais velhos. Os jovens de 18-24 anos votaram em grande maioria por permanecer; os maiores de 60 anos votaram em maioria para sair. Alguns jovens até reclamaram. "Por que esses malditos velhos brancos não morrem logo", alguém tuitou.

Outros tuítes e comentários de reações pela rede:
"Uma limpeza nacional está em ordem. Os velhos não tem mais utilidade, vamos apagá-los."

"Os votos dos jovens deveriam contar duas vezes mais do que o dos velhos, pois eles são o passado e nós o futuro."

"Esse absurdo que é o Brexit, os fenômenos Cunha e Bolsonaro no Brasil, as fobias a mulheres, gays, discriminados, tudo isso me parece ter um ponto comum: o mundo mudou tão depressa que os pontos de referência tradicionais dançaram. É frequente os que se sentem sem rumo, sem referência, fugirem para o passado, o retrógrado, as certezas pobres." (Renato Janine Ribeiro) 

"É triste que os jovens terão que pagar pelo erro de suas vovós malucas."

"Velhos brancos racistas e assustados estão arruinando tudo para todos."

"Nunca subestime o poder dos brancos de votar a favor do racismo contra seus interesses econômicos."

"Parabéns velhotes vocês foderam com nosso futuro!"

Seja o que for que vier a acontecer, não vai ser fácil, mas a maré está mudando. Este é apenas o primeiro capítulo de uma longa história.

O globalismo utópico fracassou, é hora de procurar alternativas.


20 comentários:

AF disse...

No meio de tantas notícias ruins e bizarrices da Inglaterra, surge uma notícia boa que é a saída da União Européia e o mesmo acontece no Brasil, com o impeachment da Dilma.

Mas não podemos nos iludir, achando que a saída da Inglaterra da União Europeia e o impeachment da Dilma vão resolver as coisas nos dois países, pois essa geração (e muitas outras) está muito contaminada pela esquerda e os tuítes frios mostrados são a maior prova disso.

"Nunca subestime o poder dos brancos de votar a favor do racismo contra seus interesses econômicos."

E nunca subestime o poder dos brancos de serem tão bobos e votarem pela sua própria destruição. Eles sempre conseguem nos surpreender!

Que Deus me perdoe, mas eu desejo que esses brancos esquerdistas que pensam assim sejam enrabados pelos muçulmanos e outras minorias que eles tanto amam.

Silvio disse...

Estupefato aqui. O pessimismo é minha cachaça, e digo o seguinte:
I) parece que ainda falta a decisão do Parlamento;
II) a represália dos globalistas vai vir pesada, pode escrever.
Ainda estupefato, como disse, vou deixar que outros falem por mim:

"Torna rombas as espadas dos traidores, gracioso Senhor,
que quiserem fazer reviver estes dias sangrentos
e fazer chorar a pobre Inglaterra em torrentes de sangue.
Não permitais que vivam para gozar a prosperidade desta terra
os que com traição quiserem ferir a paz desta formosa terra."
(William Shakespeare, 'Ricardo III' - Ato V, Cena 5)

"Rule, Britannia! rule the waves:
Britons never will be slaves."

"O Lord our God arise,
Scatter her enemies, and make them fall.
Confound their politics,
Frustrate their knavish tricks."

http://www.youtube.com/watch?v=Q0PHWKRFgZ0

"We shall fight on the beaches, we shall fight on the landing grounds, we shall fight in the fields and in the streets, we shall fight in the hills; we shall never surrender."

"The Battle of Britain is about to begin [...] if the British Empire and its Commonwealth last for a thousand years, men will still say, This was their finest hour."

"The bugle sounds and the charge begins
But on this battlefield no one wins"

RICARDO LIMA disse...

E eu torço, de coração, para que Portugal e Espanha mandem a União Européia para o inferno. E que prendam todos os políticos corruptos e vagabundos que sugam os seus recursos (como o que vem acontecendo no nosso Brasil).

Anon disse...

''A longo prazo, não é nem mesmo certo que a saída da União Européia reduza a imigração de terceiromundistas no país bretão.''

A Bretanha também está sendo invadida??

Mr X disse...

A Grã-Bretanha. Mas acho que a Brettagne francesa tbm.

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger Mr X disse...

A Grã-Bretanha. Mas acho que a Brettagne francesa tbm.

26 de junho de 2016 15:34

A ZONA MENOS LIXADA DA FRANÇA É O NOROESTE OU ERA

CENSURADO AGAIN disse...

POR ISSO QUE A CATULUNHA JA SOFRE LOBBIES DO SUL DA FRANÇA CONTRA CASTELA

Fábio Peres disse...

Dois pontos a ressaltar: o primeiro é que muitos dos jovens que xingam o Brexit podem vir a agradecer seus pais no futuro por verem seus empregos preservados - já que serão privilegiados nas boas vagas de trabalho no futuro (não terá mais um "estrangeiro" concorrendo com ele).

O segundo é o paradoxo envolvendo a primeira geração, estrangeira, e a segunda, que nasce e cresce em uma outra pátria. Imigrante "da colônia" tem filho inglês, que se identifica mais com a pátria em que nasceu do que com a terra de seus pais - terá, no futuro, medo da concorrência dos novos imigrantes, "estrangeiros" para ele.

Como no Brasil, onde os filhos de imigrantes explorados no passado são brasileiros - e só procuram a dupla nacionalidade por causa do passaporte europeu (jeitinho).

direita disse...

"celebrações independentistas no Quebec, região francesa do Canadá, falava-se sobre os novos imigrantes que já representam 30% da população. Um senegalês casado com uma canadense branca e um casal afegão com três filhos eram mostrados como exemplo do novo povo. Todos em fotos alegres segurando bandeirinhas da região.

Na Catalunha também fala-se muito em independência mas está proibido associar com critérios étnicos, apenas linguísticos. E a Lega Nord da Itália que quer separação do norte italiano já teve prefeita negra e agora colocou um nigeriano como seu especialista em "segurança e imigração". Parece que esses "padanos" gostam mais de árabes e africanos puros do que de sicilianos e napolitanos. "

(((Mrx))) E tu pode ter certeza que todos esses "nacionalistas" civicos morrem de amores por Israel .

direita disse...

(((Mrx))),liga do norte nao defende mais secessao do norte da italia do restante . atualmente a liga do norte possui escritorios ate na sicilia:

https://m.facebook.com/groups/366777343446967

direita disse...

Como um partido de falsa oposiçao,a liga do norte é contra apenas a invasao ilegal . "curioamente" a liga do norte nada tem contra a invasao ilegal (cerca de 7 milhoes )que é a que mais causa danos a identidade Italiana.

direita disse...

"Nunca subestime o poder dos brancos de votar a favor do racismo contra seus interesses econômicos."

Mas quem disse isso nem branco é:

http://www.dailystormer.com/wp-content/uploads/2016/06/Lnvm4d.png

Mr X disse...

(((Mrx)))

Eu sou, eu sou, khazar agora eu sou pararatimbum parara tim bum

)))sabedor((( disse...

https://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%A1rio_Beir%C3%A3o#/media/File:M%C3%A1rio_Beir%C3%A3o_(6103305131).jpg

Busto do poeta português Mário Beirão

Agora uma foto dele

http://photos1.blogger.com/blogger/7510/211/1600/mb.0.jpg


;)

)))sabedor((( disse...

http://inacreditavel.com.br/wp/a-wall-street-por-tras-do-golpe-de-estado-no-brasil/

)))sabedor((( disse...

http://rodrigoconstantino.com/artigos/voce-sabe-que-os-britanicos-fizeram-coisa-certa-quando-um-verissimo-lamenta-sua-escolha/

Este Constantino é uma piada mesmo, o típico cuckservativo.

Este é uma das táticas mais usadas para se distrair um grupo.

Por que a Grã Bretanha deve sair da ''União'' Zionpeia**

- para obter o controle financeiro,
- para reduzir a imigração em massa,
- para recuperar a identidade inglesa,
- para manter viva a tradição do chá das cinco....

por que não ser mais direto

para salvar a raça branca...

quando se é direto, os (((opositores))) não terão outra alternativa a não ser se arriscarem muito mais do que para discutir frivolidades...

arranjar trocentos argumentos contra e a favor e discuti-los

perdendo ainda mais tempo

menos falar SÉRIO, isto é, tirando todas essas camadas e indo na raiz de toda esta problemática geopolítica, os dois padrões mais subjacentes, constantes ou oniscientes dela,

o genocídio programado dos euro-caucasianos

e a, não, não é ''participação'', mas o papel central (((dele$))) em tudo isso, isto é, como orquestradores fundamentais...

)))sabedor((( disse...

https://www.yahoo.com/beauty/scottish-woman-crowned-miss-hitler-2016-at-disturbing-neo-nazi-pageant-173609262.html

huum, que sinmpática...

White Nationalist disse...

Teve uma no ano passado que foi banido de um concurso de beleza por ser nazi.

A russa Olga Kuzkova:

http://www.dailystormer.com/wp-content/uploads/2015/07/SdBpiFM-618x412.jpg

Mr X disse...

Dizem que Soros lucrou com o Brexit.

http://cultura.estadao.com.br/blogs/direto-da-fonte/em-casa-com-soros/

CENSURADO AGAIN disse...

Anônimo White Nationalist disse...

Teve uma no ano passado que foi banido de um concurso de beleza por ser nazi.

A russa Olga Kuzkova:

http://www.dailystormer.com/wp-content/uploads/2015/07/SdBpiFM-618x412.jpg

2 de julho de 2016 23:41

SIM SE ELA FOSSE COMUNA COM CEM MILHÕES DE MORTOS NA BAGAGEM OU NEOLIBERAL COM INCONTAVEIS JA SERIA COOL