sexta-feira, 1 de março de 2013

Crianças do século XXI

Um suposto amigo no meu Facebook mandou-me uma notícia sobre os pais de um menino de seis anos que querem processar a escola porque não deixam o garoto utilizar o banheiro feminino. Para os pais, o menino sofre de "transtorno de gênero" e diz ser menina, sendo tratado como tal até pelos coleguinhas.

O infeliz que me mandou a notícia disse ainda estar sentindo-se "orgulhoso de viver no século XXI." Respondi dizendo que achava que era uma tristeza fazer isso com uma pobre criança, que o sexo não pode ser mudado por mera força mental, e que eu pessoalmente preferiria viver no século XIX.

Ele não é mais meu amigo no Facebook... :'-(

Mas, sinceramente, que tais loucuras sejam não apenas toleradas como celebradas é um absurdo, e mostra que vivemos em uma era doente. Nem crianças estão a salvo? Que os próprios pais incentivem isso ainda por cima, e apareçam em programas de televisão e coloquem a foto do filho travestido em dezenas de jornais, me parece trágico e triste.

Como diz um dos comentaristas na matéria americana original, "meu filho tem seis anos e acredita ser o Super-Homem. Deveria eu incentivá-lo a pular pela janela para que tente voar?"

Para quem acha a comparação inválida, saiba que "virar mulher" é tão impossível quanto voar, e que incentivar uma criança a fazer tudo o que quer pode ser perigoso.

É claro que os pais estão usando o próprio filho como um mero objeto em seu ativismo insano, o que torna tudo mais terrível e nojento. Está bastante claro que os revolucionários de hoje querem acabar com as distinções entre os sexos, algo impossível, ilógico até, mas é o que querem. Uma das principais bandeiras dessa luta parece ser a de querer acabar com os banheiros separados para cada sexo.
O cartunista travestido Laerte já virou herói progressista, e vejam aqui um banheiro em uma universidade americana:



"Auto-identificado como homem". Nada é mais ilustrativo da idéia progressista de que você é o que você quer ser, e dane-se a biologia. Somos "todos iguais" pela mera força do desejo. Os gêneros não existem. Sim, e eu posso voar, se quiser.

O triste é que essa criança provavelmente vai crescer muito confusa, e quem sabe no futuro tente até tomar hormônios femininos ou fazer uma "cirurgia de troca de sexo". Aliás, um estudo médico recente concluiu quatro coisas sobre tal tipo de cirurgia:

1) Mutila um corpo são, sendo portanto contrária ao princípio ético de "primeiro, não fazer mal".
2) É sugerida para pessoas que "acreditam estar no corpo errado", portanto trata-se de uma solução física para um problema psicológico, sendo mais fácil e menos danoso mudar o desejo do que o corpo.
3) A cirurgia não cumpre o que promete, não realiza uma real "troca de sexo", portanto não tem benefícios reais.
4) É irreversível, modificando permanentemente alguém que talvez sofra apenas de uma condição psicológica temporária (há mais de um caso de pessoas que se arrependeram depois da cirurgia, e alguns até cometeram suicídio).

Tais cirurgias deveriam ser proibidas, no entanto ocorrem cada vez mais, muitas vezes pagas com dinheiro público.

Ah, outra coisa que nota-se muito hoje em dia é o extremo narcisismo dos progressistas, às vezes prejudicando os próprios filhos em prol de sua causa. Desde os pais que criaram uma tempestade em copo d'água devido a um comentário infeliz para com seu filho adotivo negro, aos atuais pais que se incomodam por uma decisão bastante sensata da escola, todos tornam-se ultra-sensíveis ao menor limite imposto à sua "liberdade".

Bem-vindos ao admirável Século XXI! Diga a verdade, você não está orgulhoso também?

Orgulho e vaidade.

15 comentários:

Bárbara disse...

Não é raro transexuais falarem em bom tom: "não recomendo esta cirurgia para ninguém".

Alguém precisa avisar esta gente celerada que
1º: Criança não é rato de laboratório
2º: O que o mundo precisa não é acabar com os preconceitos, precisa de bom senso.

Que demência! Nem dá gosto de viver. Só nos resta a esperança de que consigam inventar a máquina do tempo o quanto antes (improvável)

Chesterton disse...

Claro que dá sempre em M da grande...

Mr X disse...

Acho que os pais são progressistas da pesada, numa das foto as crianças aparecem com cabelos pintados de roxo e azul, e os nomes são meio esquisitos também. Por outro lado, tiveram muitos filhos pra esquerdista.

AF disse...

Muito triste isso.

O pior é que fazem o uso da ciência para querer provar que a homossexualidade é um fato e que quem é contra, de acordo com essa falsa "ciência" é um homossexual escondido.

Recentemente o Silas Malafaia fez uma entrevista com a Gabi e a entrevista repercutiu e muito no mundo ateu, aí o 'geneticista' Eli Vieira (que é pró-aborto, pró-homossexualismo, anti-cristão e humanista extremista) o "refutou", mas felizmente o próprio Silas Malafaia e o Luciano Ayan, responderam a ele novamente.

Temos a verdade ao nosso lado e as evidências do que acontecem em sociedades com essa de "faça o que quiser, o importante é ser feliz", ninguém pode negar, a não ser os esquerdistas, é claro, mas quando as coisas piorarem para o lado deles e os mulçumanos os ameaçarem a cortarem suas cabeças, aí eles iriam fugir feito um peru gay que vai ter a cabeça cortada.

AF disse...

Ah, sobre o facebook colabora de um certo modo para essas coisas atuais.

Lá, todo mundo quer parecer perfeito e narcisista e fica postando aquelas mensagens 'boniteeeeeeeenhas' que são lindas, mas que na prática ninguém faz... dá até saudades do orkut, que apesar de ter seus defeitos também, não se compara aos do facebook, ou facecú, como muitos tem chamado.

O facebook tem feito muitas atitudes ruins como censurar conservadores, mas ao mesmo tempo que permite a esquerda e até a pedofilia.

Aquelas mensagens 'bonitenhas' que ninguém coloca na prática, são engraçadas também, mas ao mesmo tempo irritantes pela melosidade de mais e até a cara de pau de certas pessoas, principalmente as mulheres.

Chega a ser cômico ver essas mulheres de hoje no facebook, que rejeitam homens feios de bom coração, preferindo cafajestes, mas ao mesmo tempo postam mensagens com frases como: "O que conta é o interior"...

E aquelas gordonas que ficam postando aquelas mensagens com fotos contendo sempre um 'cara de boa aparência' agarrando uma outra gorda e com frases do tipo: "Ame uma pessoa pelo seu interior", mas ao mesmo tempo exigem caras lindos?

Mais sobre esse surpreendente fato:

Coisas que são compartilhadas por garotas que bloqueiam feios no MSN

A Gordinha e o Bullying

Chesterton disse...

e a criança no colo da mãe parece ter paralisia cerebral.

Marcos Pinho disse...

Recomendo vivamente um vídeo muito exclarecedor sobre a formação dos caracteres e da identidade sexual do ponto de vista biológico de um biólogo famoso da WEB.
A discussão que vem a seguir também é muito proveitosa.
Ver a coisa sob um unico ponto de vista é um erro imperdoável.

Marcos Pinho disse...

aqui o vídeo:
http://www.youtube.com/watch?v=Gn0R-gb9SMc

Melo disse...

Pode passar a fonte desse "estudo médico recente" supramencionado?

Mr X disse...

Olá Melo,

Está aqui: http://couragerc.net/Transsexual_Issues/Sex_Reassignment.pdf

Coloquei o link no artigo tbm, ia ter colocado antes mas esqueci. Abs.

Direita disse...

tempos atras ai nos EUA a justiça decidiu tirar do convívio dos pais uma criança por esta ter sido batizada de hitler .
_ e neste caso oque diz a justiça?





obs: parece ser uma familista mista,o pai e o filho bichinha tem uma cara meio mongolizada .

Ricardo Campos disse...

Obrigado pelo reconhecimento da minha pagina!!! Mesmo sem eu saber !! kkkkk

"A Gordinha e o Bullying" e "Coisas Q são compartilhadas por Mulheres q blokeiam feios" foram assuntos emblematicos da minha pesquisa

Anônimo disse...

Como é bunitinnho o multiculturalismo:

http://www.dailymail.co.uk/news/article-2291508/Three-men-arrested-suspicion-sex-assault-false-imprisonment-teenage-girls-grounds-Islamic-girls-school.html

Autor Desconhecido disse...

''obs: parece ser uma familista mista,o pai e o filho bichinha tem uma cara meio mongolizada .''

Efeito Stormfront, todos devem parecer nórdicos hiperbóreos para entrarem no ramo da brancura.

Direita disse...

Efeito Stormfront, todos devem parecer nórdicos hiperbóreos para entrarem no ramo da brancura.


efeito eu manjo de antropometria e você não.