quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Tempos de mudança

Trump venceu, para alegria da garotada e desespero dos progressistas. Surpreendente? Sim, talvez, mas nem tanto. Ann Coulter já havia cantado essa pedra mais de um ano atrás. Na época, muitos riram. Hoje, não estão rindo mais.

Mas os sinais de uma mudança nos ares já estavam claros há um tempo. Como diria o agora Nobel Bob Dylan, "você não precisa de um meteorólogo para saber de que lado o vento sopra".

Começou com a mudança dos governos na América Latina, com as quedas de Dilma, Kirchners e afins. Logo tivemos Brexit na Inglaterra, surpreendendo a Europa. Agora, Trump.

Está sendo divertido acompanhar a fúria de Salon, Slate e outros centros da mídia progressista, bem como o queixo caído de vários "amiguchos" do Face.

Mas o fato é que o povo começa a estar cansado de ser estuprado pelas elites. E o próprio progressismo globalista parece dar os primeiros sinais de exaustão.

A vitória de Trump é uma vitória acima de tudo simbólica. Nem importa o que ele realmente fará ou deixará de fazer. Acho que o mais importante da vitória de Trump é demonstrar que é possível ter uma mensagem anti-establishment e vencer. Mesmo que ele venha depois a decepcionar seus eleitores, ocorreu uma ruptura de paradigmas, para utilizar uma expressão que os progressistas gostam.

Graças a isto, é possível que no ano que vem tenhamos a queda de Merkel na Alemanha e até uma vitória de Le Pen na França. Enfim, o impensável pode ocorrer. Quem sabe?

Não que tudo irá necessariamente melhorar. Aliás, é bem possível que tudo piore, e que esta vitória só faça acelerar um conflito bélico, econômico, etc, que já se desenha há um tempo e que poderá ser inevitável nas próximas décadas.

As bolsas já despencaram com o anúncio da vitória trumpista. O que mais virá a acontecer?

"Que você viva em tempos interessantes", diz uma antiga maldição chinesa. Bem, vivemos hoje em tempos interessantes, não dá para negar.

Veremos o que acontece.




10 comentários:

Matheus Carvalho disse...

Exatamente o que eu pensava, Mr. X. O mero fato do Trump ter ganho foi um feito e tanto.

AF disse...

Foi um feito incrível, mas não há muito a comemorar, pois sendo realista: quase houve empate, mesmo na maioria dos Estados em que ele ganhou e há uma geração de pessoas novas cada vez mais sendo doutrinadas à esquerda nas escolas e universidades, que crescerão e farão a diferença, sem contar as "minorias" nos EUA que vão multiplicar também e vai chegar um dia que será muito difícil eleger alguém assim.

Por um lado, ver a cara dos jornalistas com o imenso tapa na cara que eles levaram foi hilário e acredito que a internet tem influenciado muito as pessoas a mudarem de opinião e ver esse outro lado da mídia, o que é ótimo!

Mas a mídia ainda tem um imenso poder de manipulação e o poder da esquerda na internet também é muito grande e precisa ser atacado e combatido e pelo que parece, muitos da direita estão ignorando. Existem diversas páginas de esquerda na internet afora com um poder muito grande e um conteúdo de extrema esquerda danoso à sociedade e dizem até que são financiadas pelo Soros como o Mídia Ninja, Catraca Livre, Quebrando o Tabu, etc.

As Exit Polls também revelam dados muito interessante sobre o voto das pessoas por idade, sexo, classe social, raça e religião e esse dado certamente se manterá constante e sempre será assim: http://edition.cnn.com/election/results/exit-polls/national/president

Ultima disse...

"Nem importa o que ele realmente fará ou deixará de fazer"
Claro que importa. A populaçao branca estadunidense diminui todo dia com a invasao de xicanos desenfreada, e Trump disse que iria parar isso. Eu espero que ele faça isso mesmo apesar de no fundo, sinceramente, nao por muita fé em nada o que ele diz e faz agora. Ele ganhou? Ganhou. Mas ja reparou que o discurso dele veio mudando aos poucos? Agora ele está bem menos "radical".
Sinto que Trump nos enganou para vencer. Do mesmo jeito que os esquerdistas e Hillary usam mulheres, raças minoritarias, gays, etc, para ganhar votos. Trump fez o mesmo, só que com os brancos politicamente incorretos.
Ele disse o que queriamos escutar, mas agora que ganhou a presidencia, duvido que vá cumprir o que prometeu. Os estadunidenses foram usados, apenas isso.
Mas eu realmente desejo que eu esteja errada e que apenas deu um tempo nos discursos polemicos, mas que ainda vai cumprir o que prometeu.

Sim, os progressistas e multiculturalista perderam. Mas se nao for pra mudar e pra melhor, entao nao valeu nada elege-lo.

Anônimo disse...

Parece que Trump só ganhou porque o voto é indireto. Se fosse direto...

Mr X disse...

https://twitter.com/wilfredchan/status/796222427369848833/photo/1?ref_src=twsrc%5Etfw

direita disse...

Trump é uma farsa que veio para evitar a implosao dos republicanos e o surgimento de uma real oposiçao conservadora e anti sionista.

CENSURADO AGAIN disse...

não há muito a comemorar, pois sendo realista: quase houve empate

NÃO FILHO ELA VENCEU COMO O GORE SÓ QUE O TAPETÃO LEVA

CENSURADO AGAIN disse...

Blogger direita disse...
Trump é uma farsa que veio para evitar a implosao dos republicanos e o surgimento de uma real oposiçao conservadora e anti sionista.

10 de novembro de 2016 14:02

FINALMENTE ALGUEM LUCIDO NUM RAIO DE BILHÕES DE ANOS LVX OBRIGADO DIREITA VC PODE SER COMPLICADO EM OUTROS ASPECTOS MAS FINALMENTE ALGUEM QUE VE REALIDADE NUM MAR DE FARSA MESMO MUITOS QUE SE DIZEM NS CAINDO

CENSURADO AGAIN disse...

E DEPOIS A WAL MARQUIORI FALOU A REAL E FOI DEMONIZADA

Anônimo disse...

"Trump é uma farsa que veio para evitar a implosao dos republicanos e o surgimento de uma real oposiçao conservadora e anti sionista."

Isso me lembrou de um vídeo com uns atores de filmes de super heróis decepcionados com o resultado das eleições. De um jeito ou de outro sempre achei o Trump o menor dos males, já que as coisas só vão mudar para o pior graças a lavagem cerebral progressista.