terça-feira, 11 de outubro de 2016

Sexo, mentiras e Wikileaks

Recentes mapas de pesquisas eleitorais mostram uma situação curiosa na América: se apenas homens brancos votassem, Trump estaria eleito. Já se apenas mulheres brancas votassem, Hillary seria eleita com ampla maioria. E se só não-brancos votassem, Hillary ganharia de lavada com quase 100%.

Pode parecer bem curioso para alguns ver como o voto dos não-brancos e das mulheres brancas é praticamente idêntico.

Mas o mistério não é tão grande quanto parece. Tanto mulheres quanto minorias (ou maiorias?) não-brancas costumam receber mais ajuda estatal, portanto é natural que votem nos Democratas para obter sempre mais ajuda do Estado. Já -- como alguém sempre tem que pagar -- os homens brancos são os que em geral trabalham para pagar estes serviços financiados pelos impostos, portanto é natural que queiram menos exploração. 

O curioso mesmo é que não ocorre a quase ninguém, a partir daí, chegar a uma conclusão óbvia: o voto feminino e depois a invasão não-branca foram criados justamente para obter essa divisão, e para dar cada vez maior poder à esquerda.

Mas progressistas são incapazes de associar causa e conseqüência. Ao ver o mapa, tudo o que um branquelo conseguiu balbuciar foi "Envergonho-me de minha raça". Confesso que eu também, mas por declarações como essa.

Enquanto isso, a luta para desmasculinizar os meninos continua. Na Austrália as escolas já ensinam a desconstruir os gêneros. É uma tolice, e tenho dúvidas que isso irá funcionar: é bastante claro para mim que as diferenças psicológicas entre os sexos têm origem biológica, portanto aulinhas como estas não transformarão ninguém em um homossexual ou transgênero. Mas poderão causar confusão, e são uma perda de tempo e dinheiro desnecessárias.

A todas essas, Julian Assange, que continua revelando emails obscenos de Hillary Plinton, está preso há vários anos na Embaixada do Equador em Londres. Uma situação surreal. Acusado de estupro por duas suecas com as quais transou sem camisinha (isto é considerado estupro na ultra-feminista Suécia, muito embora é bem provável que tudo isto seja apenas uma armação), Assange não pode sair de um pequeno apartamento de 30 m2. Será que ele pode ter sexo com alguém lá? A princípio pode receber visitantes, porém, o fato de que a embaixada esteja sendo filmada e gravada 24 horas por dia, somada às possíveis tentativas de extrair informação, chantagear ou tentar prendê-lo, parece limitar as possibilidades de relacionamentos. 

Julian Assange e Edward Snowden são basicamente dissidentes dos Estados Unidos Soviéticos: chegamos a este ponto no tal "país da liberdade". (Antes disso, foi o enxadrista Bobby Fischer quem sofreu parecida perseguição, embora pouco tenha feito para merecer). 

Enfim, o que podemos fazer? Nada, a não ser esperar que Hillary não seja eleita, e que mais cedo ou mais tarde o Império de Mentiras desabe sob seu próprio peso. Um dia, vai acontecer.

Imagem de um branquelo ambíguo para gerar comentários.

20 comentários:

)))sabedor((( disse...

''Mas poderão causar confusão, e são uma perda de tempo e dinheiro desnecessárias.''

De que tipo*

Peraí, eu achei que fosse biologicamente programado...

Esses (((americanos)))

Parece que basta eliminar o (((problema))) e tudo volta a ser como ''antes''

mas que antes**

na época do império romano* da grécia antiga* da escandinávia viking* da idade média* um pouquinho antes da guerra dos 30 anos**

AF disse...

Então está tudo como está nas eleições do Obama, logo há muita chance dela vencer. :-/

Fábio Peres disse...

Caso Hillary seja eleita, o que é o mais provável, os sábios ultraliberais do mundo todo pularão de contentamento com a possibilidade dos EUA "abrirem mais as pernas" em função de uma economia globalizada e sem capacidade produtiva alguma - o que, a longo prazo, jogará o dinheiro do mundo nas mãos de chineses e russos, fora os que sempre tem o controle da grana.

Posso estar me enganando, mas esse será o pior tiro no pé que os Estados Unidos já deram.

Anônimo disse...

Essa gente(progressista) só existe porque o Estado os sustenta,o que será que vai acontecer quando não existirem mais homens brancos para os sustentarem ?

Silvio disse...

Excelente resumo, Mister. Nós vemos a escalada de violência, (Charlie Hebdo, aeroporto de Bruxelas, rapefugees de Colônia, boate dos boiolas em Orlando, padre degolado durante a missa...), mas se pensarmos na "big picture" eles certamente são atos ainda raros. A arma principal escolhida pelo inimigo foi a lenta, gradual e segura substituição demográfica. De um lado temos:
- Setores a promover abortismo, nihilismo, drogas, sexualidade infantil, carreirismo/materialismo, vaidade intelectual, estado-babá, desconstrução, recente aumento de diagnósticos de DSTs, "casar não é importante", "reproduzir/maternidade não é importante", shaming de patriotismo e de masculinidade.
Do outro lado:
- Patriarcado que não pede desculpas, agressividade, crença total (totalitária?) em seu livro sagrado, famílias com filhos numerosos, reconhecimento (forçado ou não) das autoridades e da tradição, pena de morte para traficantes, "homem é homem, mulher é mulher, jacaré é jacaré".
Mas essa discussão não é nova. Lembro o trecho de um livro da grande crítica americana de cinema Pauline Kael, ela contando de uma conversa entre colegas lá nos anos 70. Alguém argumentou: "Detesto o comunismo, mas olhe os soviéticos, orgulhosos de sua terra e de seu governo, lotando as constantes passeatas, uma indústria pujante, os mais humildes ganhando de graça ingressos para o Bolshoi... Agora olhe para nós: violência urbana, poluição, bandeiras queimadas em protestos, escândalo Watergate, materialismo vulgar, crise dos combustíveis, divórcio para todo lado, aumento do consumo de pornografia e de cocaína..."
A máscara de estabilidade soviética virou puro pó de traque. Sobre os problemas de agora, sinceramente não sei como será.
Escutem o que a Brigitte Gabriel tem a dizer, essa mulher fala coisas de muito valor, é sobre o passado dela, mas pode ser sobre nosso futuro:
http://www.youtube.com/watch?v=hRp5xmwHEDc
Além do óbvio extra de a gente ficar quase 40 minutos olhando para uma coroa enxutaça e com plena noção de seus poderes de linguagem corporal ;-)

Agente Smith disse...

Por que o homem branco, o principal prejudicado nisso tudo, acorda todos os dias para trabalhar e servir de parafuso a esse "sistema"? É por esperança, senso de dever?

A situação social é tão terrível que vai muito além da capacidade das pessoas comuns. Elas preferem acreditar que vai aparecer alguém que se importe com elas para "consertar as coisas".

E não vai...

AF disse...

Enquanto isso, no Brasil: a moda agora é nome neutro.

)))sabedor((( disse...

E depois vem uns conservas ainda me acusarem de ser ''tendencioso'' com os homossexuais...

por que diabos tem que escrever BOIOLAS**

não restam dúvidas que os conservas, naturais desumanizadores, nos detestam e sem qualquer razão RACIONAL, absolutamente justificável pra isso, claro, porque como o instinto fala mais alto, eles só podem segui-lo.

Incrível.

E depois ainda perguntam porquê o ''boiola'' médio é consistentemente ''de esquerda'', por que será*

Silvio disse...

http://drive.google.com/file/d/0B4tvweRAcMluSlJ4QUFGWlhtY2c

White Nationalist disse...

"Enquanto isso, no Brasil: a moda agora é nome neutro."
Não pode-se esperar nada desses imbecis que acreditam que gêneros são construções sociais,que você é o que quiser e quem falar o contrário é um opressor malvado.

Ué, se gêneros(homem e mulher) não existem, então as feministas(aquelas baleias escrotas) não podem mais dizer que os homens(que não existem) estão oprimindo as mulheres há seculos.

Mas é difícil para essa "gente" perceber sua contradição.



White Nationalist disse...

Cada vez mais admiro Rodrigo Duderte, o presidente das Filipinas:
http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/the-new-york-times/2016/10/17/desprezado-no-exterior-rodrigo-duterte-permanece-popular-nas-filipinas.htm

Chamar o Obama de "filho de uma prostituta" não é para qualquer um.

Tem que matar os traficantes de drogas!!!

)))sabedor((( disse...

O LIXO BRANCO

o eterno escravo

já passou da hora do mundo parar de ficar nessas mãos proto-albinas, pensadores desqualificados...

a maior invenção judia: o seu escravo bronQInho.

)))sabedor((( disse...

O ''soldado'', huhuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahua

o maior trouxa de todos

mandam-lhes se matarem enquanto uns ratos espertos contam notas frescas...

perdedores!!!

direita disse...

https://3.bp.blogspot.com/-s36twUXAVpM/WAY06OU2UQI/AAAAAAAADuA/pFctQi3Mim8VarhnxB-v1-981Yy6VSiYQCLcB/s1600/white-privileged.jpg

Posso estar errado, mas creio que seja hispânico .

direita disse...

"E depois vem uns conservas ainda me acusarem de ser ''tendencioso'' com os homossexuais...

por que diabos tem que escrever BOIOLAS**"


tu estas muito politicamente correto .
Mas entao quer dizer que "lixo branco" pode ,e "boiola" nao ?

)))sabedor((( disse...

''tu estas muito politicamente correto .
Mas entao quer dizer que "lixo branco" pode ,e "boiola" nao ?''

Vc me pegou agora, seu safado!!! kkkkkkkk

por que num site conservador, boiola é permitido, lixo branco naum...

o lixo branco odeio boiolas.

odeia animais,
odeia a vida,
e ama apenas a um Deus, que é judeu.



)))sabedor((( disse...

Politicamente correto não,

não confunda educado (dependendo da cara do freguês) com politicamente correto, ainda que tenha se transformado em ''quase-sinônimos'', por causa de nosso bondeus, não são, é apenas um artefato semântico historicamente enviesado inventado por judeus e seguido por brancos, e tendenciosamente de maneira acrítica.

White Nationalist disse...

"odeia animais"

Não sei se isso foi uma indireta direcionada a minha pessoa, mas responderei mesmo assim. Rapaz, não se faça de analfabeto funcional. Nunca disse que odeio animais e também nunca maltratei eles.

Eu apenas disse que não coloco eles em um pedestral(como muitos brancos fazem).

Animais merecem carinho, cuidado e proteção? Sim. Animais devem ser tratados como gente? Não.

É o cúmulo do ridículo criar Facebook para cachorros, pintas suas unhas, dormir com eles na cama, etc.

Já aconteceu de um usuário do Stormfront(até lá tem esses lunáticos) ter falado que eu deveria ir pro inferno(lol) por ter dito que não senti nada ao ver animais sendo abatidos. A criatura condena a morte de animais, mas não teve problema nenhum ao dizer que eu merecia morrer.



White Nationalist disse...

"https://3.bp.blogspot.com/-s36twUXAVpM/WAY06OU2UQI/AAAAAAAADuA/pFctQi3Mim8VarhnxB-v1-981Yy6VSiYQCLcB/s1600/white-privileged.jpg

Posso estar errado, mas creio que seja hispânico ."

Hispânico = Lusos e Espanhóis.

Se por "hispânico" você se refere aos mestizos, então diria que não.
Um mestiço claro seria algo assim:
http://www.washingtonpost.com/rf/image_296w/WashingtonPost/Content/Blogs/post-partisan/Images/509816565.jpg?uuid=H5BfGHmuEeGgH1LVxhh1Nw

Ele tá mais para isso
https://i.ytimg.com/vi/KEOPkGNlY1A/maxresdefault.jpg

Nos EUA, o primeiro cara, o George Zimmerman é classificado como branco. E ainda dizem que americanos possuem padrões elevados de brancura. Podia ser assim no passado, mas hoje não.

White Nationalist disse...

"e ama apenas a um Deus, que é judeu."

Matt Hale, William Pierce e George Lincoln Rockwell são/eram exemplos "lixos brancos" não-cristãos.

Cristianismo é uma religião estrangeira a raça branca assim como Islamismo e Judaismo.